domingo, dezembro 25, 2016

Coral russo Alexandrov perde 60 componentes em queda de avião


João Cruzue

No avião russo que caiu ontem no Mar Negro, morreram mais de 60 componentes do Coral Alexandrov, um coro de oficiais do Exército, da Aeronáutica e da Marinha russo que iria se apresentar na Síria [G1]. A seguir, estou publicando um vídeo para que fique conhecida a arte destes músicos.

O Coral Alexandrov participou da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi, a mesma cidade onde o avião fez escala para reabastecimento.

As informações coletadas dão conta de que os destroços do jato Tupolev estão espalhados  em linha reta por cerca de 10 quilômetros. A leitura desta informação me diz o seguinte: o avião explodiu no ar antes de cair no mar, do contrário, os destroços estariam concentrados em um único ponto.

A causa desta queda, mesmo que neguem, pode ser uma ação terrorista planejada por radicais islâmicos.
-


Apresentação no YouTube



Retirada do único corpo encontrado.

.




.



sábado, dezembro 24, 2016

O Brasil a cada ano menos católico

Papa Francisco
João Cruzué
.
Em pesquisa divulgada recentemente, o Instituto Datafolha revela que a Igreja Católica caiu 25 pontos percentuais nos últimos 22 anos. Se em 1994, cerca de 75% dos brasileiros pesquisados se declaravam católicos, agora em dezembro/2016,  só  50% responderam positivamente.

O que mais surpreendeu na pesquisa, foi a queda nos últimos dois anos: Em outubro/2014, 60% dos brasileiros se declaravam católicos, hoje (nov/16), eles representam 50%. Não sou eu, mas o Instituto de pesquisa quem diz que,  neste breve espaço de tempo, houve uma fuga de  20 milhões de fiéis da ICR.

Por outro lado, em 1994 os pentecostais, que representavam 10% da população brasileira, em dezembro de 2016 já são 22%. Os evangélicos tradicionais (batistas, presbiterianos, metodistas), que eram 4% em agosto/1994, hoje representam 7%.  

Os Adventistas e Testemunhas de Jeová, que também se declaram cristãos, mas estão agrupados no segmento Outras Religiões ,não estão somados nos 29% (22% + 7%), por isso o cálculo pode ultrapassar os 30%.

Os que se declararam kardecistas, em 1994 eram 4%. Agora, na pesquisa do Datafolha de nov/16, são 2%,

Os que se declaravam sem religião, eram 5% dos entrevistados em agosto de 1994. Agora, em novembro de 2016, são 14%. Segundo o professor de Sociologia da USP, Reginaldo Prandi, isto não quer dizer que essas pessoas perderam suas crenças. Segundo ele, é comum hoje as pessoas não se prenderem a uma única instituição religiosa.

A pesquisa do Datafolha ouviu 2.828 brasileiros de 16 anos para cima, selecionados por sorteio aleatório em amostragem científica, representativa da população brasileira.

De minha parte, as estimativas que fiz recentemente com base em dados do IBGE, e publicadas no Blog Olhar Cristão, apontam para uma representação de 30% dos evangélicos em nosso país. Se comparadas com os dados do Datafolha, posso dizer que não há divergências.




------------------------------------

PENTECOSTAIS




--------------------------

EVANGÉLICOS TRADICIONAIS






----------------------------

NÃO TÊM RELIGIÃO







O Brasil na hora da decisão

.
O Brasil é do Senhor Jesus Cristo
João Cruzué
.
Está bem claro que o Brasil chegou a uma encruzilhada e precisa tomar uma decisão. Como cristão que sou, percebo que a única arma eficiente de que posso dispor nestes momentos tenebrosos é a oração. Como pentecostal, vejo que o mundo das trevas manipula homens e instituições para que tudo fique pior a cada dia. Por outro lado, Jesus não deixou de ser o SENHOR, por isso, tenho uma visão otimista de futuro.

Quando falo de Brasil,  me reviro ao Congresso, Igrejas, enfim, autoridades políticas, civis, militares e autoridades religiosas. Na minha cosmovisão, o mundo espiritual governa o mundo físico e toma decisões que afetam a vida de cada um de nós nesta terra.

O que temos visto todo dia nos noticiários da TV e nos maiores jornais e revistas são consequências de um processo de transparência, onde o que estava envolvo na penumbra das gavetas foi escancarado à luz do sol. Por exemplo, uma só empresa, a Odebrecht  corrompeu e pagou subornos para mais de uma dezena de países na América Latina e na África. A facilidade com que que fazia negócios comprando a consciência das pessoas com dinheiro era é é assombrosa.

Não tenho outra explicação, a não ser resposta de oração, contra tuto e contra todos a Operação Lava Jato vem jogando luz nos fatos e corruptos na cadeia: governadores, senadores, deputados, prefeitos, ministros e muitos empresários. Vejo como bons olhos estes fatos, pois trata-se de um processo de limpeza que começou pequeno, cresceu e  por mais que tentassem, ele não foi apagado.

Como a corrução é uma característica da sociedade brasileira, somente Deus tem o poder de mudar esta cultura da miséria. O Brasil é um país rico, mas possui um povo que nunca se instrui, para trazer a prosperidade para cada família. A Bíblia registra que o "Temor de Deus é o princípio da sabedoria".

Minha maior decepção fica por conta dos fariseus de nossa época. Falo dos líderes religiosos que têm por deus as riquezas materiais e a prata e o ouro no lugar do Espírito Santo. Na visão deles, mais dinheiro são mais almas evangelizadas. Será?

