quarta-feira, setembro 29, 2010

Eleições - blogueiros evangélicos são decisivos na formação de opinião


João Cruzué

Quanto maior a quantidade de líderes evangélicos na blogosfera, maior o nível de informação, conscientização e valorização do voto. Os fatos estão provando isso. É admirável o interesse dos evangélicos pelos meios de comunicação. Embora seja insuficiente para conscientização, é muito difícil, hoje, um jovem evangélico sem conta no Twitter. Mas são os blogs que operam uma comunicação mais consistente; por enquanto alternativa, mais isso pode mudar e melhorar com um trabalho sério e disciplinado.

O fenômeno dos blogs começou a se popularizar entre os evangélicos de 2007 para cá. Junto com a UBE - União de Blogueiros Evangélicos, a partir de 2008, estabelecemos uma política de incentivo para que todo líder evangélico buscasse a criação de um blog para aprender a publicar conteúdo cristão na Web. O crescimento nesta área é irreversível. A cada dia, mais e mais cristãos estão usando blogs como oficinas de comunicação. Recentemente, na direção da ABC - Associação de Blogueiros Cristãos. Muitos blogueiros evangélicos antigos criticavam esta visão, pois achavam que isso nivelaria a blogosfera evangélica por baixo.

Mas o tempo e a observação vem trazendo maturidade para esses blogueiros. E isso criou um formidável capilaridade na comunicação de assuntos atuais e pertinentes aos interesses evangélicos. Inclusive no aspecto político.

É por isso, que nos jornais de hoje, o presidente Lula está preocupado com o voto dos evangélicos, que segundo ele, está sendo "manipulado" por notícias "falsas", como por exemplo, a simpatia da candidata do governo pela aprovação do aborto e do casamento gay, entre outras coisas. Já escalaram até o pastor Manoel Ferreira para aparecer em algumas fotos oficiais para "amansar" a fúria evangélica.

De nossa parte, com toda certeza, só um cego não enxergaria o óbvio. Se procuram desmentir, é porque trata-se de um fato verdadeiro. Na busca do voto de 35 milhões de evangélicos, essa gente jura que "ama" os crentes desde bebezinhos. Falam coisas que todo pastor quer ouvir. Juram fidelidade ao pensamento fundamentalista da Igreja, e dão até aleluia dentro dos Templos evangélicos.

Mas assim que os votos forem contados, vão desengavetar o PLC 122, o PNHD-3, a lei do aborto, etc. O voto, depois de Jesus, é o bem mais valioso que todo evangélico possui. É por isso que estão procurando pastores e crentes de todas as Igrejas evangélicas para que nós ASSINEMOS este cheque - antes de ser preenchido.

Pela primeira vez em uma eleição, o peso político dos evangélicos é ostensivo. E este pesos se torna ainda maior a medida que conquistemos nossos espaços na mídia eletrônica. Precisamos de pelo menos 100 mil blogueiros cristãos na Internet para irrigar esta capilaridade de Boa Vista até Porto Alegre. Isto é bom para o Brasil e bom para a Igreja, não somente em questões políticas, como nas principais: missões, evangelismo, denúncias de lobos, divulgação de boas coisas, etc.

É por isso que vale a pena incentivar, desafiar, ajudar as lideranças cristãs de nosso tempo para que aprenda a publicar conteúdo cristão na Internet a partir de uma simples oficina, que se chama BLOG. Por enquanto isso é gratuito.

E por último, mais uma coisa: a próxima geração que está crescendo dentro de nossas casas, não comprará jornal em papel na banca da esquina. Eles vão se informar na Internet atratés de iPads, celulares, e outras dispositivos diditais. Se você que é lider em algum segmento cristão não está preocupado com isso, preste atenção: quando você se concientizar que é preciso começar, o mundo inteiro já estará na sua frente. E por falta de opção, os seus pequenos podem beber de fontes anti-cristãs. É nisso que precisamos trabalhar.

200.000 blogueiros cristãos até dezembro de 2013, é uma boa meta.

cruzue@gmail.com






Um comentário:

Juber Donizete Gonçalves disse...

Prezado irmão João Cruzoe,

Faço das suas palavras as minhas. Eu particularmente que criei o blog Cristianismo Radical em março/2008, tenho acompanhado desde então, a evolução em número e qualidade, a blogosfera cristã. Tem alguns exageros aqui e ali, mas isso faz parte do processo. No geral, os blogues tem cumprido seu papel de se tornar um meio alternativo de informar os leitores.

Abraço.