terça-feira, maio 26, 2015

Alegrei-me com o Salmo 122


ALEGREI-ME,

Quando me disseram: 

Vamos à Casa do SENHOR!

Foto: João Cruzué
R F S A
R.F.S.A. - Parque Estadual da Serra do Rola-Moça- B. Horizonte-MG.


João Cruzué

Em tempos de tanta frieza, dúvidas, mal entendidos
Intolerância, egoísmo, vazios, amarguras...
É bom que ainda existe um lugar, uma Casa de Oração
Aonde posso levar um coração triste
Cheio de poeira das quedas e impossibilidades.

E humildes, incapazes, chegamos à Igreja do Senhor.
E oramos assim: Ó Senhor, fala comigo.
Pois estou no deserto há tanto tempo...

E quando o culto começa e vem o sermão...
Nos decepcionamos a princípio.
Aquilo que esperávamos, parece bem distante...
Mas, espere, daqui a pouco vem uma surpresa!
Percebemos que a nossa pressa era míope.

O Espírito do Senhor faz arder o coração do Pregador
E  palavras diferentes que brotam da sua boca
como água que brota da rocha,
gota à gota vêm molhar nosso coração seco.

Agora não temos mais pressa.
Uma chuva serena cai sobre nossa alma,
Uma cascata já brotou de nossos olhos
E ela desce pelo  rosto em gotas de brilhantes
Molhando nosso coração de paz.

É por isso que Davi cantou com sua alma:
"Alegrei-me quando me disseram: Vamos à Casa do SENHOR!
Porque é ali o Senhor faz brotar de novo
os sonhos dos pródigos, o ânimo dos cansados
E a força dos velhos.





.


Se você gostou Leia mais em Mensagens de João Cruzué

.

Um comentário:

Vanderleia disse...

Lindas palavras