quarta-feira, outubro 06, 2010

A irritação da Folha de São Paulo contra o voto evangélico

O calaboca

João Cruzué

Por muito tempo os "crentes" desta nação foram considerados, como diz o Kiko, "gentalha". Mas as coisas estão mudando; e as mudanças vão continuar. Por exemplo, aquele sofisma: "Política é coisa do diabo", já foi defenestrado do nosso meio, pela compreensão do significado de cidadania. Crente também é cidadão com os mesmos direitos de repórteres, escritores, jornalistas. Pois bem, O que eu tenho lido de textos irritados contra o recuo do Presidente Lula e dos chefes de campanha da Dilma... Estão uma "arara" com o peso do voto evangélico.

Francamente, eu não compreendo o que querem certos articulistas da Folha de São Paulo. Desconfiam que o PT e o presidente Lula são contra a liberdade de imprensa, mas continuam superpreconceituosos contra os evangélicos. Se um um ateu ou um gay critica o programa de um candidato, é a modernidade. Mas se um crente diz que não vai votar em quem defende o aborto, é o atraso.

Um preconceituoso citou outro preconceituoso: Fernando Barros Silva citando Fernando Henrique Cardoso: "Não somos um país conservador, mas atrasado". (Fla. SP pg. A2 - 06.10.10)

É apenas impressão minha, ou existe ranço autoritário nos textos de alguns jornalistas e articulistas da Folha de São Paulo? Só para anotar: nós crentes, evangélicos, temos uma visão diferenciada dos valores morais de uma sociedade, e não vamos calar nossa boca para agradar a voz de um resquício de ditadura incrustada em alguns jornais; ou seja,: "aquela velha opinião formada sobre tudo" já denunciada por Raul Seixas. Uma opinião que não muda nunca.

É a democracia que nos permite dizer o que pensamos. Se alguém quiser ser eleito, vai ter mesmo que nos ouvir, pois 30 milhões de votos faz muita diferença. A diferença entre a derrota e a vitória. Os tempos mudam.










4 comentários:

Sola Scriptura disse...

Caro João Cruzué, tenho forte convicção que nesse quesito (o peso do voto evangélico) foi graças, principalmente, aos debates eclodidos no UBE, graças ao teu esforço que fez chegar a mais de dez mil blogueiros associados. E não nos esqueçamos, os blogueiros são formadores de opinião. Sendo assim, o mérito é todo teu.

Pr. Carlos Roberto disse...

Caro irmão João Cruzue,

A Paz do Senhor!

Parabéns pelo excelente texto!

A hora de manifestação consciente e com princípios cristãos é justamente agora. Depois do voto, só nos resta orar pelos governantes.

Assino embaixo!

Seu conservo,
Pr. Carlos Roberto

Blog Desafiando disse...

excelente reflexão, amado.

estou protelando, mas noto q preciso escrever algo sobre eleições tb...

não sei se é a preguiça ou se é pq não sei bem, ainda, o q escrever.

bom, já q mostramos nas urnas nosso pensamento, nada mais justo do q mostrar na net tb, concorda?

=o)

abs, apz.

Nanda disse...

Estou aqui para divulgar meu blog para meninas evangélicas http://todacrista.blogspot.com/ comente e sigam divulguem