terça-feira, fevereiro 13, 2018

O papel dos pais na educação dos filhos

Filhos da graça

Por Cleuza da Silva Nogueira
.
"Ponde, pois, estas minhas palavras no vosso coração e na vossa alma, e atai-as por sinal na vossa mão, para que estejam por frontais entre os vossos olhos. " (Deuteronômio 11:18).

"E ensinai-as a vossos filhos, falando delas assentado em tua casa, e andando pelo caminho, e deitando-te, e levantando- te;" (Deuteronômio 11:19)

De tudo o que tenho aprendido na Bíblia sobre a educação espiritual da criança, sem desmerecer e nem diminuir o papel da igreja, a educação espiritual das crianças é, sobretudo, obrigação dos pais. Os pais são orientados biblicamente a, primeiro viver a Palavra e depois esmerar-se em ensiná-la aos seus filhos. Vemos em Deuteronômio que a criança precisa ser ensinada em todo o tempo para não se desviar dos caminhos do Senhor.

Tenho visto muitos pais reclamarem que criaram seus filhos na igreja e que depois seus filhos desviaram. Levar os filhos à igreja na Escola Dominical e nos cultos à noite e, às vezes, uma vez durante a semana, não faz da criança um servo do Senhor.

O exemplo em casa, a piedade no lar, culto doméstico, ensino na Palavra, o culto a Deus na Igreja ensinando a criança a fazer parte do Corpo de Cristo, o entusiasmo dos pais por Deus, pela obra no Calvário, pela igreja e pela obra de Deus, o compromisso dos pais com a verdade, o ensino de princípios e valores bíblicos, ensinados através do exemplo e da vida mesmo com Deus, o acompanhamento do crescimento espiritual dos filhos na Escola Dominical, e nos trabalhos da igreja, fazem dos filhos, verdadeiros servos de Deus. - "Educa a criança no caminho em que deve andar; e até quando envelhecer não se desviará dele." (Provérbios 22:6).

Não estou culpando os pais de Eloá, ou quem quer que seja pelo desfecho em sua vida, mas estou aproveitando para lembrar que os pais não podem e não devem deixar a educação espiritual dos seus filhos somente à cargo da igreja.

A maioria dos pais evangélicos que conheço, passam a semana inteira sem ler um versículo bíblico com seus filhos. Nunca perguntam aos professores da Escola Bíblica Dominical como seus filhos estão se desenvolvendo. Não os acompanham quando alguma atividade da EBD é enviada para casa. Mas não deixam de olhar o dever da escola secular deles. O filho pode faltar da EBD porque está cansado, coitado, mas da escola secular não pode faltar de forma alguma. Acham que fazem muito em levá-lo à igreja no domingo à noite. Compram livros, revistas e todo tipo de informação secular para formação intelectual dos seus filhos, mas às vezes não são capazes de adquirir nem a revistinha da EBD. Não investem nada na vida espiritual dos filhos. Não compram livros, revistas, jogos bíblicos, nada. Ainda reclamam em casa do pastor, da igreja, dos irmãos e do culto. Mas criou o filho na igreja.

A Igreja tem sua cota de responsabilidade e precisa cumprir bem seu papel, mas cabe aos pais situarem-se no processo.






.

Um comentário:

Anathallycio Nascimento disse...


Excelente, fala do que está acontecendo na nossa igreja nos dias atuais.
Pela relevância vou republicar este artigo no Face que administro: Admossoro.Setorx, citando a fonte,é claro, como sempre faço quando o artigo não é de minha autoria.

José Anatalício

www.avozdosetor10.blogspot.com