sábado, fevereiro 28, 2015

Irmã Ereni Miranda é Presidente da Igreja Deus é Amor

.

JOÃO CRUZUÉ

"Eu estou vivendo agora mesmo na confiança, nos braços do Pai, porque pela minha força eu não sei o que seria de mim. Falta metade de mim agora, não estou mais inteira, não me sinto mais inteira, porque era uma carne só. Isso é um mistério de Deus, isso. Eu sinto que a metade de minha carne foi levada, então só Deus mesmo, agora, para suprir esta parte que foi levada de mim (...) Nem precisa eu falar, eu sei que tenho um Deus que tudo pode, por isso, estou quietinha no meu lugar, confiando, estou tranquila, porque sei que Deus está tomando conta de tudo. Nada vai perecer, ele vai me dar forças para prosseguir nesta jornada. Os carentes vão continuar recebendo ajuda da Fundação, as crianças não serão desamparadas, os velhinhos terão ajuda, porque a obra continua, porque o mesmo Deus que era do Missionário é nosso Deus também"(Ereni Miranda) Excerto da palavra da Presidente no Youtube .

Ontem, depois de ter publicado o comentário de um irmão chamado Misael, coloquei em  primeiro lugar a foto da Irmã Ereni como uma forte opção para liderar a Igreja Pentecostal Deus é Amor, sucedendo o Missionário David Miranda. Fiz a busca no google e não havia nenhuma publicação sobre a decisão do ministério da Igreja. 

Assim era meu texto revisado de ontem: A Igreja Pentecostal Deus é Amor, nos próximos 30 dias, irá formalizar a escolha de seu novo Líder. Neste momento crucial para a Igreja Deus é Amor, uma pessoa que pode unir tanto a família quanto o Ministério da IPDA, para uma travessia em paz e segura é Irmã Ereni Miranda,  viúva do Missionário David Miranda.

Quanto mais os leitores comentavam, mais claro ficava que, se a escolha dependesse do Ministério da IPDA, a opção seria a esposa do Pastor David Miranda. Por outro lado, se a decisão fosse apenas da família, o resultado não seria diferente.

E por que não seria?

O primogênito do casal David e Ereni Miranda, é um pastor que se separou, ou divorciou, da primeira esposa. O segundo filho, também pastor, segundo comentário recebido, supondo de membro da própria Deus é Amor, também é separado ou divorciado da esposa. Sobre os dois genros, um deles também se separou da filha mais nova o Missionário e o outro genro, continua casado com a cantora Débora Miranda.

Conclusão: o Ministério e a Igreja Deus é Amor nunca iriam aceitar um líder divorciado ou separado da esposa como Presidente da Igreja Pentecostal Deus é Amor. Por esta razão, não havia outro nome mais forte para a sucessão do que o da vice-presidente, Irmã Ereni Miranda.  O cargo de vice-presidente que ela exercia, estrategicamente, já mostrava uma posição ministerial bem clara, talvez planejada e antevista pelo Missionário David Miranda.

A Igreja Pentecostal Deus é Amor, sob o governo da Irmã Ereni Miranda não mudar nem um til da doutrina de usos e costumes  ensinada pelo finado marido. Tudo vai continuar como antes, o que é bom para o crescimento da Igreja.

Ao meu sentir foi uma boa escolha.



Nenhum comentário: