segunda-feira, fevereiro 09, 2015

Eduardo Cunha, o novo Presidente da Câmara Federal é Evangélico

Foto: Alan Marques
Deputado Eduardo Cunha
João Cruzué


O Deputado Eduardo Consetino Cunha (PMDB-RJ) foi eleito Presidente da Câmara Federal no dia 1º de fevereiro (2015) com 267 votos, derrotando três opositores na disputa. Sua votação foi maior que a soma dos votos dos três opositores juntos [1]:

Arlindo Chinaglia (PT), 136 votos
Júlio Delgado (PSB), 100 votos
Chico Alencar (PSOL), 04 votos... Soma: 240 votos; 26 votos a menos que o vencedor.

Eduardo Cunha é evangélico e membro da Igreja Sara Nossa Terra do Rio. Ele já  está no quarto mandato como Deputado Federal. Segue a votação dos quatro pleitos, sendo a última bem mais expressivas que as demais.

1º Mandato:
2002: 101.495 votos [2]

2º Mandato:
2006: 130.773 votos [3]

3º Mandato:
2010: 150.616 votos [4]

4º Mandato
2014: 232.708 votos [5]


Pastor Silas Malafaia  não ficou de braços cruzados, tendo atuado firmemente na eleição de Cunha, segundo escreveu Lauro Jardim em seu blog. Pastor Silas bateu de frente com Jean Willys que fazia publicidade de Arlindo Chinaglia, o candidato da Presidente Dilma Rousseff. Perderam feio, Dilma e Willys. A Presidente vem confrontando Eduardo Cunha desde o ano passado. Agora ela está muito preocupada, pois quem dita a pauta da Câmara é seu Presidente.

E ele já começou desagradando o governo, pois na quinta-feira passada (05.02.15) formalizou a criação da nova CPI da Petrobrás.  Cunha já falou abertamente que não vai apoiar legislação pró-aborto, nem de mudança constitucional para amparar o casamento gay.

De acordo com o Blog do Luis Nassif o Deputado Eduardo Cunha tem uma fieira de processos em andamento no judiciário. 

O fato positivo nesta eleição é que os projetos políticos  das Igrejas Evangélicas feitos a partir dos anos 80, começam a vingar cargos decisivos. Até 2030, é muito provável que vejamos  muitos "irmãos" em cargos majoritários. Se isto acontecer, é bom que sejam honestos, porque se não o forem, a língua vai comer solta. Evangélico não vota duas vezes em político que se este se revelar corrupto.

Parabéns pela conquista da Presidência da Câmara, Deputado Eduardo Cunha. Deus lhe abençoe e muito juízo. Quem sabe, daqui a três anos V. Excelência não seja um forte candidato ao Governo do Rio de Janeiro?



.








3 comentários:

Luciano disse...

E a propina de 5 milhões, é bênção de Deus?

Joao Cruzue disse...

Luciano,

Se houver provas, é o MP que decide. De qualquer forma, propina nunca foi bênção de Deus. Agora, você foi muito restrito: e os outros 512?

Átila LVG disse...

http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2015/08/20/cunha-recebeu-propina-por-meio-da-assembleia-de-deus-diz-pgr.htm