quinta-feira, abril 07, 2011

Atirador de Realengo era simpatizante do Islã radical




.Tasso


João Cruzué
07.04.2011.

Estou concluindo a matéria que comecei escrever hoje cedo. Wellington Menezes de Oliveira era um louco? um louco que passou por uma lavagem cerebral? ou um mistura das duas coisas? Considerando que hoje é o Dia do Jornalista, e os dez comentários recebidos até agora, vou tentar aprofundar o assunto e expressar minha opinião. Não sou dono da verdade, nem minha opinião vai ficar em cima do muro. Quero relacionar 10 evidências de que Wellington Menezes de Oliveira era um fanático recém-convertido ao islã há dois anos. Em um dia de fúria, ou de possessão demoníaca, ele assassinou 12 adolescentes, 10 garotoas e dois menidos; feriu outra dezena e depois se matou.

Antes de listar 11 evidências de que Wellington era um desaparafusado mental com fortes indícios de influência radical islâmica, quero deixar bem claro que a Igreja Muçulmana Brasileira não prega o extremismo, nem até hoje esteve ligada a qualquer fato destrutivo ou digno de repulsa. A presença do "turco" na cultura brasileira vem desde os tempos dos caixeiros viajantes. Tenho ainda a acrescentar que tenho tio árabe em minha família. Dito isto, vamos aos fatos. Depois de relacionar 10 evidências vou concluir que o autor da tragédia da Escola Estadual Tasso da Silveira, do Bairro do Realengo, Zona Oeste da Cidade do Rio de Janeiro, era muçulmano convertido, há pelo menos dois anos, leitor confesso e assíduo do Corão, quatro horas por dia. É o que está na imprensa.

Wellington com a roupa que usou no dia do Massacre de Realengo

AS DEZ EVIDÊNCIAS

1ª . O jornal americano
The New York Times publicou matéria assinada pelo reporter Alexei Barrionuevo para o The New York Times: "A longtime neighbor and former member of Mr. Oliveira’s church said Mr. Oliveira had been a lifelong Jehovah’s Witness before turning to Islam two years ago. Other neighbors on the street where he grew up said he had few friends and spent many hours in front of his computer on social networking sites. In the past year, several said, he had taken to wearing black clothing. Tradução do trecho em destaque: Um antigo vizinho e membro da mesma Igreja, disse que Wellington Oliveira foi Testemunha de Jeová durante muito tempo, até se converter ao Islã - dois anos atrás."


2ª. Amiga da família de Oliveira há vários anos, a jornalista Karen Mendes, de 31 anos, confirma o perfil retraído e conta que o atirador ficou ainda mais isolado após se converter. 'Conheço o Wellington desde pequeno, sempre foi muito retraído. Ele entrou para o islamismo há um tempo, depois disso ficou ainda mais retraído. Saiu de Realengo e se isolou em Sepetiba, também na Zona Oeste.'

3ª. O atirador da escola Escola Municipal Tasso da Silveira - em Realengo, Wellington Menezes de Oliveira, segundo testemunho da irmã Rosilene Menezes:
"Ele estava muito focado em coisas relacionadas ao islamismo e tinha deixado a barba crescer muito. Ele era estranho, ficava na internet o dia inteiro lendo temas relacionados e era muito estranho, muito reservado". Fonte: Notícias Uol.

4ª. No testemunho que um dos irmãos mais velhos dele a uma reporter da TV Globo, hoje, foi mencionado que um de seus sonhos era derrubar um avião [no Cristo Redentor] igual aos que derrubaram as torres. Foi ao ar no Jornal Nacional, em torno das 21:00h. Fonte: Notícias Uol

5ª. evidência: Outro detalhe e talvez o maior indicador da influência de radicalismo islâmico na mente de Wellington é o sexo dos adolescentes mortos: foram 10 meninas e dois meninos. Ele as matou porque provavelmente odiava a forma de vestir e comportamento delas. Um garoto testemunhou dizendo que ele perguntava para as meninas se elas eram virgens.

6ª evidência: Queimou (ou alguém queimou a fogo o computador que ele tinha em sua casa em Sepetiba, provavelmente para encobrir qualquer prova de sua participação em redes de relacionamento social. A pergunta é: Ele tinha alguma coisa importante a esconder? O perfil padrão de um desses loucos anteriores, serial killers de escolas, aponta para este tipo de cuidado?

7ª. evidência: Wellington saía todo dia de manhã, voltava à tarde, tomava um refrigerante perto de casa e ninguém sabia aonde ia. Provavelmente deve ter feito algum treinamento. Ele treinava sozinho no matagal perto de casa, em Sepetiba? E o barulho dos tiros - ninguém ouvia?

