domingo, junho 29, 2008

Entrega oficial do Manifesto Evangélico contra o PL 122 em Brasília

Fotos oficiais da entrega do Manifesto Evangélico contra o PL 122
No Senado Federal em Brasília no dia 25 de junho de 2008

Blog Olhar Cristão - João Cruzué

clique nas fotos para ver no tamanho original

Foto: Diógenis Santos
Deputado Miguel Martini e o Pastor Silas Malafaia entregam ao Senador Magno Malta,
Presidente do Senado em exercício, o Manifesto Evangélico contra o PL. 122/06.

Foto: Diógenis Santos
missão cumprida.

Foto: Edson Santos
Evangélicos em manifestação na Praça dos Três Poderes

Foto: Edson Santos

Foto: Laycer Tomaz

Foto: Laycer Tomaz

No Salão Negro só caberiam 70 pessoas; não era possível a entrada de todos.


Clique nas fotos para ampliar ao tamanho original

Fonte: banco de imagens da Câmara


Blog Olhar Cristão - João Cruzué
cruzue@gmail.com


.

4 comentários:

Wilma Acioli disse...

Eu moro em Maceió, meu esposo e filho , foram a Brasília para o manifesto, dia 25/06. Apesar do aperto financeiro , decidimos ser importante estar lá no Senado e coube a Deus permitir que meu esposo com seu jeito desenrolado , conseguir entrar em todos os momentos desta solenidade, foi ele que levantou o Silas Malafaia nos braços e conseguiu colocar meu filho e ele mesmo dentro do plenário, entre os poucos, acho que 30.

E nas suas fotos aparece ele, tem uma que mostra só a cabeça dele, com sua barba grisalha, próximo ao Senador Magno Malta. Sei que é ocupado, mas se puder enviar-me as fotos que tirou, ficaria muito grata. Meu filho, pela graça de Deus, é Pastor e tem lutado junto aos jovens , aqui em Alagoas (campo difícil de evangelização). Estou divulgando seu blog, que leio todos os dias. Que Deus o abençoe sempre! Desculpe os erros, sou novata na internet, e assim digito devagar e com erros.

Nossa Igreja tem estado em jejum e oração, pela não aprovação, desta maléfica projeto de lei. Mas se Deus o permitir, isto está nas escrituras, teremos que nos conformar, a perseguição aos cristãos vai começar. Que Deus tenha misericórdia de nós e nos dê fé e amor necessários para prosseguirmos na batalha. Fica com Deus!

Anônimo disse...

Seu site é muito importante. O pastor da minha igreja pediu um levante de todos os irmãos para que enviássemos e-mails e tb ligássemos para o 0800 do Senado. Vários irmãos estão se mobilizando para evitar que esse projeto seja aprovado.
Entendo que a hipocrisia deve acabar, pois praticamente 99% dos homossexuais são vítimas de pedofilia. Ora, se devemos combater a pedofilia, porque deveríamos apoiar o homossexualismo, que é uma das conseqüências da pedofilia?
A ida a Brasília foi muito importante, pois a nação pode ver que os cristãos tb podem se juntar em prol da mensagem do evangelho.
Devemos lutar agora, não podemos deixar para depois, pois senão será muito tarde. O apóstolo Paulo enfrentou inúmeras adversidades por causa do evangelho, mas graças a ele e graças a tantos outros irmãos que nos precederam é que o evangelho de Jesus Cristo chegou até nós. Se nos calarmos pode ser que nossos filhos e netos não tenham a possibilidade de liberdade religiosa.
Devemos impedir aquilo que aconteceu na Califórnia/EUA, onde o casamento de homossexuais foi oficializado.
Meu nome é Marcos e moro no Rio de Janeiro.

graziano disse...

Segundo o mandamento maximo do cristianismo "Ame o proximo como a ti mesmo", e nada mais cristao que inibir, coagir, reprimir, discriminar o proximo. Tenho certeza que Cristo esta dando graças a atitudes como essas. Aleluia

João. disse...

.

Para Graziano.

Já conheço sua opinião. Ironia legal. Só que eu não posso amar o próximo mais do que a mim. Isso seria permitir que ele me processe e me mande para a cadeia porque vou ensinar na Igreja e em minha casa a doutrina Bíblica.

Nós já sabemos o que vem ocorrendo em outros países. O dia que um segmento da sociedade se tornar "incriticável", algo dogmático, por força de lei, nossa constituição vai promover um desequilibrio social. Estará aberto uma porta onde algumas classes de pessoas são mais cidadãs que outras.

Isto não nem questão de religião. É bom senso mesmo. Amar o próximo não significa dizer SIM a tudo que ele queira. Você não precisa de uma Bíblia para saber disso, basta se lembrar das atitudes de sua mãe. Ela assentia com tudo que você queria fazer?


Com todo respeito,


João.