Mostrando postagens com marcador Aceitar Jesus. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Aceitar Jesus. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, fevereiro 16, 2018

O eunuco mor e a rainha de Candace



Wilma Rejane


E o anjo do Senhor falou a Felipe, dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta. E levantou-se, e foi; e eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace rainha dos etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros, e tinha ido a Jerusalém para adoração, regressava e assentado em seu carro lia o livro do profeta Isaías Atos 8:26-27.

O eunuco mor e a rainha de Candace  eram gentios, estavam em Jerusalém para adorar o Deus dos judeus e voltavam para casa por um caminho em Gaza, uma estrada deserta e pouco trafegada. Existem algumas perguntas que poderíamos fazer considerando todo o contexto: Por que esses influentes etíopes retornavam a Africa por um caminho deserto? Por que vieram de tão distante para reverenciar O Deus de Israel? Quem era essa rainha e esse mordomo-mor?

Alguns historiadores tiveram a preocupação de recolher dados significativos sobre esses dois personagens. Candace era uma denominação dada para as rainhas mães no reino de Kush, ou Cão. Um clássico escritor romano (Calistenes) deixou registrada sua admiração pelas Candaces. Segundo ele, elas eram mulheres fortes e de uma sabedoria ímpar. Ele cita o diálogo de uma Candace com Alexandre o Grande que teria sido proibido de entrar na Etiópia:" Não menospreze nosso povo, nossa cor, porque nossas almas são tão brancas e brilhantes quanto o branco que há em você".

Dizem que após conhecer (de longe) a defesa formidável e o treinamento dos soldados de Candace, Alexandre teria desistido de enfrentar esse povo: perder a guerra para uma general mulher, seria vergonhoso. Estrabão, em seu relatório sobre o confronto militar entre romanos e etíopes, descreve uma Candace como a maior estrategista militar que já havia visto.

A rainha da Etiópia e seu mordomo, tiveram que viajar cerca de 200 quilômetros para chegar até Jerusalém. A presença de judeus etíopes na cidade era comum, pois haviam adquirido certa influência, a Etiópia havia se tornado o primeiro centro de culto monoteísta do continente africano e tão fantástico foi o encontro do eunuco com o Evangelista Felipe, que escritores antigos como Jerônimo, contam ter sido o mordomo-mor de Candace um dedicado discípulo de Jesus, tendo apregoado o Evangelho na Arábia Felia e nas proximidades do Mar Vermelho chamada Caprobano (alguns chamam celião), onde supõe-se ter sofrido martírio pelo testemunho. O cristianismo foi reavivado como religião oficial na Etiópia no século IV, de 1644 a 1974 com a queda do imperador Haile Sellasie em 1974.


Um encontro real com Deus

O mordomo-mor era um oficial da corte, negro e castrado (eunuco). Um etíope interessado e estudioso das Escritura que parecia ter voltado de Jerusalém, incomodado com a passagem do livro de Isaías sobre o Cordeiro mudo levado ao matadouro (Isaías 53:7-8). As leituras nas sinagogas e templo, nessa época, eram feitas em voz alta e os pergaminhos do profeta Isaías que anunciam a vinda do Messias, devem ter sido centro de alguma pregação ouvida pelo eunuco que foi pelo caminho repetindo a passagem de Isaías.

E o anjo do Senhor falou a Filipe dizendo: Levanta-te, e vai para o lado do sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserta. Atos 8:26.


A estrada era deserta, mas o mordomo não estava sozinho, nem invisível aos olhos de Deus. Filipe é avisado de forma sobrenatural que deveria encontrar o mordomo e explicar-lhe a passagem de Isaías.

Não existe lugar nenhum inacessível e oculto para Deus. Ele resgata vidas em todo e qualquer lugar da terra e utiliza as mais variadas formas de falar conosco.

