sábado, fevereiro 01, 2014

Pastor Silas Malafaia, o beijo gay e a TV Globo

.
TV GLOBO
JOÃO CRUZUÉ:

Resposta de Walcyr Carrasco, autor da novela Amor à Vida, à afirmação do Pastor Silas Malafaia de que a TV Globo é a campeã da promoção da causa gay e da desagregação familiar:

" Não acho justa a acusação de que Amor à Vida promove qualquer causa. Ela dá um retrato das famílias, dos relacionamentos da atualidade. Desde os de vanguarda, onde parceiros do mesmo sexo estabelecem famílias, até, sim, e acho que com bastante qualidade, os evangélicos. A obra é do autor, e tive liberdade para escrevê-la, o que só depõe a favor da Globo. Mas fico feliz que o pastor Silas Malafaia seja um telespectador atento da novela, já que ele parece não perder um capítulo, mesmo criticando alguns aspectos. (UOL NOTÍCIAS)

Comentário do blogueiro: Se você acha que a TV Globo tem sido há muitos anos uma fonte "pedagógica" promotora de causas de desagregação familiar e coisas do gênero, não basta fazer campanhas hipócritas para que os "OUTROS" deixem de assistir suas novelas, mas de conscientizar e pressionar para que a cultura brasileira não seja a mesma de 500 anos.

Acho muito mais lógico e eficiente boicotar  marcas comerciais que financiam  programas de baixaria ou que fazem apologia de coisas que desagregam a família. Quando o prejuízo chega ao caixa dessas empresas, elas mudam muito rápido de opinião. Tanto é verdade este detalhe, que desafio você a tentar achar a resposta na busca do Google. Eu demorei mais de 20 minutos.

Uma novela não consegue sobreviver sem patrocínio. E um patrocinador só continua financiando novelas se elas lhe trouxerem retorno. Se o tiro sai pela culatra, o patrocinador cai fora e o autor da novela muda o script.

Empresas que financiaram a novela "amor" à vida: Banco Itau, Kia e Nextel.  Para não ficar só em palavras, fechei minha conta de quase 30 anos no Banco Itaú. Dê uma olhada: Evangélico fecha conta no Banco Itaú.

Digamos que você é um cristão consciente e também quer ser pedagógico com certa Rede de TV. Sabe aquele serviço ou aparelho da Nextel que você usa?  Proponha nunca mais colocar esta marca dentro da sua casa. Seja didático para sua família. Isto é uma forma arcaica de agir? Não! A os segmentos sociais das nações mais evoluídas são muito bem OUVIDOS pelas mídias locais, pela força do BOICOTE.

Sabe aquela conta no ITAÚ que você tem? pois SUGIRO que feche e diga ao gerente por quê está fechando.  Tinha uma conta há 30 anos neste banco, mas ENCERREI MINHA CONTA  por coerência.
.

Sabe aquele carro bonito da Kia que você está namorando? Compre de outra marca.

Uma andorinha pode não fazer verão em 2014, mas de andorinha em andorinha, os próximos anos serão uma dúvida no meio comercial.

Se você meditar um pouco nas palavras de Cristo, quando ele falou sobre a função da luz e do sal, vai ver que você também é responsável pelo controle do nível das "novidades" que aparecem todo no para serem despejadas goela abaixo da sociedade. Alguém tem começar a pensar e dizer NÃO! e comentar o porquê desse não.

Sabe, a resposta do sr. Walcyr Carrasco ao Pr. Silas, a meu ver, foi apropriada. Não foi o pastor Silas que foi bater a porta da Rede Globo para que ela abrisse espaço para os evangélicos? Depois  disso não ficou se auto elogiando pela "conquista"  de espaço através do Festival Esperança?  Pois é, não foi a Rede Globo que estava se "convertendo", mas certos líderes e artistas evangélicos deslumbrados que estavam  interessados em sucesso "em nome de Jesus" a qualquer preço. Na minha opinião o que eles escolheram foi um puxadinho nas "campinas do Jordão".

Não sei quantas novelas a Globo já fez para apologia ao homossexualismo, da nudez, da traição, do maucaratismo, do sequestro, do aborto, da difamação de evangélicos, etc, etc e etc. Mas tenho certeza de uma coisa: a próxima deve continuar batendo em mais do mesmo: homossexualismo. 

