quinta-feira, abril 30, 2020

Em 2014 a população evangélica do Brasil chegava a 25%

João Cruzué

DADOS COM BASE NO IBGE
De acordo com as séries históricas e a estimativa do IBGE para a população do Brasil em 2013, fizemos uma análise estatística dos aumentos por estado. A taxa média de crescimento de cada estado de 2011 a 2013, foi usada por nós na projeção da população brasileira para 2014. 

Em 2010 a população evangélica do Brasil era de 22,16% e 42.275.437 crentes.  

Metodologia: Embora a média aritmética da taxa de crescimento anual de 1960 a 2010 seja de 5,75% para a projeção de 2014, utilizamos a mesma taxa anual (4,91%) do último Censo IBGE 2001-2010 para os cálculos.

Assim sendo, a população do Brasil projetada para o final de 2014 será de 204.578.931 habitantes. A população evangélica atinge 25,03% e será de 51.210.103 crentes, representando 1/4 da população Brasileira.

Pop_Evangelicos photo Pop_2014.png


Atenção: fiz a atualização do quadro um ano depois, quando o IBGE divulgou os dados oficiais.
Nota: veja este quadro atualizado no meu artigo mais recente para ver como ficou:
Depois que tiver lido todo o artigo, volte aqui veja o link abaixo



 AS PESQUISAS DO  INSTITUTO DATAFOLHA


Os católicos, segundo o Datafolha,  representavam 75% da população brasileira em 1994.  Em 2007 eram 64%. No Censo IBGE de 2010 eram 62%. Em julho de 2013, época em que o Papa Francisco veio ao Brasil, uma pesquisa divulgada pelo  Datafolha revelava que a  população de católicos no brasil tinha caído para 57%. Analisando apenas a estatística dos números, podemos inferir que em 20 anos (1994-2014) a Igreja Católica deve perder cerca de 20 pontos percentuais, indicando uma queda de 26,67% no período.

Considerando que os dados do IBGE não são provenientes de contagens físicas de evangélicos, casa por casa, mas amostrados e projetados estatisticamente a nível estadual, podemos também compará-los com os de outro Instituto.  Segundo o Datafolha, em 1994 a porcentagem de evangélicos no Brasil era de 14% (10 + 4). Em 2007  era de 22% (17 + 5). E em julho de 2013, para 28% (19 + 9). Dessa forma, podemos observar que os dados do Datafolha são de 3 a 4 pontos porcentuais maiores que os números do IBGE.

Comparando: Ano de 1994: os católicos eram 75% e evangélicos 14%. Em 2007: católicos 64% e evangélicos 22%. Em julho de 2013, os católicos eram 57% e os evangélicos, 28%. Ou seja, em 18 anos, enquanto o número de católicos cai  24%, os evangélicos crescem  100%.

Minha última análise dos dados do período de 18 anos medidos pelo Datafolha. Enquanto a Igreja Evangélica cresce 5% a cada ano, os católicos diminuem em 1,2% no mesmo período. Em decorrência disso, e mantidas as mesmas taxas até 2025, católicos e evangélicos terão a mesma participação na população brasileira em termos de QUANTIDADE. Quanto à QUALIDADE do fiel tanto de uma igreja quanto de outra, aí são outros quinhentos, para uma abordagem em outra matéria.

Considerações finais. Nossa pesquisa é conservadora, baseada em dados de Institutos certificados. Não trabalhamos com chutômetro. Se você gostou, ou queira discutir algum ponto, por favor, escreva para mim: cruzue@gmail.com






Qual é o propósito da santidade

.
"NÃO AMEIS O MUNDO, E O QUE NO MUNDO HÁ"


Por João Cruzué
.
Em tempos que os cristãos estão perdendo as referências e as palavras sagradas estão sendo relativizadas pelo testemunho de algumas lideranças cristãs, é muito importante saber o valor da santidade. Além do propósito principal, garantia de ver o Senhor, a santificação tem tesouros ocultos que ainda não foram revelados ao coração de muita gente. Guarde bem isso.

Podemos começar por este versículo: "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do pai não está nele". Quando João escreveu assim em sua carta, estava falando (e ainda está) de algo que vale mais que tudo: a presença de Deus. Quando o cristão decide no seu íntimo seguir um princípio de vida baseado em atitudes que agradam ao Senhor Jesus, ele passa a andar com Deus. E esse andar no dia a dia com o Senhor, traz uma comunhão sempre crescente com Ele. Esta comunhão se traduz pela presença do Senhor na vida deste cristão.