Em Mateus 24:12, Jesus disse: "E por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará" Esta iniquidade não é política, senão, religiosa. Em um primeiro momento, o dinheiro pode encher os tempos pentecostais e neo-pentecostais de adeptos. A medida que o tempo passa, a decepção e frustração começa a se multiplicar diante da safadeza e da ganância.

Estamos começando um nova época em que os "sem igrejas", os evangélicos não praticantes vão robustecer as estatísticas do IBGE. Por outro lado, o Evangelho verdadeiro vai voltar a ser pregado nas ruas, nas comunidades e nas casas. Era assim que acontecia nos tempos dos fariseus antigos, quando Jesus ensinava, pregava e curava nas ruas e nas casas.

A recessão e o desemprego atual, estão esvaziando os bolsos e os templos dos Anás e Caifás modernos. Muitos deles vão quebrar, pois não terão mais como tomar dinheiro de bolsos vazios. 

É a mão de Deus operando no mundo religioso, empresarial e político. Se estes acontecimentos perdurarem por mais dois anos neste país, ainda vamos conhecer mais escândalos e mais corruptos. Se é Deus o iniciador desta obra, nenhum pastor corrupto vai ficar escondido debaixo da cama. 

Um político corrupto cuida dos interesses de quem o comprou, e não se preocupa com o seu dever de servir ao povo que o elegeu. Mas, um religioso corrupto, é muito mais culpado diante de Deus. Por causa da hipocrisia, o pastor, o bispo, o apóstolo, o padre, etc, enfraquece a fé dos crentes. A causa do esfriamento do amor destes, é ganância e os escândalos daqueles.

Contra a corrupção e a hipocrisia, a única arma que move a mão de Deus é a oração. Eu estou orando, e peço que você também continue orando para que Deus tenha misericórdia desta nação e coloque na cadeia os safados, os corruptos e os hipócritas, todos eles,  filhos do diabo.

Amém.










sexta-feira, dezembro 16, 2016

Condução coercitiva do Pastor Silas Malafaia pela Operação Lava Jato



João Cruzué


Por qual razão o Pr. Silas Malafaia foi "convidado" a depor na Lava Jato sobre dinheiro de oferta, é a pergunta de todo mundo. Eu não tenho resposta,  senão outras perguntas.

Na TV Globo apareceu a notícia do suposto malfeito, mas não foi dado a oportunidade do Pastor se explicar. No Jornal da Record das 22:00 horas, os jornalistas foram mais responsáveis: falaram da condução coercitiva do Pastor Silas, mas lhe deram o microfone e câmera para expor sua indignação.

Para quem já vive chamando qualquer pastor de ladrão, não vai haver nenhuma diferença, ou melhor, agora é que vão xingar mais. Mas para quem ouviu o que o pastor disse, pode ver uma coisa, ele ficou fulo da vida com a exposição da sua imagem.

Eu tenho certeza de que o Pastor não é um vagabundo corrupto. Mas alguém estava e está com muita sede de "queimar" sua imagem e sua credibilidade.

Em breve nós vamos ficar sabendo, aliás, olhando o tempo de publicação da notícia nos três endereços da Internet da figura acima, você já pode ter uma razoável certeza...

A primeira publicação foi feita 6 horas atrás; a segunda, há 5 horas e a 3 ª,  há 21 minutos apenas. A diferença de tempo entre a primeira publicação e a segunda  foi muito grande - uma hora! Em termos de internet isto é  um século de atraso!

Por outro lado, achei estranho a declaração do Pastor ( Jornal da Globo, à meia-noite de ontem 16.12.16). Ele disse que depositou a oferta de R$100 mil recebida de um fulano lá em Balneário Camboriú na sua conta conjunta com a esposa. Depositou e pagou o Imposto de Renda na sua declaração anual. A menos que o ofertante tenha dito especificamente que era uma oferta para o pastor  - ele não poderia ter feito o depósito em conta pessoal, mas na da AVEC. Como eu não tenho esta informação, fico com a dúvida.

O jornalista Reinaldo Azevedo, que entende de Lava Jato muito mais que eu disse que o procedimento da coerção contra o Pastor Silas Malafaia foi completamente ilegal. Assim ele expôs opinião em seu Blog:

Excerto do texto:

"O Código de Processo Penal prevê duas circunstâncias para a condução coercitiva. Vamos ver se Malafaia se encaixa em uma delas:

Artigo 218
“Se, regularmente intimada, a testemunha deixar de comparecer sem motivo justificado, o juiz poderá requisitar à autoridade policial a sua apresentação ou determinar seja conduzida por oficial de justiça, que poderá solicitar o auxílio da força pública.”

Artigo 260

“Se o acusado não atender à intimação para o interrogatório, reconhecimento ou qualquer outro ato que, sem ele, não possa ser realizado, a autoridade poderá mandar conduzi-lo à sua presença. Parágrafo único. O mandado conterá, além da ordem de condução, os requisitos mencionados no art. 352, no que lhe for aplicável.” 

Retomo

Desde logo, descarte-se o 218 porque Malafaia não é testemunha.

E, do mesmo modo, é inaplicável o 260 porque não consta que tenha resistido ou deixado de atender a qualquer determinação da Justiça.

Então que se responda: condução coercitiva por quê?

Nada disso importa!

