quinta-feira, junho 03, 2010

Blogs Evangélicos - o perigo da vala comum

.

.João Cruzué

A visão inicial que tive sobre o uso de Blogs evangélicos não mudou. Ela veio no dia que digitei a palavra "church" no navegador e veio uma página de uma igreja satanista. Fiquei admirado com a letargia dos líderes cristãos. Depois, conclui que eu fazia parte dessa liderança e fui blogar e ensinar outras a fazer o mesmo. Hoje temos quase duas dezenas de blogs evangélicos na NET, mas uma coisa me preocupa: o lado mesquinho da cultura de algumas igrejas infectou a blogosfera. Isso tem assustado os leitores não crentes quando leem só coisas ruins do meio evangélico.

Hoje temos milhares de blogs evangélicos, muitos dos quais aprenderam em nossas dicas para blogar. Só em 2009, a UBE, comunidade que liderei à convite, cresceu de 1.300 para 6.000 blogs. O que seria motivo para satisfação, na verdade tem me preocupado, pois o foco inicial está sendo perdido.

A vala comum de um blog não cristão hoje é o apedrejamento de Pastores e o Pastor Silas tem sido a "geni" da maioria da WEB evangélica. Blogueiros que detestavam postar fofocas, agora escrevem como loucos sobre a vida de pastores, para girar o counter de seus castelos de areia. Não tendo nada de importante para dizer, se ocupam então da vida alheia, com críticas e prognósticos sobre o "mal" que os pastores (que TRABALHAM) em evidencia estão tramando.

Se for para escrever textos e mais textos que abordem SEMPRE o lado ruins das pessoas, então não precisaria de blogs, pois o diabo já faz este tipo de publicidade. O que tenho visto sob a capa de APOLOGIA é tudo menso apologia. É farisaísmo arcaico mesmo. Lupas com o foco apenas nos defeitos.

Um blog evangélico que só trabalha com posts ácidos e opiniões rasas só é comparável àqueles pregadores de Praça da Sé. Pouca sabedoria, muito radicalismo, que assustam as pessoas que passam. A imaginação que as pessoas têm dos crentes quando passam perto das "rodas" dos pregadores da Praça da Sé, é que estão diante de pessoas desequilibradas. A primeira impressão delas produz um sinal amarelo, que se é aquilo que acontece dentro das Igrejas Evangélicas, então os crentes têm um estranho mau gosto. A imagem de um traz o preconceito sobre todos.

Assim também já está acontecendo na blogosfera evangélica. Muitos blogueiros estão seguindo o sucesso irresponsável de fofoqueiros que se identificam por apologetas. Se há um milhão de assuntos bons para escrever e um ruim para criticar, a facilidade de desconstruir é muito mais atraente. A fama pela fofoca ou por críticas gratuitas em nome da defesa da fé parece -se muito como a história da roupa invisível do rei.

O texto que eu gosto ler tem um conteúdo positivo. É uma postagem que não assuste pela agressão barata. E um assunto que encante e cative a atenção de um leitor comum. É um estilo cristão.

É tempo de cativar, de fazer planos mais altos, de fugir da vala comum. De que vale um blog que não tem mais o respeito de seus leitores?

É preciso blogar com excelência, com consciência, sem vergonhar o evangelho. Blogar insistentemente coisas não construtivas mostra aos leitores de maior cultura a mesquinhez que há por trás do blog. Que perfil de leitor é atraído por conteúdo negativo? A julgar pelos comentários superficiais...

É por isso que creio e insisto em uma blogosfera evangélica equilibrada, positiva, construtiva e séria. Exatamente a receita para bons formadores de opinião. Menos que isso seria perda de tempo e prejuízo para a Igreja.




5 comentários:

Pr. Fabio L. Volpini disse...

A paz do Senhor, irmão concordo plenemente com esta excelente postagem, nós fomos chamados para fazer a diferença e não para sermos iguais ou piores que o mundo, só é cristão quem é a luz deste mundo e faz a diferença, que não é o caso destes blogueiros que ao invés de orar pelos líderes os apedrejam, isso não é cristianismo, afinal fazemos ou não fazemos parte do meu corpo de Cristo?.

Deus abençõe sua vida e ministério.

