domingo, outubro 31, 2010

Dilma Vana Rousseff, 40ª Presidente do Brasil, é de Minas Gerais


.
D I L M A


A PRIMEIRA MULHER NA PRESIDÊNCIA DO BRASIL


Dilma Vana Rousseff Linhares

Conforme já era esperado pelos grandes institutos de pesquisas de opinião - Datafolha, Ibope, Sensus e Vox Populi a mineira e gaucha Dilma Vana Roussef conquistou nas urnas o direito e a autoridade de governar o Brasil de todos os brasileiros a partir de 1º de janeiro de 2011 até 31 de dezembro de 2014. Ainda não sou eleitor de Dilma, mas de hoje em diante, tenho um compromisso de oração por ela - assim como todos os eleitores evangélicos - para que ela seja próspera, tenha saúde e governe ainda melhor que o presidente Lula.

Convido você a conhecer sua Biografia de Dilma Roussef , ainda não oficial, está de uma tradução que fiz do primeiro jornalista búlgaro que veio ao Brasil especialmente para acompanhar uma descendente de búlgaros ascendendo ao um dos maiores países do mundo.

Minha oração: Senhor Jesus Cristo, abençoe a Sra. Dilma Rousseff , nossa futura Presidenta, com muita saúde, paz, bons e leais ministros e paciência; que tenha muita sorte e seja feliz no exercício da presidência do Brasil.


João Batista Cruzué
Editor do blog olhar cristão




.

31 de outubro de 2010 - 493 anos da Reforma Protestante

.
Blog Olhar Cristão

"Por isto, não posso nem quero renegar nada,

porque ir contra a própria consciência não é seguro nem saudável."

(Martinho Lutero)



Joseph Fiennes - no papel principal de Lutero.

João Cruzué

Hoje, 31 de outubro de 2010, faz 493 anos que um frade alemão afixou uma crítica com 95 teses na porta da catedral católica do Palácio de Wittemberb. O primeiro passo para uma Reforma ainda não concebida. Lutero era um mestre católico de Teologia. As circustâncias e o plano divino o conduziram à Reforma. Se esta obra fosse concebida apenas por homens, teria sido esmagada e desarraigada para sempre. Mas não era. Eu quero deixar neste texto alguns fatos e fotos para celebrar as conquistas que a humanidade obteve com a Reforma. A Imprensa é apenas uma delas; e aproveito para orar ao Senhor, como fez Habacuque, e que outras grandes Reformas aconteçam para que a lama da corrupção, do desvario e do pecado seja sacudida para dar lugar a outras primaveras na vida do Cristianismo.

Em 25 de maio de 2010 p.p., foi a data do 489º aniversário da publicação do Decreto de Worms - o desfecho da decisão do Imperador Carlos V e do núncio papal Girolamo Aleander, depois da conclusão da Dieta de Worms, em 19 de abril de 1521. Data em que Lutero declarou publicamente, diante do Imperador, da nobreza germânica e do representante do Papa Leão X, que não renegaria seus escritos nem revogaria suas teses. Por causa disso, em 25 de maio de 1571, um mês depois, Lutero foi declarado herege e sua cabeça foi posta a prêmio pelo Édito de Worms .

ÉDITO DE WORMS
Tradução de João Cruzué.

"Por esta razão, proibimos que toda e qualquer pessoa, de agora em diante, ouse por palavras ou obras, receber, defender, abrigar ou favorecer o dito Martinho Lutero.

Pelo contrário, nós o queremos capturado e punido como merece um notório herege, que deve ser trazido diante de nós ou ser mantido em segurança até que os que o prederem nos informem, para que ordenemos a maneira apropriada de como proceder com o esse Lutero.

Aqueles que ajudarem na sua captura serão generosamente recompesados pelos bons ofícios."



As ilustrações abaixo são algumas imagens clicadas do Filme "Luther"

Lutero foi convocado pelo Imperador para ir a Worms e renegar as 95 teses que publicou contra as práticas abusivas e antibíblicas da Igreja Romana.


O núncio Papal Girolamo Aleander e o Imperador Carlos V


Príncipe Frederico da Saxônia, Tio de Carlos V e protetor de Lutero

O mentor espiritual de Lutero era Johann von Staupitz,

O embate entre Aleander e Lutero - no ápice do filme.


Lutero, você renega seus livros e as heresias que eles contêm?


"A menos que me convençam mediante o testemunho das Escrituras e claros argumentos da razão, porque não acredito em Papas nem em Concílios, já que está provado que por tantas vezes se contradisseram, pelos textos da Sagrada Escritura que já citei. Minha consciência permanece cativa à Palavra de Deus - renegar, eu não posso!



Por isto, não posso nem quero renegar nada, porque ir contra a própria consciência não é seguro nem saudável."



E assim, o imperador Carlos V da Alemanha, se retirou irado e envergonhado diante do clero e da nobreza alemã. Um mês depois redigiu e mandou publicar o Édito de Worms, em 25 de maio de 1571, declarando Martinho Lutero fugitivo e herege, banindo suas obras da Alemanha. O estopim da Reforma estava armado. É a História.



Não deixe de ler: Las Cinco Solas de la Fe Evangelica


Veja o magnífico trailer no YouTube

http://www.youtube.com/watch?v=r5P7QkHCfaI



Comentário: parafraseando um colega Márcio de Souza do Púlpito Cristão: "Halloween o 'caramba'!' Viva a Reforma Protestante" É por isto que os Estados Unidos vão mal. Estão trocando a salvação pela graça, pelo dia das bruxas. E pior, estão financiando a vinda desta porcaria para as escolas brasileiras. Dia 31 de outubro é o dia de comemoração da Reforma Protestante.
.




.

sábado, outubro 30, 2010

Momentos da Reforma Protestante: A derrota da Invencível Armada

.

Invencible Navy
A "Invencível" Armada

Daniel Dañeiluk

Tradução: João Cruzué


Lá pelo fim do século XVI, a Contrarreforma já se havia estabelecido e o catolicismo recuperava o terreno que outrora foi conquistado pelos protestantes. Por certo, não pela força do convencimento, senão pela aniquilação sistemática. Entretanto houve um momento na História que se definiria o destino da Reforma: sua consolidação ou seu desaparecimento.

Desde 1556, Felipe II reinava em Espanha, pela Casa dos Habsburgo, aliados de Roma e arqui-inimigos dos protestantes. No apogeo de seu poder, decidiu invadir a Inglaterra - então um bastião protestante. Para este objetivo, ele preparou uma força naval imensa que foi chamada de "A Invencível Armada".

El 20 de Mayo de 1588 partieron de Lisboa rumbo a Inglaterra, 130 buques, con 8.253 marinos, 2.088 remeros y más 19.295 hombres de guerra. Las posibilidades británicas eran escasas, pero no la decisión de la Reina Elizabeth I. Lejos de cualquier idea de acuerdo o capitulación ordenó la defensa y convocó a una campaña de oración. Y lo impensable ocurrió.

Em 20 de maio de 1588 partiram de Lisboa rumo a Inglaterra 130 brigues com 8.253 marinheiros, 2.088 remadores, mais 19.295 homes de guerra. As possibilidades britânicas eram escassas, mas não segundo a visão da Rainha Elizabeth I. Longe de qualquer ideia de acordo ou capitulação, ordenou a defesa e convocou uma campanha de oração. E o impossível aconteceu.

As forças de Felipe II foram surpreendidas em meio a mais terrível das tempestades. Alguns historiadores contana que o clima era tão adverso e a confusão de tal magnitude, que a esquadra espanhola foram dispersas, enquanto algumas de suas naves se chocaram entre si. Enquanto isso, na costa inglesa, o clima se mostrava mais tranquilo, com ventos mar adentro que favoreciam o alcance dos canhões, de tal maneira, que os ingleses levaram bastante tempo em se darem conta da magnitude das baixas que os frustrados invasores haviam sofrido.

Como resultado desta batalha, o equilíbrio das forças mudou até os dias de hoje. Entre outras consequências, os ingleses passaram a dominar os mares e o destino do desaparecimento da

Depois da catástrofe, Felipe II disse: "Eu enviei minhas naves para lutar contra homens, não contra tempestades." Por seu lado, a Rainha Elizabeth I mandou fazer uma inscrição que dizia: "Deus soprou e foram dispersos"




El Ojo Protestante blog




.

Contrarreforma - um dos maiores genocidios seculo XVII


.
2010 - 1517: 493 anos da Reforma Protestante.