8ª. A carta com instruções do sepultamento. “Os que cuidaram de meu sepultamento deverão retirar toda a minha vestimenta, me banhar, me secar e me envolver totalmente despido em um lençol branco que está neste prédio, em uma bolsa que deixei na primeira sala do primeiro andar. pós me envolverem neste lençol poderão me colocar em meu caixão" Aqui há uma nítida mistura religiosa. Ele fala de Jesus mas pede um ritual islâmico de sepultamento. E uma prova de que tanto foi cristão quanto era muçulmano. Fonte: Notícias Uol

"Os impuros não poderão me tocar sem usar luvas, somente os castos ou os que perderam suas castidades após o casamento e não se envolveram em adultério poderão me tocar sem usar luvas", diz ele em trecho no qual afirma que "nenhum impuro pode ter contato direto com um virgem sem sua permissão". Fonte: Terra.com

9ª. Deixou crescer uma longa barba, que rapou na semana em que paanejou praticar o massacre de pessoas inocentes.

10ª. Cometeu suicídio no final, para morrer como mártir. Aqui é possível uma dupla interpretação. Seguiu o padrão de outros serial killers ou esperava com o martírio ser recebido por muitas virgens no harém celestial.


Conclusão: Ele era um maluco em um dia de fúria? Não, pois seguiu um planejamento de longo prazo. Quem eram seus ídolos? eram radicais muçulmanos. Por que ele matou tanta gente? Não ha explicação plausível, vindo de uma mente perturbada. Busca de publiciade? Reação a bulling? Atentado terrorista? Na minha opinião, fico com a última probabilidade. Wellington Menezes de Oliveira não conseguiu roubar um avião para derrubar o Cristo Redendor, não conseguiu uma bomba para amarrar na cintura, mas arranjou dois revólveres e 60 balas para matar virgens para povoar um paraíso onde ele teria aquilo que não conseguiu em vida: amor!


Toda religião tem seu calcanhar de aquiles e sua ala radical. Catolicismo, Hinduísmo, Protestantismo, Budismo. Negar que não houve nenhuma influência de radicalismo islâmico na ação
de Wellington, é fechar os olhos para os fatos.

LEIA: Declaração da Igreja Muçulmana no Brasil


CARTA-TESTAMENTO NA ÍNTEGRA

Wellington Menezes de Oliveira

"Primeiramente deverão saber que os impuros não poderão me tocar sem usar luvas, somente os castos ou os que perderam suas castidades após o casamento e não se envolveram em adultério poderão me tocar sem usar luvas, ou seja, nenhum fornicador ou adultero poderá ter contato direto comigo, nem nada que seja impuro poderá tocar em meu sangue, nenhum impuro pode ter contato direto com um virgem sem sua permissão.

Os que cuidarem de 'meu sepultamento deverão retirar toda a minha vestimenta, me banhar, me secar e me envolver totalmente em um lençol branço que esta nesse prédio, em uma bolsa que deixei na primeira sala do primeiro andar, após me envolverem nesse lençol poderão me colocar em meu caixão.

Se possível, quero ser sepultado ao lado da sepultura onde minha mãe dorme, minha mãe se chama Dicéa Menezes de Oliveira e esta sepultada no cemitério Murundu.

Preciso da visita de um fiel seguidor de Deus em minha sepultura pelo menos uma vez, preciso que ele ore diante de minha sepultura pedindo o perdão de Deus pelo o que eu fiz rogando para que na sua vinda Jesus me desperte do sono da morte para a vida eterna.

Eu deixei uma casa em Sepetiba da qual nenhum famiar precisa, existem instituições pobres, financiadas por pessoas generosas que cuidam de animais abandonados.

Eu quero que esse espaço onde eu passei meus últimos meses seja doado à uma dessas instituições, pois os animais são seres muito desprezados e precisam muito mais de proteção e carinho do que os seres humanos que possuem a vantagem de poder se comunicar, trabalhar para se sustentar.

Os animais não podem pedir comida ou trabalhar para se alimentarem, por isso, os que se apropriarem de minha casa, eu peço por favor que tenham bom senso e cumpram o meu pedido, pois cumprindo o meu pedido, automaticamente estarão cumprindo a vontade dos pais.que desejavam passar esse imóvel para meu nome e todos sabem disso.

Se não cumprirem meu pedido, automaticamente estarão desrespeitando a vontade dos pais, o que prova que vocês não tem nenhuma consideração pelos, nossos pais que já dormem, eu acredito que todos vocês tenham alguma consideração pelos nossos pais.

Provem isso fazendo o que eu pedi."


Fonte: Polícia Carioca

Leia também: Análise da tragédia anunciada cinco dias antes na Revista Veja.



Nota: A comunidade "árabe" e a Igreja Islâmica no Brasil, não têm nada a ver com terrorismo de extremistas islâmicos, assim como as Testemunhas de Jeová nada têm do que se envergonhar, pois nunca estiveram associados ao fomento do terrorismo em qualquer parte do mundo.








.

57 comentários:

Andryi Sahin disse...

