sexta-feira, dezembro 28, 2012

Perspectiva Brasil 2013

.
João Cruzué


O ano de 2012 foi conturbado e apocalíptico. Sua retrospectiva começou bem antes com filmes e literatura explorando o fim do calendário maia. Resumindo, meia dúzia de malucos sacudiram o inconsciente de milhões de pessoas. E como vem acontecendo há séculos, ainda existem pessoas que embarcam nas mais estapafúrdias ideias. Felizmente, uma pequena parte, uma vez que a tendência do pensamento desta é a relativização das coisas.  Quero escrever um post, falando de coisas ruins, boas e muito boas.

1. Racionamento de Energia Elétrica.

É bem possível que, onze anos depois, o fantasma do racionamento volte a bater a nossa porta por causa menor quantidade de chuva que vem caindo, principalmente, no Estado de Minas Gerais, cabeceira das maiores usinas hidrelétricas do país. No momento que estou escrevendo, estou em Belo Horizonte. Há muitos anos venho aqui pelo Natal, e era água que Deus dava. Neste ano, afora poucos pingos, não está chovendo. Uma outra coisa curiosa sobre este assunto. Há muitos anos levei do sítio para São Paulo uns tubérculos de amarilis, que com a chegada do inverno enche a varanda da casa de flores afogueadas. Em 2012, as flores não vieram em julho, mas em setembro - dois meses atrasadas. E o que está acontecendo com as mangueiras de Belo Horizonte? Semelhante às flores dos amarilis,  as mangas ainda estão verdes. Na minha observação, que não é tão leiga assim, é como se o clima do Sudeste estivesse dois meses atrasado.

Pode ser que a chuva que ainda não veio, chegue de uma vez. E encha até a boca a Represa de Furnas, os afluentes do Rio Paraná, do  São Francisco, do Rio Doce, do Jequitinhonha... mas, da mesma forma que de 33 em 33 anos uma grande seca destrói a esperança do sertanejo nordestino, não é raro algum tipo de fenômeno de seca no Sudeste. Por coincidência, há onze anos estávamos passando por racionamento de energia. Este período múltiplo de onze nada tem a ver com  calendários esotéricos - eles são científicos e têm a ver com o movimento das  manchas solares.

Pouca água e menos energia elétrica. Pode estar a caminho uma nova forma de tarifa de energia, há tempos sendo ensaiada. Um relógio que registra o consumo de energia a cada hora do dia. E se isto acontecer, o preço do KWh pode até cair, mas paradoxalmente o total da conta vai subir. E como isto é possível? Ponderando o consumo da energia no decorrer do dia. Por exemplo, o  consumo de energia das 18:00 até as 21:00h pode ter peso 2 - ou três. Quem deixar para tomar banho depois das 21:00 já gasta na ponderação de 1:1.


2. Eleições da Mesa Diretora da CGADB

Pela resolução 01/2012 no dia 11/04/2013 será eleita a "nova" diretoria da CGADB. Se no passado houve alguma conotação religiosa ou espiritual deste evento, hoje isto já não existe mais. Na minha concepção trata-se de um evento político igual a qualquer outro. E, sinceramente, vou orar para que não seja pior!  As Igrejas Assembleias de Deus, ao meu sentir, deixaram de ser evangélicas. E deixaram porque se enveredaram pelas mesmas políticas religiosas de séculos ou  milênios atrás.  Como uma infeliz coincidência, o que está acontecendo no plano político e secular o que pode acontecer nos bastidores desta eleição pode fazer corar de vergonha até os incrédulos. É como se estas eleições fossem um trem sem freios, passando por uma curva acima do limite da velocidade.  Sinceramente, estou muito preocupado. E preocupado com o estrago que isto possa (vai) fazer no coração de novos convertidos, famílias, adolescentes, jovens. A perda de referências numa eleição como esta pode tirar o resto do respeito que por ventura ainda exista  entre ovelhas e pastores.

