terça-feira, maio 19, 2009

O que vem depois da lei de "homofobia"






VOCÊ VAI PERMITIR?
(¿Usted lo permitirá?)

Pastor Hector Muñoz Uribe - Concepción/Chile

Tradução de João Cruzué

O que você diria se um homossexual entregasse a "teu" filho de oito anos um “manual” para convencê-lo de que suas condutas [homossexuais] são inteiramente normais? Que diria você se esse “manual” lhe inculcara que as condutas homossexuais não são aceitas por culpa da Igreja e da moral cristã que você tem ensinado?

Que diria você, se soubesse que esse “manual” vem acompanhado de um cursos, que inclui algumas “tarefas” como fazer um convite para um homossexual vir a sala de aula para que explique suas próprias experiências, ou pior ainda, efetuar visitas a organizações de homossexuais, onde se lhe explicará com todos os detalhes como se deve “assumir” a homossexualidade?

E, que diria você se o Ministério da Educação (do Chile) outorgasse um respaldo oficial a este “manual” dando-lhe boas vindas, como acaba de fazê-lo a chefe do Departamento de Educação Extracurricular do Ministério de Educação, Magdalena Garretón: “São muito bem-vindos os materiais para ensinar sobre este tema” (publicado no Jornal El Mercúrio em 28 de abril de 2009) ainda que o MEC – Chileno não o respalde?

Tal situação não é uma mera possibilidade. Ao contrário, é muito provável que seu filho deva estudar o manual “Educando na diversidade, orientação sexual e identidade de gênero” editado pelo “Movimiento de liberación homossexual [do Chile] e financiado pelo governo socialista de Extremadura (Comunidade Autônoma da Espanha, cuja Capital é Mérida) e pelo “Movimiento homosexual Triángulo”, também da Espanha.

Esse “manual” se destina, em uma primeira edição, a 250 colégios da Região Metropolitana de Santiago para crianças desde a 7ª séria do ensino fundamental até o 4º ano do ensino médio, além de oferecê-lo gratuitamente em página da WEB.

Seu objetivo é acostumar aos meninos, e entre eles pode estar “teu” filho, com as condutas homossexuais, acabar com qualquer objeção de consciência a essas condutas e, por último, a quem já tenha sido pervertido por suas diretrizes, a “sair do armário” publicamente. Ou seja, uma apologia da homossexualidade.

Mas este "manual" não fica apenas na teoria. Explica também a meninos e meninas que em seu "processo de auto-conhecimento" se deve destruir a "homo-transfobia-interiorizada", acabar com o recato e a vergonha sobre sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Em poucas palavras, isto significa que os ativistas homossexuais trataram de convencer a muitos meninos, que se encontram em uma fase de amadurecimento incipiente, de que são homossexuais sem sabê-lo, e que mais adiante se devem comportar como tais.

Posteriormente lhes mostra, nesse processo de "auto-conhecimento", que poderão ter experiências "de intimidade com pares homossexuais ou transexuais e, finalmente, lhes recomenda, a "saída do armário", ou seja, que proclamem sem vergonha sua condição homossexual.

Segundo o "manual", a principal culpada da discriminação aos homossexuais é a influência do cristianismo. Uma das religiões que consideram a homossexualidade com um pecado que atenta contra a moral e os bons costumes.

O "manual" explica aos meninos que "o pecado é um conceito religioso que somente se baseia na Bíblia, em texto "não conclusivo".

A consequência é que "teu" filho, na medida que se deixe induzir por ativistas homossexuais, se convencerá da "normalidade" de tais condutas, e terminará inevitavelmente rechaçando qualquer influência moral da religião, por crer que esta é a causadora de todas as discriminações.

Toda esta incitação à imoralidade e instigação à apostasia da moral cristã está sendo financiada pela Junta de Extremadura do PSOE (partido político da Espanha) e pela fundação espanhola "Triángulo" de lésbicas e homossexuais para impor sobre o Chile o que hoje já é lei na Espanha: as uniões civis homossexuais e a adção de crianças por parte desses "casais".

Mas o objetivo do Movimento de honossexuais (Movilh) é que o Ministério da Educação - 0 do Chile - incorpore o manual para lhe dar uma distribuição nacional. Segundo eles, o Movilh com esta publicação está "fazendo as vezes" do MEC-Chileno.