.
Lista de Livros proibidos

Stephanie & Daniel Dañeiluk

Tradução: João Cruzué


Depois de cinquenta anos a Reforma já se havia consolidado na maior parte do território europeu. Quase toda Alemanha, Suiça, Escandinávia, Holanda, Inglaterra, Escócia, Bohemia, Áustria, Hungria e parte da França estavam embebidas do protestantismo. Esta situação, em extremo grave para a Igreja de Roma, fazia escorrer pelos dedos mais de 1000 anos de dominação, precisava ter uma resposta na medida.

Em 1540, Ignácio de Loyola foi encarregado de criar uma força especial contrarreformista. Nascia ali a Companhia de Jesus, cujos integrantes se tornaram conhecidos por jesuitas. Seus membros, cuidadosamente escolhidos e aprovados, que além de guardar os votos usiais da vida religiosa (obediência, pobreza e castidade), deviam jurar especial fidelidade à Santa Sé, para estarem dispostos a ir aonde o Papa os enviasse e realizar qualquer coisa para alcançar o objetivo definido.

A Companhia de Jesus cumpriu seus objetivos com malévola eficiência. Esta organização paramilitar, apelando para atividades de espionagem, subornos, sequestros, torturas, assassinatos e todo tipo de maldade imaginável, operou com total impunidade em prol da destruição da Reforma, sobretudo a partir do aval outorgado pelo Concílio de Trento (1545-1563).

Os jesuítas, junto com a Inquisição e os exércitos de reis leais a Roma, principalmente os da Casa de Habsburgo, constituíram o tridente que atacaria a Reforma.

Se a Reforma se caracterizou por aproximar o povo e seus líderes da valorização do homem, da liberdade, do progresso e da tolerância, apesar do dissenso; sendo suas principais armas as palavras e as letras, e pelo uso da espada (salvo exceções) em legítima defesa, a Contrarreforma se caracterizou por um objetivo: a aniquilação sistemática das pessoas suspeitas de serem partidárias dos protestantes.

El resultado de la Contrarreforma fue el genocidio más grande de todos los tiempos. Los católicos retomaron el control del sur de Alemania, Bohemia, Austria, Hungría, Polonia y Bélgica, y se consolidaron definitivamente en los países meridionales como Portugal, España e Italia.

E como prova disso falta apenas estes dados: No início do século XVII (1601) os protestantes constituiam cerca de 80% da população da Bohemia, estimada em 4 milhões de habitantes. Depois das operações da contrarreforma ficaram apenas 800 mil. Todas católicas"


Blog El Ojo Protestante
Buenos Aires - Argentina




Comentário: Lutero, ao meu ver, não era protestante quando liderou a Reforma. Era um zeloso professor católico preocupado com as heresias praticadas pelo Clero romano. Depois da Dieta de Worms a mudança se concretizou de fato.




Se eu pudesse viver 100 anos

.
100
João Cruzué

A vida é uma bênção, mesmo que por certos momentos pensemos na morte, há muito por fazer. Muitos culpam Deus pelas misérias humanas, esquecendo-se que cada um de nós fizermos parte de uma cultura individualista, egoísta, indiferente, negligente e omissa. É possível ser feliz sozinho? Eu creio que não. Olhando para um chip de computador, ali são milhões de transistores, cada um cumprindo seu papel harmonizando-se no conjunto e o apóstolo Paulo também faz uma analogia usando o corpo humano, onde Cristo é a cabeça e no qual todo corpo é bem ajustado e ligado com o auxílio de todas as juntas e segundo a operação justa de cada parte, faz o aumento do corpo para sua edificação em amor. Para viver 100 anos é preciso estar muito envolvido com as pessoas que nos cercam. De outra forma não vai valer a pena.

É apenas uma questão de tempo para que a medicina descubra terapias de anular os efeitos do "enferrujamento" que o oxigênio produz em cada célula. E a luz do sol apressa nossos dias, que são como uma sombra ligeira no relógio da eternidade. Qual será a resposta para alcançar uma vida que dure um século? A paz certamente é uma delas. Descobrir um propósito maior que faça outras pessoas felizes, outra. Foi Martin Luther King que disse que "Se um homem não descobriu ainda uma causa por que possa morrer, então não está preparado para viver. Uma causa por que pensar, insistir e lutar.

Estamos no final de outubro, a um dia da decisão pelo voto, se Dilma ou Serra guiará o país nos próximos quatro ou oito anos. Estamos observando o bradar de muitas "causas". Saúde, aborto, educação, bolsa família, petróleo, combate à corrupção... Evidentemente, ninguém pensa em morrer por elas. Políticos são mestres na arte do ilusionismo, ao dar publicidade a um evento pequeno para que outros pensem que é global. Anunciam um projeto, para que as pessoas comuns pensem que é matéria legal. É difícil ver um político atual atingir uma vida longa. Esta semana morreu Néstor Kirchner: com 60 anos de idade.

Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de estar envolvido em atividades inerentes ao talento natural que recebi de Deus antes de chegar à vida. Imagino que ao ficar ocupado no caminho, terei tempo de mostrar o amor de Deus em mim. Eu penso que nossos talentos são riquezas medidas em padrões de solidariedade. Amor. Compaixão. Quando eu leio São João 5, vejo Jesus atento às necessidades de um paralítico há 38 anos. Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de aprender mais sobre estar atento às necessidades do próximo. Mas nossos dias são diferentes,;fazemos parte de uma geração de sacerdotes e levitas e mesmo que saibamos disso, não conseguimos mais ter a compaixão do samaritano.

Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de me envolver mais com alfabetização e educação. O Brasil tem mais de 100 milhões de pessoas que não concluíram um ensino médio. Esta dívida de iletramento faz com quem milhões de brasileiros trabalhem mais e ganhem menos. Essa renda mal distribuída abre brechas para que o tráfico tenha mão de obra farta em meio a um exército de reserva mal remunerado.

Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de trabalhar integralmente como Pastor de almas. Um pastor que não pregasse tão bonito, mas que conquistasse muita intimidade com Deus. Um Pastor que abrisse portas pela oração. Um Pastor que fosse guiado pelo Espírito Santo, que todo dia não voltasse para casa sem que tivesse levado o amor e a compaixão de Deus à uma alma necessitada. Se eu pudesse viver tanto tempo, gostaria que Deus me concedesse dias em que fosse aos hospitais orar pelos enfermos. É uma verdadeira desgraça o que temos visto nos últimos dias: pessoas morrendo no meio da rua entre dois hospitais públicos, cada um dizendo que a culpa foi do outro. Há muitos lázaros morrendo nos leitos dos nosocômios, cujas folhas de pagamento consomem 2/3 do orçamento. A seguir vem os serviços terceirizados e a "merrequinha" que sobra vai para os medicamentos. Organizações voltadas para o bem estar próprio, aleijadas, pois já perderam as mãos. As mãos samaritanas.

Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de gastar todos esses dias envolvido com a vontade do Senhor. No ano de 2001 eu estava desempregado. Há nove anos desempregado. De repente recebo a carta de um preso em minha casa. Não tinha dinheiro para comprar literatura nem enviá-la pelo correio para as pequenas Igrejas do Cárcere entre as Penitenciárias do Estado de São Paulo. Mas era o serviço que o Senhor tinha reservado para que eu fizesse. Então, por dois anos e meio eu andei pelas Igrejas da Zona Sul da Capital paulista atrás de revistas usadas de Escola Dominical. Cada caixa que despachava para a prisão era uma alegria muito grande. Mesmo que à volta as pessoas criticavam, desaprovavam, eu dormia sem dinheiro, mas acordava com alegria por causa da presença de Deus. Eu fazia o que Ele queria, e por causa disso a alegria do Senhor era a minha força.

Se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de praticar a política todo dia. O Brasil é muito rico, mas tem um povo pobre. Muitos brasileiros, parafraseando o falecido Dr. Enéas Carneiro, na verdade ainda não foram promovidos a pobre, pois ainda estão na miséria. Eu vejo isto cinco dias por semana, a caminho do trabalho. Pessoas dormindo à beira das calçadas, embaixo dos viadutos, às vezes sem nem um jornal para cobrir o corpo nesses dias frios. É preciso de um coração com muito amor para tirar essas almas do chão da rua para sejam pelo menos promovidos a "pobre". Curiosamente o Orçamento da nação passa da casa dos 1,477 trilhão; do Estado de São Paulo de 140,6 bilhões e da Capital paulista de 34,6 bilhões. Estes recursos precisam chegar até onde são necessários, sem entender o conceito pleno de cidadania nem a missão de autoridade política ocorre algo paradoxal: há o dinheiro, mas não existem pessoas que concebam projetos e briguem para que os recursos sejam executados no destino. E isso pode ser feito sem ser um representante político, apenas exercendo uma cidadania, digamos samaritana.

