domingo, setembro 05, 2010

Pastor joio e Pastor Trigo


Texto de um participante do
Concurso Blogueiro Cristão 2010
.
O pastor joio

“Outra parábola lhes propôs, dizendo: O reino dos céus é semelhante
a um homem que semeou boa semente no seu campo; mas,
enquanto os homens dormiam, veio o inimigo dele,
semeou o joio no meio do trigo e retirou-se”.

Mt 13:24-25

Heverton Oliveira

Blog do Heverton

Jesus disse que, nos últimos tempos, viriam muitos em Seu nome e enganariam a muitos. Ora, a melhor maneira do falso enganar é se parecendo com o verdadeiro. Daí Cristo ter usado a parábola do "Joio e do trigo" para exemplificar os falsos profetas. A similaridade é tão grande que a enciclopédia virtual, Wikipedia, define a relação dos dois da seguinte maneira: “A semelhança entre essas duas plantas é tão grande, que em algumas regiões costuma-se denominar o joio como ‘falso trigo’ ”.

Assim como o diabo semeou o joio no meio do trigo, ele continua a plantar falsos profetas no meio da igreja. Judas saiu de onde? do meio dos apóstolos. Os hereges da história da igreja sempre saíram do meio da igreja e Pedro afirmou que: Assim como no meio do povo surgiram falsos profetas, também haverá entre vós falsos mestres”. (II Pd 2:1). Veja, o joio está sempre no meio do povo.

Assim como o diabo citou a Bíblia para tentar e enganar Jesus, muitos "pastores" citam a Bíblia para pregar heresias. Estão no nosso meio; leem a mesma bíblia que nós, e olhando para eles talvez digamos: “É trigo!”, mas não, é “trigo falso”.

Não se engane, o lobo sempre vem vestido de ovelha e o diabo sempre se apresenta como anjo de luz. O joio pode parecer idêntico ao trigo, mas ainda assim, não tem nada a ver com o trigo.

Como identificar um pastor joio para um pastor trigo; um homem de Deus de um falso profeta?


1 - Joio faz de tudo para estar por cima. O trigo sempre se dobra.


Jesus disse que somente na hora da colheita, quando ambos estão maduros e crescidos, é que poderíamos identificar o joio do trigo. Isto é verdadeiro por que o joio cresce ereto enquanto que o trigo cresce e se inclina para os lados. O joio frutifica com seus cachos na vertical, enquanto que os cachos do trigo se dobrando conforme amadurecem.

E se na natureza é assim, quanto mais na igreja. A uns dez anos surgiu no meio evangélico uma banda evangélica que se tornou um frisom. Arrastavam multidões no Brasil, no exterior e levavam as pessoas ao delírio com testemunhos recheados de visões, anjos e uma infinidade de outros coisas miraculosas. Em algumas reuniões, um dos líderes dizia que estava ouvindo o som de um anjo. Diante disso, muitas e muitas pessoas começavam a rolar no chão, chorar, gritar e por aí vai. No entanto, este ano o líder do grupo veio a publico e declarou: “Eu menti. Grande parte dos testemunhos não eram verdadeiros”.

Por que alguém faria algo assim? É que o joio faz qualquer coisa para estar por cima. Para ganhar o mundo ele é capaz de vender até a própria alma. Talvez este rapaz até seja trigo, mas estava agindo como joio.

E isto é apenas um exemplo. Mas há pastores que abrem mão de seus valores, e passam a comercializar a fé. E tomam muitas outras atitudes desesperadas para encher a igreja custe o que custar; para se sentir vencedor, vale tudo. Até dar o que o povo quer, mas nós sabemos que isso não é Evangelho. Veja o que o povo disse para o profeta Isaias: “Não tenhas visões; e os profetas: não profetizeis para nós o que é reto; dizei-nos coisas aprazíveis, profetizai-nos ilusões”. (Is 30:10). Sabe por que o povo gosta de artigos "piratas"? É porque é parecido, só que bem mais barato.

2 - O Joio fala de si, homem de Deus fala de Cristo

Esta é outra maneira de o joio se engrandecer. Aí está a prova de que ele é falso, pois Cristo afirmou: Se eu testifico a respeito de mim mesmo, o meu testemunho não é verdadeiro” (Jo. 5:21).

