sexta-feira, julho 10, 2009

Uma nova visão da blogosfera evangélica

.

João Cruzué

Este texto é uma forma de agradecimento que dedico a todos que já leram, elogiaram e principalmente criticaram minha forma de pensar sobre a blogosfera evangélica. Se antes ter um blog era coisa de intelectual, pelo menos no Brasil de hoje isso já se tornou uma ferramenta de comunicação bem democrática. Quero mais uma vez analisar o momento desta mídia virtual para imprimir um retrato que venho revelando há alguns dias. Você não é obrigado a concordar comigo, todavia não são muitos os blogueiros que se arriscam a escrever sobre tendências.

É público a informação de que os grandes e endeusados veículos de comunicação estão em tempos de vacas magras. Com exceção do Google, que ganha muito dinheiro vendendo espaços para publicidade em seu serviço de disponibilização de buscas, a maioria não consegue fazer dinheiro na Internet da mesma forma que fazia com a mídia impressa. Os tempos mudaram. Hoje, com a existência dos blogs e da internet, até as postagens do irmão J"oãozinho" e da irmã "Mariazinha" ficam ao alcance do mundo inteiro.

O que poucos notaram, é que o Google nos dá, hoje, uma ferramenta fantástica para competir em igualdade de condições com sites da Globo, Estadão, Abril, etc. Há três, quatro anos atrás, você não via blogs em uma página de busca. Hoje eles estão presentes principalmente na primeira página. Se você produz textos de própria autoria e bloga com regularidade em pouco mais de um ano pode constatar este fato. Creio que o próprio Google deseja que mais e mais produtores de conteúdo usem o blogspot para atomizar as notícias. A partir de um blog qualquer pessoa pode redigir uma reportagem, um poema, uma crônica, o texto de um fato desapercebido acontecido em qualquer canto deste mundo. A democratização da informação.

Vamos aos fatos. Já faz algum tempo que venho trabalhando em uma teoria. E através de experimentos venho constatando evidências de que ela funciona na prática. Estou falando de títulos planejados. O segredo de trabalhar bem com o blogspot do Google está no título da postagem. Em fevereiro de 2008 eu publiquei uma tradução que fiz de uma entrevista do então candidato à presidência dos EUA - Barack Obama. Assim que ele tomou posse em janeiro de 2009, dez meses depois, houve uma enxurrada de visitas ao meu blog.

Na verdade não trabalho com notícias, meu blog é variado e tem o estilo de uma revista. Meu blog é evangélico, mas minha visão é global. Preciso escrever e atrair leitores de todos os segmentos sociais. A partir de três, quatro visitas, muito provavelmente um leitor não evangélico já se interessaria pela leitura de coisas minhas diante dos resultados de uma página de busca. Se escrever apenas as mensagens evangélicas que gosto, estaria transformando meu blog em um espaço de um assunto único. E assunto único em internet enjoa.


Outra prova. No dia 28 de junho fiz uma pesquisa e postei uma reportagem com o título "Sepultamento de Michael Jackson". Um título planejado e postado com antecedência. Uma semana depois o velório aconteceu de fato. No serviço de buscas do Google o Blog Olhar Cristão ficou por alguns dias na terceira ou quarta posição. O outro Blog Jornal Cristão ainda hoje aparece em primeiro lugar na primeira página para a consulta "sepultamento Michael" E o Olhar Cristão na segunda posição da busca sepultamento do Michael. Na verdade, meu propósito não é escrever sobre Michael Jackson, mas posso atrair leitores para meus blogs se criar e publicar textos que podem competir em pé de igualdade com os grandes sites de mídia impressa.

É possível sim, ter seu blog divulgado na primeira página de buscas do Google - o maior "engine" de buscas do mundo quando você publica um texto antecipado com um título explorando um assunto de muito apelo popular. O que eu chamo de título planejado. É claro que você não tem todas as informações, mas à medida que sua pesquisa funciona, você pode ir atualizando. Você passa a competir com os gigantes da informação. Graças à plataforma blogspot que o Google nos oferece gratuitamente para publicar.

