segunda-feira, abril 05, 2010

Notícias da Igreja Evangélica em Angola


Foto: Rogério Tuty

Pastor Enoque Gomes

IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS PENTECOSTAL

Jornal de Angola

O pastor Enoque Gomes, da Igreja Assembleia de Deus Pentecostal, considera que o verdadeiro perfil de um pai deve ser traduzido no seu papel de educador, na veiculação de conhecimentos e na assumpção da responsabilidade pela sobrevivência familiar.

Em entrevista ao Jornal de Angola , o pastor defendeu que o pai deve consentir sacrifícios e demonstrar o seu apego à família, através de ações concretas. Como um dos elementos nucleares da família, deve velar pelas suas necessidades. No passado, disse, era o pai que respondia por todos os assuntos familiares. “O pai trabalhava para a família para que esta vivesse condignamente”, afirmou.

Em termos de educação familiar, diz o pastor, é grande a diferença da [educação] do passado em relação aos tempos atuais, porque o mundo evoluiu e, nos dias que correm, toda a atividade do homem está associada à globalização, que permite a todos acesso a conhecimentos e assuntos que no passado eram considerados tabus.

“A vida social evoluiu para melhor, mas há ainda aspectos a considerar”, disse. A título de exemplo referiu que no passado era praticamente inexistente o diálogo sobre sexo entre pais e filhos, o que já não acontece atualmente. No passado havia mais moralização social, refere. “Outrora os filhos não contrariavam os pais, hoje há filhos que os agridem”, disse Enoque Gomes.
Apesar de a educação atual ser diferente da do passado, o pastor Enoque Gomes acredita numa combinação de interesses entre o passado e o presente, que permita uma educação saudável para todos.

Os pais que não manifestam qualquer preocupação com a educação dos filhos e da família pautam-se pelo espírito de desleixo. “Há pais só de nome, que na prática nada fazem”, disse o secretário das Igrejas da Assembleia de Deus Pentencostal, para quem “o pai é um pequeno deus, e nesta qualidade deve assumir tudo”.

O comportamento negativo de alguns filhos deve-se à atitude de alguns pais relativamente à educação familiar. Atualmente, referiu, há um visível declínio nas relações entre o pai e a família, justificado em grande media pelo fato de muitos pais disporem de pouco tempo, por razões laborais.

“O pai sai de casa às cinco da manhã. Deixa os filhos a dormir e regressa por volta das 22 horas, altura em que os filhos já voltaram a dormir”, exemplificou. O pastor lamentou também o fato de, às vezes, pais e filhos se cruzarem em locais sociais impróprios. Neste caso, questionou, “quem educa quem?”.

Para a restauração da confiança entre pais e filhos, a igreja joga um papel importante. Para isso é necessário que as igrejas realizem seminários com os pais e jovens, para que, através do estudo da palavra de Deus, ambos assumam o seu verdadeiro papel.

Para o pastor Enoque Gomes, é inadmissível o comportamento de pais que não assumem a paternidade e, quando o filho é crescido, reivindicam o seu papel de progenitor. Situações do gênero não são apenas protagonizadas por jovens, disse. O pastor relatou casos de mães que fazem sacrifícios para a educação dos filhos, muitas vezes com a ajuda de familiares, e quando eles atingem os 18/20 anos optam por conhecer e juntar-se ao pai.

Problemas da poligamia

“Devemos acionar mecanismos jurídicos para responsabilizar criminalmente as pessoas que fogem à responsabilidade paternal”, disse. O pastor relatou que, na sua igreja, recentemente, uma jovem ficou grávida. O pai somente quis assumir a responsabilidade da criança. Isto, disse o pastor Enoque Gomes, é um fenômeno que se manifesta com alguma intensidade na sociedade atual.

O pastor Enoque Gomes considera que a poligamia é questão melindrosa. A Bíblia diz, no livro de Gênesis, que o homem deve ter apenas uma mulher. Todas as pessoas que optaram pela poligamia pagaram caro o seu comportamento, disse Enoque Gomes.

O pastor lamenta o facto de existirem religiões em Angola que defendem a poligamia. “A poligamia não traz felicidade à mulher,” disse.

O pastor Enoque Gomes lamenta o fato de muitos jovens estarem a enveredar pelo consumo excessivo de bebidas alcoólicas. “É difícil ver hoje um grupo de jovens sem pelo menos algum ter uma garrafa de cerveja na mão”, disse. Este comportamento pode ter repercussões negativas no futuro, referiu.

