domingo, maio 23, 2010

Mensagem cristã para adolescentes evangélicos

.

Não pare no meio do caminho
João Cruzué

Este é um texto longo para os padrões teens. Mas vai valer a pena chegar até o fim. Você não vem pedidindo para que Deus fale com você? Em algum ponto desta mensagem isso vai acontecer. Abraço < >.

-----------

Tenho visto dezenas de adolescentes (e adultos também) indo à frente do púlpito a convite do pregador, ao final de uma mensagem. Por vezes e vezes, vejo os mesmos teens indo, e indo à frente.

E Isto aconteceu de novo nesse domingo. Quando eu olhei e vi aqueles rostos, meu coração se moveu e eu chorei. Vi que eles estavam preocupados com sua forma de caminhar.

Chorei porque vi a angústia e um desejo sincero de buscar ajuda do Senhor Jesus. Alguns já estavam parados, sem forças para voltar a caminhar. Tempos difíceis.

Difíceis pelas muitas ofertas de pecado. Difíceis pelas muitas cobranças. Estudos, trabalho, mais responsabilidades. Por outro lado, a questão da aceitação nos grupos, a experiência do primeiro amor, da primeira desilusão. A culpa do namoro sem santidade. O mundo dos adultos definitivamente não é um lugar confortável, senão estranho e hostil.

O que é muito valorizado pelos adolescentes não crentes de hoje, é via de regra, repugnante diante dos olhos de Deus. Manter a fidelidade ao Senhor exige compromisso. E este compromisso é muito importante na hora das necessidades mais agudas, quando você ora e Deus responde.

Muitas coisas eu poderia dizer olhando para os micos e bandeiras que aconteceram na minha adolescência. Até os 18, era muito raro ter algum dinheiro no bolso. Quando recebi meu primeiro salário, gastei tudo em roupas, cintos , perfumes... Na maioria das vezes, eu olhava as coisas com um olhar comprido. Sonhos de consumo impossíveis. E muitos desistem muito facilmente da fé, quando param pelo meio do caminho e buscam se dar bem roubando, prostituindo-se e vendendo drogas.

Aos 18 aceitei a Jesus como meu Salvador. Aos 19 eu me firmei na fé. Foi no dia do meu aniversário. Foi quando eu entendi mais claramente o que significava aceitar Jesus como SENHOR. Batizei-me em águas pouco depois, e também recebi a promessa do batismo com o Espírito Santo, algo hoje completamente desvalorizado. Foi só a partir daí, eu também entendi o que era a verdadeira alegria:pela presença de Deus em minha vida.

Passei por aflições bem difíceis, mas nunca perdi a alegria. E uma dessas aflições foi a "sugestão" de meus pais para que eu saísse de casa, pois eles eram católicos e eu me tornara um crente. Isto basta.

Depois que Jesus fez morada em mim, aprendi o exercício do perdão. Que devemos perdoar sempre, mesmo que isto seja muito difícil. O perdão mantém a presença de Deus em nossas vidas. Isto é muito importante para receber as respostas de nossas orações. Se eu fosse examinar cada ano de minha fé, para definir o que foi mais importante para me aproximar de Deus eu diria que foi o exercício do perdão. Eu não fiquei parado à beira do caminho, chorando por uma decepção do passado. Perdão e oração.

Algumas orações têm respostas imediatas. Mas para que a nossa fé cresça, Deus sabe que não pode nos dar tudo o que queremos. Ele quer que aprendamos também a esperar pelas respostas. E esperar não é muito do nosso feitio. Mas é bíblico: Esperei com paciência no Senhor e ele se inclinou para mim, e ouviu o meu clamor. O Senhor sempre nos ouve.

Não parae no meio do caminho.

Abandonar a esperança e descrer das promessas da palavra de Deus é uma triste realidade. Existe uma guerra espiritual e o diabo conta com as frustrações e decepções do nosso dia a dia para enfraquecer a nossa fé. Eu sei que o SENHOR existe e que confia em nós nessas batalhas cotidianas que travamos para não sermos envenenados pelas coisas do mundo.

Santidade é separação das coisas do mundo. O domínio da nossa vontade é uma batalha crucial. Ou agradamos ao Senhor e a seu tempo colhemos os bons frutos da nossa oração ou se desistirmos de esperar damos de "bandeja" nosso futuro para o diabo. Se permanecermos fiéis durante as tribulações, Deus nos dará vitória naquilo que precisamos.

Não importa quem ou o que esteja afligindo você. Não importa o tamanho da "pedra" no seu sapato. Confie nas promessas do Senhor. Fique firme. Seja fiel. Pois chegará um tempo, em que você vai receber a resposta de Deus para todas as suas necessidades.