Afirma o "Movilh" que há jovens que estão solicitando sua publicação em todas as nas províncias chilenas (de Arica a Punta Arenas) sem embargo, uma política educação sexual para estudantes via Ministério da Educação ( CNN Chile, 18 de abril, 2009)

Isto é uma clara pressão para que o Governo do Chile "encampe" este manual como um texto educativo para todo o país. Tal eventualidade é bem provável, uma vez que o grande financiador das atividades do "Movilh" é precisamente o governo do Chile.

Ademais, o próprio Ministério de Educação do Chile há deu as "boas-vindas" a este péssimo manual e no passado recomendou um livro de conteúdo muito semelhange que aconselhava aos meninos: "Faça contato com alguma pessoa homossexual que você conheça". Se puder, convide-a para conversar em seu curso no colégio" (Cambiando de Piel" - edição "La morada" 1997)

Pense um pouco em "teu" filho, ou em "tua" netinha. Pense na pressão do ambiente desse curso, nas burlas e sanções, se se obstina em considerar que as condutas homossexuais são "intrisicamente desordenadas" ou simplesmente, um pecado, como sempre tem ensinado a Igreja cristã.

Resistirá?

Este "manual" é uma clara incitação à apostasia da moral cristã e da fé, e um curso de perversão sexual para as crianças; para seu filho e para sua filha e faz parte de uma campanha para descristianizar o Chile desde suas próprias raízes.

E não pense que se você os matricular em um colégio cristão estarão a salvo desta influência. O "manual" foi redigido graças a uma "experiência piloto" realizada em vários colégios, entre os quais, o "Alma Matar" e o "Monsenhor Enrique Alvear", que dizem ter uma orientação católica.

É necessário e urgente exercer uma presão sobre o Ministério da Educação para impedir que aqueles que pretendem dar um respaldo oficial a este "manual" tenham êxito. Se a Ministra da Educação não vir, de parte dos pais de família uma forte reação conrtra esta campanha de pervertimento de nostros filhos, poderá por ceder diante das pressões do movimento dos homossexuais.

As declarações de boas-vindas da chefe do departamento de Educação Estracurricular do Ministério da Educação Chileno, Magdalena Garretón, a este material, são um claro indício de que se pretende aprovar oficialmente esta publicação.

Por esta razão, é urgente que você faça chegar agora mesmo seu protesto a Senhora Ministra e re-envie este email a todos seus conhecidos. Envie agora mesmo seu protesto. Emails e cartas o mais que puder. Que o Chile se informe da verdadeira realidade.

Email recebido do Pastor Hector Muñoz por João Cruzué, via Facebook.

Original em espanhol: Blog Mirar Cristiano


Comentário - Hoje isto está acontecendo no Chile; amanhã, provavelmente, poderia acontecer no Brazil. Vejo uma Igreja cristã brasileira indiferente e pouco engajada. Do outro lado, o exército dos "amalequitas" está formado. Fianciado com recursos públicos. Dos impostos que nós, cristãos, pagamos. Financiado com recursos de países e organizações estrangeiras. A Igreja brasileira não está levando em conta o tamanho do mal que está por vir. Para combater isso não basta orar. Nem se omitir; justificar que o mundo jaz no maligno. Você deve isto a seus filhos. A seus netos. É preciso se mexer dentro do exercício do jogo democrático. Protestar. Espernear. Engana-se quem pensa que, se a Lei da "homofobia" passar, o ativismo homossexual vai se arrefecer. O que está acontecendo no Chile mostra que não. Há uma estratégia planejada para exigir a mudança constitucional para legalizar o casamento homossexual. Com a lei da "homofobia" aprovada, o caminho fica livre. E se a lei mudar, pode amparar o casamento homossexual dentro da sua Igreja. Acorda e protesta!(João Cruzué)

.

26 comentários:

wallysou disse...

se deixarmos passar a lei da homofobia aqui, nem pregar a Bíblia direito poderemos, sem correr o risco de sermos presos.

se não orarmos e não agirmos, perderemos aquilo q de mais caro foi conquistado para nós: a liberdade.

q Deus guarde seu povo disso, mas muitos estão tão preocupados em buscar bênçãos, que nem se tocam disso... dormentes.

eperedo disse...

Sorprendente!
No hubiera pensado que Michelle Bachelet pudiera consentir en algo así. Hermano Joao, descuento que puedo llevarme este mensaje para publicarlo en mi blog y así replicar el mensaje. Creo que esto debe ser conocido por TODOS,asi como nuestra posición contraria a tal barbaridad.
Debemos orar y manifestar nuestra opinión en estos temas. Lamentablemente parecemos bomberos (apagando incendios) pero ya estaremos previniéndolos como el Señor desea.
Un abrazo y gracias.