Um fato precisa ficar bem claro: a geração teen e os kids de hoje não têm o costume de usar a mídia impressa para se informar. O que eles sabem e leem vem da internet. Então, cada ano de experiência blogando vai contar muito. Tome conhecimento disso: não escondo de ninguém que nós cristãos precisamos tomar posse desses dessas ferramentas de informação online que são os blogs. Venho trabalhando na UBE sistematicamente para oferecer conhecimento de criação e edição de blogs para toda liderança evangélica - que goste de escrever. Uma prova disso é o tutorial Como Blogar que vem sendo publicado há mais de três anos. Acessível para crentes e não crentes. Temos uma grande oportunidade de sermos os atores principais, os líderes de publicação de conteúdo evangélico ou cristão como queiram na WEB.

O Curso de Blogs que demos início neste ano está com sua segunda aula saindo do forno. A primeira trouxe informações sobre o que são e a História dos blogs. A segunda aula deve ser um resumo da visão que um blogueiro evangélico deve ter. Eu entendo que, se decidirmos ser os produtores e publicadores de conteúdo cristão e informações para a Internet, temos que fazer isto com profissionalismo e paixão. Buscar a excelência. Por exemplo? No domínio da língua, nas técnicas de redação, nos estilos de textos, no formato das páginas de cada blog, encolher o tamanho dos textos. Ilustrar. E ficar atento à legislação nacional. Sobre isto, está tentando passar no Congresso um PL de autoria do senador Eduardo Azeredo - aquele que foi precursor do mensalão - que propugna tipificar como crime a simples cópia de uma imagem de um site da WEB.

Vou concluir este assunto dizendo o seguinte: se você já tem um blog, continue investindo tempo e paciência nele. Se você gosta de escrever e exerce liderança na sua Igreja, filie-se na União de Blogueiros Evangélicos para aprender e compartilhar conosco conhecimentos e experiências. Uma coisa é certa: o atual campo de batalha pela conquista dos corações destas duas (crianças e adolescentes) gerações está acontecendo na Internet. Poucos estão vendo isto. Nós estamos da blogosfera evangélica precisamos ter visão dessas coisas. Enquanto tivermos a plataforma de blogs e o serviço de arquivo e busca do Google não há limite para sonhar nem para realizar.

SP - 09.07.2009

cruzue@gmail.com




3 comentários:

daladier2001 disse...

Prezado irmão João Cruzué, infelizmente falta qualidade no conteúdo de muitos blogs. Ficam repetindo exaustivamente matérias já postadas. Exaustivamente, repostando de outros blogueiros. E coisas do gênero. Não reclamo o título de melhor blog para mim, muito pelo contrário, eu estou a zilhões do objetivo.
Mas o que faz a riqueza de um blog são as pitadas de textos e recursos que a internet oferece, mesclando com o conhecimento dos demais e se reinventando.
Outra coisa, falta ação política aos blogueiros. Normalmente, a maioria de nós fica criticando nos bastidores e querendo que as coisas mudem, mas de prático... É o caso do abaixo assinado do Minc.
No mais, acho excelente que a mídia evangélica "invada" a web. Se tivéssemos um pouco mais de qualidade...

EDILSON VALDECI disse...

A paz do Senhor amado João Cruzué,

Estou bastante regozijado com os artigos que tenho visto na blogsfera, e tenho certeza que grandes conquistas serão feitas.
Temos que nos unir em prol deste grande empreendimento, pois existem blogs de ótima qualidade e de ricos textos.
Continue nessa tua força.

Leonardo Gonçalves disse...

João Cruzue,

É preciso motivar os blogueiros de hoje, incentivar a criação de novos domínios no blogspot, oferecer recursos básicos para que eles possam editar seus textos de modo didático e legível, e aguardar com fervor e paciência essa revolução, que está no seu início, mas que atingirá seu apice dentro de uns cinco a dez anos.

E aí, João? Será que aguentaremos firmes até lá? Quantos blogueiros evangélicos teremos então? Será que o goggle vai continuar disponibilizando seus mecanismos de buscas para nós?

Abraço,

Leonardo.