Pera lá né, tá dizendo que agora eu muçulmano vou pegar uma arma e entrar na escola aqui da minha rua atirando em todo mundo ?
fundamentalista Islamico ? e vc atiçador cristão. interessante a sua conduta de querer gerar ódio contra nós que seguimos o islamismo.vai caçar oque fazer e ilumine a sua mente vazia e conspiratória

oramos por vc

Anônimo disse...

O jornal O DIA divulgou o conteúdo da carta na íntegra e em nenhum trecho encontra-se menção ao Islã ou muçulmanos.
link:http://odia.terra.com.br/portal/rio/html/2011/4/em_carta_atirador_de_realengo_diz_que_nao_sera_tocado_por_pessoas_impuras_156289.html
Mais uma vez o preconceito e a análise precipitada de dados incompletos leva a sandices e besteirol desmedido.
Ressalte-se que o representante das Sociedades Beneficentes Islâmicas do Brasil negou a filiação deste indíviduo ao Islã.

Anônimo disse...

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/04/07/em-carta-atirador-orienta-seu-enterro-e-pede-que-doem-sua-casa-para-entidades-que-cuidam-de-animais.jhtm


Nao...ele nao era Muculmano...

Andryi Sahin disse...

viu a carta ?
ele não era muçulmano.
tenha a humildade de assumir sua falha e sua falta de conhecimento dos fatos quando começou com as acusações e a caracterização desse louco,como um cidadão de fé islâmica.

Anônimo disse...

A paz esteja com todos vocês! Não estou aqui para defender pessoas que matam inocentes em lugar nenhum do mundo, nem de nenhuma religião, mas você não pode ligar um ato insano desses com uma religião. Veja bem, o pastor Jim Jone era cristão e, no entanto foi resposável por inúmeras mortes. Além do mais qualquer muçulmano praticante sabe que o que está nessas "exigências" não corresponde exatamente aos rituais da religião. Ao que me parece o referido assassino, levado pela sua agressividade e preconceito religioso, procurou justamente isso em leituras superficiais sobre o Islam e conta com a sua colaboração para denegrir uma religião tão bela quanto a sua. Mas, sobre isso, Deus julgará. A paz.

Anônimo disse...

Interessante ressaltar as sandices que a mídia e certas correntes de pensadores estão inserindo nesse caso.
Pera lá galera... a prática de "enterro" na época de Jesus Cristo era envolver o defunto em lençol branco, e assim era até mesmo no Egito no tempo de Faraó! Daí a dizer que o cara era fundamentalista islamico e, entrelinhas, repudiar essa corrente religiosa...
O Homem precisa pensar mais antes de sair montando perfís e divulgando na mídia! O perfil de uma pessoa nao se traça tao facilmente assim pessoal! Principalmente de alguém que se envolve em uma situaçao dessas!

Anônimo disse...

Realmente em nenhum momento ele cita o Islamismo, estão viajando nesse assunto. Essa história está muito mal contada.

Anônimo disse...

boa noite
sou arabe e muçulmano . e li a carta desse assassino e não tem ABSOLUTAMENTE NADA de muçulmano nisso.

Nem sei de onde voces tiram conclusões.. é impressionante a capacidade de deformar fatos.
lamentável

Anônimo disse...

Voce dá nojo, falso cristao!

Sabe nada do Islam. Vai morrer imbecil e mentiroso!

Anônimo disse...

Ei você é cego ou não notou a parte que ele fala sobre "jesus"?????!!!!?!?!?!?
P.S.:te acho racista ,opressor e preconceituoso.

Ailton Silva disse...

há muito tempo atrás eu imaginava como seria possivel evangelização de (qualquer lado)na irlanda do norte, fim dos anos 80 e começo dos anos 90? como seria a cena? jesus te ama. Mas espera um pouco, hoje de manhã nõs estavamos brigando, e agora? JESUS NOS AMA.
o certo e que aparecem muitos comentarios agora, mas se fossemos contabilizar quantos assassinos já foram presos por barbaries e se fosse investigar as religiões de cada uma, MEU DEUS, ninguém precisa se espantar com isto, É FIM DOS TEMPOS, ARREBATAMENTO A VISTA, GLORIA A DEUS, ORA VEM SENHOR JESUS, nós vimos isto agora no mês de março, "nós temos casas e prédios que terremoto nenhum derruba" mas ai vem a água e leva, para que mais sinais?

ten pm alvaro disse...

velho, parabens. A sua irracionalidade e pertubação mental assemelha-se muito a deste assassino.Espero que não faça o mesmo que ele...

Joao Cruzue disse...

Ao Senhor Árabe e Muçulmano.

Caro Senhor,

Se ler de novo o texto, vai entender a razão de minha opinião.

Vou citar só três: O testemunho da irmã, sobre as preferências de internet dele. O testemunho do irmão sobre o comentário de também derrubar um avião igual ao que aconteceu às Torres Gêmeas. Terceiro: A barba que deixou crescer e raspou na semana do seu "martírio".

Obrigado pelo comentário.


