sexta-feira, janeiro 13, 2012

A alegria do Senhor é a nossa força

.
.

João Cruzué

Não é todo dia que a inspiração vem, para escrever uma mensagens bíblica. Eu entendo assim: quando ela fala comigo, creio que também falará ao coração de mais alguém. Tenho recebido nos últimos meses muitos mais emails pedindo orações e conselhos, principalmente sobre dívidas, depressão e vida sentimental . Por isso, hoje, veio ao meu coração escrever sobre escolhas, consciência e propósito cristãos, com base na última parte do versículo 10, do capítulo 8, do Livro de Neemias que diz assim "... A alegria do Senhor é a nossa força.

Não sei se por falta de ensino ou por excesso dele, muitos cristãos têm perdido a alegria de viver. Para outros, há uma situação ainda pior ao cairem nos fios invisíveis de uma rede de vários laços. Sonhos frustrados, casamentos acabados, namoros desfeitos, tristeza dentro da família, perda de oportunidades, enfim... notícias desagradáveis que quebrantam o coração e tiram o sorriso de muitos rostos.

E isso acontece por quê?

Bem, há uma dezena de respostas, mas eu me sinto seguro em dizer que nós podemos provocar a perda de nossa alegria de uma forma tão lenta que não nos apercebemos, da mesma forma que a água de uma vazilha vai se esvaindo por um minúsculo furo: Lentamente.

A água, neste caso, é a presença de Deus. A comunhão com o Espírito Santo. Quem não se lembra daquele texto na "Parábola das Dez Virgens": E tardando o noivo, todas tosquenejaram e adormeceram. E quando acordaram, cinco delas não tinha mais azeite para acender as lamparinas.

A alegria do Senhor se apodera de nós quando estamos dentro da sua vontade. Fazendo o que agrada ao Espírito Santo. É por isso que um cristão novo convertido é alegre, pois ele abriu o coração para Jesus entrar.

Quando o novo crente procura conhecer a palavra de Deus, para entender a vontade de Deus, ele continua indo em frente. Quando ele precisa tomar uma decisão e ora, e jejua, e espera pela resposta, mesmo no meio da dificuldade a presença do Senhor continua alegrando o seu coração.

Dentro da vontade do Senhor não há como sofrer de uma tristeza crônica, aquele vazio, aquele olhar caído, o tédio, como se fosse um órfão sem amparo.

E nós, enquanto estivermos dentro da vontade do Senhor, Ele se alegra conosco e Sua alegria é o que nos dá força para prosseguir e vencer batalhas quase perdidas. Mas se por algum motivo, inclusive falta de orientação espiritual correta, nós começarmos a deixar as coisas do Senhor em segundo, terceiro, último plano, note bem: À medida que o tempo passa, a presença do Espírito de Deus vai se apagando lenta e imperceptivelmente.

É por isso que há tanto cristão triste. E quanto mais o tempo passa, mais perigoso e mais fácil fica cair e enrolar-se nas no laço do passarinheiro.

Disse o Senhor em João 15: "Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor. Tenho vos dito isso para que a minha alegria permaneça em vós, e a vossa alegria seja completa".

O que é, então, guardar os mandamentos do Senhor? Isto é inerente à síntese dos mandamentos o Senhor: Amar Deus sobre todas as coisas e amar ao próximo como a nós mesmos. E dentro do conceito de amar ao Senhor está buscar o conhecimento daquilo que O agrada, para guardar e principalmente fazer.

Se Deus nos deu seu Santo Espírito, em resposta à oração de Jesus, para que não ficássemos desamparados, este Espírito só permanece alegre em nós, se procurarmos falar do amor de Deus a outras pessoas. Nós somos os vasos, e o Espírito Santo a água viva que jorra deles para encher outros vasos. Se nos negarmos a testemunhar do amor de Deus, esta água deixa de jorrar e fica restrita ao interior do vaso. Ali se torna uma água parada, sujeita aos grãos de poeira e ninho de mosquitos.

Podemos perder a alegria do Espírito, se não procurarmos descobrir o propósito de Deus para nossas vidas. Podemos perder esta alegria se depois de conhecermos o propósito de Deus o deixarmos de lado, sufocá-lo, qual aconteceu com a semente que foi semeada entre os espinhos. As prioridades de conquistas sociais ou profissionais, a reboque da vontade de Deus, são como espinhos que ferem e transpassam os frutos do discipulado.

Há, sim, muitos crentes que perdem a alegria porque são apressados, desinteressados e só buscam a misericórdia de Deus quando já estão em um profundo buraco. Na maioria das vezes chegam lá por escolhas erradas. Não se lembram de esperar pela voz do Espírito Santo. Escolhem primeiro, para perguntar depois.

Se você já serviu ao Senhor e parou, mas quer ter aquela alegria de volta, então, que não fique ocioso na vida cristã e procure andar ocupado com alguma obra espiritual para agradá-lo, não com desespero, mas com moderação, sem tirar a paz dos outros.

Quem quiser ter sua vida abençoada por Deus, para ser próspero a vida inteira, não deve andar ocioso, nem omisso perante o Senhor.

Se você anda colhendo prejuízos, atrás de prejuízos; os sonhos que lhe são mais caros se desfazendo em pó um atrás do outro - atenção! Pode ser que você se esqueceu de assumir um compromisso de fidelidade e de trabalho com o Senhor.

Agrade ao Senhor.

Busque agradá-lo com sua vida, com serviço, obedecendo à voz do seu Espírito Santo. Mantenha-se firme nesse propósito. E continue perseverando, insistindo, porque Deus vai atender o desejo do seu coração. E não vai ser por merecimento que Ele vai lhe abençoar, mas porque Ele vê que você está mantendo um compromisso de fidelidade dentro do prósito dEle.

Se você fizer assim, haverá alegria no coração de Deus quando ele olhar para você. E a alegria do Senhor será a "tua" força.


Se você gostou deste texto, a sequência dele está aqui: Café com Jesus 9

-.-


2 comentários:

Carolina Tavares disse...

Amém!

Camila Beilich disse...

.
Olá irmão, uma das suas mensagens me abençoou, pois eu estava muito
abatida e com uma enxaqueca muito forte, apesar dos 2 comprimidos que
eu tomei não passava a dor, então fui procurar alguma mensagem
bíblica, pois mesmo que a gente saiba, quando nós escutamos ou lemos,
a Palavra se renova e parece que é a 1ª vez que estamos ouvimos. Então
abri uma mensagem sua que fala sobre a alegria do Senhor e, de repente
a dor foi passando, passando e agora já não estou sentindo nada. Que
Deus abençoe a sua vida, seu ministério e sua família. Fica na paz!!!