Daladier Lima disse...

Prezado João,

Infelizmente, como já frisei várias vezes em meu blog, nossas lideranças estão tão mal articuladas que só conseguem pensar em torno de seu próprio umbigo. As instituições evangélicas estão imersas em disputas por poder e dinheiro. Uma oportunidade excelente para que os ativistas façam as regras. A depender de nossas articulações o PL 122/06 será aprovado, sem dúvida alguma!
Nossos líderes não percebem que nosso endomarketing não resolve o problema.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão João,
Graçaq e Paz!

Ainda que muitos entendam um pouco, mas seria importante se alguém, já que entendo ser o irmão muito ocupado, traduzir para o português, pois poderíamos reverberar o referido artigo que é muito importante em outros vários blog, quem sabe até uma blogagem coletiva que chama atenção de muitos.
Entendo que o assunto é de muita relevância para todos nós.
Apenas uma sugestão.
Um grande abraço!
Pr. Carlos Roberto

Gediel Mendes disse...

A Paz do Senhor!!!

Creio que a CGADB deveria fazer uma campanha de oração a favor disso, assim como outra convenções e conselhos das demais denominações.

Penso que não é necessário um "Politico Crente" agir pelo povo de Deus.

Independentemente de ter alguém lá, DEUS pode mudar tudo.

Somos cientes de muitas batalhas que os hebreus não lutaram, e sim, Deus mandou um anjo e ganhou a guerra.

VAMOS ORAR!!! Eu ainda creio no poder sobrenatural do Senhor, nosso Deus.

Abraço e que Deus nos abençoe

Gediel Mendes
Paranaguá/Pr
www.gedielmendes.spaces.live.com
www.advilaparanagua.com.br

Wallace Souza disse...

Se deixarmos passar a lei da homofobia aqui, nem pregar a Bíblia direito poderemos, sem correr o risco de sermos presos.

se não orarmos e não agirmos, perderemos aquilo q de mais caro foi conquistado para nós: a liberdade.

q Deus guarde seu povo disso, mas muitos estão tão preocupados em buscar bênçãos, que nem se tocam disso... dormentes.

Marcelo A. Coelho disse...

O mais triste é constatar que acima da preocupação com uma lei constitucional, tal assunto já tem conquistado espaço em muitos lares cristãos! Pais e responsáveis_ reféns de umconjunto de leis mal interpretados como o ECA e omissos de suas responsabilidades_ desviam os olhos da questão homossexual. Entendamos um pouco mais das leis_ espiritual e constitucional_ e então, teremos condições de nos pronunciar sobre assunto tão delicado.

André Ribeiro de Mendonça disse...

Se o PL-122 for aprovado é o caminho definitivamente aberto para a penúria da sociedade brasileira e permissividade total de nossas instituições píublicas, salvo honrosas e crentes excessões. Duvida disso? É só ler acuradamente sobre a postura de nossos governantes nos últimos anos frente a situações desse tipo.

Paulo Teixeira disse...

O Brasil está a caminho. É uma questão de tempo. Dormimos muito tempo. Achamos que isto nunca ia acontecer aqui.

Leia:

A luta incessante do Poder das Trevas ( http://holofote.net/2009/05/19/o-poder-das-trevas-tenta-dominar-a-todo-custo-e-preciso-o-brasil-reagir-com-forca-total/ )

Atenção para este comunicado importante ( http://holofote.net/2009/05/11/atencao-para-este-comunicado-importante/ )

Pr. Israel Forte disse...

Durante muito tempo os evangélicos acreditaram que os políticos eram do Diabo e por isso não votaram nos canditados evangelicos, estamos sofrendo as consequencias da falta de esclarecimento do povo cristão, se tivéssemos mais parlmentares cristãos não correríamos esse perigo que nos rodeia !!!!

SAULO DE VILLA LUCIANO disse...

Será que ser Gay, é estatus?
Nós evangelicos sempre somos tratados com segunda classe, não podemos expressar a Palavra de Deus, para não ofender as atitudes.Epoca de eleição nos procuram e depois votam contra a maior instituição desse país que é a Igreja .Será que seremos proibido dizer que o adultero, fornicario, os ladrões não herdaram o reino de Deus.Olha daqui a pouco dizer que ladrão vai para o inferno se não se arrempeder irá para o inferno, será crime .Essas mensagens incomodam muita gente.