A presença do Senhor na vida do cristão é um tesouro de valor incalculável. Quando uma parenta nossa estava com séria enfermidade no útero, internada no Hospital São Paulo, não tinha recursos financeiros. Na mesma ocasião, Linda Eastman McCartney e Leandro (da dupla Leandro e Leonardo) também estavam se tratando de câncer nos melhores hospitais. Estes dois infelizmente morreram embora fossem muito ricos. A esposa de Paul McCartney era filha do fundador da Kodak. Dinheiro não era problema, mas era um câncer. Minha prima não tinha nada, mas está viva - por quê? A misericórdia do Senhor estava com ela nos dias mais difíceis da vida, pois precisou de 42 bolsas de sangue, ficou 69 dias no hospital, saiu de lá com menos de 40 kg, mas já se vão 22 anos e ela está muito viva. Estive com meu Tio esses dias (outubro 2019) e ele me contou a aflição daqueles dias, em cima de um lugar onde havia sido a casa onde minha prima morava.

Andar em santidade significa praticar atos que agradam a Deus. 

E também buscar com interesse o conhecimento da Sua vontade para deixar de praticar aquilo que não o agrada. Fazer o bem, procurar ser justo e evitar o mal com um coração alegre e sincero. Ao fazer isso, o cristão está de acordo com a condição estabelecida no Salmo 91: "Pois que tão encarecidamente me amou, também Eu o livrarei; pô-lo-ei em retiro alto, porque conheceu o Meu nome. "

Em nossos dias, quando nos deparamos com atitudes surpreendentemente profanas de grandes médios e pequenos líderes cristãos, nós paramos e pensamos: Meu Deus era tudo de mentirinha, de faz de contas... eles são hipócritas. Assim temos vistos nossos paradigmas nos decepcionando um após o outro. Este texto foi escrito em 2010; contextualizando  esse assunto hoje, 30 de abril de 2020, não posso imaginar qual vai ser a situação das organizações religiosas ao final do coronavírus. Pode ser que tudo o que ajuntaram com hipocrisia e avareza vai ser levado pela "correnteza".

Vamos, então, por isso, também relativizar e menosprezar as coisas santas? O andar com Deus, o desejo íntimo e profundo de agradar ao Senhor? De certo que não!

A consciência sincera, o andar com retidão na presença do Senhor agradam nosso Paizinho Celestial e tem, sim, um valor incalculável, inestimável e surpreendente. Sabe quando a santidade torna-se útil? A resposta é  simples: no dia da adversidade, quando você estiver diante do imprevisível, do assombroso, do assustador, das dívidas, da doença incurável de um filho, de um câncer na família ou do Covid-19. Isso não garante uma resposta sempre positiva de Deus, mas Ele pode nos ouvir. A palavra de Deus expressamente diz no Livro de Provérbios 28:9:
.
----------------------------------------------------------------
"O que desvia os ouvidos de ouvir a Lei 
 até a sua oração será abominável."
--------------------------------------------------------------

Se você andar em santidade diante de Deus e seguir o caminho para agradá-lo, corforme escreveu o Apóstolo João no início deste texto, você vai olhar para cima e fazer uma pequena oração, uma oração até bem curta e o Senhor vai inclinar os ouvidos e vai ouvir a sua súplica. Se Ele quiser, vai atender sua oração e livrá-lo de todo o mal. Mas se você seguir o caminho do mundo, da hipocrisia religiosa e pisar na palavra de Deus, copiando o desvio de muitos bispos, pastores e pregadores, você clamar e o Senhor não vai ouvi-lo. Nem todo o dinheiro do mundo vai lhe servir socorro.

Há coisas que estão além do alcance das riquezas deste mundo. 

Se você é cristão e teme ao Senhor não deixe que os desejos mundanos comandem o seu coração. Não ande na prostituição, não procure ficar rico jogando em loterias, não gaste a maior parte do seu tempo com distrações .Não deixe seu coração vazio nem desocupado na obra do Senhor, por exemplo. Faze do assim aquelas coisas não vão impedir sua oração no dia que mais precisar. A santidade é um princípio, um caminho, a banda larga que conecta sua oração aos ouvidos do Senhor.

É para isto que serve andar separado do mundo  perante o Senhor. Um tesouro único, ajuntado dia a dia, cujo valor só será descoberto no dia da adversidade. Sede santos, porque o Senhor é o Santo de Israel.








.
.

Gráfico Covid-19 no Brasil período de 04 de março a 30 de abril 2020

.
Por João Cruzué



Fonte de dados diários: www.saude.gov.br/noticias
Obs.: Registro de casos em 30.04.20 = 7.218 casos

---------------------------

No quadro abaixo, segue uma previsão para os próximos 7 dias, com base em índice de 30 dias.

🔼= (T.Casos em 30/04 / T.Casos em 01/04/20) ^ 0,0333333 = 1,0910908





.



