sexta-feira, janeiro 08, 2010

Café com Jesus 3

EBENEZER

João Cruzué
SP-08.01.2010
Senhor, obrigado por mais um ano de vida. Hoje eu tenho um motivo especial para orar antes do meu cafezinho: daqui a três dias vou completar 54 anos. Eu tive muita sorte! Não é qualquer pessoa que converte aos 18 e continua sob sua graça até agora. O mérito não é meu, é teu.

Sim, 54 anos; engraçado, quanto mais velho fico menos compreendo os paradoxos da minha época. O mundo está tão globalizado, globalizou até a solidão. As Igrejas estão cheias de bispos, apóstolos, mestres e doutores; sobra conhecimento, sobra livros, mas falta sabedoria para linkar tudo isso. A grande comissão está sendo substituída no Brasil pelo "fico". E o sucesso dos evangelistas que dominam a TV ocupou o lugar do Espírito em assuntos de discipulado.

--Senhor, eu tenho trabalhado pouco. E mesmo que muito fosse, nunca conseguiria pagar as grandes bênçãos que me destes no ano passado. Quem sabe em 2010 terei novas responsabilidades espirituais? Ah! como é bom fazer exatamente aquilo que queres que eu faça. Isso é muito importante para mim, pois quando faço a tua vontade o teu Espírito alegra o meu espírito. Senhor, eu já aprendi, depois de algumas experiências, que não existe momento mais feliz em minha vida quando a Tua presença se manifesta perto de mim. Meu coração se encolhe, meus olhos naufragam e eu percebo que tu és tão bom e eu, tão inútil.

Tenho visto e me preocupado com as misérias humanas. Principalmente a incredulidade, as dores e as doenças. Quantos estão morrendo de câncer e outras doenças incuráveis e eu, aqui impotente, ignorante, sem fazer nada. Ainda é possível, Senhor, com minha idade trabalhar como os dons de curar? É possível ao toque de um dedo ou o contato de um lenço? E a sabedoria e cansaço para trabalhar com um ministério desses? Ainda me lembro da visita a minha cunhada cheia de aparelhos e tubos na enfermaria de um hospital, no ano passado. Hemorragia no cérebro. Se eu soubesse como orar e tivesse mais intimidade contigo, darias mais alguns dias para ela? Quando medito nestas coisas vou compreendendo que não é tão simples como imagino.

Eu tenho uma dúvida. Sei que não é por esforço nem por violência, mas por tua vontade Senhor. Como é que saberia o caminho para mitigar as misérias do próximo? De quem é a iniciativa? Jejuar 40 dias vai me dar o direito de curar os enfermos e levantar os mortos? E sobre o que é ou não a tua vontade? E aquele assunto de transformar pedras e pães? Não é o que muitos estão fazendo hoje ao levar seus ministérios para a TV? Paulo disse que o Evangelho deveria ser pregado de todas as formas, mas também se preocupou em perder a própria alma mesmo sendo um mestre.

Senhor, eu preciso urgentemente de que me ensines a portar-me nos dias atuais. Não diante dos ateus e descrentes, mas diante de ministros e irmãos que trocam a santidade pelo salário da covardia. Aqueles que lavam as mãos e fecham os olhos diante do pecado de seus chefes. Dir-me-ás as mesmas palavras? Pratica o que ensinam mas não participa do que fazem? Isto ainda é atual, Senhor?

Abençoa Senhor as Igrejas do Cárcere. Fiz um compromisso de vida contigo. Enquanto viver vou continuar enviando aquelas revistas e Bíblias para aqueles lugares. Basta que me orientes para onde devo enviar. Melhor para onde precisa do que, sobra. Aquela gente, eu sei, foi muito má. Eu mesmo já estive na mira de um "cano" a caminho do Correio para despachar literatura. Faço isso porque sei que és o melhor dos advogados. Advogado que chega diante do Pai e diz: Pai, este homem já praticou tudo de ruim na vida, mas ontem ele dobrou os joelhos e orou "Pai, tenha misericórdia de mim, pecador" Por isso, aceite a sua oração, pois ele também foi comprado e perdoado. Quando me lembro disso, passo uma borracha nos meus preconceitos e penso como tu pensas.

Quanto tempo ainda tenho, Senhor? Eu gosto muito de viver. Esta semana estive na casa da minha cunhada, falecida em maio. E andando pelos cômodos daquela casa e olhando o penteadeira posta do jeito que ela deixou eu pensei: nossa vida é como um sonho em um dia de verão. Um sopro muito curto. O salmista se referia a isto quando escreveu o Salmo 90."Ensina-nos a contar os nossos dias, de tal maneira que alcancemos corações sábios. Contar cada dia seria perguntar pela manhã ao Senhor o que fazer e, à noite, prestar contas a Ele?

Accountability! O instituto da prestação de contas dos anglo-saxônicos. Se pecar é: além de errar o alvo é deixar de praticar o bem a cada minuto de um dia - quem se justificaria diante de ti? Curiosamente, aqui, lembrei dos apologistas. Engraçado! Eles marretam com muito gosto os lobos disfarçados de pastores. Apoiado! Mas será que as ações (desconhecidas) dos apologetas seriam 100% imaculadas? Já não tenho tanta certeza.

Por fim, Senhor, peço que mostre-me o caminho, para ter mais intimidade contigo. Perdoe-me a multidão dos meus pecados e tenha misericórdia de mim. Obrigado pela família e pelos poucos amigos. Eu não mereço Senhor, mas sou agradecido por mais um ano de vida. Amém.




2 comentários:

Blog Vida Renovada em Cristo disse...

Sim, cada dia vivido é um milagre que se realiza em nossas vidas. E quase ninguém se dá conta disto, e para para agradecer ao Senhor de tudo.
Imagine 1 ano de vida, uma dádiva.
Mil são os motivos pelos quais devemos agradecer. Incessante são as bênçãos de Deus sobre os seus. Quero aproveitar este coment para a este Deus, o quanto eu também O amo, e sou grata pela mais rica bênção recebida nestes últimos dias, a graça de estar gerando uma nova vida. Ele é fiel e cumpre os desejos de nossos corações. Amém!
Fabiana Barros

Daniel e Ana Paula disse...

Meus parabéns!!!
Que Deus possa te abençoar cada dia mais.
Acompanho seu blo,depois da uma olhada no meu.

www.elodagraca.blogspot.com