sexta-feira, janeiro 11, 2019

O Brasil não é dos corruptos - comentários 12 anos depois

Palocci - Deus abriu a caixa preta do PT

AUTOR: JOÃO CRUZUÉ

Publicação original em 30.05.2007 - 2007/05/o-brasil-no-dos-corruptos.html


Comentário do blogueiro depois de 12 anos da publicação do post.


Há dois anos [2005-2007] temos visto uma escalada ímpar da corrução entre as autoridades políticas brasileiras. Confessamos, que de tanto ver e ouvir manchetes de jornais, revistas, noticiários de TV e do Rádio, achávamos que já tínhamos visto o bastante e que nada mais nos assustaria. Nos enganamos.

Não se trata de um problema localizado em um partido político ou em dois ou dez. Estamos chamando atenção para dois fatos: essa corrupção assoladora que vemos hoje no Brasil é uma coisa maligna. Quando o povo se acostuma, vem o diabo e aumenta o rol dos esquemas. Isto somente poderá ser vencido na esfera espiritual com orações e jejum!

Ao ler, hoje - 21 de maio de 2007, o que está na imprensa, ficamos indignados e muito preocupados. É tanta gente, de segmentos tão variados da sociedade sendo acusada e presa pela Polícia Federal, que nunca antes vimos nada igual, principalmente do que está vindo à tona do judiciário brasileiro.

Aquela gravação, supostamente de um juiz do Rio de Janeiro tentando negociar a liberação de uma causa que sua mulher havia ganho, segundo ele, uma "merreca" de 300 mil reais - nos deixou aturdidos. Se aquilo era uma "merreca" o que seria uma boa quantia então, heim?

O pior veio hoje. Quando lemos as declarações, do "ex-muso" do mensalão, o ex-deputado Roberto Jeferson dizendo que tudo está como dantes, ou seja, as redes da corrupção estão sendo estendidas outra vez de Norte a Sul do Brasil, com novos e engenhosos esquemas substitutos do "mensalão", acendeu em nosso coração uma ira santa. As "ratazanas" estão de volta!

[Ele estava anunciando o Petrolão].

Rogamos encarecidamente a todo cristão que ao ler este artigo, se dedique pelo menos um dia de jejum e oração em favor do Brasil. Principalmente àquela forma de oração íntima e solitária, onde entramos em nosso quarto, fechamos a porta e contamos tudo para nosso Papai do Céu. Em nossas orações, vamos clamar ao Senhor para que repreenda o diabo e dê um basta! nesta miséria.

Se nada fizermos, esta corrupção vai adentrar e enraizar em nossas casas. Nossos filhos, netos e parentes vão aceitar como "normal" tudo isso. Temos que reagir à altura e mostrar nossa indignação a eles de uma maneira verdadeiramente cristã.

A corrupção no Brasil está roubando a saúde, a comida, o estudo, o dinheirinho dos aposentados e a esperança do povo mais humilde. Está levando os jovens brasileiros a desistir de um trabalho cansativo, porém honesto, em favor de ganhos ilícitos melhores oferecidos pelo narcotráfico, pela jogatina e pela prostituição. Crianças e velhinhos estão passando fome, enquanto "gordas ratazanas" que nem precisam mais de dinheiro, pois são ricas, andam surrupiando até as migalhas que poderiam cair no "chão". Jesus tenha misericórdia do Brasil e repreenda esta falta de virtude.

Não é este o Brasil que pretendo deixar para meus netos. Sei que você também pensa assim. Deus vai ouvir nossas orações e nossos jejuns e certamente há de levantar juízes, legisladores, executivos, delegados, policiais e também líderes religiosos (por que não?) íntegros, honestos, homens com um coração segundo Deus para dar um basta nesta vergonha generalizada e nesta corrupção crônica.

[Sergio Moro foi a resposta de Deus as nossas orações]

O Senhor já começou a boa obra, expondo todo dia essa vergonha. Agora vamos orar e clamar para que Ele conclua repreendendo esta legião de demônios e colocando na cadeia esse bando de "ratos" , porque o Brasil não pertence a eles. O Brasil é do Senhor Jesus Cristo!