Registros de casos de Covid-19 no Brasil de 01 a 30 de abril de 2020

.
POR JOÃO CRUZUÉ




(Acesso em 30.04.2020)


.




quarta-feira, abril 29, 2020

Registros de Covid-19 no Brasil de 31 de março a 29 de abril de 2020


Por João Cruzué 



As informações foram atualizadas pelas Secretarias Estaduais de Saúde até as 14h desta quarta-feira (29). Dos 78.162 casos confirmados atualmente, 34.132 estão recuperados (44%) e 38.564 estão em acompanhamento.


terça-feira, abril 28, 2020

Registros de Covid-19 no Brasil de 30 de março até 28 de abril 2020

.
POR JOÃO CRUZUÉ

Contra números é díficil argumentar. Ore mais, cuide-se mais e
 planeje bem a segurança de seus queridos. Tome cuidado com o mês de maio.
.

 Fonte: www.saude.gov.br




Comentário do Blogueiro: Se nos Estados Unidos da América a estimativa de contaminação é de 10 vezes os registros oficiais, isto pode significar que no BRASIL, a partir de 04 de maio 2020, teríamos 1 milhão de pessoas infectadas pelo Covid-19, a metade disso no Estado de São Paulo. Que Deus nos guarde. A forma improvisada (para não dizer o que penso) de cuidar da Saúde Pública no Brasil está sendo posta à prova. Creio que não estamos preparados para ouvir nem assistir o que vem por aí nos próximos 60 dias. 



.








.

segunda-feira, abril 27, 2020

Total de casos do Covid-19 informados em 27 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Data: 27.04.2020
Total de casos: 66.501
Casos do dia: 4.613
Total de óbitos: 4.543 (6,831%)
Mortes do dia: 338
Recuperados até hoje: 31.142
Em acompanhamento: 30.816 pessoas.

Fonte: www.saude.gov.br/noticias/agencia





Abaixo, segue nossa projeção com base na evolução dos 10 últimos dias, considerando que agora o total de casos está dobrando neste período. 





A previsão de óbitos também deve dobrar nos próximos 10 dias, de 4.543 hoje, para 9.000 em 07.05.20. Infelizmente.




.

domingo, abril 26, 2020

O Profeta Isaías e os dias do Coronavírus


Isaías, capítulo 10 




POR JOÃO CRUZUÉ

1 Ai dos que decretam leis injustas, e dos escrivães que prescrevem opressão. 
 [Congresso e Tribunais]

2 Para desviarem os pobres do seu direito, e para arrebatarem o direito dos aflitos do meu povo; para despojarem as viúvas e roubarem os órfãos! 
[Corrupção institucionalizada há séculos].

3 Mas que fareis vós no dia da visitação, e na desolação, que há de vir de longe? A quem recorrereis para obter socorro, e onde deixareis a vossa glória, 
[O covid-19 veio do Oriente, um vírus mortífero que escapou de um laboratório de Wuhan. A Bíblia fala da soltura de anjos destruidores que estão presos].

4 Sem que cada um se abata entre os presos, e caia entre mortos? Com tudo isto a sua ira não cessou, mas ainda está estendida a sua mão. 
[A prisão das quarentenas de ricos e pobres, justos e injustos indo para a cova. A ira de Deus não cessou, mas ainda há esperança, porque o Senhor Jesus está disposto a ouvir uma oração de arrependimento].


Fonte: Bíblia América

Casos de coronavírus informados hoje 26 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Data: 26.04.2020
Total de casos: 61.888
Casos do dia: 3.379
Total de óbitos: 4.205 (7%)
Mortes do dia: 189
Recuperados até hoje: 30.252
Em acompanhamento: 27.531.


Fonte: https://www.saude.gov.br/noticias/agencia

sábado, abril 25, 2020

Evolução do Covid-19 no Brasil entre 15 e 25 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Esta postagem mostra a evlolução do coronavírus nos estados brasileiros no período compreendido entre 15 e 25 de abril de 2020.

Em uma análise simples, podemos verificar que em 10 dias  o coronavírus aumentou mais de 6 vezes no estado de Alagoas;  4,75 vezes em Rondônia, 4,1 no Pará e  3,96 vezes no Piauí. Triplicou em Pernambuco, Maranhão, Roraima,  Sergipe, Paraíba e Espírito Santo.



Oremos mais a Deus pela aprovação de uma vacina.

.




Coronavírus casos registrados no Brasil até 25 de abril 2020

POR JOÃO CRUZUÉ

Data: 25.04.2020
Total de Casos no Brasil até hoje: 58.509
Casos informados hoje: 5.514 
Total de óbitos por coronavírus até hoje: 4.016   (6,864%)
Mortes informadas hoje: 346
Fonte: https://covid.saude.gov.br/
Acesso em 25.04.2020 19:18





.

sexta-feira, abril 24, 2020

Casos de coronavírus no Brasil até 24 de abril de 2020

.
POR JOÃO CRUZUÉ

Data: 24.04.2020
Total de Casos no Brasil até hoje: 52.995
Recuperados: 27.655 - em acompanhamento: 21.670
Casos informados hoje: 3.503 
Total de óbitos por coronavírus até hoje: 3.670 (6,9%)
Mortes informadas hoje: 357

Fonte: www.saude.gov.br




De todas as previsões com base no incremento a cada intervalo de tês dias,  a que mais se aproximou da realidade, foi a estimativa  feita com os dados de 12 de abril de 2020.

