terça-feira, junho 28, 2011

Resultado da votação do "PL 122" do Rio de Janeiro

.

O QUE ACONTECEU COM A VOTAÇÃO DA PEC 23/2007


Bandeira do Estado do Rio de Janeiro

João Cruzué

O Governador Sérgio Cabral começou a sentir o peso do mindinho de Deus. Não ficou impune seu ativismo contra as famílias cristãs brasileiras. Foi ele que entrou com uma ação de inconstitucionalidade no STF de onde procedeu votação favorável a introdução do "terceiro sexo" e do casamento gay, ao arrepio do inciso III do artigo 226 da Constituição Brasileira. Você sabia disso?

Ou será que foi por acaso que o Governador viu a morte de perto quando deixou seu lugar na primeira viagem do helicóptero que caiu lá na Bahia? E as consequências políticas do episódio que trouxeram o foco da imprensa sobre suas relações com grandes empresários do Rio? Foi uma simples coincidência?

Deixando isso de lado, pois não é este o propósito do texto, foi um verdadeiro massacre a votação da PEC 23/2007 - o PL 122 - do estado do Rio, que pretendia ser o 4º Estado brasileiro a introduzir o termo "opção sexual" entre as garantias individuais da Constituição Estadual.

Resultado da votação: 39 x 2. Trinta e nove contra.

Era tanto pastor e famílias no plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Rio, que os parlamentares - normalmente tão "modernos" pelas costas do povo, não tiveram coragem de aprovar o texto pretendido pelos homossexuais. Sob a devida pressão, político não vacila: vota pela própria sobrevivência.

O povo dá mesmo um cheque em branco para um político. Mas estamos diante de novos tempos, em que a informação não fica mais escondida. Não se pode mais preencher aquele título com qualquer coisa que venha a cravar nas costas dos eleitores. Pelo menos no meio evangélico é assim. Fez besteira, a irmandade nunca esquece. Tem memória de elefante. E os mesmos bumbos (blogs) que elegem e enterram políticos desde Bill Cliton também estão começando a emitir sinais de fumaça no Brasil. E crente adora mexer com blogs, twitter, orkut, facebook - somos apaixonados por comunicação.

Sabe quem estava lá acompanhando os crentes? O Pr. Silas Malafaia, o Pr. Marcos Gregório, o Pastor Abner Ferreira...

Foram 39 votos contra o parecer do relator. Acabou!

Os cristãos estavam quietos. Aí, com o velho e roto discurso de "país laico", uma minoria esperta pretendia continar colocando cabresto nas famílias cristãs. O país é laico, na verdade, mas 75%¨de seus cidadãos são cristãos. Isso significa votos. O combustível que alimenta ou sepulta qualquer carreira política.

Isso é democracia. Não é o melhor dos regimes, mas é o único em que a minoria não impõe seus conceitos e atitudes sobre a maioria dos cidadãos.

Mexer com o povo evangélico é correr o risco de enfrentar os juízos de Deus. Se Ele não quiser não vai acontecer nada. Mas se Deus decidir humilhar e derrubar a soberba de qualquer pessoa, seja do presidente ao um morador de rua, ela não se ergue nunca mais.

Ninguém é obrigado a crer nisso, mas a Bíblia está cheia de exemplos de quedas. Por isso é bom pensar no contraditório, para não cair do cavalo.



Nota: Quero deixar aqui publicamente meus parabens aos irmãos Paulo e Rubens Teixeira pelo agito que têm dado através do blog www.holofote.net. Valeu irmão Rubens! Aquele "Prêmio Blogueiro Cristão de 2007" foi uma excelente escolha.





.

5 comentários:

Carolina Tavares disse...

Deus seja louvado!!

KETY disse...

Louvado seja Deus por esta vitória

Ailton Silva disse...

conforme lição 1 (3 trimestre 2011), reino de Deus não é comida e nem bebida, é JUSTIÇA, Glória a Deus

Aluizio Araujo disse...

É de grande importância essa vitória dos cristãos em relação a PL 122no Estado do Rio de Janeiro. Infelizmente alguns parlamentares fazem o jogo do faz de conta votando apenas pela sua própria sobrevivência ou continuidade. Mas a pressão da opinião pública provou mais uma vez que pode muito em seus efeitos. Outra abordagem que o irmão enfoca é sobre nossa democracia que precisa 'na minha opinião' de muita atuação do povo em vez de omissão para que seja uma justa representação de nosso povo. Graças à Deus pelo discernimento divino que abre os olhos dos seus filhos para que eles façam a sua parte. Um abraço João Cruzué e aos demais irmão dessa cominidade. Aluizio Araujo

Viva Bem Brasil disse...

Senhor, levante a tua igreja a marchar, não somente nas principais avenidas das grandes metrôpoles. Mas nos morros, onde a marginalidade comanda os cidadãos de bem. Para esses homens sejam libertos. E o que dizer dessa comunidade intitulada de Gays. Têm Misericórdia Senhor.