Octavio Buitrago Camelo disse...

Buenos días.
Desafortunadamente, el idioma a veces nos presenta barreras que nos impiden conocer el verdadero contenido de los post de los hermanos, y he aquí mi pensamiento.
Para mi, una cosa es la homofobia, que no tiene nada que ver con cohonestar o aplaudir el homosexualismo, para mi la homofobia es el odio a los demás seres humanos.
Otra cosa, creo yo, que es el hecho de que siendo conocedores de la verdad, expuesta en la Bendita Palabra de Dios, no nos afanemos por la defensa de nuestra fe, el homosexualismo es un mal, es un cáncer social, y como cáncer debe ser combatido no en los estrados, no en los periódicos o la TV, sino en el lugar secreto, en el silencio de la presencia del Señor, y debe ser así porque lo que vemos en el comentario del hermano Héctor, es que ya lo quieren presentar como una "alternativa" una forma lícita de vida para nuestros hijos, lo cual yo rechazo rotundamente.
La Palabra en Romanos 1:18-32 dice:
La culpabilidad de la humanidad
18 La ira de Dios se revela desde el cielo contra toda impiedad e injusticia de los hombres que detienen con injusticia la verdad, 19 porque lo que de Dios se conoce les es manifiesto, pues Dios se lo manifestó: 20 Lo invisible de él, su eterno poder y su deidad, se hace claramente visible desde la creación del mundo y se puede discernir por medio de las cosas hechas.[s] Por lo tanto, no tienen excusa,[t] 21 ya que, habiendo conocido a Dios, no lo glorificaron como a Dios, ni le dieron gracias. Al contrario, se envanecieron en sus razonamientos y su necio corazón fue entenebrecido.[u] 22 Pretendiendo ser sabios, se hicieron necios,[v] 23 y cambiaron la gloria del Dios incorruptible por imágenes de hombres corruptibles, de aves, de cuadrúpedos y de reptiles.[w] 24 Por lo cual, también los entregó Dios a la inmundicia, en los apetitos de sus corazones,[x] de modo que deshonraron entre sí sus propios cuerpos, 25 ya que cambiaron la verdad de Dios por la mentira,[y] honrando y dando culto a las criaturas antes que al Creador, el cual es bendito por los siglos. Amén.[z] 26 Por eso Dios los entregó a pasiones vergonzosas, pues aun sus mujeres cambiaron las relaciones naturales por las que van contra la naturaleza. 27 Del mismo modo también los hombres, dejando la relación natural con la mujer, se encendieron en su lascivia unos con otros, cometiendo hechos vergonzosos[aa] hombres con hombres, y recibiendo en sí mismos la retribución debida a su extravío. 28 Como ellos no quisieron tener en cuenta a Dios, Dios los entregó a una mente depravada, para hacer cosas que no deben. 29 Están atestados de toda injusticia, fornicación,[ab] perversidad, avaricia, maldad; llenos de envidia, homicidios, contiendas, engaños y perversidades. 30 Son murmuradores,[ac] calumniadores, enemigos de Dios, injuriosos, soberbios, vanidosos, inventores de males, desobedientes a los padres, 31 necios, desleales, sin afecto natural, implacables, sin misericordia.[ad] 32 Esos, aunque conocen el juicio de Dios, que los que practican tales cosas son dignos de muerte, no solo las hacen, sino que también se complacen con los que las practican.[ae]

Yo no se de culturas, no conozco el pensamiento de lios hermanos al respecto, los respeto, pero esta es mi posición.
Un Abrazo para todos

Pr. Geremias do Couto disse...

Caro Cruzué:

Estou em Bogotá, Colombia, e nao tenho tido tempo de atualizar o meu blog.

O assunto de que o irmao fala no seu email é relevante, atual e necessário.Como o irmao vai escrever alguma coisa sobre o assunto, sugiro avançar um pouco mais, pois, no Brasil, segundo publicado na imprensa semana passada, já está planejado introduzir referencias à família gay como algum comum e normal nos livros didádicos que serao distribuídos nas escolas públicas. Ou seja, a idéia é tomar conta da mente humana desde a infancia, na escola, impondo uma nova ¨visao cultural¨.

