sábado, outubro 01, 2011

Resposta de Eliane Sinhasique à carta de Renato Aragão do Criança Esperança

.
.

CARTA ABERTA DE ELIANE SINHASIQUE
AO DIDI

Eliane Sinhasique*
Blog da Eliane

Querido Didi,

Há alguns meses você vem me escrevendo pedindo uma doação mensal para enfrentar alguns problemas que comprometem o presente e o futuro de muitas crianças brasileiras. Eu não respondi aos seus apelos (apesar de ter gostado do lápis e das etiquetas com meu nome para colar nas correspondências).

Achei que as cartas não deveriam ser endereçadas a mim. Agora, novamente, você me escreve preocupado por eu não ter atendido às suas solicitações.

Diante de sua insistência, me senti na obrigação de parar tudo e escrever uma resposta.

Não foi por " algum motivo " que não fiz a doação em dinheiro solicitada por você. São vários os motivos que me levam a não participar de sua campanha altruísta (se eu quisesse poderia escrever umas dez páginas sobre esses motivos).

Você diz, em sua última carta, que enquanto eu a estivesse lendo, uma criança estaria perdendo a chance de se desenvolver e aprender pela falta de investimentos em sua formação !

Didi, não tente me fazer sentir culpada. Essa jogada publicitária eu conheço muito bem. Êsse tipo de texto apelativo pode funcionar com muitas pessoas mas, comigo não.

Eu não sou ministra da educação. Não ordeno e nem priorizo as despesas das escolas e nem posso obrigar o filho do vizinho a freqüentar as salas de aula.

A minha parte eu já venho fazendo desde os 11 anos de idade, quando comecei a trabalhar na roça para ajudar meus pais no sustento da família.

Trabalhei muito e, te garanto, TRABALHO NÃO MATA NINGUEM ! Muito pelo contrário, faz bem !

Estudei na escola da zona rural, fiz Supletivo, estudei à distância e muito antes de ser jornalista e publicitária eu já era uma microempresária.

Didi, talvez você não tenha noção do quanto o GOVERNO FEDERAL tira do nosso suor para manter a saúde, a educação, a segurança e tudo o mais que o povo brasileiro precisa.

Os impostos são muito altos ! Sem falar dos Impostos embutidos em cada alimento e em cada produto ou serviço que preciso comprar para o sustento e sobrevivência da minha família.

Eu pago pela educação duas vezes : pago pela educação na escola pública, através dos impostos, e na escola particular, mensalmente, PORQUE SOMENTE A ESCOLA PÚBLICA NÃO ATENDE COM ENSINO DE QUALIDADE QUE, ACREDITO, MEUS DOIS FILHOS MERECEM !!!

Não acho louvável recorrer à sociedade para resolver um problema que nem deveria existir, pelo volume de dinheiro arrecadado em nome da Educação e de tantos outros problemas sociais !

O que está acontecendo, meu caro Didi, é que os administradores dessa dinheirama toda não veem a educação como prioridade !

PARA ÊLES, A EDUCAÇÃO LHES RETIRA A SUBSERVIÊNCIA E ÊSSE FATO, POR SI SÓ, NÃO INTERESSA AOS POLÍTICOS QUE ESTÃO NO PODER. POR ISSO, O DINHEIRO ESTÁ SAINDO PELO RALO; ESTÃO JOGANDO FORA , OU APLICANDO MUITO MAL !!!

Para você ter uma idéia, na minha cidade cada alimentação de um presidiário custa para os cofres públicos R$ 8,82 (oito reais e oitenta e dois centavos), enquanto que a merenda de uma criança na escola pública custa R$ 0,20 (vinte centavos) !!! O governo precisa rever suas prioridades, você não concorda ? Você pode ajudar a mudar isso ! Não acha ?

Você diz em sua carta que não dá para aceitar que um brasileiro se torne adulto sem compreender um texto simples ou conseguir fazer uma conta de matemática. Concordo com você !

É por isso que sua carta não deveria ser endereçada à minha pessoa. Deveria ser endereçada a Presidente da República !!!

Ela é " a cara " !!! Ela é quem tem a chave do cofre e a vontade política para aplicar os recursos !

Eu e mais milhares de pessoas só colocamos o dinheiro lá para que eles façam o que for correto e necessário para melhorar a qualidade de vida das pessoas do país, sem nenhum tipo de distinção ou discriminação. MAS, NÃO É O QUE ACONTECE !!!