O que importa é que não se faz Justiça ao arrepio da lei. O que importa é que uma investigação deve obedecer aos limites legais. O que importa é que a lei tem de valer também para o meu inimigo ou meu adversário, ou, a seu tempo, ela deixará de valer também para mim.


Pode não ter sido a intenção do juiz, mas me parece que a condução coercitiva, quando não há resistência, tem como consequência única a humilhação do depoente e uma espécie de antecipação de pena de quem nem ainda foi processado.

Se Malafaia cometeu crime ou não, que isso fique, na esfera jurídica, para a… Justiça. Ele certamente saberá apresentar os elementos de sua defesa.

Mas uma coisa é inequívoca: a condução coercitiva foi escancaradamente ilegal.

O espírito do tempo não é muito bom. Homens de estado, operadores da lei e analistas da imprensa estão mais preocupados, hoje em dia, com a reação da plateia do que com a Justiça.

E isso conduz a um desastre político, econômico, cultural e moral.


Eu acredito em justiça, não em linchamento."

Leia a integra da´ matéria no Blog do Reinaldo



Nota: Eu, João Cruzué, sou ouvinte assíduo do programa da Jovem Pan News "Os pingos nos is", do horário das 18: às 19: horas. Quando não consigo ouvi-lo todo, ouço a repetição que vai das 20: às 21:00 horas - quando não há futebol. Hoje, este "os pingos nos is"  do Reinaldo emite a mais completa opinião sobre a política e os acontecimentos no Brasil


.

Agora, vou deixar minha opinião de blogueiro: Assino em baixo muitas ações da Operação Lava Jato, mas não todas. A meu ver tem juiz usando da cobertura da Operação para praticar ações de caráter estranho e ilegal. Se isto continuar assim, vai ser a desmoralização da Lava Jato. Por que? Uma ilegalidade mancha todo um trabalho sério. De ilegalidade em ilegalidade a Lava Jato pode deixar de ser totalmente desmoralizada. Isto pode até estar acontecendo, por infiltração, uma vez que se não se pode combater de frente a Operação então que se use dela para deturpá-la.

Deus me livre se isto se tornar uma prática comum, pois vai seguir pelo mesmo caminho da inquisição ou do fascismo. Hoje foi o Pastor Silas, amanhã pode ser qualquer pastor, bispo, padre, jornalista, enfim, a coisa virar uma Venezuela.









Como a Igreja Evangélica tem enfrentado o desafio da evangelização na Internet




João Cruzué
.
Caro leitor, gostaria que desse uma boa olhada na figura abaixo e respondesse para si mesmo, que nota você daria para sua Igreja na questão de evangelização de crianças. 

O que fiz foi o seguinte: digitei as palavras "evangelização de crianças" na busca do Google. Desta forma, seria possível conferir no maior buscador do mundo ocidental (Google) quem é que está na liderança do assunto.

Olhe a figura que printei agora, há pouco, e veja o resultado. Não apareceu nenhuma Igreja. Em primeiro lugar está uma organização não evangélica. 

Certamente, haverá um série de desculpas, mas não adianta publicar 200 mil textos no passado, se hoje, não há mais nenhuma publicação.

É preciso mais esforço e os olhos bem abertos para a realidade desta era digital/eletrônica.

Apesar do belo trabalho da APEC, nesta pesquisa ela está na quarta posição. Como isto é possível? Eu não sei, talvez ela esteja precisando inovar  sua estratégia de evangelização pela  Internet.

Por que estou fazendo esta pergunta? Ao ter feito duas singelas postagens, meu blog que não representa 1% do trabalho da APEC, aparece na busca em melhores posições. Por que isto? Estratégia de publicação no uso da ferramenta Blog.



Busca do Google, acesso em 16/12/16 , às 22:00 h:


Leitor, o que você tem a dizer?





Como criar um blog no Google para escrever de graça

.




João Cruzué
.
Desde 2005, quando o Google começou a oferecer a plataforma de criação gratuita de blogs BLOGGER - https://www.blogger.com ,  muitos colegas e eu começamos a publicar nossos blogs e não paramos mais. Quanto pagamos para criar nossos blogs e escrever nestes 11 anos? Nem um centavo. Como sou cristão praticante, pude ajudar muita gente que tinha interesse em blogar.

O que você precisa: gostar de escrever ou gostar de evangelizar. Acho que meus textos já foram lidos por mais de 5 milhões de pessoas.

O que precisa fazer:  abrir um endereço de e-mail do Google http://www.gmail.com. 

Depois, basta abrir o endereço do Blogger, este é o link:  https://www.blogger.com, seguir o passo a passo e criar seu blog. Depois é só ir perguntando para quem tem blog, começar e não parar mais.

Você pode criar um ou uma dezena de blogs. Durante estes 11 anos (2005-2016) este serviço esteve disponível, e pelo que tenho pesquisado, agora o Google está diretamente interessado que as pessoas escrevam e publiquem seus próprios textos, com notícias, sermões, reportagens, poesia, críticas. Produzir a própria notícia, revelar novidades, dizer o que pensa de forma educada e inteligente.

Para quem quer ser escritor um dia, um blog é uma espetacular oficina de trabalho. Você escreve no blog e divulga no Facebook.

Aproveite, porque o suporte além de gratuito é muito bom.


E eu assino embaixo: João Cruzué










A realidade da evangelização infantil



"Nove Maneiras Práticas de
assegurar o vínculo dos pe
quenos com Jesus"
 
STEVE ALLEY
Tradução: João Cruzué
Abra ou derrubarei a porta!