Márcio Melânia disse...

Quer queiramos ou não somos escória do mundo.
E se não parecermos ao mundo como escória, estaremos semelhantes a eles.
Quanto aos aspectos de passarmos boas notícias, apenas uma consideração: ultimamente os "crentes" não estão sendo portadores de Boas Notícias"...

1 Coríntios 4.9-14

"Porque tenho para mim, que Deus a nós, apóstolos, nos pôs por últimos, como condenados à morte; pois somos feitos espetáculo ao mundo, tanto a anjos como a homens.
Nós somos loucos por amor de Cristo, e vós sábios em Cristo; nós fracos, e vós fortes; vós ilustres, e nós desprezíveis.
Até a presente hora padecemos fome, e sede; estamos nus, e recebemos bofetadas, e não temos pousada certa,e nos afadigamos, trabalhando com nossas próprias mãos; somos injuriados, e bendizemos; somos perseguidos, e o suportamos; somos difamados, e exortamos; até o presente somos considerados como o refugo do mundo, e como a escória de tudo.
Não escrevo estas coisas para vos envergonhar, mas para vos admoestar, como a filhos meus amados."

NICODEMOS disse...

Paz seja contigo

Concordo com tudo o que dizes.

E acrescento que a igreja evangélica tem sido como uma massa cujo fermento do pecado tem levedado a massa.

Creio que a pregação do evangelho tenha sim poder para limpar a igreja, limpar o meu, o seu e todos os corações que assim receberem a Palvra de Cristo.

Mas o que me preocupa é que o denuuncismo sem atitudes de mudança tem realmente causado mais mal do que bem ao povo de Deus e a sociedade.

Tenho assumido papel na denuncia, mas tenho paralelamente ou antes de denunciar buscado cumprir Mateus 18

exorto em particular, exorto diante de testemunhas e por fim expor tais condutas heréticas.

Um exemplo.. os pastores e lideres de minha igreja usam o pulpito como palanque e fazem de Jesus cabo eleitoral, bem como de José e de Daniel....

3 anos, orando, meditando, exortando, admoestando, quase implorando para que tenham amor a Deus e ao rebanho de Cristo.

mas se não aceitam me ouvir, ou pior, ouvir a Palavra de Deus, a qual é meu argumento e verdade pela qual balizo minhas ações, só me resta denunciar.

Tenho tentado também mostrar que mesmo que a situação seja crítica e de tragicas consequencias, se houver a perseverança em servirmos a Deus, a sua justiça se cumprira em nós e através de nós.

E que mesmo em meio a Eli(s), temos varios pequenos como Samuel a crescerem no meio do povo.

Seja bem vindo em meu blog e que possas ser edificado na Palavra.

atalaiadocastelo.blogspot.com

nicodemos

vilma disse...

Concordo plenamente irmão.Infelismente a busca por angariar cada vez mais seguidores,e aumentar o número de visitas tem prejudicado a blogosfera cristã.Acho um absurdo esses ataques à pastores e denominações.Não somos donos da verdade,e somente Deus tem condições de julgar porque somente Ele conhece todaS as coisas.Nosso objetivo precisa ser arrancar do inferno as almas que lá estão...e o que estamos fazendo?Nos degladiando como inimigos ferrenhos...é lamentável.Excelente postagem.Graça e paz

Visotaky disse...

Olá! Sigo o seu blog a um tempo, desde que comecei o meu blog: [b]http://crucificadocomcristo.blogspot.com/[/b]

Realmente, como vc vem dizendo nas últimas postagens, muitos blogs cristãos estão seguindo a maré dos blogs laicos, comentando notícias, reclamando de outras igrejas ou denominações. Não que eu defenda pastores e doutrinas corruptas... mas o blog cristão é muito mais do que um portal de palpites, de comentários. É um espaço para produzir e divulgar a verdade da Palavra de Deus! Muitos irmãos, que não têm a oportunidade de FALAR (ou mesmo são tímidos) podem driblar essa dificuldade através do blog, escrevendo sobre o Evangelho para muitas pessoas.
Enfim, o BLOG CRISTÃO fala de Cristo. Só Ele e a Sua Mensagem são mais do que suficientes.