No último parágrafo da sua carta, você joga, mais uma vez, a responsabilidade para cima de mim, dizendo que as crianças precisam da "minha doação" e que a "minha doação" faz toda a diferença...

Lamento discordar de você, Didi !!! Com o valor da doação mínima de R$ 15,00(quinze reais) eu posso comprar 12 quilos de arroz para alimentar minha família por um mês, ou posso comprar pão para o café da manhã para 10 dias..... !!!

Didi, você pode até me chamar de muquirana, não me importo, mas, R$ 15,00(quinze reais) eu não vou doar ! Minha doação mensal já é muito grande. Se você não sabe, eu faço doações mensais de 27,5% de tudo o que ganho !!!

Isso significa que o governo leva mais de um terço de tudo que eu recebo e posso te garantir que essa grana, se ficasse comigo, seria muito melhor aplicada na qualidade de vida da minha família !

Você sabia que para pagar os impostos eu tenho que dizer NÃO para quase tudo que meus filhos querem ou precisam ? Meu filho de 12 anos quer praticar tênis e eu não posso pagar as aulas que são caras demais para nosso padrão de vida. Você acha isso justo ? Acredito que não. Você é um homem de bom-senso e saberá entender os meus motivos para não colaborar com sua campanha pela educação brasileira.

Outra coisa Didi, MANDE UMA CARTA PARA A PRESIDENTE "DILMA" pedindo para ela selecionar melhor os ministros e também os professores das escolas públicas ! Só escolher quem, de fato, tem vocação para ser ministro e para o ensino.

Melhorar os salários daqueles profissionais também funciona para que êles tomem gosto pela profissão e vistam, de fato, a camisa da educação ! Peça para Ela, também, fazer escolas de horário integral, escolas em que as crianças possam, além de ler, escrever e fazer contas, possam desenvolver dons artísticos, esportivos e habilidades profissionais. Dinheiro para isso está sobrando sim ! Diga para Ela priorizar a educação e utilizar melhor os recursos.

Bem, você assina suas cartas com o pomposo título de Embaixador Especial do Unicef para Crianças Brasileiras e eu vou me despedindo assinando...

Eliane Sinhasique,

Mantenedora principal dos dois filhos que pari !!!


P.S.: Não me mande outra carta pedindo dinheiro. Se você mandar, serei obrigada a ser mal-educada: vou rasgá-la antes de abrir.

PS2* Aos otários que doaram para o criança esperança, fiquem sabendo : AS ORGANIZAÇÕES GLOBO ENTREGAM TODO O DINHEIRO ARRECADADO À UNICEF E RECEBEM UM RECIBO DO VALOR PARA DEDUÇÃO DO SEU IMPOSTO DE RENDA !!!

Para vocês a Rede Globo anuncia: essa doação não poderá ser deduzida do seu imposto de renda !
PORQUÊ É ELA QUEM O FAZ [ NO DELA]!!!

PS3* E O DINHEIRO DA CPMF QUE PAGAMOS DURANTE 11(ONZE) ANOS? MELHOROU ALGUMA COISA NA EDUCAÇÃO E NA SAÚDE DURANTE ESSES ANOS?

BRASILEIROS PATRIOTAS (e feitos de idiotas) !!!DIVULGUEM ESSA REVOLTA....


Eliane Sinhasique é jornalista e publicitária do estado do Acre.

.

9 comentários:

joão disse...

concordo 99%. Queria muito ver o apelo da Globo junto aos políticos, muitos dos quais ela elegeu.

Quanto à dedução do IR, a Globo sempre anuncia que o dinheiro é depositado direto na conta da UNESCO, ou seja, não vai para a globo. Assim, ele não entra como renda e não pode ser deduzido (nem declarado, eu acho).

Joao Cruzue disse...

João,

Eu sou contador. Sempre saiu fumaça neste assunto de doação do Criança Esperança. A ponto deles virem a público para desmentir.

Eu não creio em desmentidos. Nem de políticos nem da Rede Globo. Eles já vacilaram no passado com isto, quem me garante que nao continuam manipulando as pessoas?

Abraço

joão disse...

É, e ainda você trabalha justamente na área do "controle", só que do setor público.
Não existe garantias. Assim como não há garantia que os operadores de telemarketing que ligam em sua casa, todos os dias, sejam funcionários de verdade e não uma quadrilha de estelionatários.

A iniciativa do Criança Esperança tem um propósito geral "bom", mas falha na velha história da esmola: é fácil ajudar os outros quando você não precisa se sacrificar. E esmola não muda a vida de ninguém.

