domingo, abril 05, 2009

Projeção da população evangélica para o Censo IBGE 2010


João Cruzué

Data de publicação desta projeção: 05.04.2009.

Atualização de meus estudos para 2011 aqui: População Evangélica em agosto 2011

O Blog Olhar Cristão elaborou a projeção tendo como base os números oficiais do Censo Demográfico do IBGE do ano 2000 e uma população evangélica em 2007 estimada pela FGV em 17,88%. Com base nessas informações estimou em 19% a população de evangélicos para 2010. Esta projeção atende ao princípio da razoabilidade e destoa de muitos dados ufanistas. Depois do Censo demográfico do IBGE de 2000, não existe nenhuma fonte com dados reais.

Antes de olhar a tabela da projeção que fiz em abril de 2009, quero dizer hoje (02.11.2010) o seguinte: O Censo que o IBGE está terminando esses dias, não está contando pessoas por religião. O agente que veio em minha casa e talvez na sua, não perguntou sobre a minha religião. Eles vão fazer isto também por AMOSTRAGEM. Neste sentido, a projeção que fiz em abril do ano passado (2009) continua de pé.

Project



DADOS ATUALIZADOS PARA AGO.2011

Tabela com a população evangélica por Estados
POP_EV 2011

Análise.Em 1991, era de 9% a participação dos Evangélicos na população do Brasil. De 1991 a 2000 houve um grande crescimento e esta taxa subiu para 15,4%. Foi durante esta época que surgiram com força o evangelismo pela TV com o Bispo Macedo da Igreja Universal e o Missionário Romildo R. Soares da Igreja da Graça. Também foi nesta década que a Igreja Batista encantou uma geração de adolescentes e jovens com o aparecimento da excelente Banda mineira - Diante do Trono - liderada por Ana Paula Valadão.

De 1991 a 2007 o crescimento patinou. Segundo Pesquisas da Fundação Getúlio Vargas, em 2007 os evangélicos eram estimados em 17,88% da população brasileira. Isto foi motivo de comemoração pela Igreja Católica que ficou aliviada da perda constante de membros para o lado evangélico. Para o próximo censo demográfico de 2010, o Blog Olhar Cristão projetou um pequeno crescimento, situando em 19% a porcentagem de evangélicos. Sinceramente, esperamos que esta taxa seja maior, embora a realidade nos aponta para uma taxa sem brilho.

Ainda há tempo para refletir sobre o pouco crescimento de 2000 (15,4%) a 2003 (17,88%), caso queiram desconsiderar os 19% projetados por nós para o censo do IBGE de 2010. Por que o freio de mão está puxado?

Vamos apresentar algumas causas, sem pretensão de ser donos da verdade. Uma delas é a excessiva esposição da mensagem "dinheiro" através da TV e do rádio. É um "pede-pede-$" que assusta os não crentes. Isto leva a uma interpretação literal de ganância e avareza. A outra causa é a quantidade elevada de novas Igrejas que se funda todo dia. Todos querem ser pastores, e a presuposição de que as "outras" não sou do "meu" gosto. Por que será? Mas não é isso que é preponderante sobre a queda brusca na taxa de crescimento.

Pessoalmente, creio que hoje não se ganha mais almas apenas com um Evangelho de palavras. Evangelho é poder de Deus, e o poder de Deus são palavras confirmadas com sinais e maravilhas. Em uma geração que praticamente abandonou e desprezou o Espírito Santo de Deus, não me admira que a Igreja esteja trabalhando pouco e colhendo mais pouco ainda. O principal agente da conversão de pecadores está sendo apagado e relegado a terceiro plano, enquanto que o evangelho da "vitória" campea a muito tempo nos primeiros lugares no gosto do povo.

As grandes Igrejas Evangélicas não têm mais projetos e a visão acabou-se. Estão contentes com o tamanho dos próprios rebanhos. Hoje, talvez não esteja equivocado se disser que um projeto político gere mais paixão do que um projeto evangelístico. Billy Graham, um estrangeiro, no ocaso de seus 90 anos, mostrou às lideranças da Igreja Brasileira o caminho de um grande projeto. Ele veio, foi-se, e tudo voltou ao dantes. Morno.

Há um grande equívoco na maneira política das grandes Igrejas Evangélicas brasileiras. Não é um projeto político que vai levar a Igreja Evangélica a se dar bem no Brasil. É melhor um projeto evangelístico de grande envergadura. Se a Igreja desenvolver e se apaixonar por um grande projeto, vai voltar a crescer com mais ímpeto. É melhor ter 50% da população brasileira crente em cristo, do que ter 100 deputados na Câmara Federal. É muito simples: dos 50%, sem nenhum projeto político, sairão muito mais que 100 deputados - além do principal: que é agradar ao Espírito Santo e ao Senhor Jesus. Já não se trata de tornar o Brasil evangélico, mas de levar as almas dos perdidos, dos pródigos, dos gays, das prostitutas, dos grandes traficantes de drogas - a CRISTO.