.

sergio disse...

Ridículo

Anônimo disse...

Oi pessoal: não adianta tapar o sol com peneira. Não foi a carta que falou em islamismo e sim a própria irmã dele.Embora ela possa ter falado isto para desviar a carga contra as Testemunhas de Jeová, mas as evidências, o modo de operação é característico de quem segue o islamismo conhecido em todo mundo: falsas promessas mirabolantes no além túmulo.

Anônimo disse...

Um comentário de Internet não pode descer para baixaria. Me admiro como um colega militar pode chamar o autor desta matéria de louco. Deverá antes então chamar seu próprio superior Cel Beltrame de louco. Por que não faz isto???

vagner disse...

Em toda religião tem os joios e os trigos, todas. Mas os homens e mulheres-bombas vem de qual religião? isso é fato.

Joao Cruzue disse...

Ao Ten PM Álvaro.


Obrigado pela sua opinião.



.

RONALDO disse...

QUERIDAS CRIATURAS. AS EVIDÊNCIAS SÃO GRITANTES EM PREVIAMENTE AFIRMARMOS QUE O TERROSRISTA TINHA UMA LIGAÇÃO SENSÍVEL COM O ISLAMISMO. PODERIA SER POR ADORAÇÃO OU POR COMOÇÃO; MAS, O FATO É QUE ESTE TERRORISTA TEVE AJUDA PARA EXECUTAR TAMANHA ATROCIDADE. NO ENTANTO, ME CAUSA ESTRANHEZA, VER VOCÊS DISCUTINDO DE QUEM É A CULPA. SEJA ELA CRISTÃ OU ISLÂMICA, O FATO É QUE TIVEMOS UM ATO TERRORISTA NO BRASIL. POR MAIS QUE NÃO QUEIRAMOS CHEGAR A ESTA CONCLUSÃO, RETORNAMOS SEMPRE PARA O MODO COMO O TERROSRISTA AGIU. ELE FOI FRIO, CALCULISTA, ORGANIZADO, RELIGIOSO E TINHA CONSIGO UMA MISSÃO. O FATO DE SER NO BRASIL, É O MOTIVO QUE AINDA VIRÁ A TONA. PENSO EM DISPARARMOS EM TODAS DIREÇÕES E BUSCARMOS O VERDADEIRO MENTOR. ESTE RAPAZ FOI USADO. DE UMA FORMA OU DE OUTRA, VOCÊS IRÃO ME DAR RAZÃO. CONTRA FATOS NÃO EXISTEM ARGUMENTOS. QUE DEUS POSSA ALIVIAR A DOR QUE TODOS NÓS ESTAMOS SENTINDO.

Wilma Rejane disse...

Irmão João Cruzué,

Se é impossível para alguns fundamentalistas islamicos se comportarem tranquila e coerentemente nessa secção de comentários, quem dirá com arma em punho e ideias obsessivas na mente?

È verdade, existem loucos em todas as religiões, mas contra fatos não há argumentos: Há fortes evidências de que o assasino foi influênciado pelos ensinamentos do Islã.

Deus o abençoe Cruzué e que O Espírito Santo de Deus venha consolar as famílias enlutadas.

Em Cristo.

Juarez disse...

Quer dizer que os vizinhos sabem que ele se "converteu" ao Islam, mas a família não?
A irmã disse que ele PESQUISAVA sobre islamismo. Eu pesquiso muito sobre o islamismo e não sou muçulmano, e aí?
O que ele parece é ter uma tara por atentados, daí ter falado de radicais "islâmicos". Que são condenados pelo Corão e por toda comunidade muçulmana. Você sabia disso, não é?
Se ele fosse muçulmano, teria raspado a barba antes de morrer? Por que? Se ter barba é considerado uma obrigação?
Se ele fosse muçulmano teria pedido um enterro muçulmano, que é DIFERENTE do enterro descrito na carta.
Essas distinções entre puro e impuro são, na verdade, do VELHO TESTAMENTO.
Se ele era muçulmano por que não há nenhuma mensagem retirada do Corão ou da tradição islâmica na carta?
Você sabia que muçulmanos não acreditam em ressureição no último dia? E por que ele pediu jesus para "acordá-lo do sono" em sua vinda? Sabia o sr. que isso é uma crença apenas EXCLUSIVAMENTE cristã?
A evidência do recarregador foi a melhor de todas: usava recarregador, logo é radical islâmico, hahaha.
Quase tão boa é sua suposição de que ele é islâmico porque matou mais mulheres. Você acha que os homens brasileiros são mais respeitadores da sharia do que as mulheres? Isso daí é evidência sim de que ele era desajustado, tinha ressentimentos com o sexo oposto ou coisa do tipo. Não porque "elas não usavam véu", hahaha.
Por que ninguém cita o fato de um estudante ter dito que ele chegou na escola gritando que estava drogado e que usava drogas? Você sabia que o Islam príbe o uso de qualquer tipo de droga ilícita, cigarro ou álcool, não é?
Quer dizer, o cara era drogado, maluco e isolado. Passava o dia inteiro na internet (fonte "seguríssima" de onde deve ter aprendido sobre o Islam) e segundo um estudante: "chegou no corredor falando alto e dizendo frases desconexas como 'estou na nóia. Uso minha droga mesmo. Vim fazer uma palestra'". A carta de teor "fundamentalista" que ele deixou é absurda e zoada, falando de animais e JESUS, mas nada de Islam. Além disso, nunca frequentou uma mesquita na vida (segundo a Federação das Associações Muçulmanas). É, a culpa deve ser do Islam mesmo, faz sentido...
Para você, sr. "jornalista" e para o resto da mídia, que juntos estão prestando esse desserviço e promovendo a desinformação, eu só tenho duas palavras: vão estudar.