[Deus é bom! O chefe de todas as ratazanas já está trancafiado]











quarta-feira, janeiro 02, 2019

Política e Igreja - A Deus o que é de Deus


Desastre

Autor: João B. Cruzué

Depois de  14 anos na blogosfera, estou de volta ao velho tema - Política x Igreja.  Assunto pisado e repisado por tantos blogueiros evangélicos a cada novo pleito majoritário. De um lado, está a corrente ortodoxa de pensamento que entende que não se deve misturar as duas coisas. De outro, a corrente de pensamento liberal - excessivamente política - cujo maior expoente, talvez seja o Pastor Silas Malafaia.

Biblicamente, há dois tipos de autoridade na organização humana. A autoridade secular e  a autoridade religiosa. A primeira,  posso dizer de uma maneira simplista, que se trata de uma organização aceita por Deus para que o mundo não se torne um caos ou uma anarquia. A segunda, no tocante ao mundo cristão, foi planejada por Deus para  tratar no ensino das coisas espirituais. O corpo humano tem vida curta, mas o espírito que nele habita é imortal.

A Bíblia é muito transparente quando mostra no Pentateuco a criação e organização da nação de Israel. Houve uma clara separação dos filhos de Levi para o ministério do sagrado.  

Também é possível observar que as autoridades do sagrado se corrompiam com o passar do tempo. Não sendo especialista no assunto, deixo para estes a sugestão de analisar se as prioridades do ministério eram trocadas por outros assuntos mais palpitantes.

A esta altura, é possível perceber na história da nação de Israel que o abandono do temor de Deus levava, primeiro, ao desastre religioso e depois ao político. O aparecimento dos profetas era a prova de que o ministério levítico já estava corrompido.

Na época de Jesus, Marcos registrou a célebre frase de Jesus Cristo: "Dai, a César o que é de César, e a Deus, o que é de Deus" (Mc. 12.17). Será que o assunto tratado ali era apenas tributário? Se fosse apenas o tributário, como fica a questão da adoração - o dobrar os joelhos diante de alguém?

Há ministérios e Ministérios; igrejas e Igrejas e pastores e Pastores.  Um líder religioso pode começar bem e se corromper  depois, ao longo da vida. Em nossos dias, também há líderes que foram separados por conveniência ou tradição sem possuir chamada alguma. Tenho visto os dois tipos de liderança abandonar o arado para servir à política secular.

Deus pode ordenar que algum pastor deixa o rebanho para trabalhar na seara política? Pode, mas imagino que deva se tratar e épocas excepcionais. A chamada para o ministério é planejada por Deus antes da existência física do ser. Isto pode mostrar que ela é irrevogável (Ef. 4.11).

Causa-me estranheza, hoje, a existência da mesma loucura que levou ao desastre, por várias vezes a nação de Israel -  a troca da missão do ministério sagrado pela intromissão na seara da representação política.

Em suma, existe na Bíblia um exemplo digno de ser lido e entendido sobre as consequências de mudar os planos de Deus pelo engano da voz do diabo: 1º Livro de Reis, capítulo 13. A missão da Igreja é levar a mensagem do Reino de Deus. Seus sacerdotes devem cuidar com zelo do combate ao pecado. A troca do púlpito por Brasília é virar as costas para Deus.

Vejo com muita preocupação o crescente interesse da Igreja Evangélica brasileira pela representação política, sob vários pretextos que não vou tratar nesta análise. Em lugar de salvar a pátria, pode ser que, à semelhança da nação de Israel, o que pode acontecer seja exatamente o contrário. É preciso ter muito juízo.


SP - 02/01/2019.


.





Mensagem aos Futuros Blogueiros Evangélicos



Ainda há lugar. 

Por que é preciso começar?



Autor:  João B. Cruzué


Recebi, dia desses, um e-mail de uma pessoa amiga, contando que ainda estava um pouco atrapalhada sobre o que escrever em seu Blog, principalmente, porque dispunha de pouco tempo. Daí, pensei em abordar  quatro aspectos muito interessantes sobre este assunto, visando contribuir com mais tijolinho na edificação da  blogosfera evangélica e aumento na publicação de conteúdo cristão na NET. É sempre bom lembrar que conheço  blogs há pelo menos 14 anos, mas ainda estou longe de ser um especialista.


A VISÃO.

Quando você conhece de perto a necessidade de escrever e publicar conteúdo cristão em blogs, sua consciência se aviva e você descobre que precisa assumir um compromisso com Deus. Se blogar simplesmente por modismo ou vaidade, vai se cansar e um dia vai parar. Veja agora porquê comecei a blogar.