Por fim, se eu pudesse viver 100 anos, gostaria de vivê-los todos os dias cercado de crianças, para viver cercado de gente que fala o que pensa sem esconder a verdade. Que ainda sabem demonstrar carinho e amor sem nem saber o significado dessas palavras. Não podemos ser avatares de nós mesmos. Atores. Precisamos ser agentes; agentes do amor de Deus; agentes da Compaixão de Deus. Mas para isso precisamos aprender como chegar mais perto de Deus, para que sua presença nos ensine a olhar e ver, ouvir e escutar, alegrar com os que riem, e chorar com os que choram. E o que posso fazer para me aproximar dele, se é o querer Dele que decide se posso ou não? Há tantos mais santos que eu, por que seria eu presunçoso ao ponto de sonhar com a presença de Deus em mim, como foi na vida de Paulo e Moisés? O que eu sei é que estas coisas não vão fazer de mim uma pessoa que todos queiram abraçar, como o próximo vitorioso ao Planalto.

Seu eu pudesse viver 100 anos, e conseguisse que todos meus desejos se cumprissem, eu certamente precisaria enfrentar o fato de que morreria feliz, apesar de só, pois olhando para o passado, o mundo somente ama aquilo que é seu. Mesmo sabendo disso, teria valido a pena.


cruzue@gmail.com
SP.30.10.2010.

.



Quem ganhou o debate da Globo - Serra ou Dilma?


DEBATE? QUE DEBATE?

Foi uma sabatina com 12 perguntas e respostas calibradas para o perfil e o Estado do "indeciso"

São 23:17'. William Bonner acaba de anunciar o último bloco do "debate" dos candidatos à presidência do Brasil, William Bonner acaba de anunciar o último bloco do "debate" entre Dilma e Serra, candidatos à presidência do Brasil. Não há debate; são perguntas sorteadas e repostas. Uma sabatina. de 12 perguntas feitas por 12 brasileiros "indecisos". Pelo menos, nos poupou daquela velha fórmula. Os dois se esgrimindo vestidos de uma "armadura" pesada. Além da "trava" que eles já possuem.

O Plínio, do PSOL ,tinha muito mais humor e língua mais solta para divertir o telespectador. Marina também fugia ao perfil sem carisma desses dois candidatos que foram para o segundo turno. Ou pior: que os dois são um zero para fazer debates. Derspertam sono dos telespectadores. Quem gravou, quando voltar do trabalho daqui alguns dias, pode utilizar para pegar no sono. fora dali cada simpatizante vai dizer que seu preferido ganhou o debate. Que debate?

A Globo fugiu da velha fórmula, sorteando as perguntas cujos autores representam o eleitor que vai decidir a eleição dia 31. A costureira, o pequeno empresário, o funcionário público, ou seja pessoas da classe média baixa. Os candidatos não trocaram uma palavra sequer durante a sabatina, a não ser nos cumprimentos iniciais. Não teve nenhuma cotoveladinha nem uma "sainha justa" tudo bem pasteurizado com o ambiente "cool" perfeito que só a Globo sabe fazer. Faltou o principal: a performance apaixonada dos dois "debatedores".

--Eu vou construir 150 policlínicas de especialidades. Dizia Serra. "Eu vou propor uma medida pra que a merenda escolar do Pará tenha castanhas" acompanhada do intróito: Você fez uma pergunta de fundamental valor... Difícil a coisa.

Nos tempos dos vovôs da política era mais atraente. Dizem que Jânio Quadros levou para o palanque uma gaiola com uma ratazana dentro. Seu adversário era o criador do "rouba, mas faz" - Adhemar de Barros. A certa altura do discurso, Jânio levanta a gaiola e diz: Se vocês me elegerem eu vou boar aquele "rato" atrás das grades..." O povo ia à loucura. Eu também vi Brizola debatendo, falando depois da morte do Plano Cruzado. "Eu vi e o apalpei. Tinha cabeça de jacaré; escama de jacaré; rabo de jacaré, não podia ser outra coisa, que não um jacaré.

Debate? Não, não houve. A não ser as policlínicas e a castanha do pará na merenda escolar, não vou me lembrar de mais nada.

Agora há pouco , Dilma estava falando sobre colocar a castanha do pará na merenda escolar da amazônia. Eu gostei mesmo foi da pergunta da mineira, que disse que os hospitais públicos estão tratando os usuários como se fosse lixo. Nisso ela tem razão: um pessoa morreu esta semana, aqui na Região de Santa Cecília entre duas Unidades de Saúde. Para piorar, ficou quatro horas no meio da Rua. Algo parecido também aconteceu no Rio de Janeiro.

Dilma voultou a defender o "bolsa família". Pessoas em lugar de sacos de cimento. Ela prometeu tirar os outros 21 milhões de pessoas que diz ainda estár em situação de pobreza. Em oito anos não foi possível. É mesmo díficil

Serra sempre puxando a sardinha para sua brasa. Dilma sempre lembrando do "bolsa família" . Uma pauta de doença e pobreza. Acho um paradoxo certas denominações. Por exemplo: "Salário Família - interpretação: a merreca da merreca. Bolsa família, um pouquinho melhor, mas não dá nem para uma pessoa sozinha sobreviver. Uma bolsinha.

Serra agora fala do impostômetro. Quer descobrir a fórmula de como descobrir para onde vai o imposto que todo brasileiro paga. Até o mendigo quando compra um pãozinho. Ninguém escapa. Sobre isso, é uma tristeza saber que os remédios da farmácia têm o dobro de impostos que os medicamentos da veterinária. O remédio do cachorro tem a metade dos impostos que eu pago quando vou comprar dorflex na farmácia. Isto é mesmo uma vergonha.

Agora um pernambucano de Recife, dono de um mercadinho fala da dificuldade que alguns parentes seus têm, para pagar o carnet do INSS. Questão da informalidade da economia. Dilma agora fala do MEI; microempreendedor comercial. Se a contribuição for exagerada, é difícil para alguém pagar. Reduzir os impotos para os pequenos, micro e pequenos empreendedores. Serra disse agora que 50% dos trabalhadores brasileiros (metade) na informalidade. Disse que o MEI, ainda não pegou. Uma lei que ainda não saiu do papel. Falou agora da inicativa do Banco do Povo. Falou da qualificação, curso técnico profissionalizante.

Agora Bonner está falando dos 80 eleitores indecisos que chegaram no "debate"; 12 deles fizeram perguntas diretamente aos candidatos.

E segue-se os agradecimentos.

Dilma agradece primeiro. Ela disse que representa um projeto, que tem o foco principal nas pessoas, não nos números, no cimento ou no tijolo. De valorização das pessoas. Repete suas propostas; reclama de uma campanha "dura". Fala do conjunto de calúnias feitas na internet. Em nenhum momento falou no nome de Deus.

Serra agradeceu ao Bonner, aos 80 eleitores que participaram da sabatina e à candidata Dilma. Ele pede o voto. Ele disse que oferece sua vida, lembra da sua família, do pai e da mãe modestos, lembrou que passou 14 anos exilado no Chile, etc., etc. Falou em avançar muito em saúde, segurança. Também não citou o nome de Deus.

Terminando agora às 23:58 com os agradecimentos de William Bonner.

Debate? não houve.Eu não consegui ver nenhum debate.Foram eficientes em responder aquilo que o autor da pergunta queria escutar, ligando a pessoa a um perfil social. Nada que me animasse. O que vão fazer no governo, não deu para saber.


.


sexta-feira, outubro 29, 2010

Aos Pastores da Igreja Evangélica Assembleia de Deus

.

Projeto de Evangelização Digital.
100 mil blogs cristãos até dezembro de 2012
Da Associação de Blogueiros Cristãos

.
Olhar Cristão
Antes que ela comece a ler, aprenda a publicar na Internet

João Cruzué

Reverendos Pastores:

Os meios de comunicação estão passando por uma mudança radical. A velocidade desta mudança tem sido assombrosa. Creio firmemente que Deus está neste processo, disponibilizando tecnologia de ponta para a divulgação do Evangelho de Jesus Cristo. Decidi escrever este texto, pois tenho uma proposta a fazer. E esta proposta não é nova; tenho trabalhado nela há alguns anos; quanto mais o tempo passa, mais claro fica o caminho. Estou disposto a compartilhar seis anos de conhecimentos de publicação. De graça. O tempo de falar é agora, então por favor, leia. Ore. E o que sua consciência disser: ponha em prática.