Natanael Tussini disse...

Caro João Cruzue,
Me diga que difrença faz para as famílias se o cara era cristão, islâmico, testemunha de Jeová, macumbeiro, isso não vai mudar a dor deles.
Seu texto foi infeliz, impróprio e sinto por sua ignorância.

Nele, Cristo, que não manda ninguem matar, porém morre no lugar de outros.

Anônimo disse...

Parabéns pela sua coragem. A verdade costuma doer. Em nenhum momento, o autor do artigo denegriu os muçulmanos ou as Testemunhas de Jeová, ou os cristãos em geral. Apenas analisou as evidências. Sou Testemunha de Jeová e não fiquei ofendido. O fato de o assassino ter estudado a Bíblia conosco não significa que foi por isso que ele cometeu o crime - e nem o fato de ele ter admiração pelo islamismo. Ok? Deixem de ofender o colega que tão corajosamente expressou sua opinião. Abraço a todos.

Anônimo disse...

Vale lembrar que os muçulmanos também acreditam em Jesus, só que como um profeta...

Carolina Tavares disse...

Nossa quanta ofensa!
Parabéns pelo artigo, muito bom como sempre!

Anônimo disse...

A maior evidência sem dúvida é a "Também usava roupas especiais e luvas!"

Idiota.

Anônimo disse...

1 evidência que ele não era radical do islan

CITE A MESQUITA QUE ELE FREQUENTAVA.

Seu texto é lamentável.

Em nenhuma religião existe autoproclamação.

stripolias disse...

Segundo seu raciocínio, todo barbudo é islâmico, os fundamentalistas islâmicos têm vergonha de sua religião e não a citam em cartas suicidas, o UOL, Terra, Globo e o New York Times só falam a verdade, mártires só existem no islamismo, mecanismo profissional de recarregamento de revólveres são exclusivos a terroristas e fundamentalistas islâmicos matam mulheres a esmo.
Sensacional.

Carlos Arruda disse...

Mais uma desinformação foi passada: A de que o assassino seria muçulmano. Não se deram nem ao trabalho de ler a carta que o serial killer tupiniquim deixou. Ele fala em Deus e Jesus. Quando um islamita usaria tais termos?
O preconceito é que gera estes comentários irados.
PS: Sou cristão

Anônimo disse...

infelizmente ele nao testemunha de JEOVA,porque se fosse realmente, ele estaria falando das boa novas do reino de DEUS e nao treinando para matar. nunca vi uma testemunha de JEOVA se quer falar em matar,mas ouvi falar sim de vida eterna na terra,sem morte num paraiso que so DEUS PODE NOS DAR.um abraço a todos

Thaís disse...

Você é muito ignorante.

Anônimo disse...

O fato de citar Jesus não faz diferença em si, já que o Islamismo cita constantemente Jesus e crê em seu retorno (não crê na divindade), ele até poderia ser um seguidor do Islã, mas só por internet... deveria ser um fanático, pois, apesar da religião incitar ódio à Judeus e Cristãos, não permite ataques contra crianças 'especificamente'... Gustavo

denkodenko disse...

Ele fez uma besteira, ateou fogo no computador.
Os peritos vão recuperar facilmente os dados do HD dele, o fogo só derrete as placas do computador, onde os dados são realmente armazenados é no HD.
a verdade vira a tona.

Anônimo disse...

Boa tarde,

dêem uma olhada:

http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/04/08/perfil-do-orkut-atribuido-atirador-de-realengo-tem-citacoes-biblicas-explora-temas-como-morte-inferno-ressurreicao-924190640.asp

Joao Cruzue disse...

De João

Para os leitores que fizeram seus comentários: Agradeço a todos, inclusive quem discorda. Mesmo que o comentário seja negativo, me senti honrado com a participação. No fundo desejo sinceramente que nunca mais uma coisa dessas se repita nem aqui, nem em lugar nenhum. Matar estudantes em escola é o fim!

João Cruzué


.

Zeca disse...

