terça-feira, junho 17, 2008

Moody - antes que seja tarde demais

Bible Believers

Tradução: João Cruzué


"Não tenho nenhuma simpatia pela idéia de que nossos filhos têm de crescer primeiro para depois se converterem. Certa vez que vi uma senhora acompanhada de suas três filhas. Caminhei até ela e perguntei se ela era cristã.

--"Sim, senhor."
.
Em seguida perguntei a sua filha mais velha se ela era cristã. Seu queixo começou a tremer, lágrimas brotaram de seus olhos, e ela disse: "Lamento que eu não seja." A mãe olhou furiosamente para mim e disse, "Não quero que você fale às minhas filhas sobre esse assunto. Elas não entendem". E com grande ira levou-as para longe de mim: uma filha de catorze anos, outra de doze, e a caçula com dez.

Elas não eram velhas o bastante para serem ensinadas sobre religião! Mas deixe-as ir à deriva no mundo, e mergulhar em divertimentos mundanos, e logo verá como vai ser dificílimo alcançá-las. Muitas mães estão hoje lamentando porque seu garoto já está fora de alcance, e não permite mais que ela ore junto com ele. Ela pode até orar por ele, mas ele não mais a deixará orar ou falar com ele. Naqueles primeiros dias quando sua mente era sensível e jovem, ela poderia tê-lo conduzido a Cristo.

Faça-os entrar. "Importune as criancinhas para vir até Mim."

Há um pai negligente na oração lendo isto? Que Deus possa soltar uma flecha em sua alma! Mude sua maneira de pensar, Deus vai ajudar, e você converterá seus filhos. A ordem de Deus é primeiro ao pai , mas se ele não cumprir com seu dever, então a mãe deve cumprir e salvar os filhos da condenação. O tempo para fazê-lo é agora, enquanto você os tem embaixo do seu teto".

Exerça a sua influência paternal sobre eles.

Fonte: Bible Believers


Tradução: João Cruzué
para o Blog Olhar Cristão
cruzue@gmail.com

.

Um comentário:

Daladier Lima disse...

Tema muito bem proposto. Existem pais hipócritas, que não levam seus filhos à igreja, não os educam religiosamente, não os faz temer a Deus, e ainda dizem: Criei meus filhos na igreja.

Devemos fazer por onde trazer nossos filhos à Casa de Deus, e fazer com que nossas casas sejam uma extensão dela. Só assim serão crentes conosco.