segunda-feira, julho 09, 2012

Carta aos jovens e adolescentes assembleianos e batistas

.
Visão Global
João Batista Cruzué

Os meios de comunicação estão passando por uma mudança super radical. A velocidade desta mudança hoje, é diária. Eu creio firmemente que Deus está neste processo, disponibilizando tecnologia de ponta para a divulgação do Evangelho de Jesus Cristo. Decidi escrever este texto, pois tenho uma proposta a fazer. E esta proposta não é nova. Tendo trabalhado nela há alguns anos; quanto mais o tempo passa, mais claro para mim o caminho. Por isso, estou disposto a compartilhar sete anos de conhecimentos de publicação de conteúdo cristão na internet - de graça! O tempo de dizer isto é agora, então, por favor, tenha paciência de leitura deste longo texto. O que sua consciência disser - é isto - então, ponha em prática. Vou tratar de um assunto que, à semelhança de uma moeda, tem dois lados: Evangelização Eletrônica X Evangelização Pessoal.

Uma geração de crianças está crescendo dentro de nossos lares. Faz um ano e meio que eu sou avô. Em menos de dois anos, com a graça de Deus, meu neto já estará colocando seus dedinhos  na tela de um smartphone. Estes pequenos são atraídos pelo fascínio destas máquinas; não só elas, mas tudo o que provoca a visão. Eles não vão comprar o jornal na  banca da esquina, pois quase tudo que quiser ler virá em tablet ou dispositivo parecido. A era do livro eletrônico chegou.

E na Igreja,  o que faremos? 

As lideranças da Igreja ainda não estão preparadas para tão grande salto. Alguém precisa  aprender, e bem rápido, como usar os meios tecnológicos disponíveis, para acumular os conhecimentos desta cultura digital, para que nossos filhos, filhos de nossos amigos, vizinhos, conterrâneos descubram as verdades bíblicas. Os ateus publicam conteúdo na Internet. A igreja satânica publica conteúdo na Internet. Os ímpios publicam conteúdo na Internet. Os filhos de Deus também precisam aprender a publicar conteúdo cristão na Internet, porque a única coisa que vai poder preencher o grande vazio e a solidão das pessoas ainda se chama JESUS CRISTO, através do ESPÍRITO SANTO.

Que ninguém se engane: Quanto maior o uso da tecnologia eletrônica, maior a insegurança, maior a falta de referências, maior o vazio, maior a solidão, maior o individualismo, maior o egoísmo, porque  o poder da maldade será maior.

É preciso uma resposta, e esta resposta vem com as palavras da Bíblia escritas por alguém que tenha comunhão com Deus. Só um coração cheio da graça, pode encher um coração vazio de Deus.

Há sete anos mais ou menos  comecei  publicar o blog Olhar Cristão. Levou dois anos para que eu alcançasse 7.000 visitantes. Sete mil em dois anos. Hoje, eu consigo a mesma performance com apenas 04 ou 05 dias.  Se eu tivesse desistido, desanimado, continuado apenas como um leitor passivo, não teria alcançado este patamar. É pouco, em vista dos blogs esportivos, blogs de fofoca e blogs  artistas, mas em si tratando de um blog cristão é um número razoável.

Sou uma pessoa comum. Não tenho fama, nem sou pastor. Mesmo assim, há mais de quatro anos, o Blog Olhar Cristão tem permanecido na primeira de busca do Google  nas tags "blog cristao". 

Por que é importante aprender a publicar conteúdo cristão na Internet? Todo bom líder tem uma característica marcante: ele lê muito. E quem lê também sabe ordenar seus pensamentos, sua visão e traduzir para um texto. Um blog é o meio mais simples de começar a publicação de conteúdo cristão na Internet. É uma oficina digital, onde você aprende com o tempo as estratégias de comunicação eletrônica. Quanto mais cristãos escreverem, mais pessoas estarão lendo.   Quem desenvolve o talento de escrever, vai ser um formador de opinião. Eu acreditava que os blogueiros cristãos que surgiram depois de 2007, mais cedo ou mais tarde alcançariam uma posição mais alta, se tornando escritores de livros e não me enganei.

Eu tenho um sonho. Neste sonho eu posso ver  mais de 100 mil líderes cristãos escrevendo e formando opinião com seus blogs  na Internet. O milagre não vai acontecer da noite para o dia. Mas ele virá  pela coragem e insistência.

 Até poucos dias, antes da publicação oficial do IBGE sobre o Censo religioso de 2010, muitos achavam que uma rede de televisão é o meio mais eficiente para comunicar o Evangelho.  Quando eu vejo  vídeos do YouTube (Para Noooosaa Alegriiia!!!) chegando  alcançar milhões de visitas em apenas poucos  meses, eu imagino que não podemos ficar de fora desta nova cultura de comunicação. Em lugar de leitores passivos, é preciso que cada moço, moça e adolescente  que goste de ler, ministrar, cantar, escrever, seja desafiado  a  enxergar esta oportunidade que Deus colocou diante de nós, ou seja: Tecnologia de comunicação de massa. Mas, a comunicação é apenas um lado da moeda. O resultado do IBGE mostrou um dado surpreendente.  A Igreja Universal, que tem até  uma Rede de TV, perdeu cerca 278 mil membros entre os censos 2000 e 2010. Enquanto que as Assembleias de Deus e a Igreja Batista - que não usam a TV como maior veículo de evangelização cresceram 3.8 milhões e meio milhão de fiéis respectivamente.