"Com certeza você já viu esta cena em algum filme. Os bandidos estão cercados atrás de uma porta fechada. Os mocinhos chegam e terminam derrubando a porta. Eles chutam, batem, fazem tudo que puderem para remover a barreira.

Há muito tempo (antes dos filmes de polícia e bandidos) Jesus encorajava seus discípulos a também quebrar as barreiras. Disse Jesus: Deixai vir a mim as criancinhas, e não as impeçais” (Mateus 19:14)

Jesus entendia que há coisas que nós adultos fazemos que atrapalham os pequeninos de chegar até Ele. E Jesus em essência gritou: “Abram ou derrubarei a porta”. Precisamos avaliar criteriosamente nossos ministérios para ver se existem neles impedimentos que estorvam as crianças de chegar até o Cristo.

Cada professor que você treina, instalações que projeta, currículo que seleciona, Real que investe, em suma: cada decisão que você toma – deve ser motivada por uma filosofia que obedeça a ordem de Jesus de “não impedir as crianças.” Estas nove áreas de atuação, a seguir, o ajudarão a criar um ambiente livre de estorvos para as crianças da sua Igreja.


1. Fundamentos da Fé para Crianças - “Como se tornar um Cristão” foi um dos primeiros passos que implementamos quando pastoreávamos uma congregação de 700 membros, todos com menos de 12 anos de idade. Ali estabelecemos um critério para ajudar as crianças na tomada desta importante DECISÃO que incluía considerações por idade, privacidade, envolvimento paterno e estudos posteriores. Nossa objetivo era pavimentar um caminho para as crianças chegarem a Jesus.








2. Uso eficaz das instalações
 – Instalações usadas e malfeitas impedem as crianças. Lembre-se, os pais trazem suas crianças, e se os pais forem esquecidos pelas nossas instalações, as crianças não serão trazidas. Quando observei isto, limpei nossas instalações, pintei, e fiz reparos onde era necessário. . Desinfetei o quarto de crianças, dei aventais coloridos para os funcionários, e acrescentei a música. Logo os pais não só aprovaram, como também quiseram ficar e ajudar.

Avalie o ambiente de suas salas, linhas de tráfego, mobília, brinquedos, áreas de suprimentos. Eles revelam sinais de boas-vindas ou impedem as crianças? Você tem uma sala de materiais, um guichê de informações com mapas e brochuras para os pais, sinais que que identifiquem as salas? Se você está recebendo pessoas em nome de Jesus, então deve preparar o lugar.
3. Currículo Relevante – As crianças do terceiro milênio precisam encontrar Jesus com uma terminologia e estratégias de ensino que reflitam sua visão mundial, identifiquem seus medos, e satisfaçam suas necessidades. Um currículo fraco ou antiquado impede as crianças de chegar a Jesus.Quando incorporei um novo currículo ao ministério, tive vários professores que dessistiram porque eles pensavam que um currículo impresso “limitava” o Espírito Santo. Muitas vezes você tem que abrir caminho a despeito da oposição. We vi que o Senhor abençoava nossa mudança de currículo; isto trouxe consistência e unidade para o nosso sempre crescente ministério.







4. Professores Treinados
 - Há muitas pessoas perfeitas, religiosas que não deviam estar ensinando. Percebi isso em alguns professores veteranos quando exigi que todos os professores existentes passassem pelo nosso processo de treinamento.

Junto com a melhoria da capacidade de ensino de nossos professores, também recebemos novos professores que eram bem-vindos para serem treinados e aproveitados como aprendizes. Uma equipe de ensino, monitores, e rotação que garantia períodos de descanso além de dobrar nosso staff de professores em menos de um ano.

5. Ordem e Unidade – se seus professores são desunidos, as crianças serão impedidas. Eu fiz tudo que pude para organizar uma equipe de ensino. Nós tínhamos eventos sociais para construir um espírito de equipe. Eu instalei caixas de mensagens, enviei boletins informativos, e instalei quadros de avisos para estar certo de que todo mundo estivesse bem informado. Eu desenvolvi a grade curricular por idade e deleguei nomeei coordenadores para pastorear grupos menores.





6. Visibilidade das Crianças – Se seu ministério de crianças em baseado em uma filosofia do tipo “ver sem ouvir” ele não crescerá e as crianças não receberam uma atenção de qualidade que Jesus tem em mente. Eu mudei as palavras “Cuidado infantil é providenciado” em nosso boletim para “Aulas de ministério infantil são oferecidas” Devotamente fiz tudo que podia para incluir histórias de professores e de crianças nos cultos de adoração de adultos.

Faça o coral de suas crianças cantar, mostre isso em vídeo, faça com que crianças as participem do culto e desafie os adultos a se envolverem exibindo "O maravilhoso Mundo das Crianças." Os adultos do dia de Jesus queriam manter as crianças separadas e distantes, mas Cristo fez uma afirmação pública quando convidou as crianças para irem até Ele, depois as manteve em seu regaço, e as abençoou.

7. Suporte aos Pais - os pais de hoje são estressados, ocupados e às vezes assustados com as responsabilidades da paternidade. A maior parte são receptivos a uma ajuda no processo da paternidade. Lembro-me confrontando uma senhora que constantemente levava suas crianças até a porta da Igreja sem entrar para o culto. Nunca esquecerei sua resposta chorosa. Ela me contou sua história e por que  não queria que suas crianças crescessem, sem Deus, como ela. Aquele encontro direcionou-me a uma série de aulas sobre cuidados paternais que ela alegremente assistiu. Quando o lar fica mais distante da igreja, é a igreja que deve estender mais longe os braços do amor!