Nos últimos 30 dias (26.3 a 24.04.20),  o índice composto de aunento díario de casos foi de 1,101505. Memória de cálculo: (52.995 = total de casos em 24.4.20, dividido por  2.015 = total de casos em 26.04.30 = 18,1801029. A raiz -30(30 negativa) deste número é igual a 18,1801029^0,03333333 = 1,101505 ou 10,1505%, por dia, a partir de 26.03.2020.


quinta-feira, abril 23, 2020

Coronavírus total de casos no Brasil até 23 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Data: 23.04.2020
Total de Casos no Brasil até hoje: 49.494
Recuperados: 26.573 - em acompanhamento: 19.606
Casos informados hoje: 3.735
Total de óbitos por coronavírus até hoje: 3.313
Mortes informadas hoje: 407

quarta-feira, abril 22, 2020

Coronavírus Casos Informados no Brasil em 22 de abril 2020

POR JOÃO CRUZUÉ
Data: 22.04.2020

Total de Casos no Brasil até hoje: 45.757
Recuperados: 25.318 - em acompanhamento: 17.533
Casos informados hoje: 2.678
Total de óbitos por coronavírus até hoje: 2.906
Mortes informadas hoje: 165





Veja vários matériais de campanhas da Saúde no link abaixo


Exemplo:

Gráfico Coronavírus em 21 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Fonte: www.saude.gov.br/noticias/agencia-saude

Vamos esperar por mais dois dias. Se os registros dos casos diários oficiais apresentarem tendência de queda, é possível que os casos sem notificação, cuja estimativa chega até 12 vezes o número oficial, também estejam em queda. Seria um ótima notícia. Aguardemos.


Base de dados do gráfico


Covid-19 total de casos no Brasil até 21 de abril 2020

POR JOÃO CRUZUÉ

Casos oficiais de covid-19 no Brasil até 21.04.2020 = 43.079
Aumento no dia = 2.498
Total de  óbitos: 2,741
Aumento no dia = 170
.
.
Comentários do Blogueiro: Vamos esperar mais dois dias,  para ver se os registros oficiais permanecem no mesmo patamar. Seria muito bom. 


.






segunda-feira, abril 20, 2020

Covid-19 total de casos registrados em 20 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ


Total de casos covid-19 no Brasil em 20.04.2020 = 40.581
Aumento no dia = 1.927
Total de óbitos informados = 2.571
Aumento no dia = 109 
.












domingo, abril 19, 2020

Porque devemos orar mais pelo Brasil


De joelhos
POR JOÃO CRUZUÉ

Sabemos que nosso Presidente Jair Messias Bolsanaro foi eleito em segundo turno com 57.797.847 votos (55,13%). Seu adversário, Fernando Haddade do PT, foi derrotado com 47.040.906 votos. Também sabemos que o episódio da facada em Juiz de Fora se tornou um muro instransponível  que resistiu ao massivo ataque do adversário. Vimos que atual presidente se elegeu sozinho, além de ser o responsável por encher de votos as urnas de muitos representantes - de deputados estaduais a governadores. Carismático, elegeu-se sozinho, mas desconfiado, tende ao isolamento.

Se por um lado, a corrupção no Brasil diminuiu, principalmente, graças à operação Lava Jato e ao Juiz Sérgio Moro, por outro,  grandes corruptos e suspeitos de corrupção estão soltos, como sempre andaram, pois a cultura da corrupção no Brasil tem seguramente mais de 500 anos, e não poderia ser esfacelada em dois anos.

Como cristão, tenho mais confiança nas orações dos justos do que em ações humanas, sabendo que o atual momento é deveras mau.

A única coisa que parece crescer e funcionar neste país no campo temporal é um vírus. O resto é semelhante aos construtores de uma torre de babel: todo mundo fala e ninguém se entende. A TV ajusta seus microfones à boca de uma centena de especialistas, selecionados a dedo, como para vender uma mensagem já comprada e paga. Há especialistas para todos os gostos e todos os preços. Aconselham fechar o comércio, as Igreja, interrompem missas, acabam com cultos. Empresários, Padres e Pastores estão sendo parados com um grande fecha a porta e  "cala-a-bocas". Mas, o coronavírus segue firme e acelerando forte como um motor de fórmula 1.

Até o fim de abril, chegaremos, oficialmente, a casa de 100 mil contaminações e de 10 mil óbitos. No caso das contaminações, é sabido que sejam 10 vezes mais, ou seja 1.000.000 de infectados. A não ser que Deus pare imediatamente com isso, a questão não será de "SE" mas, de "QUANDO" seremos infectados.