Uma geração de crianças está crescendo dentro de nossos lares. Daqui a duas semanas eu vou ser avô. Em menos de dois anos, com a graça de Deus, meu neto já estará colocando seus dedinhos em um mouse de computador. Nossos pequenos são atraídos pelo fascínio destas máquinas; não só elas, mas tudo o que provoca a visão. Eles não vão comprar um jornal na esquina. Jornais são feitos de papel. De um papel que necessita de bilhões de litros de água para chegar à brancura dos grandes rolos armazenados ao lado das impressoras dos grandes jornais.

Eles vão ler, estudar, se informar através de um monitor ou da tela de um celular. É uma mudança que não tem como abortar. Assim como a imprensa de Gutemberg acabou (com o tempo) com a profissão do copista (escriba) a era digital é chegada.

E agora o que faremos?

As lideranças desta Igreja precisa aprender a usar os meios tecnológicos disponíveis para acumular conhecimentos desta cultura digital, para que nossos filhos , filhos de nossos amigos, vizinhos, conterrâneos descubram as boas coisas que podemos escrever e publicar. Sabe porquê eles leem os textos dos ateus, dos incrédulos, dos ímpios? Por que está faltando escritores crentes na internet. Somos mais de 30 milhões de evangélicos neste país. Apenas considerando os professores de Escola Dominical das Assembléias de Deus, por baixo, há mais de 50.000.

cinco anos eu comecei a publicar o blog Olhar Cristão. Levou dois anos para que eu alcançasse 7.000 visitantes. Sete mil em dois anos. Apenas nesta última semana, foram 12.000 os visitantes. Se eu tivesse desistido, desanimado, continuado apenas como um leitor passivo, não teria alcançado este patamar. É muito pouco, em vista dos blogs esportivos, de fofoca e de artistas.

Sou uma pessoa comum. Não tenho fama, nem Pr. antes do nome. Mesmo assim, há mais de três anos, o Blog Olhar Cristão tem sido o primeiro "blog cristão" na busca do Google. Espero que em breve possa ser superado por outro blog cristão mais focado que o meu.

Por que é importante publicar conteúdo cristão na Internet? Nossos jovens precisam dominar a arte da comunicação. Todo líder tem uma característica marcante: ele lê muito. E quem lê também pode colocar seus pensamentos, sua visão em um texto. Um blog é uma oficina digital, onde você aprende (com o tempo) as estratégias de comunicação digital. É o meio mais fácil, para começar a ser um agente digital de boas novas. Quanto mais cristãos escreverem, mais estarão lendo, se informando e formando opinião.

Eu tenho um sonho. Neste sonho eu posso ver 100 mil líderes cristãos formando opinião com seus escritos e comentários na Internet. O milagre não acontece da noite para o dia; ele acontece pela insistência. No momento, usar uma rede de televisão é o meio mais eficiente para comunicar o Evangelho. Mas quando eu percebo que simples vídeos no YouTube chegam a alcançar milhões de visitas em apenas um dia, eu imagino que não podemos ficar de fora desta nova cultura de comunicação. Em lugar de leitores passivos, é preciso que cada moço, moça, adolescente e vovô que goste de ler, ministrar, escrever seja desafiado, incentivado, que alguém os provoque a abrir o olho para esta oportunidade que Deus colocou diante de nós.

Por que um texto dirigido a Pastores assembleianos? Porque a juventude desta Igreja é a maior e mais participativa em espaços digitais, como comunidades Orkuts, MSNs, Facebooks, etc. Em 2007 havia mais de 800 comunidades de Orkut. somente das Assembleias de Deus. Não há como deixar de ver isto. É uma liderança natural.

E, no que precisar, para que alguém saiba como começar, o que escrever, como escrever, onde se pode criar um Blog gratuitamente, aqui entra o meu trabalho. Desde 2007 venho fazendo isto. Meu testemunho e trabalho é conhecido dentro e fora do meio evangélico. Não sou um dr. sabetudo, apenas alguém que gosta de escrever e comentar mensagens e textos sob um olhar cristão. Em português, inglês, espanhol e alemão.

Tudo o que peço é que observe os talentos que há dentro da sua Igreja. Família. Comunidade. Você não tem nenhuma obrigação de dizer qualquer coisa para mim. Que este compromisso seja assumido por você com o Senhor. Sabe, por muito tempo eu via nas estantes das livrarias apenas livros de autoajuda de autores espíritas. Enquanto isso, nossos escritores evangélicos tinham um pequeno mercado cativo nas livrarias evangélicas. somente de uns dois anos para cá eu comecei ver autores evangélicos naquelas estantes.

Se você, tanto quanto eu, desejamos passar por uma megastore secular, uma banca de jornal, e contemplar 05, 10, 15 títulos de autores evangélicos, saiba de uma coisa: é preciso de uma oficina para praticar a arte de escrever textos. Esta oficina tem um nome: Blog. Para começar, basta ter um email em www.gmail.com e depois abrir gratuitamente um blog em www.blogger.com . Saiba mais sobre blogs neste endereço: curso de blogs. E neste outro: como blogar.

Pense nisto: 100 mil blogueiros cristãos até o final de 2012. Hoje eles são em torno de 20.000. Eu prefiro mil vezes ler um testemunho de um escritor crente iniciante, que as palavras venenosas de um ateu que pisa no nome do Senhor. E Um desses talentos cristãos que pode ser lido no mundo inteiro, está bem dentro da sua Igreja, e nem sabe que se este talento for revelado e consagrado à glória de Deus, vai mostrar ao mundo que o Brasil tem escritores melhores que Paulo Coelho.


Irmão João Cruzué
* Presbítero da Igreja Ev. Assembleia de Deus
* Auditor do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo

* Administrador da Associação de Blogueiros Cristãos

Fale conosco: cruzue@gmail.com





.

quinta-feira, outubro 28, 2010

A humildade de Yang Peiyi


“A humildade precede a honra.”

(Provérbios 15.33)

Yang Peiyi
Renato Collyer

Blog do Renato

Yang Peiyi. Seu rosto não foi visto por mais de 90 mil pessoas ou por milhões de telespectadores de todo o mundo. As manchetes dos principais jornais chineses do ano de 2008 não estamparam sua foto na primeira página. Sua face gordinha e seus dentes levemente tortos não foram capa das revistas chinesas mais lidas daquele mesmo ano. Na verdade, pouco se sabe sobre ela. Sabemos somente que sua bela voz foi capaz de arrebatar os corações de todos que acompanharam, maravilhados, a abertura dos Jogos Olímpicos, na China.

Yang foi a vencedora de um concurso que escolheria a criança perfeita para cantar na abertura dos Jogos. O conceito de perfeição, entretanto, mostrou-se relativo para os organizadores do evento. No lugar de Yang, uma outra menina, de nove anos, apenas dois anos mais velha que ela, fez sua apresentação. Magistral. Brilhante. Impecável. Porém um único detalhe faria toda a diferença: a voz que todos ouviram não lhe pertencia. Era a voz da pequena Yang.

O “anjo sorridente”, nome que recebeu Lin Miaoke após sua belíssima apresentação, ganhou notoriedade. Lin já possuía certa fama em seu país, por já ter feito alguns comerciais para televisão. Mas quando você ganha um título (e, por sinal, um título lindo como “anjo sorridente), o estrelato acaba sendo inevitável.

Nada de holofotes para a pequena Yang Peiyi. Sem sessões de fotos ou horas sentadas na cadeira do maquiador. Seus cabelos não precisaram de um belo penteado. Suas unhas não foram pintadas, ou sua pele cuidada. Afinal, ela não iria ser o centro das atenções.

Sem luzes, flashes, ou espelhos por toda parte. Yang não queria isso. Yang não fez questão disso. Sua belíssima voz foi capaz de ultrapassar os muros do preconceito e da falsa noção de beleza, discretamente presente no mundo oriental.

Nada de jantares com famosos ou distribuição de autógrafos na escola para Yang.

A propósito, quando perguntada por jornalistas acerca do ocorrido e sobre como estava se sentindo, Yang Peiyi apenas disse que se sentia feliz por ter sido a voz ouvida pela multidão. Em outra ocasião, a pequena Yang disse ao jornal chinês “China Daily” que não estava arrependida de ter emprestado a voz a Lin e que ficara feliz por ter participado da cerimônia.

Você participou, Yang. Muito mais do que imagina.

A pequena Yang nos ensinou uma preciosa lição. A verdadeira beleza está na humildade. Não está simplesmente nos olhos de quem vê, mas na emoção de quem transmite o que é verdadeiramente belo.


Visite este Blog: Renato Collyer



Escola Dominical - Mensagem aos superitendentes e professores de EBD



Mensagem de João Cruzué

sobre publicação de textos cristãos na Internet


APRENDA A PUBLICAR!

Antes que ela comece a ler, você precisa aprender a publicar.