Quando perguntaram a João Batista se ele era o Elias que estava por vir, ele apenas disse: “Eu não sou Elias, Ezequiel; eu não sou nada; sou apenas uma voz.” (Jo 1:23). Mas Jesus, todavia, afirmou sim que Ele era o Elias que estava por vir (Mt 17:12-13). Quem é de Deus de verdade, sabe que convém que Cristo cresça e nós diminuamos.

E aqui não estou pregando falsa humildade, daqueles que vivem dizendo com a boca: “Eu não sou nada”, e ao mesmo tempo dizem no coração: Eu sou o máximo!. O arrogante só fala de si. O falso humilde diz que não é nada. O humilde de verdade não diz nada sobre si. Em seu evangelho, Mateus menciona seu nome apenas duas vezes. Nas duas dizendo-se coletor de impostos. João nem mesmo menciona seu nome, apenas se declara como “o outro discípulo” ou o “discípulo a quem Jesus amava”. Lucas escreveu dois livros, mas nenhuma vez cita seu nome.

Por que tais homens gostam de falar de si? Para criar dependência, levando as pessoas a crer que só terão a benção, caso o poderoso "pastor" ore por elas.

Sempre que a motivação for egoísta, vai surgir o joio. Onde houver um líder que deseje usar o trigo para se auto-promover, vai usar a conversão de almas para lhe trazer fama, vai haver praga.

3 - Joio faz o bem a si. Trigo faz o bem ao próximo


Como todas as pragas, o joio não serve pra nada, a não ser para sugar energia do trigo. O trigo por sua vez vira farinha, que serve se alimento para muitos. O joio só deseja crescer nas costas do trigo. Assim como muitos pastores que só querem usar as ovelhas para sua sede de conquistas pessoais. São como Judas disse: “pastores que a a si mesmos se apascentam” (Jd 1:12). Jesus morreu pelo povo, mas os joios atuais querem que o povo morra por eles.

4 - Joio existe para ser servido. Trigo existe para servir.

Isto é uma outra maneira de expressar o que já falei no segundo princípio, pois em Jo 12:24 Jesus diz que Ele é o trigo que caiu na terra para morrer e dar vida a muitos, totalmente diferente do pastor joio. Se o bom pastor dá a vida pelas ovelhas, o mau a toma.

Jesus olha para os discipulos e diz: Eu vos farei pescadores de homens. Os pastores joio olham para o povo e dizem: Vocês farão de mim um sucesso.

Jesus olha para o povo de israel e clama: “Como eu quis ajuntar vocês como a galinha ajunta os seus pintinhos para protegê-los”. Os pastores-joio dizem: “Como eu quero ajuntar vocês, pois darão uma bela sopa de frango”.


5 - Joio é veneno. Trigo é alimento

Em I Co 10:20, Paulo não queria que os coríntios comessem comida sacrificada aos deuses por que na realidade era comida de demônios. E se alimentarmos com demônios, é claro que iremos ter uma congestão. Você já reparou como são problemáticas e doentes as pessoas que andam com pastores-joio?

Mt 12:30: “Quem não é por mim é contra mim; e quem comigo não ajunta, espalha”. Não existe nada neutro no mundo espiritual. Ou abençoa ou amaldiçoa. Você não pode comer a comida oferecida pelos pastores-joio sem passar mal, porque joio é uma erva-daninha, uma praga, que colhida junto com o trigo vai depreciar toda colheita.


Se você gostou, visite o Blog do Heverton



.

2 comentários:

Cristine Ferreira disse...

Cristine Ferreira

Que postagem maravilhosa...estejamos sempre com olhos abertos e coração posto em Cristo Jesus para nunca nos enganarmos com os lobos da vida!!!!Parabéns

Musikar - Ouvir Musicas Gospel disse...

Olá tudo bem!
Meu nome é Paulo Freitas sou responsavél pelo portal de música gospel (www.musikar.com.br) estou lhe convidando a fazer parte da nossa lista de parceiros e ajudar a divulgar o portal MUSIKAR, adicione nosso banner (pegue na nossa pagina inicial) e nos avise em seguida que adicionamos um link apontando para seu site em nossa lista de blogs parceiros.
Parceria que ajudará ambas as partes!

Desde Já agradeço pela sua atençâo.