O mordomo não podia entrar livremente no templo por ser considerado defeituoso. Só podia adorar do lado de fora. Não se sabe ao certo de que forma aconteceu a visita da rainha e do mordomo em Jerusalém, mas a estrada solitária, parecia refletir de fato, o estado de espírito em que se encontravam.

Apesar da posição de destaque, os judeus muito rigorosos e zelosos com a lei,devem ter proporcionado certo distanciamento entre a rainha de Candace, seu mordomo e a elite religiosa de Jerusalém.

Mas se os homens se mostram distantes de nós, por algum motivo preconceituoso, Deus não faz acepção de pessoas. O pecado e a rebeldia em ouvir Deus, são fatores que nos afastam Dele e não nossa condição física, social ou mesmo de nacionalidade.


Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; nem agravado o seu ouvido, para não poder ouvir.Mas as vossas iniquidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que não vos ouça. Isaías 59:1-2

Deus nos encontra nos lugares desertos. Na estrada, a caminho de Gaza, o mordomo lia Isaías em sua carruagem, nem rainha, nem condutor, ninguém era capaz de acalmar seu espírito e resolver o conflito existencial que instigava seu ser sobre a salvação. Ele lia e relia os versos de Isaías e sabia que ali havia algo mais, uma revelação. E Deus providenciou Felipe para ajudar o eunuco.

Podemos estar rodeados de pessoas, mas ainda assim não estarmos felizes. Podemos mesmo, ter uma profissão de destaque, influência na sociedade e ainda assim, viver como em uma estrada deserta e ninguém, será capaz de resgatar nossa alma da solidão, só mesmo Deus.


Ele enviou Felipe a Gaza porque ouviu a oração, a angústia e o anseio do mordomo por conhecer o Messias. Deus também viu o esforço do mordomo e da Rainha ao se deslocarem de uma distância tão grande para irem ao templo. Digamos que o templo representa uma religião, mas ela não nos salva. Ela pode revelar que há um vazio em nós, uma necessidade de encontrar o Deus que preencha esse vazio, mas assim como o mordomo e a raínha voltavam para casa, por caminho deserto, a religião também faz com que pessoas continuem desertas em si mesmas e também no olhar sobre o mundo e o outro.

Deus sabe onde estamos e quais são nossas angustias, mas é preciso que oremos a Ele.

 O mordomo-mor e a Rainha de Candace podem ter sido vitimas de preconceitos por parte dos judeus que chamavam samaritanos de impuros por serem idolatras e cananeus de cachorrinhos pelo mesmo motivo. Deus, contudo os acolheu com amor eterno, não deixou  que partissem vazios de Jerusalém. O historiador Fouard conta que a rainha de Candace também teria se convertido pelo testemunho do seu mordomo-mor.

E sobre o significado do nome mordomo-mor, há algo que vale a pena conhecer. Essa palavra, vem do grego "dunastes" (strong 1413) significando ministro real, alto funcionário da corte. Essa Palavra também é usada para descrever o reino de Cristo como uma eterna mordomia. Assim, como cristãos, somos servos e tão dedicados a nosso Senhor como o mordomo-mor deveria ser a sua Rainha.

Que Deus o abençoe.

 Consultei:

Bíblia de Estudo Plenitude, Revista e corrigida, 1995, SBB
Mulheres Negras na Antiguidade de Ivan Van Sertima, 1990

segunda-feira, outubro 26, 2015

Mensagem para voltar a sorrir



O choro pode durar uma noite
Autor: João Cruzué

A palavra de Deus é a melhor fonte de consolação e conforto conhecida. É por você que estou aqui escrevendo este post, para dizer com muita certeza que Jesus Cristo ama você. Tendo dito isto, quero complementar minha opinião com um trecho especial da Bíblia Sagrada, o livro de Deus.