No meio deste caos, a única boa solução é orar mais - clamar principalmente depois da meia-noite.

A pior notícia. No meio desta tempestade (vejam só!) agora estamos diante um cabo de guerra entre o as lideranças  do Legislativo e o Presidente. Não tem havido consenso. O Presidente está preocupado, e com razão, com a Economia. Alguns Governadores, porém, também estão com alguma razão, quando temem um amontoado de moribundos nas portas e corredores dos Hospitais, por isso decretam a contenção social, ou  o fique-em-casa. Os dois lados estão certos e errados. Se a política é a arte de negociar, está faltando alguém que construa uma ponte entre eles.

Se não houver alguém que faça a aproximação do Presidente com o Congresso ou vice-versa,  vamos entrar em dias mais perigosos.O Povo sofrendo e a Política não se entendendo.

 Se algum político acha que será fácil retirar o presidente por impeachment,  não será não. Até porque durante um ano e meio não se teve notícias de corrupção do seu governo. Mas do outro lado, dos que interessam derubar o Presidente, há muitas autoridades com vários inquéritos e acusação de atos suspeitos.

Abaixo da autoridade de Jesus, eu confio no exercício da boa política. É possível negociar, e chegar a um acordo que acabe com esta "discussão" sobre quem nasceu primeiro: a Economia ou a Saúde. 

Brasília, São Paulo e Rio ainda não começaram a pensar no caso de uma multidão de gente furioosa, desempregada e desesperada no meio das ruas. O desfecho pode ser catastrófico. Se este Presidente for acuado, não será fácil conter a desordem, pois ele pode ser depreciado de tudo menos qeue seja um homem vendido ou corrupto - com dezenas do outro lado.

A Venezuela entrou por este caminho. 

Do ponto de vista espiritual,  a quantidade de pecado e maldade que temos visto rolando solta neste país - por exemplo, execração de Jesus Cristo em passeatas Gay, em enredo de escola de samba...

 Eu tenho orado para que Deus perdoe esta gente, pois como nos dias de Jonas, não sabem a diferença entre a mão esquerda  e a direita. Mas, se de repente Deus quiser dobrar a cerviz deste povo pecador, precismos nos precaver.

 Sabemos que a dimensão espiritual governa a temporal. O que temos presenciado entre os homens é consequência de um conflito  no outro plano, entre anjos e as hostes espirituais da maldade. Uma Alemanha cheia de crentes luteranos, não conseguiu segurar o nazismo. Não sei que tipo de evangelho os luteranos daquela época pregavam, mas eu temo que  a Igreja brasileira, dominada por um evangelho humanista e avarento, esteja pecando muito mais do que um gay vestido de Jesus Cristo ou o carnavalesco que criou o enredo da escola de samba gaviões da fiel.

É por isso, que quem tiver juízo que comece a orar o dobro do que tem orado, porque nossa nação, aparentemente, está perdendo a paz.


SP-19.04.2020

.









Casos de coronavírus informados em 19 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ


Total de casos de contaminações no Brasil em 19.04.2020 = 38.654
Aumento no dia = 2.055
Total de óbitos informados = 2.462
Aumento no dia = 115
Fonte: www.saude.gov.br









Meditação em II Coríntis 5: 7 - Andamos por fé e não por vista

.
II Coríntios 5.7

POR JOÃO CRUZUÉ

Quando estiver chegando o mês de maio, o Brasil possivelmente registrar  um total 100 mil casos  oficiais de coronavírus; óbitos chegando à casa de 6.000.  Os  jornais do país inteiro vão dizer coisas todo dia que aterroziram as pessoas. O Brasil estará passando pelo seu mar vermelho. Talvez seja por isto que Deus permitiu que tívessemos este Presidente. Hoje, ele está sendo considerado pelos grandes com um  homem não capacitado para exercer o cargo.  O vento vai mudar. Este país que adora pecar e cujas principais lideranças religiosas só pensam em política  e avareza, vai experimentar algo que esta geração não está preparada para assistir.  

Pessoas aterrorizadas pelo medo, hospitais lotados, gente caindo pelo meio da rua e muitas vozes falando  e ninguém entendendo. Então, antes que tudo isto aconteça, gostaria de meditar um pouco com você sobre um versículo maravilhoso da palavra de Deus.

 Na segunda carta de Paulo aos Coríntios há este versículo: "Porque andamos por fé e não por vista". (II COR. 5:7). Preste atenção,  se formos guardar no coração tudo que temos ouvido e visto, não conseguiremos vencer o mal e o medo tomará conta de nós. Em decorrência disso, nosso sistema imunológico vai ficar abalado.