Observando as últimas taxas de crescimento da Igreja Evangélica brasileira, podemos fazer uma interpretação com base em uma analogia: O noivo está chegando, mas está faltando azeite nas lamparinas dos convidados. A ceia das bodas está preparada, mas cada um, à sua maneira, não está de fato interessado em ir na festa.

Isso precisa mudar.

João Cruzué/cruzue@gmail.com


.
.

19 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão João Cruzue,
A Paz do Senhor!

Registro meus cumprimentos e parabéns pelo trabalho para essa projeção e divulgação em seu conceitudo blog para nosso conhecimento.
Deus continue abençoando sua vida e ministério.

Um grande abraço
Pr. Carlos Roberto

Blogueiros Cristãos disse...

Irmão João, Paz do Senhor.

Parabens pelo desenvolvimento desta tabela. Seria bom que isso chegasse ao conhecimento de todos. Pelos numeros da Assembléia de Deus eu já sabia só não imaginava que a Batista e depois a Cristã do Brasil ficasse na frente da Universal. Fiquei muito surpreso.

Mas de qualquer forma bom é ficarmos no nosso lugar não é? Sem olhar placas, tendo Cristo como o alvo das atenções. Sendo assim nossos olhos passam a ter uma visão cristã e porque não dizer um... Olhar Cristão.

Lucas M Junior

Denise C. S. disse...

Caro irmão

Gostei mto do assunto explanado aqui em seu blog, gostaria de pedir permissão de publicar este conteúdo em nosso site (www.admedianeira.com.br), citando sua autoria e adicionando um link para seu blog.

Que Deus continue abençoando poderosamente sua vida!

Pastor Jailton da Silva disse...

paz do senhor amado estou satisfeito com o Crescimento da igreja no nosso pais mas acho que este quadro ainda pode mudar é so a igreja se levantar para fazer missões ainda mais! fico feliz por este resultado vamos orar para que cada vez este numeros esteja crescendo em nosso pais! um grande abraço paz e graça

naomordamaca disse...

Glória a DEUS!
Gostei bastante do assunto abordado! Q o Brasil cresça com seguidores genuinos de CRISTO!

Um abraço!!
No amor de JESUS,
Fernando Ortega

Ah! Passa no meu blog! É pra jovens e abordo bastante sobre namoro cristão, adoração, batalha espiritual, igreja perseguida...

http://www.naomordamaca.wordpress.com

wallysou disse...

apz, amado.

felicitações por sua feliz avaliação do momento evangélico do Brasil.

gde abço,

wally.

Kellysson Alves disse...

A paz do Senhor.É muito bom ver e saber que esse povo maravilhoso cresce cada vez mais no Brasil.Mas o triste é que parece que a desunião aumenta da mesma forma.Que Cristo reine definitivamente no coração da Igreja brasileira para que essa indiferença caia por terra no nome de Jesus.Temos que se amar uns aos outros como disse Jesus.Amém!!!

Anônimo disse...

Otimo texto e bela projeçao sobre o crescimento evangelico, realmente muito coerente com a realidade
Quero apenas discordar do querido irmao em alguns pontos e estou aberto a replica para o meu melhor conhecimento e mudança de opiniao
1º Na minha opiniao há muitas igrejas evangelicas poucas PROTESTANTES!
2º Na minha opiniao milhares estao lotando varias igrejas ou saloes em busca de grana ou curas e nao em busca de Salvaçao será que se nestas supostas igrejas evangelicas fosse pregado ARREPENDIMENTO, REGENERAÇAO, MUDANÇA DE VIDA INTERIOR ? elas estariam lotadas ?
3º O evangelho e o sulficiente para ganhar as pessoas pois a palavra quando bate no coraçao tranforma volto a repetir muitos templos ou saloes estao lotados nao de pessoas querendo Salvaçao MAS QUERENDO BENS MATERIAS ETC nao Jesus!
Eu preferia ainda o tempo que os evangelicos nao estavam na tv a toda hora propagando um evangelho distorcido
Como reagiria o apostolo paulo ? ao ver a tv hoje ou melhor o que os evangelista estao fazendo na tv ? um evangelho açucarado, distorcido, e exatamente como uma grande campanha publicitaria ou marketeira dando ao povo o que eles querem ou gostam de ouvir.
Se formos medir essas estatisticas com um pouco de prudencia certamente sobrariam umas miseras centenas de protestantes mas evangelicos relamente todos sao!

Irmão João disse...

.

Réplica ao "anônimo"

Irmão, não há discordância. O que você disse faz sentido. Concordo com sua maneira de pensar. Mas, há mais do que algunas centenas de protestantes avivados.

Boa Páscoa.