Está escrito no Evangelho, segundo São João assim:

[Cristo] veio para seu povo (os judeus) mas os seus não o receberam. Eles o desprezaram e até pediram para que fosse crucificado.  Entretanto,  a todos quanto o receberam (aceitaram Jesus como salvador) lhes deu o poder serem feitos (adotados) filhos de Deus - os que creem em seu nome (João cap. 1. vv. 11 e 12)

Aparentemente, é um texto muito simples, mas por trás desta simplicidade existe o supremo amor de Deus. Quando você compreende o convite de Deus, registrado no Evangelho segundo São Mateus (Cap. 11 v 28) "Vinde a mim, todos vós que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei", fica sabendo que ao se tornar formalmente um FILHO DE DEUS, recebe também o direito de ser ouvido por Deus.

O filho é ouvido, mas o estranho, não.

São João também escreveu (João 9.31): "Ora, nós sabemos que Deus não ouve a pecadores; mas se alguém é temente a Deus e faz a sua vontade, a esse ouve". 

E também está escrito (João 6.40): "Porquanto a vontade daquele que me enviou é esta: Que todo aquele que vê o Filho, e crê nele, tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia." 

Se você não sabe mais o que fazer para resolver seus problemas, saiba que para Deus (Lucas 1.37) nada é impossível. Aceite Jesus em uma Igreja Evangélica, confesse no seu quarto, sozinho, tudo de errado que fez na sua vida e peça perdão a Jesus. Peça também para que ele escreva seu nome no Livro da Vida (onde vai o nome dos filhos que são adotados por Deus). Tendo feito isto, abra seu coração e converse com o SENHOR. Diga para ele todas as suas angústias, mostre para ELE todas as suas dívidas e não esconda DELE nenhuma de suas necessidades. Abra o seu coração para o SENHOR. Desabafe, e anote os pedidos que fez a ELE.

Se você já aceitou JESUS, é um crente fiel e, apesar disso, está passando por muitas lutas e tribulações, continue orando. Se o coração ainda está pesado, inseguro, jejue também. Deus não livra seus filhos das lutas porque elas amoldam o caráter, mas no meio das lutas, a presença do SENHOR é real. Você pode não estar sentindo nada, aliás, seu sentimento é de completo desamparo. Lembre-se de que Jesus também experimento o mesmo sentimento no Getsêmani e na cruz do Calvário, mas o PAI nunca O tinha abandonado. Era parte de um plano que precisava ser concretizado. Da mesma forma, fique firme, porque os olhos do SENHOR estão atentos sobre você, e que nossos sentimentos de solidão e desamparo não são fontes confiáveis. Paulo disse que (II Coríntios 5:7) que devemos andar por FÉ e não por aquilo que se vê.

O tempo da aflição vai passar. O choro pode durar uma noite, mas a alegria virá pela manhã. Receba do SENHOR o espírito de sabedoria e revelação, para compreender e entender qual é o propósito DELE para sua vida. Ao ser adotado como filho, você tem direitos cuja dimensão só vai ser conhecida à medida que for chegando mais perto do SENHOR.

Peça a DEUS para abençoar o seu dia. Escreve bem forte no seu coração que este tempo ruim vai passar, o SENHOR vai lhe trazer no tempo que ele determinou o refrigério e a sua vitória.

Mas a alegria vem pela manhã!
GLÓRIA A DEUS!







SP 26.12.15


sábado, setembro 04, 2010

Jesus é a mão amiga no dia da angústia

.
Design by Advir
Photobucket
A filha de Jairo

----------------------------------------------------------------------------

"Clama a mim e responder-te-ei

e anunciar-te-ei coisas grandes e firmes, que não sabes."

Jeremias 33:3.

----------------------------------------------------------------------------

João Cruzué

Um dos textos que mais me comove na Bíblia Sagrada é a cura da filha de Jairo, registrada em Marcos, capítulo cinco. Ali podemos ver duas coisas: a busca de socorro de um pai desesperado, com uma causa perdida e a solução de problemas pelo poder que há em Cristo Jesus.