O fato do Wellington ter feito esta chacina não o desqualifica com cristão, apenas o torna um péssimo cristão. Não existe cristão puro na face da Terra, todos têm algum grau de impureza (que o diga Jesus e o episódio do apedrejamento de Madalena), Wellington até poderia ser um bom cristão antes de premeditar este crime. Após o crime ele continuou cristão, porém bastante mais impuro.

Anônimo disse...

Puxa, um fundamentalista Islâmico q não fala do Islã mas usa Eclesiastes no perfil do Orkut, cita Salmos nos posts, e nada de Maomé... Continue assim, com seu CSI Cristão. :P

Anônimo disse...

MINHA GENTE, NÃO SEJAMOS TOLOS!!! NÃO SE TRATA DE PRECONCEITO, O FATO É QUE ELE ESTAVA METIDO COM TERRORISTAS MUÇULMANOS SIM E FOI USADO POR ELES COM FACILIDADE POR SE TRATAR DE UMA MENTE INSANA,COMO A DOS PROPRIOS TERRORISTAS,E SE LIGARAM POR AFINIDADES, E EU NAO ME SURPREENDERIA SE A POLICIA DESCOBRISSE QUE ELE PRATICOU UM ATENTADO CONTRAS OS BRASILEIROS DEFENDENDO A CAUSA FUNDAMENTALISTA ISLAMICA. HÁ POUCOS DIAS O PRESIDENTE AMERICANO ESTEVE AKI, FOI TRATADO COM HONRAS E DEFLAGROU A GUERRA DAKI.TALVEZ ISSO OS TENHA IRRITADO,E AI O "CASTIGO" FOI PROMOVIDO COM REQUINTE DE TERRORISMO.O PC FOI DESTRUIDO PRA PROTEGER ALGUEM, ÓBVIO.PORQUE SERÁ HEIN????NAO SEJAMOS TOLOS...

Anônimo disse...

Acordem!

O cara disse que esperava pelo "perdão de Deus" e que "Jesus o traria de volta do sono da morte".

"Deus" e "Jesus" são personagens da bíblia, não do Corão.

Se ele era fundamentalista, pode-se discutir... mas se era, era um fundamentalista CRISTÃO.

Klaus disse...

TESTEMUNHAS dizem que ele era muçulmano, TUDO DIZ q ele era muçulmano, essa religião é intolerante, o Alcorão prega coisas absurdas, inclusive diz q não se deve ajudar um cristão, dai pra baixo, não adianta tapar o sol com a peneira, se vc defende o islamismo, q defenda com responsabilidade e sem omissão, e se esse cara teve influência disso pra q ficar dizendo q não, não se quer evitar tragedias, então deve-se entender as causas, ERA MUÇULMANO E PONTO FINAL.

Anônimo disse...

Acho que a doideira toda foi na Testemunha de Jeová, uma seita perigosíssima que bate em nossas portas. Uma seita realmente destridora de vidas.

Andre Ricardo disse...

Também postei sobre este tema, o Wellington era conhecido pelos amigos como XEIQUE! Isto certamente tem algo a ver também!

Não existe a menor dúvida de que a carta contém conteúdo 100% islâmico. Inclusive quando fala de JESUS.

Sim! Porque no Alcorão também está escrito que Jesus (ISSA) irá voltar a terra e neste dia será o início do julgamento final!

Portanto, todo o texto é coerente com o islamismo!

Veja meu artigo sobre o tema:

Mantenedor da Fé - REALENGO

http://mantenedordafe.org/blog/?p=8687

Daniel disse...

As evidências são claras. Só não vê quem quer esconder algo óbvio. Onde já se viu cristão entrar em escola para atirar em crianças? É claro que ele não era cristão. A pergunta é outra: por que tanto interesse da imprensa em esconder esse fato, ou especialmente por que motivo a imprensa não quer nem investigar se ele tinha outra religião?

Luciana Santos disse...

incrível as pessoas ainda acharem que religião define caráter, depois de inumeros exemplos (tenho certeza de que você que lê conhece vários) em contrário

Klaus disse...

Porque para alguns utópicos quanto mais maquiado e lindo for o Brasil melhor, então querem esconder as coisas, dizer q foi simplesmente um louco, querem vender um país legal, onde todo mundo convive bem apesar de tudo, ou seja, querem enganar TROUXA.

Cristiano disse...

Viajou bastante no texto... Esqueceu dos principais detalhes. Toda e qualquer pessoa com um disturbio similar a do rapaz que cometeu esta atrocidade possui o mesmo perfil. Usa teores desconexos de situações até mesmo de religião em uma fulga de sua propria identidade para referendar um ato extremo. Vc esta sendo racional demais mediante a fatos sem qualquer coesão. Acredito eu, que o caso nao tem nada haver com um ataque terrosrista de grupos extremistas. Quem pesquisa sabe que ele nao possui nada de parecido com outros tantos que ocorreram... parece sim com situações ao estilo Columbine. No qual já se sabe de um disturbio dos dois autores. Deixemos de lado todo este sensacionalismo, estudemos o caso pelo escopo correto. Só assim teremos um meio de evitar que tudo se repita... O texto nao eviodencia fatos, mas sim atesta que existem especulações! Visto a vasta lista de especulações de mil sites e meios de comunicação. Porém, assim como este texto, tudo obra do calor dos acontecimentos.