 Como ficaram abalados todos israelistas depois do relatório de 10 dos 12 homens que foram espiar a terra de Canaã, depois da saída povo do Egito, nos tempos de Moisés. Este episódio pode ser compreendido, após a leitura do capítulo 13 do livro de Nùmeros. O relato dos medrosos foi tão terrível que depois que o povo ouvi aquilo e chorou de desespero. Esta pode ser a situação que vamos enfrentar a partir do mês de maio. Os números oficiais crescendo e um desentendimento geral no "arraial dos amalequitas". Se ficarmos quardando isso no coração, não vamos ouvir o que Deus está falando nem nos abrigar na sua presença.

O apóstolo Paulo diz no começo do versículo 7 que andamos por fé. Andar por fé é colocar nossos olhos e ouvidos na segurança da palavra de Deus. O mundo está morrendo de medo lá fora, mas não vai cair um fio de cabela de nossa cabeça sem que isto Deus permita. A última palavra sobre qualquer assunto da nossa vida, hoje, quem dá é o Espírito de Deus. Não importa o que esteja acontecendo, nós confiamos no Senhor. Ele governa tudo, acalma o mar e a fúria do anjo da morte. A noite vai chegar,  

O que estamos fazendo e vamos continuar fazendo: orando à meia-noite, pela madrugada, pedindo para o Senhor perdoar os nossos pecados e os pecados de todos os brasileiros. Isso vai passar? Vai. Até lá, muito coisa vai mudar. A verdadeira Igreja do Senhor vai estar: orando mais, jejuando mais, fazendo mais projetos de evangelizaçao, a solidariedade vai aumentar, missões vai voltar ao foco das Igrejas. Por outro lado, as contribuições e dízimos vão cair, quem fez planos fora da direção de Deus vai quebrar a cara. 

Os pregadores de prosperidade vão abaixar a crista. Enfim, Deus está fazendo um reboliço em todo mundo. Todas atividades humanas estão e vão ser afetadas. A área da Saúde no mundo inteiro vai receber mais investimentos, as pesquisas vão trazer bons resultados, mas teremos que conviver com dias menos confortáveis, porque Deus puxou o freio de mão deste mundo que só pensava em pecar, inventar novas formas de pecado. 

As minorias que queriam calar a boca do verdadeiro povo de Deus, vão sentir medo e pavor.da morte. Justos e pecadores vão perder suas vidas. A morte dos justos será um sacrifício agradável  a Deus, os ímpios, mesmo que sepultados em esquifes de ouro, vão prestar contas pelo que fizeram e deixaram de fazer. Homens e mulheres que antes cresceram em lares cristaos que passaram para o outro lado - para servir o diabo - agora estaram muito preocupados. Bastou que Deus permitesse  o aparecimento de  agente menor que uma célula - um vírus - para  dar um basta. É de Deus porque está afetando todas as nações do mundo. O mundo inteiro está falando, pensando, morrendo de medo do coronavíruis. Nós porem, estamos cientes de uma coisa: a fé nos diz que dias piores podem vir, mas Jesus está dentro do barco.


.




.

sábado, abril 18, 2020

Coronavírus total de casos no Brasil em 18 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Total de casos de contaminações no Brasil em 18.04.2020 = 36.599
Aumento no dia = 2.917
Total de óbitos informados = 2.347
Aumento no dia = 206


 Fonte: www.saude.gov.br










.

coronavírus total de casos de 17 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

Total de casos de contaminações no Brasil em 17.04.2020 = 33.682
Aumento no dia = 3.257
Total de óbitos informados = 2.141
Aumento no dia = 217






.



quarta-feira, abril 15, 2020

Coronavírus: Casos e Mortes no Brasil em 15 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ

De acordo com os dados do coronavírus no Brasil do quadro abaixo, o Estado de São Paulo responde por 38,99% dos casos e 44,82% das mortes. A capital paulista tem 7.764 casos cofirmados até hoje; isto representa 27,41% dos casos do Brasil.











.


terça-feira, abril 14, 2020

Covid-19 total de casos no Brasil informados em 14 de abril 2020


POR JOÃO CRUZUÉ
O Ministério da Saúde informou hoje, 14 de abril de 2020, que os  registros de Covid-19 notificados no Brasil totalizaram 25.262 casos e 1.532 mortes. Foram  1.832 notificações e 204 mortes de ontem para hoje. 

Nos últimos sete dias (08 a 14.04.20) foram 11.545 notificações, média de  1.649 casos. Quanto às mortes, o Brasil perdeu 865 pessoas no mesmo período, média de 124 ocorrências. Infelizmente, de ontem para hoje foram 204 óbitos,  o maior regisgtro desde 17.03.2020.