Jairo era um dos líderes da sinagoga dos judeus em Cafarnaun. Geralmente, os líderes da época eram homens preconceituosos, críticos do ministério de Jesus. Este e seus discípulos geralmente eram homens desprezados em seu tempo, pois não se adequavam à cultura religiosa judia, porque na sua época, o sagrado era tarefa dos descendentes da tribo de Levi. Jesus era da tribo de Judá. Isto já era o bastante para que não fosse respeitado.

Todavia, Jesus não era apenas um homem de apenas palavras. Ele tinha virtude. Milagres e curas se faziam presentes ao seu discurso. Sabedor disso, Jairo foi procurar ajuda. Seu desespero era grande, porque sua filha estava morrendo. Ao chegar perto de Jesus, esqueceu-se da sua posição e do preconceito; simplesmente se ajoelhou aos pés do Mestre e rogou.

A Bíblia relata que Jairo ajoelhou-se e rogava muito a Jesus que fosse até sua casa e impusesse as mãos na filha de 12 anos para que sarasse e vivesse. No meio do caminho a notícia pior: Não incomodes mais o Mestre, a tua filha está morta. E aqui vem o porquê desta mensagem: Jesus ainda é solução dos problemas insolúveis.

Jairo sentiu o peso daquela notícia ruim. Pensou que estava tudo acabado. Tudo acabado - nada! Assim disse o Senhor para Jairo: Não temas, crê somente. E chegando na casa de Jairo, encontrou o povo pranteando. Deixou os pranteadores lá fora e chamou para si os pais da adolescente e os três discípulos: Pedro, Tiago e João. Os seis entraram no quarto e Jesus disse à adolescente morta: "Talitá cumi" - menina levanta-te! E ela se evantou e isto assombrou a todos os presentes.

Mesmo diante das piores circunstâncias da vida, Jesus não decepciona ninguém. Afirmativas do tipo: Agora está tudo perdido; agora está tudo acabado; Não tem mais jeito. Acabou! Não resistem diante dEle.

Eu mesmo já experimentei situações de grande estresse sem cair em desespero, porque aprendi que Deus é o nosso socorro bem presente na hora da angústia.

Sua situação é tão difícil que já se tornou desesperadora? Deixe de lado o preconceito, esqueça a sua cultura, a sua religião. Entre no seu quarto. Feche sua porta. Ajoelhe ao pé da sua cama. E diga para o Senhor Jesus: Jesus, até hoje eu sempre achei que o Senhor não existe ou que é Deus apenas de incultos e ignorantes. Eu estou despesperado com este e este "tal" problema. Eu preciso da tua ajuda. Perdoa a minha ignorância, nao leva em conta tudo o que eu já fiz contra o Senhor, e ouve a minha causa, e ajuda-me neste problema. Mostra-me uma porta de escape e faça-me sair por ela.

Busque a ajuda de Cristo.Se Ele socorreu Jairo, se socorreu também a mim, se Ele tem sido o socorro de milhões, também vai tirar misericórdia de você e vai lhe tirar do fundo do poço.

E quando sair, não seja ingrato. Procure uma Igreja Evangélica próxima de sua casa, e entregue sua vida para Jesus.








quinta-feira, julho 29, 2010

Seis passos para vencer as grandes dificuldades da vida

.
Foto: João Cruzué
Subida do Parque Estadual da Serra do Rola Moça
Pongelupe - Barreiro - Belo Horizonte/Mg.
João Cruzué

Primeiros ensinos cristãos

"Disse Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida; quem crer em mim,
ainda que esteja morto, viverá.” São João 11:25.

Cristão é aquele que crê e segue os mandamentos de Cristo; em qualquer situação que você estiver, se tiver a coragem de aceitar Jesus, com certeza o mesmo Jesus vai lhe ajudar a vencer as dificuldades – grandes e pequenas – da sua vida.

Foi o mesmo Jesus que também falou: “Vinde a mim, todos os que estão cansados e oprimidos e eu os aliviarei”.

O primeiro passo para uma vida vitoriosa é aceitar JESUS.

