terça-feira, maio 18, 2010

Evento político gay em Brasília pela aprovação do Pl .122


João Cruzué

Estou publicando esta matéria para alertar a comunidade evangélica sobre as pressões políticas que os parlamentares de Brasília estão sofrendo nesta semana. Tomem conhecimento do evento abaixo:


------------------------------------

Fonte: Deputado Paulo Rubem

"No dia 19/05/2010, a partir das 9h, na Esplanada dos Ministérios, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília, acontecerá a concentração da I Marcha Nacional contra a Homofobia e I Grito Nacional pela Cidadania LGBT e contra a Homofobia . O local será o ponto de encontro de várias caravanas vindas das 27 unidades da federação. No início da Marcha, a atriz e cantora Jane di Castro entoará o Hino Nacional.

A I Marcha Nacional contra a Homofobia e o I Grito Nacional pela Cidadania LGBT e contra a Homofobia é uma manifestação inédita, pois é a primeira vez que as 237 organizações LGBT filiadas à ABGLT estarão presentes em um único ato pela afirmação dos direitos da população LGBT.

A partir das 10h30, milhares de militantes LGBT e também de outros movimentos sociais sairão em caminhada pela Esplanada dos Ministérios em manifestação de reivindicação das principais demandas da ABGLT:

  • Garantia do Estado Laico (Estado em que não há nenhuma religião oficial, as manifestações religiosas são respeitadas, mas não devem interferir nas decisões governamentais)
  • Combate ao Fundamentalismo Religioso.
  • Executivo: Cumprimento do Plano Nacional LGBT na sua totalidade, especialmente nas ações de Educação, Saúde, Segurança, Direitos Humanos, Trabalho e Emprego, entre outros, além de orçamentos e metas definidas para as ações.
  • Legislativo: Aprovação imediata do PLC 122/2006 (Combate a toda discriminação, incluindo a homofobia).
  • Judiciário: Decisão Favorável sobre União Estável entre casais homoafetivos, bem como a mudança de nome de pessoas transexuais."
---------------------------------------



Notas:

1) Eu tenho um palpite de que muitos crentes votaram nesse deputado.

2) Plano Nacional GLBT quanto à educação: deve ser igual ao do Chile: publicação de cartilhas de homoafetivida para serem distribuídas OBRIGATORIAMENTE pelos docentes da nação, amparados por portarias do Ministério da Educação

3) Orçamentos, metas e ações: traduzindo: recursos públicos tirados de nossos impostos para serem usados contra nós.

4) Defesa de um país laico onde não exista nenhuma religião oficial exercite suas influências, para que as minorias anti-religiosas possam tomar o seu lugar e fazer o que bem quiserem.

5) Perguntar não ofende: combate ao fundamentalismo religioso não é discriminação descarada contra os crentes?

João Cruzué


.


2 comentários:

Andrew disse...

Muito inteligente sua observação!

Anônimo disse...

NÃO DEIXE DE LER O MEU BLOG SOBRE ESTE ASSUNTO!
O Plano Nacional LGBT em tudo que pretende é plena agressão ao Estado de Direito ou também é nas suas estratégias de paulatinamente desconstruir a heteronormatividade (heterossexualidade) do povo brasileiro, uma flagrante CONSPIRAÇÃO contra todos nós, conforme o confessado no próprio Plano: capítulo 2 ─ Estratégia; no terceiro quadro, item 1. 2. 20 de competência do Ministério da Saúde.
Para entender tudo isto leia o Blog O QUE É O PLANO NACIONAL LGBT, endereço ─ www.direitoshumanosrespeitoejustica.blogspot.com , no qual detalho os principais pontos que ferem de forma compulsória nosso direito de cidadãos. Ler também o Blog ─ www.verdaderespeitoejustica.blogspot.com .
Atenciosamente JORGE VIDAL