domingo, setembro 26, 2010

Pastor Silas Malafaia responde críticas de políticos da Igreja Batista


“Sr. Geter Borges e Candidatos do PT,

Associação Vitória em Cristo

Já que vocês me enviaram um e-mail apresentando defesa do Partido dos Trabalhadores em relação às questões que o pastor Paschoal Piragine levanta, gostaria de contraditar a argumentação de vocês. Antes de fazê-lo, quero deixar bem claro que não tenho restrições pessoais ao PT ou a qualquer outro partido. Os meus questionamentos têm a ver com os princípios que defendo, independente de partidos políticos. Esclareço também que sou amigo pessoal de Walter Pinheiro. Em duas eleições passadas, eu o ajudei. Já o citei várias vezes em meu programa de TV como exemplo de cristão na política. Ele tem a liberdade de usar a minha imagem na sua campanha, o que permito de maneira muito restrita a pouquíssimos candidatos.

Vamos aos fatos:

1. O deputado que saiu do PT, saiu por ter posição cristã contrária aos princípios do partido. E se não saísse, seria expulso.

2. O PT está na vanguarda da defesa do aborto e da PL 122. Estes são fatos reais, verdadeiros. Inclusive, no último dia antes do recesso parlamentar no senado no ano de 2009, se não fossem os senadores Magno Malta e Demóstenes Torres, a líder do PT teria aprovado na calada da noite, por voto de liderança, a PL 122. Isto é uma vergonha, e vocês querem que a liderança evangélica fique quieta!

3. O PNDH3 foi enviado ao congresso pelo Sr. Presidente da República no dia 21/12/2009, e a vergonha é que, nesse documento, em vários pontos, só houve recuo em alguma coisa devido à pressão violenta da igreja católica. O PNDH3, sim senhor, é responsabilidade do governo Lula e do PT.

4. Lamento dizer, mas a verdade absoluta é que os princípios cristãos são inegociáveis para nós. Quanto a isto, o PT está do outro lado. Quero ser franco e honesto: eu só não entrei de cabeça na campanha do Serra, porque também não vi nele garantias de respeito a esses princípios. Nas duas vezes em que fui convidado para participar de audiências públicas pela Comissão de Constituição e Justiça, na primeira vez, que foi sobre a questão do aborto, os deputados que estavam defendendo a legalização do mesmo, eram do PT. Na segunda vez, no Estatuto das Famílias, os deputados do PT estavam defendendo a inclusão dos homossexuais a fim de beneficiá-los na adoção de crianças. Esta é a verdade nua e crua.

Espero que, se Dilma ganhar, vocês que são cristãos não fiquem envergonhados, e não se calem diante de coisas que virão por aí, e que só o tempo poderá nos mostrar. Sinceramente, honestamente, gostaria de estar equivocado em relação às posições do PT. Não ficarei triste se o tempo mostrar que estou equivocado nestas questões, porque no tempo presente, elas são a realidade dos fatos.


Um forte abraço!

Na paz de Cristo,

Silas Lima Malafaia”


.

3 comentários:

Anônimo disse...

Concordo com o Pr. Silas, as leis que deveriam ser para beneficiar o Brasil, com esses fatos será usada contra o Brasil, é uma falta de respeito para com as pessoas que clamam á Deus por um país melhor, eu não deixarei de confessar o nome do meu Deus e não deixarei de fazer a obra, não importa o que acontecerá, nada pode calar um adorador!

INES KAYASHIMA BUSTAMANTE disse...

ALEGRIA PASSAR POR AQUI E DEIXAR MEU COMENTÁRIO. POSTEI ALGUNS VIDEOS DO PASTOR SILAS MALAFAIA NO YOUTUBE E ALGUNS TEXTOS EM FORMATO PDF NO BLOG. ESPERO QUE DESFRUTEM DE TODO MATERIAL. ABRAÇOS . DEUS O ABENÇÕE !

PAZ E BEM

Blog do Anderson Cruz disse...

Concordo com o Silas no que se refere à Dilma. Mas o que dizer do Serra? Ele não vota em Dilma pelo mesmo motivo que vota em Serra. Engraçado! Isso para mim é "ficar em cima do muro".