Por João Cruzué

Caro Superitendente, amado professor/a

Tenho a honra de me dirigir a você para falar de um assunto importante para a Igreja e o Reino de Deus. Isso mesmo, sem nenhum outro propósito. Por favor, gostaria que lesse este texto até o fim. O assunto principal : há três anos venho aprendendo e compartilhando meus conhecimentos de publicação de conteúdo cristão na Internet, a partir de uma oficina virtual de trabalho - conhecida por Blog. Um espaço gratuito, que já elegeu dois presidentes americanos, mas ainda não atingiu seu potencial de popularização entre os líderes cristãos brasileiros.

Em 2004, eu digitei a palavra "church" na barra do navegador e esperava que abrisse um site cristão. Naturalmente como a palavra (igreja) estava em inglês, imaginei que surgisse alguma coisa cristã evangélica ou católica. Mas para minha grande surpresa, abriu-se o site de uma igreja satanista. Na época eu tive um pensamento crítico: Como o povo da Igreja do Senhor pode ser tão 'atrasado'. Tão "mole". Imagina... com Igrejas em todos lugares do mundo, nenhum filho de Deus foi rápido o bastante para que ao digitar a palavra "church", eu pudesse ler alguma coisa do evangelho em um endereço cristão?

Foi aí que percebi que a carapuça servia justa na minha cabeça. Eu era cristão. Eu pertencia a Igreja. Eu era a Igreja. E além disso, era o "atrasado" em tecnologia e o "molenga". Entendi que poderia ter feito alguma coisa, mas era apenas mais um leitor passivo. Foi aí que comecei a pensar em publicar meu testemunho na Internet.

Como eu tinha ficado mais de 11 anos desempregado, assunto era o que não me faltava. Assim, comecei a publicar meus testemunhos no primeiro site do Pastor Silas Malafaia. Como isto foi em 2004, nem me lembro mais do nome dele. Aquele site tinha um contador de visitas para cada texto. Assim descobri que meu testemunho, na época já não mais desempregado, era um dos mais lidos. Eu já vinha tentando escrever alguma coisa usando uns blogs bem rudimentares do UOL. Mas um dia, andei pesquisando quem oferecia espaço para criar blogs gratuitamente, e cheguei até o Blogger do Google, recém- chegado no Brasil.

Para encurtar a história: comecei. Foi muito lento o meu aprendizado. Trabalhei em um curso público, aproveitando uma comunidade do Orkut. Lá não tinha ainda nenhuma comunidade com este nome. Os anos foram passando e eu continuei tentando. Cada ano que passava, mais experiência eu acumulava em publicação de textos cristãos na Internet.

Devagar e sempre. No passo do boi, como ensinava um Pastor meu, já falecido. Hoje, se você digitar na busca do Google estas duas palavras 'blog cristão" vai ver na primeira posição o "Olhar Cristão". Há uns dois anos isto acontece. Todo dia, mesmo não estando no computador, o Olhar Cristão recebe em média, mais de 1.400 visitas. Na terça-feira, deu mais de 2.600 leitores. Mais de 4.000 páginas visitadas por dia. o curioso é que os dois primeiros anos; 2004 e 2005 juntos somaram 7.000 visitas. Dois anos inteiros para sete mil visitas. Coisa que hoje é alcançada em apenas 4 dias.

Um blog é uma oficina de trabalho de uma pessoa que gosta de ler e escrever. Sim, porque imagino que não exista pessoa que escreva, sem que primeiro não goste de ler. Há uns três anos venho trabalhando com o objetivo de levar o máximo de cristãos a publicar textos na internet. Mas eu sei que a maioria deles ainda estão com suas mentes fechadas como ostras. Talvez porque nunca pensaram no assunto; ou porque acham que é a coisa mais difícil do mundo. Ou porque nunca ouviram falar que há pessoas e associações de blogueiros evangélicos, cristãos, na Web que trabalham no sentido de levar cada vez mais pessoas para publicar conteúdo na Internet.

Por que é preciso começar a pensar nisto? Sem rodeios: a geração que está crescendo hoje não vai comprar jornal na banca da esquina. Vai se informar 100% pela internet. Se você continuar sendo apenas um leitor passivo e não mudar de lado, quem vai formar a opinião de seu filho, meus netos, as crianças da Igreja, pode, inclusive, ser um satanista. É bom que se diga a verdade de uma vez. Mas nós não podemos aceitar a última posição na fila, como aconteceu com o assunto "church" no começo deste texto.

Não se aprende tudo em um dia. Fácil, também não vai ser no começo. Mas cada ano que você trabalhar no assunto, serão mais experiências acumuladas. Em 2004 eu era um "zero" em publicações, até que comecei. Hoje, para mim, é razoavelmente fácil publicar um texto e alguns minutos depois vê-lo na primeira página de buscas do Google. Hoje eu sei que devo escrever sobre os mais variados assuntos possíveis para chamar a atenção dos mais variados tipos de leitores. Entretanto o assunto principal está lá no cantinho superior esquerdo: Mensagens de João Cruzué". Hoje sei que o título da postagem tem tudo a ver com o sucesso de visitas dela. Demorei quatro anos para aprender a colocar um menu de site no blog, ao estudar um pouco da linguagem CSS e HTML.

A era da imprensa está passando; a era do rádio como melhor meio de evangelização já passou; a era da TV dentro deste assunto, vai passar logo. A Internet é hoje a maior oportunidade que a Igreja do Senhor já teve, para divulgar o Evangelho globalmente. Se você tem alguma dúvida, olhe uma caixa que rola com nomes de países e quantidades de visitas que vieram deles na lateral direita deste blog. Foram leituras provenientes de 198 países. E olhe que não tenho tido tempo para escrever minhas coisas em inglês ( língua que domino) e espanhol (que leio bem, mas não escrevo).

Por que eu dei título a este texto chamando atenção de Superintendentes e Professores de Escola Dominical? Simples: além de trabalharem com ensino, são as pessoas que formam o conhecimento dos novos (e velhos) cristãos da Igreja. São pessoas que leem, que pensam, que sabem que a tecnologia deve ser domesticada para a pregação da Palavra e formação de discípulos.

Permita-me ainda outro argumento. Há menos de um ano, o Sr Papa Bento XVI, emitiu um comunicado no Vaticano incentivando os párocos locais a estabelecerem também paróquias virtuais, de alcance global. Recomendou que fossem discretos, mas eficientes, estendendo o espaço de suas paróquias além dos limites geográficos. É o que muitos deles estão fazendo. Recentemente, um vigário de Campos, Norte do Estado do Rio, avisou-me por email, que embora discordasse diametralmente da doutrina evangélica, apreciou meu blog e fez uma inscrição dele, para que também pudesse ler o pensamento evangélico no dia a dia.

Dos poucos blogueiros evangélicos que estão publicando conteúdo na Internet, cerca de uns 15.000, alguns dos mais visitados, dentre eles, estão perdendo tempo trabalhando com fofoca evangélica. Escrevendo sobre a vida alheia, espezinhando pastores, agredindo gratuitamente pessoas, enfim, fazendo mau uso de uma oportunidade ímpar. Blogs são gratuitos, mas não sabemos até quando.

Chegando ao mais importante deste texto. Se a Igreja evangélica tem mais de 30 milhões de membros adultos nesta nação, naturalmente terá, ao menos, 300 mil líderes. Certamente mais de 50.000 professores e superintendentes de Escola Dominical, além de pastores, evangelistas, presbíteros, diáconos, líderes de louvor, líderes de adolescentes, líderes de jovens, profissionais liberais, pedagogos, educadores, funcionários públicos, etc.

Você sabe que tipo de informação as gerações de infantes e adolescentes de até 15 anos vão ler na internet? Se Deus quiser e você também, vão ler o meu e o seu texto. É preciso pensar seriamente nisso. Sabe o que penso? Gostaria de conseguir 100 mil blogueiros cristãos que bem escrevessem, de forma inspirada, mas também objetiva para a leitura não só de crianças crentes, mas para as crianças não crentes.

E como elas vão fazer isso se não há quem publique? e como vão publicar se não têm o conhecimento? e como vão adquirir o conhecimento, se não começarem? e como vão começar se não tiverem interesse? E como vão ter interesse se eu não lhes abrir os olhos?

Perdoe-me a presunção. Mas eu pecaria mais, se ficasse calado.

Quando você quiser começar, aqui tem alguém interessado em ajudar. Aliás, já tenho alguma coisa preparada aqui: curso de blog. É ainda bem simples, mas dá para tirar algumas dúvidas.