Aí eu pergunto: por que um banco, uma companhia telefônica, uma marca de sabonetes populares ou uma marca de carro a empresa estaria tão  interessada, em financiar a causa gay para tornar homossexual a sociedade brasileira,  usando como bode expiatório o fundamentalismo evangélico?

A ironia é que  se se olhassem no espelho, veriam que estão combatendo fundamentalismo novo (evangélico) com um fundamentalismo (homossexual) antigo, que já era praticado pela sociedade de Sodoma e Gomorra nos dias do patriarca Abraão,  há pelo menos 4 mil anos.

Se fundamentalismo religioso é crer que a Bíblia Sagrada é a palavra de Deus para salvação e conversão do homem, eu não tenho nenhuma vergonha em dizer que sou um cristão fundamentalista.

Se você for evangélico, e começar a pensar sobre o prejuízo que a TV Globo vem trazendo para a sociedade brasileira, vai ver que o boicote às marcas que financiam suas novelas é um protesto democrático, pacífico, silencioso,  pedagógico e eficaz. Alguma coisa deve ser feita, para que nossos filhos e netos sejam mais respeitados por causa de nossas atitudes de HOJE.







11 comentários:

victor disse...

Graça e Paz!!! irmão parabéns p/blog.Muito lucido seu comentário. abs.

Joao Cruzue disse...

Grande abraço, irmão Vitor. Obrigado pelo comentário.

Anônimo disse...

Sodoma e Gomorra eram tão indignas da família de Ló que na mesma bíblia relata que Ló foi ESTUPRADO pelas próprias filhas. Coisa mais linda pra ensinar aos nossos filhos. A bíblia é muito mais inadequada a uma criança do que uma novela das oito com ou sem beijo gay.

Joao Cruzue disse...

Replica ao comentário anônimo 1:

Quero agradecer seu comentário. Poucas pessoas gostam de comentar em blogs religiosos. Acho que seu ponto de vista tem uma pequena incorreção: o que aconteceu com Ló e suas filhas foi em decorrência de um aculturamento em Sodoma. A repercussão dos costumes locais. A questão não é o "beijo gay"; Isto é mais velho que a Bíblia; mas a ansiedade que a TV tem de empurrar para dentro de nossas casas o "novo", o "moderno", e principalmente o lado todo fato ruim que surge em algum lugar. E tudo isto para quê? Será que é para defender alguma causa? Eu creio que não. O que se usa ali são meios (disfarçados de fins) para alcançar um objetivo: Pontuação nos medidores de audiência. E, consequentemente, mais cotas de patrocínio.

Sobre a beleza de "ensinar" estupro de pais. Acho que é preconceituosa: Só conseguiu ver isto na Bíblia? E, com tanta gente comprando este livro, tem notícia de algum "estupro" de filhas contra pais?

Em um ponto concordamos: Se a sociedade vier a ser como Sodoma e Gomorra (em decorrência de tantas novelas perniciosas) corremos mesmo o risco de ver depois de um aculturamento, este desvio de opção sexual na sociedade.

Então é melhor exercitar a faculdade de pensar. Não foi e nem é a Bíblia que leva as pessoas ao desvio, mas ela registra o que acontece com as pessoas tanto acertos quanto desvios.

Digo mais, a periferia das grandes cidades brasileiras só não foram ainda completamente tomadas pelo tráfico, porque tem muitas "donas Marias" e seus "Zés" que leem este livro e acreditam que a Palavra de Deus está contida nele. Não em uma linha específica, mas em uma mensagem que só entendida por aqueles que têm fé. E a fé, diz um autor bíblico, não é privilégio de todos.

Como já disse, lá no começo, foi uma honra ter recebido seu comentário. É a sua opinião, eu não comungo dela, mas a respeito.

João.





Paulo de Tarso Carneiro Júnior disse...

