sábado, maio 15, 2010

A decisão do Pastor Silas Malafaia de sair da CGADB

João Cruzué

O Pastor Silas surpreendeu as lideranças evangélicas da Igreja Assembleia de Deus, anunciando [1] hoje em seu programa matutino de sábado na RedeTV! que renunciou ao cargo de 1º Vice-presidente e solicitou sua desfiliação da CGADB - Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil. Entre outras considerações.

Escrevo este texto em respeito aos leitores fiéis do Blog Olhar Cristão, que o utilizam como fonte de informação. Na verdade, a decisão do Pastor é apoiada por muitos assembleanos (como eu) e certamente ele deve ter orado e se aconselhado bastante para tomar esta decisão.

Pastor Silas cansou-se de presenciar o comportamento hipócrita de muitos "pastores" que revelam seus verdadeiros caráteres nas eleições da Convenção. É muita política eclesiástica e pouca manifestação de compromisso com Deus. Com o devido respeito às exceções, os grandes ministros que ali vão - e se decepcionam.

Uma sucessão de eventos levou o Pastor a considerar a possibilidade de sair para continuar com seus projetos de evangelização. Enquanto as grandes lideranças assembleanas estão quietas, o Pr. Silas continua investindo em Cruzadas Evangelísticas. A última em Palma, capital de Tocantins. Sou compelido a dizer, que admiro os ministros que investem em projetos de evangelização continuados, como tem feito o Pastor. Ele tem muitos defeitos, mas não tem ficado de braços cruzados.

Fico escandalizado com a omissão de "minha" Igreja diante dos assuntos atuais que dizem respeito à família brasileira. Uma série de projetos de desconstrução da família ronda as pautas da Comissões de Constituição e Justiça da Câmara e Senado Federal. Escandalizo-me, porque percebo que a maioria de seus grandes líderes estão pouco se "lixando" para a minha ou a sua família. Nisso o Pastor Silas há muitos anos tem dado a "cara" para bater.Tem estado presente em todos as oportunidades, incluindo a Manifestação Evangélica em Brasília de junho de 2008.

Sei que ele vai aproveitar o momento para se concentrar em seus projetos - bem longe da Convenção. Ele deve ter se cansado do grande "princípio" norteador da Igreja em sua ação "disciplinadora" para com os novos ministérios pessoais. O princípio do "Não Pode". Não pode ter aparelhos de rádio em casa. Não pode ter televisão em casa. Não pode andar com o cabelo solto da Igreja. Não pode usar paletó rachado. Não pode usar internet, pois só tem pornografia. Uma atitude de cabrestear, de castrar novos talentos que ainda não têm a força necessária para sobreviver ao calor dos "não podes". O Pastor Oswald Smith, o grande missionário autor do Livro "O Clamor do Mundo" escreveu em um de seus livros que era mais fácil combater o diabo do que a má vontade dos Pastores diante de um novo projeto de missões.

Deus deu um grande oportunidade ministerial ao Pr. Malafaia. Há muitos anos ele vem insistindo em suas pregações na Televisão. Tenho assistido suas pregações desde meados dos anos 90. Deus deve ter visto seu longo esforço e se agradou dos planos que o Pr. tem em seu coração. Por ter insistido, agora o Senhor lhe deu uma Igreja real para cuidar e ser cuidado, enquanto abriu os bolsos de muitos crentes para financiar os projetos.

Abrindo um parêntesis, creio que muitos outros "silas" podem também ser abençoados, se continuarem firmes incansáveis em seus planos. Deus ama os trabalham, os que insistem, com um coração sincero. Uma condição porém é decisiva para receber os recursos para a concretização dos grandes projetos: não utilizar o tempo para ficar murmurando dos outros. E nisso muitos fracassam, pois apenas veem o mal no caráter e trabalho alheio, e se esquecem que nossa justiça não passa de trapos de imundícia diante de Deus. A língua pode enterrar ministérios pessoais promissores.