Fonte:  www.saude.gov.br







Coronavírus em Nova York - temperaturas diárias de 01 de março a 13 de abril 2020

.
POR JOÃO CRUZUÉ

O Estado de Nova York  somou 181.026 casos de Covid-19 no dia 11 de abril 2020, isto representa 42% dos casos de todo Estados Unidos da América. Segundo a CNN, 93% de casos no Estado, ocorrem na Cidade de Nova York. Fazendo as contas, para cada 100 infectados no país, 39 são da Cidade de Nova York. Outro dado interessante, vem da leitura das estatísticas de contaminação por gênero: são quase dois homens para cada mulher. 

Nã se sabe com com certeza o porquê disso, mas há alguns indícios.  Alta densidade populacional da Cidade é muito alta  - são 27.000 pessoas por milha quadrada e 8 milhões de habitantes; duas vezes mais que Los Ângeles. A contaminação por Coronavírus na Cidade é 8 a 9 vezes maior que em qualquer outra cidade americana. Negros e hispânicos representam 51% da população da Cidade, mas são 62% entre os mortos pelo Covid-19. Esta taxa de morbidade é o dobro quando comparada com brancos. Uma das explicações é que negros e hispânicos sofrem mais de diabentes e hipertensão, talvez por falta de recursos para gastar em cuidados médicos.

Por fim, o que a CNN não disse, mas deve ser uma das causas de tanta contaminação e mortes no mês de março e de 1º a 13 de abril é a baixa temperatura do inverno na Cidade de Nova York, combinada com moradias com grande concentração de pessoas. De acordo com o quadro cujos dados vieram do site da accuweather.com a média das temperaturas máximas e míninas no mês de março/2020 foi  12,8 ºC e  4,8 ºC.  No mês de abril, em que tem ocorrido o pico da contaminação, verificamos que a média das temperaturas registradas foram 15,6 ºC de máxima e 6,6 de mínima.  Não sei se Nova York possui problemas com a humidade que vem do mar e dos rios (veja na figura 2), mas se isto ocorrer, temos: alta concentração de pessoas que não possui hábito de cuidar da saúde, muito frio e excesso de humindade.




Figura 2 - Mapa de Contaminação da Cidade de Nova York




Conclusão: O que isso tem a ver com a Cidade de São Paulo? São Paulo possui uma densidade demográfica de 7.387 habitantes por km², ou 12.000 por milha quadrada - menos da metade de Nova York, que possui 27.000. Temos pessoas com diabetes e hipertensão que não possuem hábito preventivo de cuidar da saúde? Infelizmente tempos muitas. 

Se por uma infelicidade o inverno chegar mais cedo (fim de abril) e a temperatura ficar muito tempo abaixo de 10 ºC, teremos sim motivos suficientes para temer um recrudescimento de contaminação pelo Covid-19. Ainda mais, pela falta de experiência e equipamentos para enfrentar eventos atípicos e inesperados.


SP-14.04.2020.






segunda-feira, abril 13, 2020

Casos de coronavírus no Brasil em 13 de abril 2020

POR JOÃO CRUZUÉ

SP-12.04.2020 (domingo)

O Ministério da Saúde informou que foram registrados no Brasil até hoje 23.430 casos de contaminação e  1.328 mortes, em decorrência da contaminação de mais 1.261 casos e 105 mortes de ontem (12.4) para hoje (13.4). No quadro abaixo, fizemos um projeção diária a partir de 14.04 até o final do mês, com base em índice apurado na variação de casos dos três últimos dias [(23.430/19.638) ^ 0,33333] .

Quadro de João Cruzué



domingo, abril 12, 2020

Coronavírus casos informados no Brasil em 12 de abril 2020

POR JOÃO CRUZUÉ

SP-12.04.2020 (domingo)

O Ministério da Saúde informou que foram registrados no Brasil até hoje 22.169 casos de contaminação e  1.223 mortes, em decorrência da contaminação de mais 1.442 casos e 99 mortes de ontem (11.4) para hoje. No quadro abaixo, fizemos um projeção diária até o final do mês, com base na média de casos dos três últimos dias (22.169/15.857) elevado a 0,33333 (1/3).


Quadro de João Cruzué


Fonte dados do dia 12/4https://www.saude.gov.br/

Projeções de 13 a 30/4: João Cruzué



.

sábado, abril 11, 2020

A proibição de Cultos e o Fortalecimento da Igreja

.
"A QUEM ENVIAREI, 
.
E QUEM HÁ DE IR POR NÓS?"



Por: João Cruzué
Quero iniciar este este post, observando que a Palavra de Deus nos manda ser moderados, amorosos e não contenciosos. Nestes dias difíceis, temos visto radicalismo tanto de autoridades políticas quanto religiosas. Há muita ansiedade e também falta de autocontrole. O que Deus espera de nós diante desta pandemia é o nosso objeto neste sucinto texto.

Este coronavírus é mais letal que o SARS ou MERS? Resposta - sim!