.

comunicando vida disse...

na realidade, muitas igrejas e comunidades listadas na pesquisa do ibge não são consideradas como igrejas evangélicas pela maioria das igrejas, temos então um resultado que pode ser questionado por muitos. Outro fato que se declarar evangélico em uma pesquisa do ibge não confirma filiação e então podemos ainda ter um número inflado. então, o resultado além de determinar uma paralisação, significa que estamos muiiiiiiitooo longe de ser maioria neste país.

João Cruzué disse...

.

Réplica a Comunicando Vida.

Sua leitura está corretíssima. Mas já dá para perceber que na última pesquisa já aparece mais de um milhão de pessoas que não mais congregam (sem vínculo).

No segundo artigo que publiquei, e o link está nesta postagem, disse tudo o que precisava dizer.
Entre outras coisas, que se em 2010 mesmo que tivermos quase ou 40 milhões de crentes, o número que precisa ser focado é a diferença: 150 milhões de não crentes, quase 4 vezes.

Em um terceiro eventual artigo poderia ir mais fundo na questão: quem relmente é um fiel seguidor de Cristo em meio a tantos "cristãos".

Gostei muito do seu comentário.

Irmão João


.

estudosgospel disse...

Que a paz de Deus seja convosco. A igreja evangélica tem crescido pouco por causa de muitos fatores, entre os quais a secularização da mesma, ou seja, não esta seguindo o que Paulo falou aos Romanos, no capítulo 12:"Não vos conformeis com este mundo...", pelo contrário, esta permitindo que o mundo entre para o seu meio. Se a igreja quer voltar a crescer, precisa repensar o seu modo de agir e se identificar novamente com a verdadeira causa de Cristo.

Anônimo disse...

quando os pastores se preoucuparem menos com dinheiro e eleições no Senado e focarem pra evangelização isso mude. Perdão mais a dados inclusive internacionais q mostram q o fiéis da unniversal no Brasil são 8 milhões, por que diminuiu ai? Bom ique na Paz

Rodrigo Batista disse...

17,88% foi em 2003, e não em 2007. Confira mais uma vez o gráfico!

Em 2010 a estimativa vai taer em quase 22%.

Anônimo disse...

gosteido grafico agora nos nao temos cupa se pessoas com vc na respeita e pensa que todas igreja so pessam em dinheiro.va visita o acre pra vc voce ve o belissimo trabalho que as igejas desenpenham.a paz fique com cristo no coraçao.

Anônimo disse...

Eu respondi ao senso detalhado, e me perguntaram a minha religião e dos moradores da casa!

Francisco Avelardo disse...

Sinceramente, o que isso tem mudado? Não sei se é de mais evangélicos que o país precisa, só vejo igrejas cheias e os donos ficando ricos, igrejas de multidões e sinceramente se Jesus nascesse nesse tempo não teria espaço pra Ele nessas catedrais, um cara simples e de tão simples, foi preciso um beijo de Judas para ser identificado no meio da multidão. Parem com essa baboseira de ficar medindo a igreja por número de membros, mas pensem no que ela pode ser significante para transformar a sociedade.
Lembrem-se, o Evangelho é transformador, ele tem esse poder de mudar a vida do homem.
Vamos Lutar por um Brasil mais justo, com menos pobreza e desigualdade social. Jesus foi o maior revolucionário que já conheci, deixou o império romano de cabeça para baixo em apenas três anos, me converti a Ele e não a uma igreja local, hoje vivo uma vida que vale a pena, luto por menos desigualdade em minha cidade chamada Itaperuçu_PR.
Precisamos de mais Evangelho e não de evangélicos...

Anônimo disse...

NA verdade o numero d evangelicos atingiu o patamar de mais de 50%,JÁ NO ANO DE1991, CO FALTA NÓS IDENTIDADE POLITICA...O QUE É LAMENTAVEL..ESTAMOS IGUAL AVESTRUS DIANTE DO PERIGO. POIS ...FALTA NÓS IDENTIDDE CULTURAL,POIS OLHAMOS A POLITICA COMO SE NÃO FOSSE DE deus O QUE É LAMENTAVEL,PREFERIMOS VOTAR EM PAIS DE SANTO,IMPIOS,INCREDÚLOS DO QUE IRMÃOS DE NOSSA PROPRIA IGREJA ALEGANDO;SE ^n O IRMÃO VAI PERDER A SALVAÇÃO...ñ É. A GRAÇA E A PAZ DO MISSIONARIO:PSTOR doni aleluia. HALE_LUIA @HOTMAIL.COM

Risa Feleol disse...

Querida igreja de Cristo.
Meu coração fica dilacerado, quando vejo o tamanho da idolatria no meu estado(Pará) e nome município(Benevides). Mas fico feliz em saber que muitas denominações estão num processo de 70 dias de oração e jejum que vai até o dia 15/11, quando acontecerá um ato profético lá no Monte Pascoal, em Porto Seguro, considerado o útero de nosso País,anulando todo decreto, maldição ou outras coisas que foi dito ou lançado sobre nossa nação. Faça parte desse mover, vc sabe qua a oração move os braços de Deus. PARTICIPE!