Irmão João Cruzué

Anote este email: cruzue@gmail.com











.




terça-feira, outubro 26, 2010

Blog a Tenda na Rocha entrevista o Poeta Sammis Reachers


.
DO ATEÍSMO PARA CRISTO

Por Vilma Rejane

Sammis Reachers mora em São Gonçalo-RJ. É blogueiro, poeta, pesquisador, autor de Uma Abertura na Noite e Blindagem Azul, com participação na organização de algumas publicações cristãs. Sammis é também um amigo que muito estimo. Ano passado a seu convite, passei a publicar no Confeitaria Cristã e por sua indicação fui convidada a fazer parte da administração da União de Blogueiros Evangélicos. Bem são muitos os blogs de sua autoria e não dá para linkar todos aqui, mas um dos blogs que tem recebido destaque na mídia nacional, inclusive na Revista Show da Fé é o Poesia Evangélica.

A Entrevista está imperdível. Invista alguns minutos na leitura, Deus falará ao seu coração.

1- Que tipo de experiência te fez mudar do ateísmo para o cristianismo?

Para explicar isso preciso contar meu testemunho, e pode até escandalizar alguns, mas é a verdade, é sobre como fui resgatado. Quando criança eu tinha minha pequena fé. Meu pai, católico praticante, estava então se libertando do alcoolismo – e do catolicismo também -, freqüentando uma igreja evangélica. Ele sempre assistia aos tele-evangelistas (que muitos crêem que não deveriam existir), no que eu o acompanhava. Tinha uns sete anos e lembro que lia e relia um exemplar do Novo Testamento (O Mais Importante é o Amor). Praticamente aprendi a ler ali. Só lia até Atos, pois de Romanos para lá (a parte mais ‘teológica’) eu não entendia mais nada, e então voltava a Mateus... Depois passei a devorar enciclopédias e, enquanto ia crescendo, sempre ávido por conhecimento e mergulhando cada vez mais nas leituras, fui perdendo minha fé, me tornando um jovem amargurado e desiludido. Cortesia de defuntos como Nietzsche, Schopenhauer, Sartre e ampla companhia. Revolta, depressão e literatura: a trinca infernal que me guiava.

Minha maior angústia, que eu relutava em admitir para mim mesmo, era perceber que filósofo algum, poeta, pensador, e mesmo texto sagrado de qualquer religião/cultura me oferecia a resposta que eu buscava. Era duro perceber, era desolador: estávamos todos presos num labirinto, e NINGUÉM CONHECIA A SAÍDA. Então me aferrava ao existencialismo de Sartre e a concepções sócio-políticas anarquistas, ao ‘não há sentido’, ao ‘construa seu sentido’, mas isso era só mais uma faceta, uma máscara do vazio que me parecia preencher tudo o que era humano. Depois que comecei a escrever poesia e a ser publicado em alguns lugares, tudo piorou.

Entrevista integral aqui : Blog A Tenda na Rocha





.

Dilma ou Serra, quem ganhou debate da Record?


Debate na Rede Record
Dia 26.10.10 - final 00:46h.


Atualizado em 26.10.2010 - 00:46h - Final do debate.

João Cruzué

Quer mesmo saber minha opinião a respeito do debate? Bem, foram os mesmos assuntos do enésimo debate anterior. Não houve aprofundamento em nada. Só conversa engessada e "cotoveladinhas" delicadas, do tipo "O candidato mente...; "A candidata faltou com a verdade..." e por aí foi.

Senão vejamos: Banda larga, Prouni, Petrobrás, Paulo Sousa, Erenice, drogas, saúde, Pac, Nordeste, e conversa de quem não tem nenhum plano de governo sério. Só conversa. Por incrível que pareça, apareceu um pouco de ecologia, mas infelizmente sobre a propostas mais sérias sobre Educação ó... nem um pio. Eu gostaria apenas de saber o seguinte: O Brasil é o país mais injusto que conheço sobre a graduação superior dos jovens. Os pobres estudam em escolas públicas de ensino fundamental e médio. Na hora de ir para a faculdade, a má formação dada pela maioria esmagadora das escolas públicas não capacitam o estudante para passar no vestibular de uma Universidade Pública. Assim ele tem que vender a sua pele ( gastar todo seu salário) para pagar uma faculdade particular. Já o estudante de classe média, estuda em escola particular, para depois estudar de graça na Universidade pública, que tem melhor qualidade.

Ninguém propos nada sobre isso. É por isso que o Brasil tem quase 100 milhões de adultos (eleitores) que não concluíram o nível médio. Cada jovem que não consegue sua graduação, deixa um grande prejuízo em termos de renda para sua família e principalmente para a nação, considerando que uma pessoa graduada consegue muito mais renda (em tese) que outra que não tem graduação alguma.

Será que ainda verei alguém propondo coisas do gênero? Em 2010, com certeza não.

Se você me perguntar quem ganhou o debate, eu respondo. Todos perderam. Incluindo a mim que perdi o tempo, para ver as mesmas frases planejadas. Em duas palavras: Café requentado!





.

Psalm 91 - gospel song of Sonicflood

.

PSALM 91

Sonicflood


Sonicflood no Myspace


Lyrics from: Marc Scabilia and Rick Heil

You are the defender of the weak
You are near those in need
You are a peace to those who grieve
My God you are so many things

You are my refuge and strength
You are my hiding place
You hear my voice when I call
Before I say anything at all
In desperate need I cry
Only to realize
The hand that heals the sick
Has my name written on it.

You are the forgiver of my past
You are the pure and spotless lamb
You are the balm that heals the wounds I have
My God You are so many things.


Tradução para o Português

De João Cruzué


Tu és o defensor dos fracos
És o próximo dos necessitados
És a paz dos aflitos
Meu Deus Tu és tantas coisas.

És meu refúgio e força
És meu refúgio secreto
Quem ouve minha voz quando eu chamo
Antes que eu diga qualquer coisa
Em grande necessidade eu clamo
Apenas para observar
A mão que cura o enfermo
Tem meu nome escrito nela.

Tu és o perdoador do meu passado
És o cordeito puro e imaculado
És o bálsamo que cura as minhas feridas
Meu Deus Tu és tantas coisas.


Ouça a música clicando no Sonic da barra lateral




.
.

segunda-feira, outubro 25, 2010

Líderes evangélicos de Capetown 2010

.
Billy Graham - Fundador do LCWE
Lausanne Comitee for World Evangelization



Resumo da segunda-feira, 19.10.2010.

Tradução de João Cruzué

Segunda-feira, primeiro dia pleno de atividades do Congresso, explorou as pressões externas do pluralismo e digitalização no mundo globalizado de hoje. A Verdade - foi o tema do dia. Os participantes assentaram-se à mesa e engataram seis robustas discussões sobre as questões da pauta. Eles consideraram as contradições do pluralismo e o evangelismo ativo do ateísmo à luz da verdade bíblica.

Devido a alta demanda de conexão em banda larga e de outros desafios de conectividade pela internet, os vídeos do Congresso da segundasaíram um pouco atrasados, mas agora eles estão ficando disponíveis. Este foi um nível de uso de internet sem precedentes na África do Sul, ainda maior que quando a Copa do Mundo esteve aqui, explicou Amy Donovan, gerente de Squad Tech do Congresso.


VEJA ALGUNS DOS LÍDERES DE CAPETOWN 2010
3º CONGRESSO DE LAUSANNE PARA A EVANGELIZAÇÃO MUNDIAL


Rev. Doug Birdsall
Superintendente do Movimento de Lausanne



Sr. Lindsay Brown
Diretor Internacional do Movimento de Lausanne


Dr. Bertil Ekstrom
Comissão da Aliança Missionária Evangélica Mundial



Dr. Michael Cassidy
Fundador da African Enterprise


Bispo Hwa Yung
Membro do Comitê de Seleção


Rev. Esme Bowers
Coordenadora do MANI Sulafricano


Rev. Reuben E. Exemadu
Coordenador Continental do MANI


Sr. Graham Power
Fundador do Dia de Oração Global



Dr. Christopher Wrigth
Presidente da Associação Internacional Langham




Srta. Grace Samson
Líder Jovem de Lausanne



Comentário: procurei e não encontrei, ao menos um líder brasileiro...

Print das fotos por João Cruzué



.


domingo, outubro 24, 2010

3º Congresso de Evangelização Mundial - Capetown 2010

.
ABERTURA
Comitê de Lausanne para Evangelização Mundial
LCWE - Fundado por Billy Graham
Capetown 2010
COMITÊ DE LAUSANE PARA EVANGELIZAÇÃO MUNDIAL - LCWE


Dia 17.OUT.2010 - Abertura

Cidade do Cabo - África do Sul

Tradução: João Cruzué

O Terceiro Congresso de Lausane para Evangelização Mundial foi aberto neste fim de semana, no domingo 17 de outubro de 2010. Ele reune 4.000 participantes convidados de 197 nações, e se extende através do site GlobaLink para 90 países. O Tema do Congresso: Deus em Cristo, reconciliando o mundo para si mesmo"(II Coríntios, 5:19) e como produzir testemunho de Jesus Cristo e todos seus ensinos em todas as regiões do mundo em cada esfera social.