8. Orçamento Robusto
 – Seu orçamento é a filosofia do seu ministério com crianças expresso em números. Uma falta de visão no orçamento pode impedir as crianças. Cada ano você precisa incluir registros detalhados de cada centavo gasto e das solicitações para aumento de verbas para sustentar novo crescimento. Não tenha medo de pedir dinheiro. Lembre-se: “Nada recebeis porque nada pedis”(Tiago 4:2) É seu trabalho educar as lideranças da igreja sobre a importância das crianças. Para ajuda extra sobre a elaboração de um orçamento, pesquise na WEB.

9. Programas Relevantes - Os programas devem se relacionar às necessidades ou os interesses das crianças a que eles assistem. Um dos maiores programas que nossa equipe ministerial criou foi um programa que qualificava juniores para trabalharem como assistentes do ministério de crianças. Vimos crianças que antes eram entediadas com a cristandade, repentinamente se tornarem colíderes.

As crianças da sua Igreja merecem variedade e criatividade, portanto elabore um programa que ofereça um variado menu de escolhas: VBS, clubes de crianças, corais, grupos de representação, acampamento de verão, retiros, e mais. A criança do terceiro milênio tem interesses únicos e diferentes que o mundo ficaria feliz em descobrir para escapar da ruína. A igreja deve contra-atacar com o Poder de Deus.






Tudo o que fizermos 
impedirá ou encorajará o progresso das crianças em direção à melhora de seu relacionamento com Jesus. Peça a Deus para que lhe mostre onde estão as áreas em que você deve atuar para a facilitação da subida dos pequenos até os braços de Jesus."

Fonte: http://www.childrensministry.com

Steve Alley é professor da Church Ministry at Pacific Christian College in Fullerton, California, e coautor de Skituations








.
.http://olharcristao.blogspot.com/2008/08/adolescentes-verdade-sobre-o-sexo.html

Pastor Watchman Nee precursor das células de evangelização


.


Pastor Watchman Nee - (1903-1972)
 
Tradução: João Cruzué

Nee To-sheng ou Watchman Nee, o grande líder cristão chinês, nasceu em uma província do Sul da China. Em sua juventude provou ser um indivíduo dotado de grande inteligência e de um futuro promissor. Nee foi consistentemente o melhor melhor aluno da Faculdade Trinity, adquirindo excelente histórico acadêmico. Ele, naturalmente, tinha grandes sonhos e planos para uma carreira cheia de realizações.

Em 1920, aos 17 anos de idade, conheceu o Evangelho e depois de algumas lutas internas aceitou Jesus como seu Salvador e Senhor e ao tomar essa decisão deixou a carreira universitária. Desde então seu ministério passou a ser conhecido como um dos mais espirituais e significativos do século 20. Seu nome anterior era Nee Shu-tsu. Após sua conversão mudou  para Nee To-sheng, devido a um costume local, segundo o qual, se algum fato mudasse a vida de uma pessoa, ela mudaria de nome. No caso de Nee, foi sua conversão ao cristianismo.

Já no início de sua vida cristã começou a escrever. Seu ministério de aproximadamente 30 anos foi uma bênção de Deus para a Igreja chinesa, e seus livros ainda serão por muito tempo um manancial de espiritualidade e inspiração para cristãos em todo mundo, em todas as épocas. Sua obra teve um profundo impacto sobre a divulgação do evangelho e o estabelecimento de centenas de igrejas locais através da Ásia. Por causa da sua fé em Cristo, Nee foi preso em 1952 pelo regime comunista de Mao Tse-tung, permanecendo seus últimos 20 anos de vida na prisão.

No início ele era um cristão metodista, depois, começou ele mesmo a restauração da Igreja nos moldes da Igreja Primitiva, segundo estava nas escrituras. Ele era ferrenho opositor da fragmentação do corpo de Cristo pela criação indiscriminada de denominações e divisões da Igreja. Sua Igreja em Xangai cresceu e chegou a ter 3.000 membros. Orando, decidiu dividi-la em 15 grupos, chamados de "pequenos rebanhos". Cada pequeno rebanho (grupo familiar) chegava a ter 200 membros. No início dos anos 40, a Igreja de Nee já possuía perto de 500 "pequenos rebanhos". Em 1941, Xangai foi invadida pelo exército japonês e a Igreja começou a passar por necessidades financeiras. Ele e seu irmão montaram um empresa farmacêutica para complementar os recursos para as necessidades da Igreja . Daí pode-se perceber que o sistema de grupos familiares, desenvolvido mais tarde na Igreja sul coreana pelo Pastor Paul Yonggi Cho foi influências do trabalho de Nee.

Em 1949, o Partido Comunista da China derrubou o governo nacionalista e instituiu a Republica Popular da China. A princípio, os comunistas insinuaram um apoio aos líderes cristãos locais, enquanto expulsava os missionários "imperialistas". Dois anos mais tarde, Mao Tse-tung mostrou sua verdadeira intenção - a de controlar as Igrejas. Durante esse tempo, os pequenos rebanhos resistiam a ordem comunista de que todos deveriam ser filiados a Igreja Cristã Nacional, uma organização fantoche. Milhares de membros da Igreja de Nee foram mortos ou colocados em prisões. Havia informantes comunistas se infiltrados entre os grupos.