"O calor da ápice de um acontecimento brutal, jamais será um bom companheiro de entendimento"

Fábio Dantas disse...

Impressionante esse esforço que os cristãos estão fazendo para dizer que ele não era "irmão". A carta cita Jesus!!! Não fala nada em Alá ou no Islam!! Esses postes preconceituosos me dão nojo. Esse assassino era apenas um desequilibrado, independente da religião.

EDILSON VALDECI disse...

A paz de Cristo querido João Cruzue,

Observando o desenrolar dos fatos em questão, observei que os queridos visitantes de seu blog estão julgando o artigo sem uma minuciosa reflexão dos fatos ocorridos. Mesmo que o assassino não seja ou fosse fundamentalista islâmico, ele estudou e coletou uma gama de conhecimento da religião em questão. Para aqueles que são conhecedores da palavra de Deus, sabemos que o diabo veio para roubar,matar e destruir(João 10),ou seja; sabemos o histórico do assassino que nos leva a entender certas atitude que foram tomadas pelo mesmo,e que esse mesmo por não ter nenhuma comunhão com Jesus Cristo estava totalmente vulneravel as investidas do maligno,ao qual acarretou naquele triste acontecimento. O fato é queridos que; ou temos Jesus na vida e com ele a eterna salvação, ou estaremos caminhando a passos largos para o inferno.Que o AMOR que é o vinculo maior de nossas vidas esteja em primeiro lugar nas nossas atitudes,respostas ao autor desse blog e em nossas vidas.Que o Senhor Jesus continue vos abençoando.

Klaus disse...

isso, estudemos tudo, inclusive o fato de o assassino ser muçulmano, procurar matar moças impuraras, ter deixado a barba feito um Taleban, ter testemunhos de seu comportamento e muçulmano, estudemos tudo, o alcorão, oq ele prega, oq ele fala sobre os cristãos, estudemos as pesquisas do cara na net, aposto com qualquer um q ele se dedicava muito ao estudo do islamismo. MUÇULMANO E PONTO FINAL. acho q todo dia deve morrer um cristão ou um "impuro" pelas mãos de um muçulmano... mas não, acho q não era muçulmano não gente, q bobagem, ele devia ser BUDISTA... HAREKRISHINA... mas não muçulmano gente, imagina, muçulmanos são legais, muçulmno só enforcam gays com apoio das autoridades... mas eles são legais... eles apedrejam mulheres "adulteras"... mas gente, eles são legais, jogam cachorro vivo no caminhão de lixo, mas não... eles são legais, cortam a cabeça das pessoas, mas são legais, matam meninas de 13 anos perguntando se são virgens... mas não, não era muçulmano não, era budista...

Lupo disse...

Eh por opinioes dessas - completamente torpes e sofismas mal elaborados que temos gerado ignorancia e violencias resultantes da intolerancia ao proximo como essa. A suposta cristandade no Brasil, com seus malafayas da vida -que por coincidencia tem sua base no Rio - mostra sua face ao apoderar-se de uma trajedia para gerar mais odio em nome de u$ suposto deus... Quem precisa de uma outra cruzada agora??? Alem do mais duas perguntinhas: o suposto jesus foi sepultado como? Nao foi nu e enrolado em uma mortalha branca??? E segundo, a carta do assassino nao menciona claramente o nome de jesus???
Parabens, essa postagem ridicula de seu blog esta ajudando a criar outras tragedias como essa!!!!

Anônimo disse...

Já foi mostrado claramente que ele não era mulçumano, apenas um simpatizante de terroristas. Essa postagem mostra que o olhar cristão é cego.

nehemias disse...

Ele misturou sim islamismo, cristianismo e a loucura dele. Os islâmicos sempre dizem que pregam a paz, mas quando tem um atentado quase sempre tem alguma referência islâmica no meio. Parem de achar que ninguém percebe o exclusivismo de vocês. Antes de matar ele perguntava sobre virgindade e ainda matava mulheres, pq? Pq achava q elas eram vagabundas ou algo do tipo. Quanto disso nao acontece nos paises arabes? Entao, façam me o favor. Vao trollar em outro lugar e assumam essa que essa religiao de merda é tao ruim ou pior do que as outras.

Anônimo disse...

bem no meu ponto de vista,o Cristianismo aqui tem tudo haver com tudo isso que esta acontecendo ou melhor explicando,a falta de Jesus nas escolas,Jesus e proibido de entrar nas escola nao se pode falar do amor Jesus por nos, o unico Ser que deu sua vida por nos,quem sabe quando este rapaz o wellington estudava nesse colegio tivesse a oportunidade de conhecer verdadeiramente Jesus,nada disso teria acontecido,nao estou fazendo esse comentario simplismente com palavras que veio a cabeça,mas sim vindo do coraçao,,,A paz de Jesus

Anônimo disse...