O Movimento de Lausanne, fundado por Billy Graham, tem o único propósito de reunir evangélicos para um objetivo comum. O congresso reafirmará as principais verdades do Cristindade bíblica, em trabalhará com questões críticas para posicionar a Igreja na próxima década. Estas questões têm sido identificadas através de consultas mundiais. Doug Birdsall, superintendente do Movimento de Lausanne, disse: "Nós temos trabalhado para conseguir o compromisso de líderes evangélicos em todos os continentes. Este é o primeiro congresso dessa natureza da era digital e nós estamos orando para que ele seja o arauto de um novo momento na história da Igreja"

Nesta era da informação, a expectativa de visitas no site deste congresso em oito línguas é muito alta, a rede de rádio vai levar ao ar programas atráves da África e América Latica, sobre os temas do congresso.

-----

Comentário de João Cruzué: Na medida que tiver disponibilidade de tempo, vou traduzir muitas coisas interessantes. Aí está a abertura do Congresso que venho divulgando desde março 2010. Já tenho as matérias dos dias 19, 21, 22, 23 e 24 de outubro.

----

VEJA NO YOUTUBE

Youtube: Convite

John Stott: Saudações

Rick Warren Em Capetown

Lindsay Brown Abraçando o Islã

Steve Moore Contextualização

Chris Wright Convenção de Lausanne

Samuel Escobar Reflexões s/ Lausanne


cruzue@gmail.com



Veja a primeira matéria

Capetown 2010



CAPETOWN 2010

III CONGRESSO DE LAUSANNE PARA EVANGELIZAÇÃO MUNDIAL


GlobaLink Interconectando pontos do Congresso
Cape Town 2010 em todo o mundo


Reunindo líderes cristãos de todo o mundo
Confrontando questões críticas do nosso tempo.
Conectando líderes orando em humildade, promovendo níveis mais profundos de colaboração e parceria.

O Que é GlobaLink? GlobaLink é o termo usado para identificar pontos remotos em todo o mundo que participarão do Cape Town 2010.

Um ponto GlobaLink pode ser um seminário, uma escola bíblica, uma instituição teológica, uma organização missionária ou uma igreja que participará “virtualmente” do Terceiro Congresso Lausanne sobre Evangelização Mundial.

Pontos GlobaLink cadastrados se conectarão (pela Internet) com o Congresso na Cidade do Cabo, na África do Sul, de 16 a 25 de outubro de 2010.

Cada ponto poderá personalizar o seu próprio programa e horário usando recursos fornecidos pelo Movimento Lausanne.


Alguns exemplos desses recursos são:

Cópias de documentos importantes e recursos enviados meses antes das reuniões do Congresso de outubro de 2010.

Conteúdo detalhado e diferentes opções para programação local.

Transmissão ao vivo em video e audio dos eventos do Congresso.

Meios para que os pontos possam dar retorno e interagir com o evento Cape Town e outros pontos GlobalLink durante a realização do Congresso.

Ferramentas para colaboração e acompanhamento.



Capetown Global Link


Sobre Cape Town 2010

Qual o propósito? líderes cristãos de todo o mundo para confrontar questões críticas do nosso tempo e ajudar a desenvolver um nível de unidade, parceria e colaboração mais profundo na tarefa contínua de levar todo o Evangelho para todo o mundo.

Quem participará? O Congresso reunirá 4000 líderes cristãos de 200 países na Cidade do Cabo, África do Sul. Além disso, milhares participarão através dos pontos GlobalLink em todo o mundo.

Quem está organizando? O Movimento Lausanne é o principal organizador do Cape Town 2010 em colaboração com a Aliança Evangélica Mundial e vários outros parceiros ministeriais.

Onde o Congresso será realizado? Cidade do Cabo, África do Sul e simultânea- mente em pontos GlobaLink em todo o mundo.

Quando? outubro de 2009 - Inicia-se o “Global Conversation” sobre questões críticas em todo o mundo.

Dias 16-25 de outubro de 2010 - o Congresso reúne na Cidade do Cabo, na África do Sul, e em pontos GlobalLink em todo o mundo.

Dias 26 de outubro e além - Oportunidades para consultoria, colaboração e parceria adicionais serão desenvolvidas apos o Congresso.


PERGUNTAS MAIS FREQUENTES

Como nosso grupo pode ser aprovado como um ponto GlobaLink?

Inscreva-se on-line. No dia 1o. de agosto de 2009, inauguraremos oficialmente o site de inscrição para os grupos GlobaLink. O site é: www.capetown2010.com. Você também pode direcionar suas perguntas para o email GlobaLink: globalink@capetown2010.com. Depois de aprovada sua inscrição, você receberá material com mais detalhes e instruções específicas para entrar no site do usuário GlobaLink. Um vez que o seu grupo foi aprovado, você também começará a receber emails mensais com atualizações.


Como convidaremos e Registraremos os indivíduos que desejam participar do nosso ponto GlobaLink?

O seu grupo GlobaLink terá a responsabilidade de convidar e fazer inscrição daqueles que participarão do seu ponto GlobaLink. Independentemente do seu grupo ser um seminário, uma escola bíblica, igreja ou organização missionária, você precisa decidir quem e como convidar aqueles que participarão do seu evento GlobaLink.

Todos os pontos GlobaLink’s são encorajados a convidar líderes da sua área geográfica. Os pontos GlobaLink’s devem convidar líderes fora do seu próprio grupo. Por exemplo, um seminário é encorajado a convidar não apenas aqueles que frequentam sua escola, mas também outros líderes de igrejas e ministérios locais.
Os pontos GlobaLink inscritos fornecerão material que pode ser usado para promover o Cape Town 2010 GlobaLink. Estes materiais podem ser modificados conforme a necessidade. Eles podem ser distribuídos impressos, como parte de um convite por email ou como parte de um site organizacional. No ano do Congresso, mais detalhes informativos serão divulgados. Sugerimos que você comece a promover o Congresso em setembro de 2009, uma vez que o Global Conversation sobre questões importantes se iniciará on-line um ano antes do Congresso.

Que de tecnologia precisaremos para nosso ponto GlobaLink?

O Cape Town 2010 será verdadeiramente um congresso mundial, uma vez que quatro mil participantes se reunião na Cidade do Cabo, na África do Sul e outros milhares se reunião através dos pontos GlobaLink em todo o mundo.

Como isso acontecerá e que tipo de tecnologia precisaremos em nosso ponto GlobaLink site?


Primeiro vamos responder sobre qual tecnologia conectará a Cidade do Cabo com os pontos GlobaLinks. Todas as conexões com a Cidade do Cabo acontecerão via internet. Este tipo de conexão foi selecionada ao invés dos links de satellites por duas razões: mais pontos GlobaLinks podem participar usando conexões normais de internet e os custos para participar serão significamente mais baixos.

Todos os pontos GlobaLinks precisarão ter acesso à internet a fim de transmitir os eventos ou vivo ou fazer o download do video, do audio ou de arquivos disponíveis. Os pontos com conexão banda larga mais rápida poderão acessar videos em alta resolução (em alguns casos, em HD/hi-def). Entretanto, o sistema está projetado de forma que aqueles pontos com acesso mais lento à internet também podem acessar e fazer download de materiais formatados em baixa resolução.


Os pontos GlobaLinks cadastrados terão um log-in de entrada no site Cape Town GlobaLink. Este site será especialmente feito para os grupos GlobaLink e terá materiais pré-conferência, documentos, arquivos de audio e video e transmissão ao vivo em video de alguns eventos Cape Town. Cada ponto GlobaLink receberá “ferramentas” da internet para retorno para o Congresso Cape Town. Este recurso ajudará os pontos GlobaLinks a interagirem com o Congresso e não serem apenas observadores do Congress.

Qual é a taxa de inscrição para o GlobaLink?

Não há taxa de inscrição para os pontos GlobaLinks aprovados. Entretanto, Lausanne - Cape Town 2010 recomenda que cada instituição participante faça uma doação para ajudar com os custos. Como você pode imaginar, o custo para montar todo os sistemas tecnológico, administrativo e de programação do GlobaLink é muito alto. Mais informações sobe como fazer doações serão fornecidas no site de inscrição do GlobaLink.


Quais serão as responsabilidades administrativas e de organização do nosso ponto GlobaLink?