O efeito Silas Malafaia tem sido benéfico para as Igrejas Assembleias de Deus. Dos anos 70 para cá ela foi ofuscada pela popularidade do Pr. David Miranda, da Igreja Pentecostal Deus é Amor, e depois pela atuação surpreendente do Bispo Macedo e da Igreja Universal do Reino de Deus que passou a investir também em programas de Televisão. Da mesma origem surgiu o ministério do Pr. R.R. Soares e recentemente o destaque da Igreja Mundial do Poder de Deus, do Bispo Valdemiro Santiago. O Pr. Silas trouxe a Igreja Assembleia de Deus de volta ao noticiário e as nossas casas.

Ele também trouxe maior competição na área de ensino dominical. A Editora Central Gospel deve ser uma das casas que mais vende livros religiosos neste país. Na área musical temos visto bons cantores. Suas pregações e DVDs são motivo de curiosidade de fiéis de outras religiões.

Fez "besteira" ultimamente quando trouxe e aceitou conselhos de dois pastores americanos que vieram com a história da sementes e da oferta de R$900,00 reais. O Pr. Silas não precisa desses "profetas" para conseguir recursos financeiros para seus projetos. Tem credibilidade para pedir sem recorrer à ajuda de americanos avarentos, verdadeiros atores diante de uma câmera para atingir o bolso alheio. Pessoas não crentes que simpatizavam pela atuação do pastor ficaram escandalizadas.

Na minha opinião, o Pr. Silas não quis esperar o vexame do centenário para pedir o "boné" e decidiu chutar o "balde" agora. Se vigiar e não deixar que a presunção domine seu coração, assim que registrar a Convenção do seu novo ministério, vai ser uma enxurrada de adesões. Tenho certeza de que milhares de crentes assembleanos e não assembleanos vao congregar em sua Igreja- pois esse povo está cheio do marasmo, da pequenez dos projetos e das porfias carnais das Convenções em dias de eleições (para não falar em corrupção na política).

Que a boa mão do Senhor continue prosperando o Ministério do Pastor Silas Malafaia. É isso o que penso analisando o conjunto da sua obra cujo balanço de resultados é positivo.


.

10 comentários:

francisco disse...

Agora ele faz o que quer na sua igreja, quem dircordar e eliminado,demitido,metralhado com palavras, e arrogancia caracteristicas do homen, nao aguentou a presao dos apologistas e da resistencia dos homens de bem da assembleia

Joao Cruzue disse...

Réplica, ao Irmão Francisco.

Comentando apenas as ideias:

Achso seu comentário preconceituoso e pessimista. O pastor nem começou e o sr. já está profetizando bobagens.

Ele errou sim ao trazer os americanos avarentos, especialistas em plantar a mão no bolso dos incautos.

Mas Prefiro mil vezes um Pastor cheio de defeitos mas atuante, do que uma confraria de apologetas linguarudos, estéreis que ficam procurando chifre em cabeça de cavalo.

E para concluir, os fariseus eram apologetas. Viviam espezinhando até o próprio Cristo. Não confio nessa gente, que são muito bons de saliva, e com o tempo nunca falam bem de ninguém.

Com muito respeito,

Irmão João.


.

Eliseu Antonio Gomes disse...

Prezado João

Gostei da sua postagem. Você fez uma crítica muito bem equilibrada, me fazendo lembrar do nosso amigo Carlos Roberto Silva, pastor em Cubatão. Ele é uma pessoa que merece a credencial de apologista cristão, porém, não a usa.

Boa sorte, sempre!

E.A.G.
http://belverede.blogspot.com/

Cleverson disse...

Falou e disse amado pastor João. Tambem estou contigo e apoio o ministério do Silas e se aqui em Curitiba abrir uma Assembleia de Deus Vitoria em Cristo, certamente estarei me afiliando. É isso mesmo, aqui em Curitiba eu ja estou cansado de tanta abobrinha dizendo que é Jesus. Dizem que a glória de Deus desceu na igreja quando vejo somente gritos e barbarices e coisas do genero. O Silas grita muito bem, porem a palavra ministrada por ele é biblia pura.

Cleverson

francisco disse...

Pastor Joao

Obrigado pelo espaço muito democratico, obrigado tambem por colocar sua opniao e discordar da minha, isso me faz pensar ,refletir , muito boas suas palavras, obrigado mesmo Pastor pois dificilmente alguem tem coragem de falar como o senhor.