Os pastores eram rotulados de lacaios dos imperialistas estrangeiros e Nee foi acusado de liderar um grande sistema secreto que envenenava as pessoas com palavras reacionárias. Em 1952 ele foi preso. Antes disso, ajudou a criar várias Igrejas subterrâneas. Em 1956,foi julgado e sentenciado à prisão por 15 anos. Em 1967, ele deveria ser solto, mas com a seguinte condição: de nunca mais voltar a pregar o evangelho. Nee não concordou. Ele foi transferido para outra prisão onde morreu cinco anos mais tarde. Ele preparou a Igreja da China para sobreviver sob a "cortina de bambu" e ela Sobreviveu. Mao se foi, mas Jesus continua na China salvando, batizando e derramando o Espírito Santo. Veja isto nas fotos tiradas mais recentemente: fotos da igreja da china.

A conversão e o início do  ministério.
 

"Meu nascimento foi  resposta de uma oração. Minha mãe tinha muito medo de que sucedesse a ela o mesmo que acontecera a sua cunhada, que tivera seis filhas, o que segundo os costumes chineses era ruim, pois meninos eram os mais desejados. Mamãe já tivera duas meninas, e embora não entendesse completamente o compromisso de uma oração, ela orou ao Senhor e disse: “Se o Senhor me der um filho, eu lho darei de volta de presente". E, o Senhor ouviu sua oração, e eu nasci. foi meu pai que mais tarde me dissera que antes do meu nascimento minha mãe tinha-me prometido ao Senhor".

Para muitas pessoas, a característica proeminente de ser salvo é o ato de ser liberto do pecado. Entretanto, para mim a questão era se eu aceitaria Jesus e me tornaria seu seguidor e um servo ao mesmo tempo. Eu Fiquei assustado porque se me tornasse um cristão então eu seria chamado para servir a Cristo, e isto iria custar muito caro para mim. Conseqüentemente, o conflito foi resolvido assim que eu percebi que minha salvação deveria ter os dois aspectos. Então, decidi aceitar Cristo como meu Salvador e servi-lo como meu Senhor. Isto foi em 1920, quando tinha 17 anos de idade.

"Na tarde de 29 de abril de 1920, eu estava sozinho em meu quarto lutando para decidir se deveria ou não crer em Cristo. Primeiro, eu estava relutante, mas assim que tentei orar, vi a magnitude dos meus pecados e a realidade, a eficácia de Jesus como Salvador. Assim que eu visualizei as mãos do Senhor estendidas sobre a cruz, elas pareciam me envolver e vi o Senhor dizer: Eu estava aqui esperando por você!

Observando efetivamente o sangue de Cristo limpando meus pecados e cobrindo me de tanto amor eu o aceitei ali mesmo em meu quarto. Anteriormente, eu havia rido das pessoas que aceitavam Jesus, mas naquela tarde, a experiência se tornou também real para mim, e eu chorei, e confessei meus pecados, procurando pelo perdão do Senhor. Assim que fiz minha primeira oração, eu conheci uma alegria e paz tais, que eu nunca tinha experimentado antes. Uma luz parecia fluir no quarto e eu disse ao Senhor: Jesus, o Senhor tem sido deveras misericordioso para comigo."

Depois que me tornei um salvo em Cristo, enquanto meus colegas traziam novelas para ler em classe, eu levava a Bíblia para estudar. Mais tarde, eu deixei a Faculdade para entrar em um Instituto Bíblico, sediado em Xangai criado pela irmã Dora Yu. No começo, por muitas vezes, ela muito educadamente tentou me expulsar do instituto com a explicação de que era inconveniente para mim ficar ali mais tempo. Na realidade era por causa de meu exigente apetite, roupas diletantes e costume de me levantar muito tarde pelas manhãs. Ela queria me mandar embora. Meu desejo de servir a Deus tinha levado um sério revés.

Embora eu pensasse que minha vida tinha sido transformada, de fato permaneciam muitas e muitas coisas que precisavam ser mudadas. Percebendo que eu ainda não estava pronto para o serviço do Senhor, decidi voltar a escola secular. Meus colegas de classe reconheceram que algumas coisas tinha alterado em minha vida mas que existiam muitas outras que ainda permaneciam em meu velho temperamento . Por isso, meu testemunho na escola não era muito poderoso, e quando pela primeira vez dei meu testemunho para o irmão Weigh, ele não me deu atenção.

Seguindo minha nova natureza de salvo já havia muitas mudanças e todo um planejamento de mais de dez anos se tornou sem significado e minhas ambições de uma brilhante carreira já estavam sendo descartadas. A partir daquele dia com uma inegável certeza do chamado de Deus, eu sabia qual deveria ser carreira da minha vida. Eu entendi que o Senhor tinha me escolhido para si, para minha própria salvação e para sua glória. Ele tinha me chamado para servi-lo e para ser seu amigo-operário.

Antes eu desprezava pregadores e pregações porque naqueles dias eles eram assalariados dos missionários americanos ou europeus, e por este serviço ganhavam deles míseros oito ou nove dólares de prata por mês. Eu nunca imaginaria, nem por um momento, que me tornaria um pregador, uma profissão a qual eu considerava tão insignificante.