3. O final do julgamento do mensalão

A performance do Ministro Joaquim Barbosa surpreendeu a todos.,Inclusive ao Governo... Eu fiquei pensando: a corrupção neste país é tanta, mas tanta, que quando aparece alguém decente (o que devia ser o padrão) o cara ganha o destaque de "Homem do Ano". E não é pouca coisa, tratando-se do ritual que um ministro do STF segue para usar uma toga. Isto ficou bem claro na divulgação dos bastidores da escolha dos Ministros Fux e Barbosa. Quem os escolhe e recomenda, com certeza espera alguma coisa em troca... Enfin, o mensalão dominou as pautas do segundo semestre, ofuscando o resto. Para 2013, deve vir as prisões.

4. Mudanças

Eu agora vou digitar todo restante do post, que foi perdido há poucos dias em uma "travada" do windows. E, prometo que não serão coisas ruins ou mais do mesmo. Para mim, o ano de 2013 é um ano de muitas bênçãos. Principalmente para aqueles que vêm orando e se esforçando. As manchetes e pautas da imprensa secular, sejam da TV, do Rádio ou escrita estão contaminadas de tanta notícia ruim. E  notícia ruim produz  curiosidade, principalmente se tiver a ver com a vida dos outros. Eu prefiro notícias boas. Ainda não alienei minha mente à porcarias ou ou sistema. Meu sistema é outro: Andar pela fé, e não por vista.

5. O ano de 2013 será o ano das grandes vitórias

O que você tem esperado do Senhor? O que você tem orado ao Senhor? O que você precisa do Senhor? Bem, eu fiquei desempregado por 11 anos. Passei por anos difíceis para ganhar o pão. Mas nunca fiquei conformado com a derrota. Orava, estudava e me aplicava na porta de trabalho que aparecia. Até que um dia se me abriu três portas de uma vez. E eu escolhi a melhor, porque minha família merecia.   Orar, estudar e trabalhar na porta que Deus nos oferece. Ela pode ser pequena, a princípio, mas quando Deus nos abre uma pequena porta, isto não quer dizer que ela vai continuar pequena. Creia em Deus. Creia em Jesus, porque é Ele que conquistas as vitórias para nós. Nós não conquistamos coisa alguma. Apenas tentamos, pedimos e nos esforçamos. Nós entramos com o ânimo e o Senhor com as vitórias.

6. O ano de 2013 será o ano da esperança

Esperei com paciência no Senhor, e Ele ouviu a minha voz. Tudo pode estar dando errado para muita gente. As notícias podem não ser boas. Mas não se incomode. No tempo que Deus quer lhe abençoar o resto não conta. Não deixe de ler a Palavra de Deus. Não deixe de separar tempo para estar a sós com Deus. E não deixe de pedir a Ele, aquilo que você tem por grande necessidade. Não pense se você merece ou não. Ninguém merece. Quando Deus dá aquilo que você espera, não é porque merece, é porque Ele é bom! 


7. O ano de 2013 será um ano bem diferente

Se vai ser bom ou não, não importa. Na verdade não tem ano ruim sob a graça de Nosso Senhor Jesus Cristo. Os fatos e os eventos podem vir do jeito que vier que a sombra do Senhor nos guardará. Vai faltar luz? Vai faltar justiça? Falta crescimento à Economia brasileira - e daí? Na sua casa, no seu trabalho, no meio da sua família, Deus governa. Entregue todas estas coisas ao Senhor, confia nele, agrada a Ele, e ele cuidará de todas elas. É preciso ter uma atitude de um filho de Deus. E qual é esta atitude? Vou dizer o que não é: Olhar as dificuldades maiores do que elas realmente são. Ter um calafrio no primeiro olhar de uma prova, se com mais atenção pode ver que ela não é difícil. Eu não creio em autoajuda.Eu creio, sim, em ajuda que vem do Alto. Nessa eu creio.
Para mim, por causa da misericórdia de Jesus, o ano de 2013 vai ser diferente para o meu bem. E com certeza para o seu também.

Vou ficar por aqui. Minhas perspectivas para 2013 são ótimas. Ótimas para mim e também para você. 

Glória a Deus.





Um comentário:

Noemi disse...

VISITANDOLES NUEVAMENTE DESDE EL SALVADOR CENTROAMERICA, DESDE MI BLOG www.creeenjesusyserassalvo.blogspot.com
RECIBAN MUCHISIMAS BENDICIONES