A visão veio há uns cinco anos, quando digitei a palavra "church" no browser do Internet Explorer (IE). Esperando que aparecesse um site cristão, fui surpreendido com o portal de uma igreja satanista. Ali estava a imagem da cabeça de um bode, com barbicha e chifres, na mandada de uma parede. Eu não estava preparado para a surpresa.

Com tantas Igrejas Evangélica e Católica no mundo, porque nenhuma estava na primeira posição do browser? Isso começou a martelar na minha mente. Cheguei a pensar que as lideranças das Igrejas Evangélicas em todo mundo eram passivas, atrasadas em tecnologia, uma vergonha. Principalmente, porque há 500 anos, a primeira máquina de Imprensa foi criada para imprimir a Bíblia.


Analisando depois com mais calma, concluí que a carapuça caía também justa na minha cabeça, porque eu havia me esquecido de que era uma liderança cristã.

Então comecei a agir. Naquela época já andava bisbilhotando os blogs do UOL. Eram chatos, complicados, e tinham pouco espaço. Esqueci o UOL e comecei a procurar um Portal que oferecesse uma plataforma gratuita para publicação de Blogs. Encontrei o www.blogger.com do Google. Eu já sabia de que nos Estados Unidos, eles definiam eleições presidenciais. Cheguei a subscrever o Blog do John Kerry que disputou (e perdeu) a eleição para o Bush Filho.


Meus primeiros testemunhos foram publicados em 2004 em um antigo site do Pastor Silas. Como eles alcançavam muitos leitores, achei que poderia crescer e publicar com as próprias pernas.

Comecei com TESTEMUNHOS. Depois traduções, reportagens, crônicas, etc. Minha família e eu sofremos muitas privações com os 11 anos de desemprego que passei. Achei que seria um bom motivo publicar e contar para meus leitores  a grande vitória que Jesus Cristo me dera. Assentei em meu coração que não iria ficar de boca calada. Assim, à medida que fui aprendendo, também planejei compartilhar os conhecimentos que viria adquirir, com todos os que perguntassem como criar e publicar um blog.


O DISCURSO DO BLOGUEIRO

Como escrever
: é muito simples. imagine que seu melhor amigo ou amiga esteja diante de você. Os melhores mestres da comunicação digital ensinam que para se comunicar bem, você deve escrever como se estivesse CONVERSAR com uma pessoa amiga. Quer ver a diferença?


Este é um discurso de blogueiro: 




Oi meu irmão, estou aqui, neste momento, escrevendo este texto, porque sei que Deus vai usar você poderosamente em textos que vão levar a voz de Deus diretamente ao coração dos leitores de seu blog.

Ou:

A paz minha irmã, sabe aquele texto que você escreveu ontem, contando aquela vitória que Jesus lhe deu? Você não sabe, (e talvez nunca vá saber) mas do outro lado do mundo, havia um brasileiro que estava navegando na Internet, à noite, e deu de cara com seu testemunho. Durante a leitura daquele texto, que você achou tão fraco, o Espírito Santo começou a falar no coração daquele moço, e entre lágrimas ele renovou sua confiança em Jesus.


Mas evitem este tipo de discurso: "Irmãos vocês devem escrever textos de testemunhos para publicar em blogs para que Deus possa usar o que estejam escrevendo"Há um erro de posição aqui, é como você estivesse acima do leitor. Isso não é educado.

A diferença entre os dois discursos. Blogs são veículos de comunicação informais, o discurso pessoal, direto, olho-no-olho, é a forma de linguagem mais adequada. Ele é forte, intimista e eficiente.

O outro discurso , não fala diretamente, não olha olho-no-olho, não considera que a pessoa do receptor, é a parte mais importante no diálogo. Um fato a ser notado é que o discurso pessoal e direto, olho-no-olho, pode ter milhões de receptores, cada um deles sendo chamado de "você". Quer um fato concreto? Em todos os emails e posts da campanha presidencial de Barack Obama foram usados este tipo de discurso.



A MISSÃO. 

Por que é importante escrever
? Você vai escrever para glorificar o nome do Senhor. Assim como ninguém nasce falando, andando, nem lendo, você vai melhorar com o tempo. E tudo que publicar com inspiração, vai encontrar um ou vários leitores ávidos do outro lado do monitor.