Wellington menezes e influencia dos EUA

obviamente um cara desequilibrado e fraco é um alvo fácil para certos grupos que não são brasileiros, mas garanto que possuem um dedo norte americano nisso tudo que aconteceu. Numa época em que a américa do norte quer o resto do mundo ocidental contra os mulçumanos-petroleos-diamantes. Os EUA são um poder de grande manipulação e os maiores ilusionistas do mundo, sabem controlar, incitar, manipular e nos fazer de meros bestas balançando a cabeça a tudo o que dizem ou ditam. Numa época em que o terrorismo- palavra criada pelos EUA e que é uma criação norte-americana como o próprio Bin lader foi criado nos confins do pentágono. Não pensem nem por um momento que esses grupos extremistas não são criação ocidental, vejam os assassinos, serial killer, ceitas satanicas skinereeds(não sei se escreve assim aqueles caras carecas que odeiam gays, mulheres nordestinos e falam somente ... inglês - não os chamam de terroristas, interessante) esse ódio paranoico é coisa americana sim, nos fazem mudar de opinião, criam uma guerra em benefício proprio, tomam devagar e aos poucos coisas que pertencem a outros... quem mais é capaz de criar uma Alcaida, uma guerra do golfo, conflitos na libia, egito e outros paises ao redor em uma sincronia absurdamente perfeita para levar seus obedientes e patrióticos cidadãos a uma guerra e assim receber gloria com os despojos de guerra? Desde muito cedo aprendi a admirar os EUA; o cinema,o modo de viver, Mcdonald, etc, no entanto, entrando numa universidade, amadurecendo politicamente e socialmente vc acaba percebendo o poder de manipulação que sofremos todos os dias na midia e fora dela pois só nos é permitido saber o que um poder maior deseja que saibamos e esse poder maior não é Deus mas quer ser ele.Com isso tudo reflitam comigo, esse cara desequilibrado entrou em contato com a internet(criação de quem?) podemos culpar o mundo que se tornou violento e cheio de extremismos graças ao poder norte americano que espalha seus tendões por todo mundo inclusive no Brasil também. O Brasil era o unico pais que ainda não quer ser contra os arabes( mulçumanos ou os paises árabes, gostamos de todos os povos e civilizações,- não somos uma povo de guerra e lá existem muita gente decente; pais de familia, filhas, irmãos gente boa e de uma cultura tão firme e decente que está durando mesmo no mundo atual. Fico absolutamente abismado ao perceber como todos foram rapidamente aceitando informações de que o desequilibrado assassino fosse um extremista do islã gente, ele era antes de tudo adventista e isso me envergonha mais!!!!! Os protestantes norte americanos, angliganos da inglaterra estão sendo mais perigosos do que os terroristas dos norte anericanos.
Vamos cuidar de nossas crianças, eles precisam de disciplina, religião, família e menos internet
é tudo o que tenho a dizer.

que Jesus, Krhisna, Alá, Buda estejam conosco e nos perdoe por sermos tão fracos e perversos com nossos irmãos.

samuel disse...

Nossa que raciocínio lógico você tem. deveria entrar para a ABIN. o cara fala em volta de Jesus e vc diz que ele é seguidor do islã. sinceramente, pessoas como vc, prepotentes, pedantes, prejulgadoras das causas alheias, maculam o cristianismo. se verificasse e procurasse entender ao menos uma vez na vida os escritos de Paulo na bíblia cristã, com certeza não estaria escrevendo coisas sem sentido na internet. francamente.

Anônimo disse...

Por favor né gente, que preconceito todo é esse com testemunha de jeová e islamico (mulçumano) . Não pararam pra pensar que o idiota era esquizofrênico ele tinha problema na mente , pode até ser que ele foi mulçumano e sei lá, mais não foi a religião que interferiu na mente. Não ficaram sabendo que a mãe dele tambem tinha problema psicológico. Acordem!! (sou cristã) P.S.: acho que não tinha nessecidade de colocar a religião mais sei lá =P

Anônimo disse...

Eu de novo " ( sou cristã ) " é só pra identificar tá -.-'
Vamos logo ao assunto...

Por mais que homens e mulheres-bombas normalmente são da religao islã pode existir uma certa diferença néé. (sem querer contrariar ninguem)

Tipo uma mesma religião só que na versão "radical" não estou dizendo q os mulçumanos fizeram isso mais ...
... o próprio homem resolveu modificar o islamismo para uma versão que inclui essas coisas. (ou alguma coisa do genêro)

Por isso que não se deve falar mal das religioes só porque , normalmente quem faz isso é dela!

Espero ter ajudado !!
P.S.: deu pra entender né? =PPP