O segundo passo para ter uma vida vitoriosa é conhecer e entender a vontade de Deus para sua vida. Só existe um caminho para isto: ler a Bíblia sempre e fazer um curso bíblico adequado, para compreender os segredos bíblicos. Jesus disse: “A quem quer que tiver sede, de graça lhe darei da fonte da água da vida”.

O terceiro passo para uma vida vitoriosa é adquirir o hábito da oração nas suas várias formas: ação de graças, petição, intercessão, clamor etc., e também aprender sobre o jejum. Oração e Jejum são duas armas que, se usadas de acordo com a vontade de Deus, derrubam qualquer muralha.

O quarto passo é a conversão verdadeira. O abandono sincero das más companhias, dos maus hábitos, da idolatria, dos vícios, dos palavrões, da prática da mentira, da avareza, do egoísmo, de qualquer tipo de prostituição, da sodomia; pois, aquele que aceita Jesus de coração tem força necessária para se libertar das correntes do pecado.

O quinto passo é produzir frutos para Cristo na vida cotidiana: trabalhando, esforçando-se, perdoando ofensas novas e antigas – condição imposta para ser também perdoado. O lugar de produzir frutos é no trabalho, na escola, na profissão, na família, na Igreja, no comércio etc. O fruto a ser produzido é: a alegria, a paz interior, a humildade, a paciência, persistência, o coração perdoador, a capacidade de ouvir conselhos, temperança de comportamento (evitar os extremos ), o respeito as autoridades constituídas.

O sexto passo é buscar o batismo com o Espírito Santo verdadeiro. Ele é aquele que nos leva até Jesus, que nos aproxima de Deus, a voz que fala ao coração do cristão fiel. Um coração limpo e convertido é o templo do Espírito Santo. Ele não mora em um coração sujo. Quando Ele é convidado a entrar – a sujeira vai embora; e quando ela pouco a pouco está de volta, Ele também, na mesma proporção, vai se entristecendo, se apagando, vai saindo até o dia em que abandona definitivamente o ex-cristão.

O Espírito Santo é o guia, o conselheiro, a voz que dirige o cristão dentro da vontade do Senhor Jesus. Amizade íntima com o Espírito Santo é alegria, paz, poder para ganhar muitas almas perdidas, coragem para pregar a palavra de Deus, força para renúnciar as prática mundanas. Tudo com Ele – e nada sem Ele. Depois que Jesus subiu para o céu de glória, Ele foi enviado e está presente todo o dia conosco. A presença do Espírito Santo em nossa vida é a garantia de que quando Jesus voltar para buscar sua Igreja, estamos preparados e subiremos ao encontro dele.

Para andar um quilômetro, já foi um bom começo.


cruzue@gmail.com






.

segunda-feira, maio 05, 2008

Protesto contra a marcha da maconha

MACONHA
O PRIMEIRO DEGRAU PARA AS OUTRAS DROGAS

Photobucket

João Cruzué

Fiquei surpreso com a quantidade de publicidade que A MARCHA DA MACONHA conseguiu em tão pouco tempo. Foi uma coisa planejada para acontecer em todas as capitais brasileiras e no estrangeiro. O mundo está mesmo sofrendo de um câncer incurável: os valores estão sendo subvertidos e as excessões querem se tornar os paradigmas da sociedade.

As estatísticas não mentem: tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil mais de 80% da população carcerária estão ali por motivos diretos e indiretamente ligados às DROGAS. Quando perguntam para esses pressos qual foi a droga que experimentaram primeiro, a resposta invariavelmente é a mesma: foi a maconha!

Ela pode ser a mais fraca, mas é a mais perigosa, pois é o primeiro degrau de descida na escada para o inferno. Depois dela vem a cocaína, o crack, a heroína o crime e a morte. Seja esperto: Drogas matam! Encontre a Paz e as respostas que procura em Cristo!

ACEITE JESUS!

Blog Olhar Cristão
cruzue@gmail.com