Isto pode ser provado e comprovado pelos fatos que ocorreram e continuam ocorrendo nos Estados Unidos da América. Nada mais, nada menos que a nação mais rica do mundo cujo PIB está na casa dos 21 trilhões de dólares. Segundo dados do worldometers, os EUA registraram até o momento 532.879 casos, sendo 30.003 deles apenas hoje. Morreram por lá hoje 1.830  de covid-19 totalizando 20.577 mortes até agora.  

Isso poderia ocorrer no Brasil?  Estou orando para que não, mas existe esta possibilidade. A Bíblia é farta de exemplos da vontade soberana e discricionária do Senhor Deus.

O que nós temos visto nesta última semana? Autoridades mandando fechar Igrejas, Pastores dizendo que não há lei que determine isso... Ministério Público abrindo processos contra Pastores, desentendimentos e conversas ásperas de ambas as partes. Todos estão certos e ao mesmo tempo, errados. O carnaval foi a grande porta de entrada do cvd19 no Brasil, sendo as duas maiores: São Paulo e Rio de Janeiro.

É mais fácil para fechar e mandar fechar uma Igreja do que cancelar o Carnaval. Onde estava o Ministério Público, os Governadores e Prefeitos do Rio e São Paulo naqueles dias. Nada fizeram, e agora temos uma peste à solta no meio do povo. Para evitar a peste, estão sacrificando a Economia. A consequência será o desemprego e a fome - para ser otimista.

Em Igrejas Evangélicas e Católicas não há sambódromos. Concordo que é prudente evitar aglomerações. Nesse ponto, toda liderança religiosa sábia pode fazer isto muito bem. Hoje temos Whatsapp, Facebook, Smartphones, Instagran (esse eu não tenho) Twitter e outros tantos. Dois meses sem aglomerações é um preço baixo para se pagar. Caríssimo seria contaminações explodirem dentro de Igrejas. 

Por outro lado, há, sim, que cobrar responsabilidades das mesmas autoridades, zelosas do bem, que buscam fechar Igrejas e processar Pastores, pois elas mesmo prevaricaram quando a porta aberta (sem nenhum controle) nos Aeroportos do Rio e de São Paulo durante o Carnaval e na semana do desfile "das campeãs".  

Colocar uma tranca nas Igrejas agora, é um forma populista de encobrir a prevaricação que aconteceu durante a festa do carnaval, com o país inteiramente aberto ao covid-19. 

Mas, paciência; é um preço baixo. Pior seria, se começássemos a perder membros da Igreja por coronavírus. Estamos na semana da Páscoa, e na primeira Páscoa, cada família ficava em sua casa, enquanto o anjo da morte fustigava as casas dos egípcios.  Não era covardia, era um ordem de Deus. 

Jesus não resistiu ao Governador Pôncio Pilatos.  Paulo vai além, em Romanos 13.2 - "Quem resiste à autoridade, resiste à ordenação de Deus, e os que resistem trarão sobre si mesmos a condenação"

Não é tempo de ficar batendo boca contra autoridades, nem falando mal de Presidentes, Governadores e Prefeitos. Quem tem o Espírito de Deus sabe que nossa luta não é contra pessoas, mas  contras as hostes espirituais da maldade. Vamos orar para que as autoridades recebam sabedoria do alto e tenham paz.

As Igrejas devem procurar ser mesmo moderadas.  Há muitas referências bíblicas para justificar "n" decisões, mas neste momento, eu fico com esta: "Aquele que te houver tirado a capa, nem a túnica recuses" (Lucas 6;29). Em outro texto,  temos um exemplo de radicalismo e outro de moderação. Pedro desembainhou a espada e feriu o servo do Sumo Sacerdote. Jesus, por outro lado, disse a Pedro: Mete a tua espada na bainha; não beberei eu do cálice que meu Pai me deu?

Um freio de arrumação. Cada um é livre para fazer o que quiser, inclusive pecar. Mas, Deus abomina o pecado. Ele sabe que o pecado destrói a pessoa, a família, a sociedade e seculariza muitos dentro da Igreja. Assim de tempos em tempos, Ele permite que a peste, ou a fome,ou a guerra, ou a falta de liberdade  venha bater a porta.  Este covid-19 não é de Deus, mas foi permitido por Ele,para que haja um freio contra o apodrecimento da sociedade.

Para ser sincero, comungo da mesma palavra dita pelo Apóstolo Paulo (II Cor. 5:7) "Porque andamos por fé e não por vista". A Igreja vai sair mais fortalecida depois do coronavírus.

A Igreja vai sair fortalecida nestes tempos. Temos orado mais, jejuado mais e vamos evangelizar mais. Em tempos de crise, egos são destruídos, blasfêmias e desprezo das coisas de Deus cedem lugar ao temor. Os tempos de conforto e pastos verdes, podem ceder a um inverno de poucas chuvas.

Nesse tempo, o justo viverá da fé, e se ele recuar Deus não tem mais prazer nele.