Pesquise sobre isso. Saiu no site do Globo semana passada. Acho importante sempre tratarmos dessas questoes. O joio foi semeado pelo inimigo, quando os responsávbeis pela plantacao estavam dormindo.

Abraços.

Desculpe os erros de digitaçao. Estou usando um teclado ¨espanhol¨.

Pastor Geremias do Couto

Escritora Micheline Gomes disse...

Nós como Igreja do Senhor precisamos vivenciar de fato a verdadeira unidade.
Unidos em Cristo e em oração poderemos continuar lutando contra este lei absurda que o governo brasileiro e de outros países desejam aprovar.
Creio no poder da oração, porém, devemos agir! Como arautos do Rei tendo fome e sede de justiça!

Pr. Cruzué. Obrigada pela tradução. Vou deixar no original no meu blog. Deus o abençoe e vamos labutar juntos pela Causa do Mestre!

Andre Moloni disse...

Pastor João, bom tarde.
Infelizmente hoje eles julgam esta nossa posição quanto ao caso como preconceito ou apologia a discriminação dos homossexuais e devido a isto estão exercendo uma enorme pressão contra a única oposição existente para que esta lei não seja aprovada. Infelizmente, sabemos disso, existe uma grande força maligna que apóia esta ideologia e sabemos também que eles não vão poder proibir nossos pastores e pregadores a falar sobre este assunto, pois temos primeiramente o SENHOR dos senhores, nosso DEUS TODO PODEROSO que não permitira que a sua palavra não seja pregada e também temos nosso direito de livre exercício de culto religioso, conforme o Art. 5°, parágrafo VI, da nossa Constituição Federal .
Quanto à solução para este problema tenho certeza que é mui necessário que todos os cristãos, e quando digo todos são todos mesmos, de qualquer denominação que vive e prega a palavra de DEUS sem emendas e sem subtrações, unan-se no propósito de orar por esta causa e cobrar de nosso irmão em CRISTO que alcançaram um cargo político de se impor e também exercer uma pressão significativa para que esta lei não seja aprovada.
Não odiamos os homossexuais, na verdade nos os amamos como a qualquer pessoa e queremos que mudem seus caminhos e recebam de JESUS CRISTO um renovo em suas vidas e sejam transformados em uma nova pessoa.

Alan disse...

Amados irmãos, vamos publicar em nossos blogs esta mensagem e repassá-las para as pessoas.

e vamos orar, para que Deus nos direcione a agir neste período que vivemos, onde não há temor e crença em Deus e sua Palavra.

Ev. Alan G. de Sá

Ministério Gilson Abreu disse...

Graça e Paz meu irmão!! estarei postando e denuciando, essa manipulação dos valores morais, e da libertinagem do atual século.

Alexandre Fernandes disse...

Não perdi tempo e já publiquei no meu blog www.cristaodauniversal.com.br

Adalberto Rodrigues Coelho disse...

Paz irmao já publiquei em no site da Igreja que edito, bacana este trabalho Parabéns

Adalberto M de Oliveira disse...

Estamos juntos nesta pastor.

Herberti e Ana disse...

Prezado irmão Cruzué,

Acabei de incluir o alerta em nosso blog. Como uma frase que eu lí recentemente: "Quem toca um tambor não sabe até onde o som pode chegar." Vamos continuar batendo nosso tambor.

Abraços,

Herberti e Ana.

Robson Silva disse...

Paz meu prezado Cruzué. O Prossigo para o Alvo já fez a sua parte, e está de braços dados com a UBE.

Glória a Deus!

Robson Silva

Marco Antonio disse...

tmb irei publicar no meu blog - http://blogdomaco.blogspot.com

José Marucio da Silva disse...

'Buscai Primeiro o Reino de Deus e sua Justiça'

http://elgranmariachi.blogspot.com
Deus ama o pecador e quer sua salvação e não ama o pecado!

Edson Douglas de Oliveira disse...

ok

www.comunidadewesleyana.blogspot.com

liberdade de expressão disse...

Na verdade, mesmo antes da aprovação do PLC 122/2006 (lei da mordaça gay), esse tipo de doutrinação homossexualista já vem sendo feito no Brasil. O ativismo gay já se infiltrou no Ministério da Educação, da Justiça, dos "Direitos Humanos", da Saúde... Todos esses órgãos já contemplam os interesses do gayzismo, mas eles querem mais.

http://liberdadedeexpressao.multiply.com