Depois de me tornar um cristão, tive espontaneamente um desejo de levar outras pessoas para Cristo, mas depois de um ano de testemunho e testemunhando para meus colegas de escola secular, não havia nenhum resultado visível. Eu pensava que mais palavras e mais razões seriam eficientes, mas meu testemunho parecia não ter um efeito poderoso sobre as pessoas.

Tempos mais tarde, encontrei uma missionária da Região Oeste, a irmã Grose, que me perguntou quantas pessoas tinham sido salvas através de mim naquele primeiro ano. Eu abaixei minha cabeça e vergonhosamente confessei que a despeito de minhas tentativas de pregar o evangelho para meus colegas, nenhum deles tinha se convertido.

Então, ela me disse francamente que deveria existir alguma coisa errada impedindo minha comunicação com o Senhor. Talvez fosse um pecado escondido, dívidas ou algum outro impedimento. Admiti que tais coisas existiam e ela me arguiu se estava disposto resolvê-las, imediatamente. Concordei. A seguir me perguntou como dava meu testemunho e eu lhe disse que escolhia as pessoas ao acaso e lhes falava a respeito do Senhor, se elas mostrassem algum interesse. Ao que a missionária me ensinou que eu deveria fazer uma lista e orasse por meus amigos primeiro, enquanto aguardasse pela oportunidade de Deus para testemunhar para eles.

Imediatamente, comecei a colocar minha vida em ordem para eliminar os problemas que impediam minha comunhão com o Senhor. Ao mesmo tempo, fiz uma lista com o nome de setenta amigos com o propósito de orar por eles diariamente. Alguns dias eu orava a cada hora, até na sala de aula. Quando as oportunidades vieram eu tentava persuadi-los a crer no Senhor Jesus. Meus colegas freqüentemente diziam jocosamente, lá vem o Sr. pregador, vamos ouvir sua pregação... Embora de fato, eles não tivessem a mínima intenção de ouvir.

Eu contei, depois, meu fracasso a irmã Grose e ela me persuadiu a continuar orando até que algum deles fosse salvo. E, com a graça do Senhor continuei orando diariamente, e depois de vários meses, todas, com exceção de uma, das setenta pessoas daquela lista foram salvas

........
...

Duas frases de Watchman Nee:

"A menos que sejamos tratados e quebrantados por meio da disciplina, estaremos restringindo o poder de Deus. Sem o quebrantamento do homem exterior, a igreja não pode ser um canal de Deus".

E, em sua última carta, escrita no dia de sua morte: " Apesar da minha doença, ainda continuo cheio de alegria em meu coração" 
http://www.watchmannee.org/

Ultima nota: Nee tinha um espinho na carne controlado pela graça de Deus. Desde 1924, ele era tuberculoso. Sobre esse assunto, estive olhando o material e pude ver que a luta de Nee em oração contra essa doença é de uma  inspiração e edificação maravilhosas. Ele dependia do Senhor, todo dia, para viver por causa da doença. Viveu com ela 48 anos. Deve demandar umas duas semanas de tradução. Orem por mim, pois gostaria de compartilhar essa bênção com meus leitores.


.
Comentários: quando olho para as fotos deste chinês, meus olhos ficam molhados. Para ser cristão na China, naquela época, tinha que desprezar a própria vida. Ele sabia o preço e não negociava. Quando quiseram libertá-lo, em 1968, com a condição de nunca mais pregar o nome de Jesus, ele não aceitou e assim o mantiveram no cárcere até à morte. Quando for da próxima vez a uma livraria cristã, não perca tempo. Watchman Nee escreveu sobre aquilo que vivenciava.


Fonte de pesquisa do testemunho


tradução de Joao Cruzue






.



quinta-feira, dezembro 01, 2016

População Evangélica em cada Estado Brasileiro para 2016


Por João Cruzué

Estimativa da população evangélica do Brasil, com base na projeção do IBGE para a população por estado da Federação em 30.11.16. A partir destes dados e da série histórica do IBGE do número de evangélicos desde 1890, apresento meu trabalho que, entre outras informações, mostra os estados mais e menos evangelizados do Brasil. É um trabalho de pesquisa e cálculos estatísticos simples, cujos números não possuem religião.


IMPORTANTE:

Caso queira utilizar os dados da minha pesquisa e trabalho, por favor solicite, primeiro, minha autorização. Endereço eletrônico: cruzue@gmail.com




População Evangélica Brasileira: projeção para 30.11.2016

Autor:  João Cruzué:

Projeção de dados para 30.11.2016

Quero apresentar aos amigos e pesquisadores minha mais recente pesquisa, aproveitando os dados da população estimada do Brasil disponibilizados pelo IBGE Projeção da população do Brasil e dos Estados - acesso em 30.11.2016. Também é do IBGE o crédito pela população do Brasil de 2010., bem como os dados da população evangélica de 2010 - por unidade da federação.



Metodologia para a projeção do número de evangélicos em 30.11.2016:  Segundo os dados dos Censos do IBGE de 1991 e 2010, nesse período a população evangélica cresceu, em média,  à razão de 6,32% ao ano.  Da mesma forma fiz a projeção com o mesmo percentual para 6 anos (1,0632 ^ 6). Assim 1,444408 x 42.275.437 (evangélicos - 2010) alcança a projeção do número de evangélicos  para 30 de novembro 2016, ou seja: 61.062.968 milhões de crentes. Isso dá o percentual de 30% de evangélicos em relação à população estimada pelo IBGE em 30.11.16 - de 206.744.000 habitantes. São 30 evangélicos para cada grupo de 100 brasileiros.