Para isso, não tenha comunhão com o mundo. Não tenha amizade com colegas mundanos. Seja separado daquilo que não presta, e Deus vai amá-lo como filho, como filha. E tudo que você pedir vai receber.

Eu sei disso, é assim que vem acontecendo comigo há 34 anos. O Senhor tem sido fiel. Tenha você também um firme compromisso de fidelidade com ele. Como Daniel. Se você não firmar este compromisso de fidelidade e santidade com o Senhor, não haverá oração que baste.

Depende de você. Se você for fiel, você conseguir ajuda do Senhor para estudar, se graduar, se casar, comprar sua casa, criar uma família abençoada, possuir um carro novo, ser uma bênção para você e a sociedade. Jacó não tinha nada quando fugiu de casa. Deus o fez rico. Mas Jacó aprendeu a ser fiel com o Senhor.

Seja fiel em tudo. Nunca fique parado no meio do caminho, pois as maiores bênçãos da sua vida, ficam para ser recebidas depois.







.

9 comentários:

Fabiano E Pereira disse...

Amém irmão. Trabalho com jovens e realmente está muito dificil mante-los na Igreja, competir com o mundo. O mundo é muito mais atrativo do que o que Deus pode nos oferecer no final. Aí que está o X da questão, o que Deus tem preparado para nós, vamos receber ainda, é tipo, um investimento a longo prazo se assim podemos dizer, mas o que o mundo têm a oferecer é um prazer imediato, é o agóra O jovem, vive o agóra o momento. E isso não é entendido pelos jovens, esse prazer de agóra é pasageiro mas o que Deus promete é eterno e verdadeiro. Vou usar seu texto irmão em meu blog e enviar aos jovens de minha igreja. Deus te abênçoe amado!
Até a próxima :)

Carool_zinha disse...

Essa postagem falou muito ao meu coração , Deus me induziu à clicar nesse texto, que não é meramente um texto, mas palavras de conforto vindas "dos dedos" de um homem de Deus, parabéns!

Que Deus te abençoe!

Joao Cruzue disse...

Oi Carol,


Agradeço muito seus comentários, que sempre me animam.

Quanto a ser um homem de Deus, ainda não posso dizer isso, pois tenho dezenas de defeitos.

Mas estou me esforçando. Oro por mim.

Irmão João


.

milyane disse...

Logo quando eu entrei no seu blog que eu olhei essa mansagem logo pensei é muito grande ñ vou ler,mas uma coisa me pedia para ler e quando eu li aquele primeiro paragrafo logo me deu uma imensa vontade de ler,eu li e vi como é importante agente ter compromisso com DEUS pois pode até ser dificíl ser cristão nos dias de hoje mas isso ñ importa pois a nossa recompensa esta lá no céu.

parabéns que DEUS continue te abençõando!!!

Gabrielle Silva disse...

Gostei muito dessa postagem Deus falou tremendamente em meu coração para cada dia ter fé e espera o seu tempo pois está jovem aceitou a jesus com 18 anos e logo depois se batizou seus pais eram católicos e mesmo assim ela não desistiu,também aprendi que a agente deve andar com jovens evangelicos,Deus o abençoe.

Joao Cruzue disse...



Oi Gabi,

Fiquei muito contente com seu comentário, e pelo tempo que gastou ao fazê-lo.

Muito obrigado!

Um próspero 2013 para vc e sua Casa.


Irmão João


Sanrley Stewart disse...

Paz,irmão.Refleti muito na sua postagem e como sou jovem,cheguei a conclusão que não deve ser nada fácil para vocês líderes lidar conosco.Somos alvos mais fáceis das armadilhas do inimigo e sei que à qualquer deslize podemos nos perder dos caminhos e sair da presença de Deus,como aconteceu com um amigo .Tenho orado muito por ele mas de nada tem adiantado,sei que é porque Deus está preparando a bênção para a vida dele e creio na palavra.Essa postagem me fez refletir em como é difícl ser jovem,principalmente,ser um jovem buscando os caminhos do Senhos.Estamos sempre sendo atacados pelo inimigo,que usa quem menos esperamos,pessoas p´roximas de nós.Mas espero em Deus que eu nunca me afaste e você também não.
Que Deus te abençoe!

juliana izidorio disse...

Deus me levou a ler esse texto! Me tocou! Quando o texto é grande, pode saber que é para você ler

Joao Cruzue disse...

Obrigado, Juliana.

A paz do Senhor Jesus.

Irmão João.


.