Agora, de que forma essas pessoas poderiam ser ajudadas, se não fossem doações (não apenas da Globo)? O Governo (TODAS as esferas) não dá sinais que fará isso a curto prazo. E nesse interim, as pessoas nascem, crescem, vão para o crime e morrem. Quem vai mudar isso?

(veja bem, não perguntei quem PODE mudar, mas quem VAI.... possibilidade não significa ação)

Micheline Gomes disse...

Nunca concordei com o Criança Esperança. Não vejo os projetos mudarem a vida dos infantes.
Em Olinda, cidade vizinha a Recife tem um espaço do projeto, porém, pelo que percebo, só vejo uma quadra de esportes onde as crianças passam tempo.
Eu quero ver os milhões arrecadados sendo investidos com transparência, coisa que não vejo.
Se um dia tiver que contribuir com esses shows beneficentes, prefiro contribuir com a AACD, pois hospitais são construídos e crianças portadoras de deficiências são assistidas. Falo com os pés no chão,pois em Recife há um hospital.
Aproveito para pedir permissão para publicar em meu blog.

Joao Cruzue disse...

Oi MICHELINE GOMES,

A paz de Cristo.

Comentário de quem entende de Saúde.

Quanto ao texto é público, sinta-se á vontade para republicá-lo.

Irmão João.

Juliana Costa xD disse...

Sinceramente, eu nunca acreditei no criança esperança, pra mim esse projeto é a maior mentira! Tantos anos que a Globo faz essa campanha, e eu, que moro no nordeste do Brasil, um lugar que precisa de MUITA assistência, nunca vi um projeto se quer desse "treco".
Isso é ridiculo!

Aluizio Araujo disse...

Excelente Eliane, essa carta aberta que forma esse interessante fórum de discussão sobre essa hipócrita forma de tapar o sol com uma peneira, com muitas ONGs sempre tirando vantagem em alguma coisa. Aliás, é dever do Estado investir em oportunidades de trabalho e renda para que os cidadãos possam gerar seus próprios recursos evitando que terceiros tirem proveitos dessa pseudo-filantropia. Quanto a saúde, segurança, educação já é um direito do cidadão que paga caro para não receber. Nem Criança Esperança, nem qualquer outra forma filantrópica é segura, sempre alguém leva vantagem. Claro que para se possuir uma sociedade mais equilibrada é necessário maior obediência à Legislação Divina que nos orienta que filhos não devem ser adquiridos fora do casamento, sem nenhuma responsabilidade. O que mais estamos assistindo é uma paternidade irresponsável jogando seus filhos no mundo sem nenhuma estrutura que acaba sendo criados pelos avós já sem recursos para eles próprios. A obrigação de criar seus filhos com amor, carinho, educação é dos pais e não do governo. Não é com esmolas que vamos alcançar uma nação de primeiro mundo?

joão disse...

Pessoal, a eficiência das esmolas n´s sabemos. Mas existem muitos programas sociais realmente efetivos (na verdade, mais efetivos que aqueles de muitas igrejas cristãs).

A pergunta que deixo a todos, para responderem, é esta: quem vai ajudar os necessitados, quem vai mudar o futuro dos esquecidos enquanto o governo não coloca em prática as políticas que mudariam essa situação?

Porque, sinceramente, criticar uma iniciativa que ajuda a tantos outros é fácil, muito fácil e perigoso para nós que escrevemos do conforto de um computador. Agora, ajudar a fazer a diferença na vida de alguém é difícil.

De certa forma, essa atitude lembra a de alguns líderes judeus, que criticavam Jesus por curar no Sábado. Eles esqueceram das pessoas e davam mais valor às coisas.

A Bíblia é um livro cheio de ordens expressas para ajudar os pobres, órfãos e viúvas. O que essas ordens significam para nós hoje? Criticar iniciativas que fazem isso? Ou então propor e praticar uma solução melhor?

Pensem nisso. O comentário pode ser ácido, mas não difere da crítica feita por Jesus ao fermento dos fariseus. Vejam vocês mesmos na Bíblia.

Anônimo disse...

o dizimo tÁbem e biblico e porque a rede globo nao insentiva as pessoas darem o dizimo? voce ja ouviu falar do projeto do bispo marcelo civella na bahia? um projeto que deu certo. ele transformou a terra seca do sertao em terra fertil. la as criancas passam o dia todo brincam, astudam, e ao final do dia quando vai para casa elas ainda levam uma sacola de pao e um saquinho de leite todo dia.