Acho que a novela tratou a polêmica com isenção pois simplesmente mostrou
a realidade comportamental do planeta
sem a hipocrisia da suposta perfeição que o ser humano impõe a si mesmo.
Temos que considerar que isso existe desde os primeiros tempos do homem na terra.
Vamos deixar a hipocrisia de lado e condenar A ou B pela divulgação de uma prática essencialmente humana.
Não tenho a pretensão de julgar ninguém, sou hétero com convicto mais respeito as escolhas dos meus semelhantes e, para mim, ser CRISTÃO e aceitar seu irmão como ele é!!

Unknown disse...

Não sabeis que os injustos não hão de herdar o reino de Deus?
Não erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os AFEMINADOS, nem os sodomitas, nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o reino de Deus.

1 Coríntios 6:9-10

Anônimo disse...

Estava navegando e por acaso encontrei seu blog! Queria deixar meu abraço pois compactuamos das mesma idéias! Penso que uma forma mais simples e direta seria não mais assistir a rede bobo de televisão!! Fico tristes em vê "cristãos" viciados em novela absorvendo todo o lixo !! Acorda povo de Deus !!! vamos buscar mais a Deus e deixar a globo para lá!! Eu e minha casa serviremos a Deus !!

Joao Cruzue disse...


Paulo de Tarso,

Obrigado pelo seu comentário e sua opinião.

Abraço. Volte mais vezes.


João

Daniel disse...

Toda esta problemática está posta porque o que está acontecendo, na verdade, é mais uma quebra de paradigma, mais um rompimento com o status quo. As instituições mais tradicionais e antigas sempre resistirão, pois essas mudanças são reflexo do seu enfraquecimento Exemplo disso foi a escravidão, que por séculos foi considerada uma prática correta e indispensável para a sociedade "civilizada" daquela época ( inclusive para a Igreja Católica). Hoje, os termos, "civilizada" e "escravidão" não fazem o menor sentindo nem mesmo juntas numa frase. O beijo gay, no Brasil de 2014, é mais uma quebra de paradigma, nos países mais avançados isso já é coisa do passado. Fico feliz por fazer parte desse tempo, no qual se avança em termos de direitos civis, feliz também por viver em um país onde (AINDA) a Constituição é a lei máxima da Nação (e não a Bíblia). Por que resistir a mais este avanço nos direitos civis dos homossexuais? Daqui a alguns anos olharemos para esta cruzada contra os homossexuais com a mesma vergonha que olhamos para escravidão. Não perdamos a compaixão e o amor pelo próximo, aceitemos os seres humanos como eles são! Negar a homossexualidade é negar a natureza, sim, a homossexualidade é tão natural quanto qualquer outra forma de sexualidade. Comportamento registrado não só em humanos, mas também em muitas espécies animais. Não tenhamos vergonha, nem ódio daquilo que Deus teve coragem de criar.

Joao Cruzue disse...

Daniel, obrigado por expor a sua posição.Respeito sua opinião. Inclusive de que Bíblia não é a Constituição Brasileira. Contudo discordo de algumas coisas: De repente o Beijo Gay virou a coisa mais importante para ser discutida nesta nação. Acho que isto é alienação. É um assunto muito menor, por exemplo, do que a pedofilia principalmente na Região Norte, a Educação no Brasil que nunca chega ao período integral, pobres pagando universidade particular (e ruins) enquanto abastados estudam de graça nas boas Universidades Públicas. E por fim, beijo gay é coisa de 4.000 anos ou mais. Coisa muito mais velha que o Cristianismo. Por fim, tem muita gente usando o expediente do ativismo gay para ficar mamando nas tetas do governo. Acho que este dinheiro poderia ser melhor empregado, pois os cidadãos homossexuais geralmente são muito ricos e não precisam de dinheiro público.

E faz tempo que toda novela da globo tem um núcleo homossexual, em detrimento de tantos outros menos favorecidos e mais necessitados.

Abraço.

Luiz Gustavo disse...

Já acho errado por si só 'bater as portas' da Globo para 'exigir igualdade'...mas o Silas quiz fazer isso,o problema é dele,não meu...mas temos que ter cuidado em separar Igreja e Estado, e não querer transformar a Constituição em Bíblia,como fizeram no caso da Liga de Smalked,na Reforma do século XVI.Se o Silas pode 'bater a porta',outros grupos também podem...e graças a Deus que os votos do povo não se baseiam somente em religião...
http://lulopesfada.blogspot.com.br/