domingo, agosto 21, 2011

Glória da Natividade P. Cruzué

.
Aqui era o lugar onde Dona Glória foi muito feliz.
(set.1933 - ago. 2011)
João Cruzué

Quero compartilhar, com meus amigos e leitores do Blog Olhar Cristão, a minha dor. Na madrugada de quinta-feira, 18.08.2011, minha mãe, a irmã Glória da Natividade P. Cruzué, foi recolhida por Jesus para uma outra glória. Ela penteou seus cabelos, deitou-se às 22:00, e amanheceu dormindo no Senhor.

Depois do sepultamento, minha irmã e eu estivemos em sua casa revendo as cenas de seu último dia. O teclado - de sua paixão pela música. A fotos de duas netas na penteadeira do quarto. E na mesa da sua cozinha, onde costumava fazer diariamente seus estudos, deixou a Bíblia aberta no Sermão das Bem-aventuranças. Ficamos muito emocionados ao ver aquela Bíblia toda rabiscada. Ela anotava ali de propósito, para que depois que se fosse, servisse de testemunho do amor à Palavra de Deus, disciplina adquirida na Igreja Presbiteriana.

Mateus 5

"1. Jesus, vendo a multidão, subiu a um monte, e, assentando-se, aproximaram-se dele os seus discípulos;

2. e, abrindo a boca, os ensinava, dizendo:

3. Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus;

4. bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados;

5. bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra;

6. bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos;

7. bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia;

8. bem-aventurados os limpos de coração, porque eles verão a Deus;

9. bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus;

10. bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus;

11. bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo o mal contra vós, por minha causa.

12. Exultai e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus; porque assim perseguiram os profetas que foram antes de vós.


13. Vós sois o sal da terra; e, se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta, senão para se lançar fora e ser pisado pelos homens.

14 Vós sois a luz do mundo; não se pode esconder uma cidade edificada sobre um monte;

15. nem se acende a candeia e se coloca debaixo do alqueire, mas, no velador, e dá luz a todos que estão na casa.

16. Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem o vosso Pai, que está nos céus."


Estive de férias na última quinzena de julho, e viajei até as Gerais para ficar com ela alguns dias. Na oportunidade presenciei seu trabalho de evangelização. Na mesma mesa onde estudava, assentou-se um soldado da Polícia Militar. Ele ouviu atentamente uma exposição de uma boa meia hora sobre as bênçãos de ser um crente em Jesus e firmes recomendações para que não "batesse" nos presos.

Eu estava em minha mesa de trabalho, quando um conhecido ligou para dar uma notícia ruim. Empreendi uma longa viagem de São Paulo até Iapu (cidade próxima de Ipatinga), a tempo de participar do velório na casa de minha irmã, e depois do culto de corpo presente na Igreja Presbiteriana do Bairro São Paulo, congregação de minha mãe, na cidade vizinha de Dom Cavati onde foi sepultada, junto a meu pai.

Na oportunidade cumpri um dos desejos dela: dar duas bíblias para dois adolescentes que moravam vizinhos ao sítio da família. Ela estava preocupada com o futuro deles. Eu fiquei muito emocionado com as palavras de agradecimento da mãe daqueles garotos, que chorou muito pela lembrança.

Em ocasião oportuna, completarei este testemunho.

Com toda humildade, quero dizer que fui o primeiro crente de minha casa. Na ocasião da mudança, minha mãe e meu pai ficaram muito tristes, pois eram católicos praticantes. Depois de alguns anos, Jesus também tocou o coração deles - não para mudar de religião - mas para aceitarem a salvação pela graça. Primeiro minha mãe, e depois meu pai. Fizeram isso na Igreja Presbiteriana da cidade de Dom Cavati. Não posso dizer que fui eu quem os ganhou para Jesus, mas também não posso dizer que não contribuí para isso, pois fiquei em silêncio diante de muitas incompreensões.

Há situações que orar é muito melhor que dizer qualquer palavra.

Minha mãe, como toda pessoa, tinha defeitos e qualidades. Entre estas, a disciplina de estudar, todo dia, a palavra de Deus e o prazer de falar de Jesus para qualquer pessoa que se pusesse ao seu alcance.

Minha família e eu estamos muito tristes com esta separação, mas aceitamos com reverência a decisão do Senhor.

Peço suas orações pela minha família.



Homenagem a Dona Glória: Homenagem ao Dia das Mães 2008

.



7 comentários:

Darlan vitor oliveira disse...

Eu também tenho minha familia para aceitar a Cristo e quem não tem pesso ajuda em oração..www.deus.3a2.com

Quadrinhos do Bem disse...

Olá tudo bem sou o Bernardo do blog:

http://quadrinhosdobem.blogspot.com/

Tivemos a iniciativa de criar quadrinhos educativos e recados cristãos para o orkut, é algo bom pois existem muitos cristãos em redes sociais, porem também é muito trabalhoso então pedimos que conheça nossso trabalho e se possivel ajude-nos a divulga-lo por meio do seu blog.

Um Abraço!

Aluizio Araujo disse...

Meu prezado irmão João Cruzué, que o senhor Jesus conforte o seu coração e demais familiares. A grande diferença do cristão é essa certeza pela fé que se cumpriu o bom combate sendo essa a nossa parte... Meus pêsames a toda família. Aluizio

Felipe Huvos Ribas disse...

A dor em quem fica, quando algum familiar morre, realmente não é pequena, mas os cristãos têm as muitas promessas da Bíblia em relação à vida eterna.
Que Deus console o senhor e sua família. Abraço.

Evangelização: "O Ide de Jesus" disse...

Saudade da Irmã Glória

E muito feliz aquele
Que já dorme no Senhor
Que aqui servia a Ele
Seguindo o Bom Pastor!

Envio meus sentimentos
Da ausência da mãe,João
Que falta faz no momento!
Deus console teu coração!...

Quiz Com certeza o Senhor
Aos céus promove-la agora;
Com os santos, livre do mal.

Pois na terra ela só semeou
A paz e amor,"a irmã Glória"
Deus a levou ao Reino Celestial!

(Homenagem póstuma à sua mamãe
Glória)

Seu irmão Laerço que muito te estima. Maceió. 23/8/2011
João, somente hoje foi que soube do falecimento da sua mamãe, ao olhar o Olhar Cristão.
João, eu enviei o meu livro que editei de poesias,"Poesias do Coração", e enviei um exemplar para você, está no Salão do meu filho Lailtom. Pegue com ele, é seu, grátis! Meu abraço, Dê a paz a Cleuzenir e as suas filhas.Sinto sua ausência.
Paz do Senhor;

claudiopimenta disse...

que belo exemplo e testemunho cristao

minhas condolencias pela sua mae!

tenho certeza que os anjos a levaram a gloria!

que O Senhor te console!

Anônimo disse...

Também perdi minha mãe, em agosto. Senti a dor que o Sr. sente. Porém, como a do Sr., ela é uma remida, e teve uma vida ativa na igreja. O legado do testemunho de mães do Senhor! É precioso demais, pois a morte de um ou uma serva fala mais alto do que sua vida, pois é o resumo desta.
Que o Senhor cure sua dor.