Comunicar é apenas semear o Evangelho. O outro lado da moeda é estruturar a Igreja para o contato pessoal com as pessoas.  A ideia de uma Igreja digital é falsa, pois a comunhão se dá de coração para coração. A Igreja digital seria uma igreja de pessoas sós. Se Deus quisesse isto não precisaria ter enviado um homem para morrer na cruz. Teria esperado mais dois mil anos e enviado um tablet. Mas isto não aconteceu. Procurado pelo Jornal Nacional, o líder das Assembleias de Deus, Pastor José Wellington B. da Costa disse que sua Igreja crescia uma pessoa evangelizando a outra - pessoalmente.

Por que um texto dirigido a jovens e adolescentes assembleanos e batistas? Porque a juventude destas duas Igrejas é a participativa em espaços digitais, como comunidades Orkuts, Twitter e Facebooks. As duas exercem uma liderança natural.

E, no que precisar, para que alguém saiba como começar, o que escrever, como escrever, onde se pode criar um Blog gratuitamente, aqui entra o meu trabalho. Desde 2007 venho fazendo isto. Meu testemunho e trabalho é conhecido dentro e fora do meio evangélico. Não sou um
dr. sabetudo, apenas alguém que gosta de escrever e comentar mensagens e textos sob um olhar cristão. Em português, inglês, espanhol e alemão.

Se você, tanto quanto eu, desejamos um dia passar por uma megastore secular, ou uma banca de jornal, ou  contemplar em um tablet  05, 10, 15 títulos de autores evangélicos, saiba de uma coisa: é preciso de uma oficina para praticar a arte de escrever textos. Esta oficina tem um nome: Blog. 

Se você estiver pensando: Bem isto é coisa para outra pessoa. Está errado. Talvez você não saiba, mas Deus tem um estranho senso de humor. Ele costuma capacitar as pessoas que não são, para surpreender aquelas que acham que são. Não conhecemos os talentos que temos, enquanto não aceitamos o desafio de começar. Se é preciso alguém para fazer, por que não você? O primeiro passo se dá no coração. Se Deus precisa de alguém, então Senhor eis-me aqui.

Há dois anos eu  publiquei um texto: 100 mil blogueiros cristãos até o final de 2012.  Eu sei que hoje eles devem estar por volta de uns 30.000. Digo mais, eu prefiro mil vezes ler um testemunho de salvação de um adolescente, que as palavras venenosas de um ateu ainda acha que Nietzsche não era um tolo desviado dos caminhos do Senhor. E um desses talentos (jovens e adolescentes) cristãos que vai ser lido no mundo inteiro pode ser você.  O Brasil precisa ter coisa melhor que Paulo Coelho, para ser lida lá fora.


Por isso, não pense que o chamado de Deus é tão somente para os adultos e para os velhos. Para cuidar de tarefas difíceis e mudanças impossíveis aos olhos dos adultos, Deus sempre chamou (e continua chamando)  jovens e  adolescentes.  Davi, Samuel, Jeremias, Timóteo.

Quem sou: Irmão João Batista Cruzué,   presbítero da Igreja Ev. Assembleia de Deus, agente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo,  administrador da Associação de Blogueiros Cristãos, gestor da Academia Brasileira de Blogueiros Evangélicos e editor do Blog Olhar Cristão.


Como começar um blog: Curso de Blogs e Como Blogar




6 comentários:

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão e amigo,
Pb. João Cruzue

A Paz do Senhor!

Parabéns e muito obrigado pela sua disposição, paciência e persistência na formação de novos blogueiros cristãos.

Prossiga, amado!

Um grande abraço,

Seu conservo em Cristo e admirador,

Pr. Carlos Roberto

Heverton Oliveira disse...

Irmão João,
Ser um blogueiro não é fácil, ainda mais quando não se é conhecido, famoso ou sem historia no cenário evangélico; está aí a dificuldade dos jovens.
Mas olhando para seu exemplo, me sinto motivado a continuar a postar conteúdo cristão na internet. Tenho meu blog há dois anos e pouco mais de 9.000 visualizações, já pensei em desistir algumas vezes, mas, agora após ler este teu testemunho percebi que não devo parar, mesmo que não alcance 100.000 visualizações, se uma visualização ajudar uma pessoa desesperada a encontrar Cristo, já valeu a pena.
Continuarei a postar irmão João. E muito obrigado por pela carta, apesar de eu não ser nem batista, nem assembleiano.(rs)
Forte abraço e a paz!

Anônimo disse...

GRAÇA E PAZ...

Amados, estou no começo de um blog, visite e por favor divulgue!

http://evangelhodemaquiavell.blog.com.br

Helô disse...

Glória a Deus por sua vida!

Isabel Lima - Textos Versáteis disse...

Presbítero e irmão em Cristo: João Cruzue,

Realmente, o Senhor necessita de Habacuques, homens e mulheres que escrevam a visão. A muito tempo tempo o Espirito de Deus me tocava da necessidade de escrever. Um dia aceitei o desafio, e que desafio!!! O seu texto, inspirado pelo Espirito Santo, deixou-me mais corajosa, fortalecida e ensinou-me que não posso desanimar, tenho que persistir. Que o Senhor Deus continue usando a sua vida para nos fortalecer a cada dia neste universo tão abrangente. Isabel Lima

Lamarque Bezerra disse...

grande abraço. está ótimo o espaço. util. agradável. prossiga investindo. ja estou seguindo o blog - lamarque