sábado, janeiro 30, 2010

Hugo Chaves e a Igreja Católica da Venezuela

Maracaibo
João Cruzué

Hugo Chaves deu um pito na Igreja Católica da Venezuela em 2002. Depois disso ela se quedou silenciosa. Suas prioridades hoje não incluem uma linha sequer sobre a ditadura chapoliniana.

Em janeiro de 2002 Chaves assestou sua ira contra a Igreja Católica Romana na Venezuela criticando duramente Dom Ignacio Velasco acusando-o durante de imiscuir-se em assuntos políticos. Depois mandou Dom Velasco se penitenciar com 20 "padre-nossos" e 20 "ave-marias".
críticas .

Em julho de 2003, Dom Ignacio Velasco, Arcebispo de Caracas faleceu.

O presidente atual da CEV - Conferência Episcopal Venezuelano, órgão máximo da Igreja , é Monsenhor Ubaldo Ramón Santana Sequera - Arcebispo de Maracaibo. Hierarquia.

Se você examinar integralmente o site da CEV agora, não vai ler uma linha sequer contra a destruição que Chaves está fazendo contra a sociedade civil e economia da Venezuela. Uma linha sequer contra o assassinato de estudantes, acusados de associação com os oposicionistas para "derrubar" o novo "rei" da Venezuela.

Curiosamente, a CEV está mais preocupada com o "racha" patrocinado por dois padres católicos que se uniram a outros dois bispos luteranos para fundar a "Igreja Católica Reformada da Venezuela". Comunicados

Chaves provou que a democracia é mesmo o barro da estátua do sonho interpretado pelo Profeta Daniel. Ao usar o processo democrático de voto universal para conquistar e continuar no poder Chaves não precisou fazer uma revolução pelas armas. Usou as urnas. Ele brinca de eleições. Joga o jogo democrático, mas como uma cobra em ação está sufocando a sociedade: aniquilando a oposição, censurando e os meios de comunicação, perseguindo a livre manifestação de opinião, destruindo a economia da Venezuela e matando estudantes.

Os estudantes da Venezuela neste momento difícil têm dado a cara para bater e alguns até a vida pelas liberdades que Chaves vem constantemente restringindo.

Quando os líderes católicos dizem que a ICR foi fundada por Pedro e Paulo, apóstolos, estão falseando a verdade. Pedro e Paulo nunca ficaram "quietinhos" nem "caladinhos". Pelo contrário, diriam: Importa mais obedecer a Deus, que a (Chaves) homens.

Onde está a liderança Igreja Católica venezuelana? Calada. E para aonde vai a Venezuela? A continuar como está, para ser o próximo Haiti!



.

3 comentários:

Ezequias Anacleto disse...

João
Graça e paz

Grande é a minha preocupação pela Venezuela, tenho amigos lá. É triste o que um louco está fazendo com este lindo pais.
Como sempre a Igreja Católica se curva diante do pecado, da opressão, uma igreja que tem suas ramificações pelo mundo, que poderia alardear as ameaças e mudar a opinião pública nacional.
Mas preferiu recuar.

Abraço, me add em seu blog.

Ezequias Anacleto
http://consistenciacrista.blogspot.com/

OBLATVS disse...

Pastor,

Estou aqui pela primeira vez.

Divergindo muito e seriamente sobre tantos assuntos, sobretudo de natureza doutrinal, quero registrar meu apreço pelo conjunto dos textos.

Não tenho hábito de ler blogues protestantes; tenho me limitado aos católicos, ortodoxos e anglicanos (anglo-católicos). Mas, vendo hoje a necessidade de conhecer minimamente o que se passa no campo evangélico, penso que seja o momento de incluir ao menos um blogue protestante às minhas leituras diárias.

E entre os que visitei, considero o seu o melhor do gênero.

Padre Clécio

Joao Cruzue disse...

Padre Clécio,

O meu respeito, e meu humilde agradecimento.

Podemos diferir nos aspectos doutrinários, mas estou aprendendo um pouco mais sobre tolerância e convivência.

Aprecio muito o trabalho social que mais recentemente a Igreja Católica vem realizando, por exemplo aqueles ligas principalmente à educação.


Abraço do irmão João.






,