Como dar qualidade ao seu blog: uma paráfrase de Romanos 12:2 "E nunca fique satisfeito com sua bagagem cultural de blogueiro, mas renove dia a dia seu conhecimento da língua portuguesa, para que seus textos gradativamente galguem os degraus da escada da boa, agradável e perfeita escrita. O primeiro degrau é bom, o segundo degrau é agradável e no terceiro degrau você estará perfeito.

Minha sugestão: há bons manuais de redação em boas livrarias. O meu, "Técnicas de Redação" é bastante antigo, não sei se ainda existe para venda. O nome do autor é João Bosco Medeiros, da Editora Atlas.



COMPROMISSOS


COM DEUS. A cultura do Mundo Ocidental caminha para se tornar mais e mais individualista. Narcisista. Até os cristãos estão sendo atraídos por este desvio Não foi assim que Jesus Cristo viveu no primeiro século. Ele chamou 12 jovens para ESTAREM com Ele. Para ter e crescer em COMUNHÃO com Ele. Eles assistiam ao discurso, mas Cristo ia além das palavras, pois o Reino de Deus é poder para ação. Se nos consideramos CRISTÃOS então devemos assumir um COMPROMISSO de serviço para ter comunhão com ELE. Mesmo nos multiformes tipos e formas de blogar é perfeitamente possível manter este compromisso de fidelidade.

COM O EQUILÍBRIO PESSOAL: temos que levar em conta outro compromisso: o de zelar pelo equilíbrio do virtual com o mundo real. O que fazemos no mundo real é o que dá peso às coisas que publicamos na Internet. Discurso desprovido de substância, de experiência com Deus, não vai produzir fé no coração de ninguém, pois ele será rejeitado pelo Espírito Santo.


COM A IGREJA - A maioria dos formadores de opinião da grande imprensa não são profissionais cristãos. A esmagadora maioria de jornalistas, repórteres, artistas e políticos não veem a Igreja evangélica com bons olhos. Eles nos consideram como os fundamentalistas do atraso. Crentes bobos explorados por pastores ladrões. Como somente eles falam, suas opiniões são aceitas como verdadeiras pela sociedade. Só há um caminho para enfrentar este desafio: compartilhar tecnologia de uso das mídias digitais. As próximas gerações vão se informar PRINCIPALMENTE pela Internet.


Quanto mais líderes evangélicos aprenderem publicar conteúdo cristão na NET melhor. Nem todos vão atingir altos patamares de popularidade, mas muitos vão. Se nós não expressarmos nossa opinião perante a sociedade, ela vai continuar bebendo de ateus, homossexuais, ímpios, incrédulos e de autores de novelas cheias de prostituição e maus exemplos. Precisamos participar e convocar nossos conhecidos a tomar parte no maior veículo de comunicação globalizada, chamada Internet. E a porta deste caminho chama-se BLOGS.


Aí está o texto prometido. Dos quatro aspectos abordados, todos são importantes, mas eu creio que a VISÃO é o combustível que pode levar à conquistas de feitos que você ainda nem sequer pensou, mas que estão no coração de Deus a sua espera.


Publicação original em 06 de fevereiro de 2010. Revisão em 02.1.2019




.

terça-feira, janeiro 01, 2019

A História dos Blogs

.João Cruzué 

HISTÓRIA DOS BLOGS 

O primeiro
 Weblog da história da Web, http://info.cern.ch/, foi criado por Tim Berners Lee no Laboratório do CERN em 1992.” Sua página foi afortunadamente conservada pelo consórcio administrador da Rede Mundial de Computadores.

O termo 
“Blog” que conhecemos hoje é uma contração de “Weblog”, a terminologia usada pelos criadores da Internet (Web3). Entre 1993 e 1996 o grande Blog acessado pela comunidade mundial de desenvolvedores chamava-se What’s New. Publicado pela Netscape, o famoso browser dos pioneiros que depois foi desbancado pelo Internet Explorer de Bill Gates.

A partir de fevereiro de 1996 surgiram os primeiros blogueiros plugados nas novidades que estavam por vir, Nas 24 horas que a Internet se abriu para o mundo. A partir dai ela explodiu e os Blogs seguiram em seu rastro. Ainda não se sabe quando o primeiro blog evangélico foi publicado.

Em 1º de abril de 2004, o Google disponibilizou o Gmail sua plataforma de Webmail. Quem tinha feito o cadastro em lista de espera como eu, foi surpreendido com a comunicação da disponibilidade do serviço. Em 14 de abril de 2005 o Gmail ganhou uma versão em português. Em seguida, quem já possuia um blog no Blogger, pode reunir todos seus blogs  no mesmo endereço do Gmail.

