terça-feira, setembro 09, 2008

A violação de um princípio


JC

"Amai-vos uns aos outros, como eu também vos amei"
Jesus Cristo
Joao Cruzué

"Violar um princípio
é muito mais grave que transgredir uma norma qualquer. A desatenção ao princípio implica ofensa não apenas a um específico mandamento obrigatório, mas a todo o sistema de comandos. É a mais grave forma de ilegalidade ou inconstitucionalidade, conforme o escalão do princípio atingido, porque representa insurgência contra todo o sistema, subversão de seu valores fundamentais, contumélia irremissível a seu arcabouço lógico e corrosão de sua estrutura mestra. Isso porque, sem ofendê-lo, abatem-se as vigas que o sustêm e alui-se toda a estrutura nelas esforçada."
Celso Antônio Bandeira de Mello.

Coisa parecida pode acontecer na vida do cristão. Uma vez caído no pântano do egoísmo tudo é mais racional, relativo. De isso-não-faz-mal em isso-não-faz-mal, uma brasa exposta ao frio dos pecadinhos lentamente vai se transformando em cinzas.

Jó foi um homem que recebeu elogios do próprio Deus, pois seguia quatro normas de vida: sinceridade, retidão, temor de Deus e se mantinha à distância do mal. Estas normas derivam do princípio da santificação. Mesmo que você não tenha o todo o caráter de Jó, uma coisa precisa ter: o desejo íntimo de agradar ao Senhor.

Há uma diferença no olhar. Enquanto o olhar de Deus é compassivo e suas palavras são amorosas, o diabo olha tudo com desprezo e suas palavras são sempre críticas e destruidoras.
Um cristão cheio do Espírito Santo exercita a misericórdia; foi o que Jesus fez no julgamento da mulher adultera. Já o coração de um cristão que se deixou dominar pelo pecado, e tornou-se frio, não exercita mais misericórdia alguma. Foi o caso do grupo de fariseus que estavam prontos para apedrejar a mulher e também os sacerdotes e sumo sacerdote que condenaram Jesus à morte de cruz.

Rebeldia, é o nome que se dá à forma de comportamento proposital que se insurge contra todos princípios divinos estabelecidos. Despreza-os. Desmerece-os. Longe de procurar agradar, o rebelde tem prazer em quebrar regras, desobedecer princípios e desconstruir sujeitos Quando isto faz, expõe a natureza egoísta e maligna do reino onde vive.. Este egoísmo, esta rebeldia em ação não ofende apenas princípios, mas o próprio autor deles que é Deus!

"Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós". Tiago 4:17



cruzue@gmail.com


.

2 comentários:

Anônimo disse...

João
Acho que tem razão em uma coisa ou estamos com JESUS ou estamos contra ELE. Eu estou a favor.
Mas temos que ser flexíveis com pessoas que ainda não conhecem o verdadeiro e único DEUS.
Meu nome é Ana e meu blog é cristaoscat.blogspot.com
Titulo: Embusca da felicidade
Vamos trocar argumentos cada um respeitando sua crença

João Cruzué disse...

.

Ana,

Obrigado pelo comentário.

Está correto sua opinião sobre a flexibilidade, que suponho ser paciência e esperança, com os que ainda não conhecem o Senhor ou novos conversos.

Entretanto o texto está focado em cristãos, isto é, seguidores antigos de Jesus, que por motivos egoístas não têm mais compromisso com o primeiro amor.

Com carinho e respeito,

Irmão João.


.