Com relaçao ao pessimismo concordo com o senhor que fui pessimista mesmo, e que tenho observado há mais de 10 anos assitido palestras,pregaçoes etc e te3nho visto o discurso mudar muito, se aproximando muito mesmo dos lobos devoradores que estao ESFOLANDO as ovelhas tirando ate oferta de viuva mas vou orar como tenho feito pelo silas, pelo valdomiro, pelo macedo, e por outros que estao na midia

Quem viver verá


www.voltemosaoevangelho.blogspot.com

Maciel disse...

Achei de um caráter fora do comun essa atitude do Pr Silas. Acredito que o verdadeiro lider sabe do que precisa abrir mão para poder crescer.

Blogueiros Cristãos disse...

Irmão João

Na outra postagem anterior sobre o Silas, de um modo meio contra as atitudes dele, eu pensei como o senhor, em gênero, número e grau. E novamente neste texto, noto que o senhor pensou novamente como eu penso.

Quando falou sobre "O princípio do 'Não Pode'", lembre-me que meu pai me contou que foi suspenso por escutar rádio em sua adolescência. Minha mãe voltou duas vezes da porta da igreja por usar sandálias havaianas. Eu pedi perdão inúmeras vezes por assistir televisão. Lembro-me que quando criança, meu pai era Diácono, e neste tempo era pecado usar o paletó "lascado".

Não devemos esquecer que todo o seu texto, reflete a “imagem real” da CGADB e parece que somente Silas teve a coragem de falar, mesmo sem dar nenhuma palavra. Penso que ele não está se dividindo da igreja, nem tampouco dividindo a igreja. Quer apenas alçar vôos sem bagagem dos outros – Vôos com bagagens que ele mesmo projetou para este seu ministério.

Fez "besteira", quando trouxe aqueles americanos, e exagerou na forma de pedir, imitando Macedo e tantos outros. Pedir para a obra, construção de igrejas, manutenção de programas televisivos e realizações de cruzadas, é só falar para a igreja que ela ajuda. Agora incitar o povo para doar em troca de milagres ou bênçãos, este não foi o que eu aprendi desde minha infância. Recebemos algo por misericórdia de Deus e por meio de nossa fé.

Creio que agora, ele está a um passo de realizar a obra do Senhor como sempre quis. E o Senhor há de confirmar os seus passos.

Parabéns pelo texto. E como o Eliseu disse, "uma crítica muito bem equilibrada".

Lucas M Junior

Joao Cruzue disse...

.

Agradeço os comentários dos irmãos:

Cleverson e Francisco.

Fiquei muito contente com o comentário do Irmão Eliseu, há tempos sumido do Blog Olhar Cristão.

Irmão Lucas, foi muito boa sua comunicação. Com o tempo podemos aperfeiçoar nosso trabalho na blogosfera.

Aproveitando, acho que não funcionou o twitterfeed. Quando tiver um tempinho, repita para mim as configuraçoes.

Abraço


.

francisco disse...

Bela colocaçao: Fez "besteira", quando trouxe aqueles americanos, e exagerou na forma de pedir, imitando Macedo e tantos outros. Pedir para a obra, construção de igrejas, manutenção de programas televisivos e realizações de cruzadas, é só falar para a igreja que ela ajuda. Agora incitar o povo para doar em troca de milagres ou bênçãos, este não foi o que eu aprendi desde minha infância. Recebemos algo por misericórdia de Deus e por meio de nossa fé.

Realmente uma grande besteria da qual nao se arrependeu ainda aperar dos protestos, onde moro ate incredulos tem reclamado dessa postura dizendo que esta igual as lobos devoradores

claudiopimenta disse...

irmao joao aproveitando a oportunidade sobre essa questao de pedir dinheiro em pogramas televisivos ou nas igrejas tenho acompanhado o hernades dias lopes e ele tambem pede contribuiçoes para seu programa mas de modo bem mais moderado!

quero sugeir um texto sobre o modo correto de pedir contribuiçoes!

oferecendo curas, restituiçao de 100 vezes mais ? trocar ofertas por profecias ?