João Cruzué, o criador do Olhar Cristão, começou em 2004 com o Bderek (Blog no Uol), depois com o Olhar Cristão no endereço "http://cruzue.blogspot.com", trocado mais pelo atual endereço http://olharcristao.blogspot.com. Pela mesma época também iniciavam Walmir Milomen com o E, Agora Como Viveremos?, o Pastor Altair Germano e Eliseu Antonio Gomes.

A primeira comunidade agregadora de blogs que conhecemos foi a Blogosfera Cristã de Poliane Latta, da qual fazemos parte até hoje. Mas a explosão de blogs evangélicos se deu pela visão da União de Blogueiros Evangélicos que procurou fomentar a criação de blogs entre as lideranças evangélicas a partir de agosto de 2007. De 1300 blogs afiliados em 2008 a UBE saltou para mais de 18.000 em  2012. Cada liderança evangélica, um blog. Depois veio a Comunidade dos Blogueiros Cristãos CNBC do designer Lucas Junior apostando em tecnologia.



O QUE SÃO BLOGS
Tradução de João Cruzué

O termo "Blog" vem de uma contração da palavra Weblog. Um tipo de Web site mantido geralmente por uma pessoa com postagens regulares de comentários, descrição de eventos ou outros materiais tais como gráficos ou vídeos. As postagens são comumente publicadas em ordem cronológica inversa. De Blog veio um neologismo: o verbo blogar, que tem o significado de manter um blog ou adicionar conteúdo nele.

Muitos blogs provêm comentários ou notícias sobre um assunto em particular. Uma de suas primeiras funções foi como Diário pessoal online. Um blog típico combina texto, imagens, links para outros blogs, sites, e outras mídias relacionadas com a postagem. A facilidade com que os leitores podem deixar comentários em uma forma interativa é um dos detalhes mais importante de muitos blogs.

A grande maioria dos Blogs são, principalmente, textuais embora alguns foquem em Artes, fotografias, sketches, vídeos, música e áudio. Mais recentemente temos o micro-blog com postagens curtas. O Twitter é portal de microblog do momento.

Em dezembro de 2007, a Technorati, um buscador de blogs na WEB, rastreava mais de 112 milhões de blogs.

Tipos de Blogs
Há diferentes tipos de blogs. São diferenças não apenas de conteúdo, mas também na maneira que este conteúdo é publicado ou escrito.

Blogs Pessoais
O blog pessoal, um diário continuado ou comentário de um indivíduo, é blog tradicional ou o mais comum. Os publicadores de blogs pessoais têm muito orgulho de suas postagens, mesmo que seus blogs nunca tenham tenha sido lidos por ninguém, além deles mesmos.

Blogs, frequentemente, se tornam mais do que simples uma maneira de se comunicar. Eles se tornam em um modo para refletir sobre a vida, tarefas ou arte. Blogar pode trazer uma qualidade sentimental. Poucos blogs pessoais alcançam a fama ou nata dos blogs, mas alguns blogs pessoais ajuntam rapidamente um número expressivo de seguidores.

Twitter
A onda do momento é o micro blog Twitter, que permite aos blogueiros compartilhar pensamentos, frases, sentimentos instantâneos com os amigos, família, muito mais rápido que escrever ou mandar um email.

Outro uso objetivo do Twitter é usá-lo como divulgador de postagens, deixando o título e um link para a postagem no blog tradicional. O micro blog caiu nas graças da nova geração que anda muito ocupada e não tem tempo para manter contato.

Blogs Corporativos
Um blog pode ter uso pessoal, como em muitos casos, mas também pode ter ser usado para assuntos de negócios. Blogs também podem ser usados internamente para incrementar a comunicação dentro de uma corporação ou externamente para marketing ou relações públicas são chamados: blogs corporativos.

Gêneros
Alguns blogs focam um assunto específico, tais como: blogs políticos, blogs de viagem, blogs domésticos, blogs de moda, projetos, blogs de educação, comunidades, blogs clássicos de música, blogs de perguntas e respostas, blogs sobre leis. Os dois tipos mais comuns de gêneros de blogs são o blogs de artes e o blog de música. Um blog criado para especialmente sobre o lar e a família é chamado de Blog da mamãe.

Fonte: Wikipedia



Publicada por João Cruzué em  07 de junho de 2009