domingo, fevereiro 07, 2016

Opinião de Reinaldo Azevedo sobre sugestão da ONU de aborto por microcefalia


Por João Cruzué:


Quando saio do trabalho, às 18:00 horas, eu sempre assisto o programa  "OS PINGOS NOS IS' na Rádio Jovem Pan News. Reinaldo Azevedo é um jornalista que se autodenomina cristão e com muita pimenta na língua. Eu gosto da maioria de suas análises e recomendo ouvir. O que é bom a gente guarda. No Youtube, é só procurar por "pingos nos is".

No vídeo, abaixo, ele desce a madeira no Alto Comissariado da ONU para os Direitos Humanas, um senhor filho de um Príncipe da Jordânia que está sugerindo descaradamente que as mulheres grávidas de fetos com microcefalia devem abortar. Daqui a pouco, se esta sugestão pega, a porta vai ficar escancarada para outro tipo de AGRESSÃO  aos direitos humanos, ou seja, a sugestão para aborto de fetos com outros tipos de deficiência. Assunto muito perigoso, maligno, que vem embrulhado e vendido  pela boca de IDIOTAS abortistas como esse fulano  da comissão de direitos humanos da ONU.  Agora escute o que o jornalista tem a dizer:







 Endereço, caso o vídeo não apareça mais: Os pingos nos is - endereço no Youtube








.

2 comentários:

WESLEI ROCHA disse...

"Sobre essa aprovação, Reinaldo Azevedo, que se considera católico praticante e é admirado por muitos evangélicos como 'conservador,' celebrou dizendo:
'Uma boa decisão!'
'É claro que considero boa a decisão do tribunal americano.'
'A Suprema Corte tomou uma boa decisão.'
Cito essa celebração vergonhosa de Reinaldo porque ele é considerado hoje um dos maiores líderes 'conservadores' do Brasil. Seu número de seguidores, adeptos e admiradores ultrapassa de longe a influência da maioria de outros líderes direitistas ou conservadores.
Com uma direita 'amiga' dessa apoiando e celebrando o 'casamento' gay, quem é que precisa de inimigos?
Para mim, evangélico ou católico que celebra 'casamento' gay ou diz que sua aprovação é 'decisão boa' não é conservador e muito menos cristão."
Júlio Severo. (Disponível em: http://www.cacp.org.br/casamento-gay-catolicos-e-reinaldo-azevedo).

Joao Cruzue disse...

Weslei, Você tem razão em quase tudo. O post do blog tem foco na "sugestão" do Alto Comissariado da ONU, no caso um filho de um príncipe jordaniano de religião muçulmana. Ponto. Sobre o casamento gay, é um assunto de natureza civil decidido na esfera política, infelizmente. Quem é do Senhor Jesus, casa e ensina seus filhos que Deixará o moço a casa de seus pais, para se unir com uma mulher, a fim de constituir uma nova família - no temor do Senhor. Agora, se você for procurar o pecado nas opiniões de um jornalista da imprensa secular, vai achar os montes. Porém, naquilo que me interessa no post (chamar atenção para a prática do aborto de fetos possivelmente com microcefalia) sou favorável ao que ele opina. Agora, o que você tem a me dizer das lideranças de Casa: sabem eles pelo menos o assunto que está rolando ou estão alienados disso? E se sabem, você tem ouvido a manifestação deles ou não estão nem aí, por esta razão, Weslei é bom estar com os olhos bem abertos, porque há mais coisas ruins "perto" de nós do que você imagina. O post tem seu foco restrito naquilo que o jornalista opina e me agrada. Geralmente, a maioria dos crentes é completamente alienada do que se passa de verdade no meio político e religioso no Brasil. Eu não sei tudo, mas tenho descoberto muita coisa que não me agrada.

Obrigado pelo comentário.


Irmão João Cruzué