Cada ponto GlobaLink terá responsabilidades diferentes, dependendo do tamanho do grupo e da disponibilidade de ajuda voluntária. Segue abaixo uma lista das principais responsabilidades que cada GlobaLink participante terá:


 Custos Promocionais (para divulgação do seu GlobaLink).
 Sistemas para convidar e inscrever (aqueles interessados no evento do seu GlobaLink).
 Acesso à internet para acessar durante o Congresso video e audio do Cape Town 2010 e material de acompanhamento.
 Qualquer custo local com alimentação e hospedagem (dependendo do modelo da programação escolhido).
 Administração e recurso humano do seu ponto GlobaLink.
 Uma sala ou auditório usado para receber o ponto GlobaLink.
 Qualquer equipamento técnico (video, audio, etc.) necessário para produzir o programa GlobaLink local.

Que tipo de Flexibilidade nosso GlobaLink terá na programação local?

Cada ponto GlobaLink local poderá escolher a programação que melhor se encaixe com suas necessidades. A equipe do Cape Town 2010 GlobaLink fornecerá modelos de programação e materiais; entretanto, caberá a cada ponto criar uma programação local. Devido à diferença de fuso horário entre a Cidade do Cabo, na África do Sul, e os pontos GlobaLinks locais, serão necessários ajustes nos horários locais. Uma programação detalhada com o horário dos eventos Cape Town será publicada em Março de 2010.




Liderança de Participação Global:

Presidente: Dr. Victor Nakah, Faculdade Teológica de Zimbábue, Africa
Vice-Presidente: Dr. Manfred Kohl, Concílio Internacional, Canada
Vice-Presidente: Dr. Douglas Pennoyer, Biola, EUA
Diretor: Rev. Lawrence Russell, Lausanne, EUA


Divulgação: Blog Olhar Cristão

João Cruzué

.

sábado, outubro 23, 2010

Perseverança para vencer a maratona da vida cristã

Maratona
Maratona de Nova York - tantos como areia da praia
Renato Collyer

Blog do Renato

Ser cristão não pressupõe uma vida repleta de alegrias e alheia às tribulações. Muitas pessoas têm o errôneo entendimento de que seguir a Cristo é viver num mar de rosas. O próprio Jesus disse que enfrentaríamos problemas e que passaríamos por dificuldades ao longo de nossa caminhada por este mundo (João 16.3).

Isso não quer dizer, no entanto, que nossa vida deva ser repleta somente de dificuldades e perseguições. Por sua imensa compaixão, Jesus nos assegurou bênçãos, alegria e paz. A Bíblia nos mostra que quando estamos no centro da vontade do Pai, as tribulações têm efeito positivo, porque nos ensinam a depender de seu precioso amor.

A palavra tribulação significa sofrimento, aflição e adversidade. Também representa tormento e amargura. “Eis que foi para a minha paz que tive grande amargura, mas a ti agradou livrar a minha alma da cova da corrupção; porque lançaste para trás das tuas costas todos os meus pecados” (Isaías 38.17).

Como filhos de Deus, temos paz com ele através de Jesus Cristo. Fomos justificados, tendo livre acesso à paz e às bênçãos divinas. Porém é muito fácil oferecermos louvor e ações de graças quando tudo está estável. Adorar na calmaria é simples! A Palavra de Deus nos ensina que também devemos dar glórias nas dificuldades, sabendo que a tribulação produz paciência.

A paciência nos ajuda a suportar as dores e os infortúnios com resignação. É uma atitude que expressa nossa compreensão da vontade de Deus. Mesmo sendo uma difícil lição, devemos praticar a paciência em nosso lar, depois praticá-la na igreja local, no tratamento com nossos irmãos em Cristo e até com as pessoas que nos querem mal. “Alegrai-vos na esperança, sede pacientes na tribulação, perseverai na oração; comunicai com os santos nas suas necessidades, segui a hospitalidade; abençoai aos que vos perseguem, abençoai, e não amaldiçoeis” (Romanos 12.12-14).

A tribulação também produz experiência. Assim como um soldado que só adquire experiência no campo de batalha, a experiência cristã demanda tempo na presença do Senhor, adorando-o e servindo-o. Isso porque não se adquire experiência no momento da conversão.

Essa experiência consiste na prática dos preceitos cristãos, na medida em que se obtém conhecimentos necessários para uma vida vitoriosa em Cristo. Há cristãos que não passam na prova da experiência porque são induzidos a pular etapas quando novos na fé. Assim, eles não adquirem o conhecimento e a maturidade espiritual, imprescindíveis para encarar os problemas de frente.

Ao invés disso, murmuram contra Deus e chegam até mesmo a desistir da caminhada cristã. Em virtude disso, é imprescindível a prática da paciência para aprender as lições da experiência. Siga o exemplo de Davi: “Esperei com paciência no Senhor, e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor” (Salmo 40.1).

Para suportar as tribulações é preciso ter fé.

Certa vez, quando estava dando aula para um grupo de adolescentes, expliquei para eles que a fé em Cristo pressupõe três elementos essenciais: sensibilidade, esperança e perseverança.

Sensibilidade. Presenciei situações de pessoas que não tiveram a sensibilidade suficiente para receber as bênçãos dos céus. Elas não estavam sensíveis à voz do Senhor. Estavam tão incrédulas que foram incapazes de sentir o mover de Deus.

Ter sensibilidade é estar atento ao chamado do Pai. É não criar barreiras internas para a ação sobrenatural do Senhor. Dentre outras razões, a falta de sensibilidade é também um dos impedimentos que obstam o agir de Deus na vida do cristão.

Quando nosso coração não está sensível, deixamos de acreditar que o milagre existiu e damos lugar à dúvida, outro fator que impede que contemplemos o Reino de Deus nesta terra. Abra seu coração e se permita depositar plenamente sua confiança no Senhor.

Esperança. O apóstolo Paulo escreveu: “E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança. E a esperança não traz confusão, porquanto o amor de Deus está derramado em nossos corações pelo Espírito Santo que nos foi dado” (Romanos 5.3-5).

Esperança é a atitude de aguardar algo que se deseja e não simplesmente desistir no meio da jornada. O cristão deve esperar, confiando que Deus cumprirá todas as promessas que fez. Nos momentos de angústia não podemos perder a esperança. É um componente essencial da fé. Sem esperança, não há fé.

Jó foi um exemplo de como um servo de Deus pode ser vitorioso nas tribulações. O patriarca perdeu seus filhos e toda sua riqueza em um só dia. Mesmo diante da adversidade, lançou-se em terra e adorou ao Senhor. “Então Jó se levantou, e rasgou o seu manto, e rapou a sua cabeça, e se lançou em terra, e adorou” (Jó 1.20).

O relacionamento com Deus não é mera teoria, mas realidade para aqueles que o buscam e esperam o cumprimento de suas promessas. “E disse-me o Senhor: Viste bem; porque eu velo sobre a minha palavra para cumpri-la” (Jeremias 1.12). Nosso Pai Celestial nunca falha (Isaías 43.13) e está sempre pronto para conceder o desejo do nosso coração (Salmo 37.5), mediante sua perfeita vontade.

Perseverança. As lutas e tribulações fazem parte da vida cristã do mesmo modo que as bênçãos divinas. Jesus disse que no mundo (vida secular) teremos aflições, mas que devemos ter perseverança, pois ele venceu o mundo. As tribulações servem como aperfeiçoamento do caráter cristão.

Durante os Jogos Olímpicos, vemos diversos atletas de diferentes países competindo por uma medalha de ouro. Alguns desses atletas recebem altíssimos patrocínios e gozam de uma vida financeiramente estável. Porém muitos que ali estão não possuem sequer condições para se manterem em seu próprio país de origem. Esses últimos, entretanto, são os que recebem mais atenção da mídia quando conquistam uma medalha.

O motivo? Perseverança.

Os atletas que possuem os melhores equipamentos, a melhor estrutura, os melhores patrocinadores não chamam tanto a atenção quando conquistam a medalha porque, de certo modo, já se era esperado que eles ganhassem, e chegassem ao lugar mais alto do podium. Os verdadeiros heróis são aqueles que conseguem ultrapassar as barreiras do preconceito, do racismo, da quase miserabilidade e conquistam a medalha de ouro.

Os heróis não vivem em casas luxuosas e gozam de uma vida de fartura. Os heróis (de verdade) vencem inimigos muitos mais poderosos do que seus oponentes.

Do mesmo modo acontece na grande maratona cristã que perfazemos a cada dia. É preciso perseverança para vencer os obstáculos da vida e alcançar o grande prêmio: a coroa da vitória em Cristo.






.