Com mais de 70 anos, José Dó diz que as relações entre pais e filhos devem assentar na base do respeito mútuo. Ele refere que sempre dedicou a sua a vida a dar a melhor educação possível aos filhos. "No meu tempo, referiu, os filhos deveriam estar, obrigatoriamente, à mesa com os pais. O filho menor, no fim da refeição, tinha de recolher todos os resíduos alimentares, retirar os pratos e encaminhá-los para a cozinha, conta José Dó."

Fruto da forma como encaminhou os seus filhos, estes, mesmo já casados e com casas próprias, reúnem com o pai aos fins-de-semana, oportunidade que ele aproveita para dialogar com eles sobre a vida.

Juliana da Silva, uma mulher de 60 anos, recorda que os valores morais e éticos que atualmente transmite aos seus filhos são resultado dos ensinamentos que aprendeu. Juliana relata que nos seus tempos de estudante, no Colégio das Beiras, o pai não abdicava de ir buscá-la todos os dias no fim das aulas. Conta que depois do almoço, ela e os irmãos eram obrigados a ajudar o pai, alfaiate de profissão, a coser à mão, a guarnecer e a pregar botões.


IGREJA BAPTISTA DE ANGOLA

01.04.2010

A Reverenda Domingas Paiva Mbuta foi empossada como Superintendente do Centro Evangélico da Igreja Evangélica Baptista de Angola (IEBA), nos Combatentes, em Luanda, num acto presidido pelo Secretário Regional, Reverendo Agostinho Bênção Cadiazoko. O Reverendo Agostinho reconheceu que o número de mulheres líderes na IEBA é ainda muito reduzido, pelo que pediu aos fiéis que incentivem as mulheres a abraçar o ministério. Foi também revelado que a nível de Luanda, existem cinco mulheres pastoras a trabalhar. A tomada de posse de Domingas Paiva Mbuta representa uma viragem no percurso da IEBA. O Centro Evangélico dos Combatentes é constituído pelas paroquiais de Chicala II, Morro Bento, Rocha Pinto e os Combatentes.

Jornal de Angola


IGREJA METODISTA - 125 ANOS EM ANGOLA

Foto: João Gomes
Cortando o bolo do 125º Aniversário

25.03.2010

No domingo passado, todos os caminhos, para os crentes metodistas, foram dar à Cidadela Desportiva. Motivo: um culto de acção de graças alusivo aos 125 anos de existência da Igreja Metodista em Angola. Além dos crentes, assistiram ao culto várias personalidades, entre políticos, governantes, jornalistas, militares e outros membros da sociedade. Após o culto, durante o qual os presentes pediram paz e amor ao próximo, registou-se o corte do bolo e a entrega do diploma de mestrado ao bispo Gaspar João Domingos. Gente congratula-se e regozija-se por saber que o país conta com mais um mestre em Educação.

Jornal de Angola


Igreja Fraternidade Evangélica de Pentecostes de África em Angola

11.03.2010

O pastor Simão Lutumba, fundador da Igreja Fraternidade Evangélica de Pentecostes de África em Angola (IFEPAA), convidou, na sua mensagem, os seus fiéis a meditar a Palavra de Deus, que é a comida espiritual para qualquer homem. “A palavra de Deus é doce como mel naquele que a lê todos os dias… Da mesma maneira, na oração, o homem usa-a, como um dos caminhos para conversar com Deus”, frisou ainda Lutumba na mesma pregação. Nesta perspectiva, assegurou a continuação da “Cruzada de Evangelização”, um projecto assumido há bastante pelos membros da comunidade.(jornal de Angola)





2 comentários:

Roberto disse...

Deus Abençoe os Angolanos.
visite nosso site
www.adclarito.com.br
Fique com Deus

att.
Roberto

Convenção das Igrejas Batista Sião do Brasil disse...

A paz do Senhor Jesus Cristo a todos os amados irmãos de Angola, nós aqui no Brasil estamos orando e transmitindo ao vivo pela TV Batista Sião (online) as mensagens e hinos de louvores ao nosso Deushttp://www.ustream.tv/tvbatistasiao http://www.batistasiaobr.blogspot.com/ http://www.convencaobatistasiao.com/ http://pt-br.justin.tv/convencaobatistasiao http://www.batistasiaobr.blogspot.com/p/inicio.html