Nota: Caso queira publicar ou usar os dados do meu trabalho, peça autorização por  escrito para



Agora, confira meu trabalho, publicado em 01/12/16,  com a publicação do Instituto Datafolha quase um mês depois:

.

sábado, novembro 26, 2016

Fidel Castro deixa Cuba em paz



Ontem, dia 25 de novembro de 2016, o Presidente Cubano Raul Castro noticiou o falecimento do irmão, Fidel Castro, 90.  O título desta postagem tem na semântica mais de uma interpretação, escolha: qual das duas você prefere?



fidel
.
Hola! San Pedro? Donde está la llave? ...Como? Non tengo reservas?

João Cruzue
.
Postado em 19.02.2008
.
Estamos orando por uma grande porta de oportunidade que vai abrir-se em breve em Cuba. Por ela vão passar muitas coisas, mas principalmente o Evangelho . É Por isso que achamos importante nosso OLHAR CRISTÃO naquilo que Deus sempre abençoa: um plano de ação bem costurado com orações. É hora fazer ou tirar da gaveta nossos planos para ajudar na evangelização de Cuba.

Deus ama o povo cubano e deseja intensamente que ele seja abençoado e próspero. Mas para que isso aconteça, esse povo precisa ouvir livremente o evangelho e crer no Senhor Jesus. E para que ouçam e creiam, é preciso que haja alguém muito disposto a pregá-lo ou a contribuir com a Igreja Cubana. Isto é um grande desafio! As hostes da miséria estarão reunidas para que nada mude naquela nação, a não ser para pior.

Ao Continuar com minhas leituras sobre os cristãos envolvidos com política em Cuba, também descobri que existe uma grande empatia do povo cubano pelas religiões afro, mais até do que pelo cristianismo. Reflita sobre isto, para que, quando a oportunidade chegar não achar nossos departamentos de missões des-pre-ve-ni-dos.

O Presidente Lula, não foi à Cuba apenas para fazer uma visitinha a um enfermo. Na verdade, atrás desta visita, ele foi conhecer o novo chefe de governo - o então irmão de Fidel - Raul Castro Cruz - para assinar tratados comerciais, inclusive sobre prospecção de petróleo, na tentativa de competir com o presidente Venezuelano Hugo Chávez - por tais grandes oportunidades de negócio que estão se abrindo com o enfraquecimento do velho "Comandante". E agora voltemos ao nosso comentário de 2007, para que entendendo os considerandos, possamos ler o desfecho do assunto na postagem logo abaixo.

A renúncia de Fidel em favor do irmão Raul Castro, não é um decisão tomada recentemente. Cuba tem o hábito de planejar tudo com muita, muita antecedência. Creio que tanto Fidel quando Raul já chegaram a um consenso: uma aproximação com os Estados Unidos. Fidel não daria o braço a torcer; tudo ficaria mais fácil nas mãos de Raul para encontrar uma saída honrosa. Este fará a abertura enquanto o outro fingirá protestando  veementemente que não está de acordo.

.-.-.

Abaixo nosso antigo texto de agosto de 2007.


"Cuba e os próximos cinco anos"


João Cruzué

Publicado na primeira semana de agosto 2007 no Blog Olhar Cristão e depois re-postado no blog-arquivo de reportagens.

http://olhar-cristao2.blogspot.com/2007/08/cuba-e-os-próximos-cinco-anos.html


Comentários

De João Cruzué para o Blog Olhar Cristão  (2007)


"Dia 13 de agosto de 2007, Fidel vai completar 81 anos. Ele está no poder desde desde 1959, há quase 50 anos. Cinqüenta é um número bíblico muito significativo. A julgar pela saúde de "el comandante", Cuba deve passar de verdade para o controle de seu irmão, cinco anos mais novo, Raul Castro. Se algum dia a revolução foi boa para Cuba, deixou-lo de sê-lo há um bom tempo.


a Ilha tem ensino, esportes, educação, saúde - mas não tem dinheiro. Não se acha nem pasta de dente para comprar nas mercearias. Os atletas cubanos voltaram do "Pan" com as mochilas cheias de produtos de higiene e limpeza, comprados no comércio do Rio.

Nos próximos cinco anos, Fidel não deve estar mais no comando daquele país. A transição do poder pode não ser tão calma quanto Maristela Castro espera. Será uma rara oportunidade, depois de 48 anos, para que o povo cubano alcance a prosperidade que ainda não tem. O próximo governante - seja quem for - terá que proceder uma abertura.

Vai acontecer disputa pelo poder entre Raul Castro e algum líder militar cubano. Quanto tempo esta disputa levará, é o "xis" da questão. Cuba, sem dúvida, vai deixar de ser comunista.

Quanto ao lado religioso, assim que a transição se definir, o povo vai estar com uma sede espiritual tão grande, que buscará por qualquer coisa. Por isso, as lideranças evangélicas latino-americanas devem fazer planos, tirar da gaveta seus projetos de missões, porque a hora está chegando; o povo cubano merece ouvir coisas melhores que os discursos de dez horas de Fidel Castro.

Onde o Evangelho de Cristo é bem recebido, a prosperidade é uma conseqüência. Preparemo-nos, pois, para [ajudar a] pregá-lo em breve na pátria cubana. Oremos por isso".

Maranata!
autor: João Cruzué
Hoje, sete meses depois, aconteceu uma renúncia "light"


.



.