segunda-feira, junho 30, 2008

Crônica de uma pia entupida


Photobucket

João Cruzué

Eu não sou judeu, mas sábado é meu dia de descanso. Posso levantar mais tarde, mesmo acordando mais cedo por causa da Nala. Uma gata angorá. Uma espécie de "cuco" que abre o bico religiosamente às seis da manhã. Meu sábado tinha tudo para ser perfeito até que me lembrei de uma coisa: a pia da cozinha estava entupida.

Pias de cozinha são aquelas coisas maravilhosas que ficam discretas por meses e anos, até o dia que entopem para nos chatear. E um detalhe interessante: existem diversos tipos de defeitos possíveis em pias. Tem o da borrachinha, do sumiço do ralo, vazamento em cima, entupimento embaixo... e o pior de todos eles - o cano de esgoto da pia entupido.

Sabe o que estar tranqüilamente na cama em uma bela manhã de sábado, quando de repente você se lembra de uma pia? Terrível! Pois é. Fui logo deixando a cama tão quentinha para fazer uma lista de compras. Para o conserto e outras "cositas más" que uma casa sempre está precisando. Calcei o tênis. Saí para para unir o útil ao desagradável - caminhar uns dois quilômetros para comprar um sifão novo e outras coisas.

Troquei o sifão, mas o problema não era o sifão. Era o pior.;um entupimento não-sei-onde no cano de esgoto da pia. A cuba de inox estava cheia d'água e não descia nem um milímetro. Entupidaça! Pensei em colocar soda no cano, mas desisti porque alguém já havia tentado isso antes e foi derrotada. Tinha um frasco de soda vazio bem perto da pia.

A situação estava em alerta vermelho e precisei mudei a tática.

Fui pedir ajuda ao senhor da loja de produtos de limpeza. Um tipo sabichão: "Meu filho", disse ele (tenho 52 anos) "Leve este produto aqui; não sei bem o que tem dentro mais desentope legal. São dois e cinquenta. Ah! o senhor também põe água quente para "ajudar" o produto.

Cheguei em casa e procurei uma mangueira para despejar o tal produto no cano para atacar bem de perto o problema. Um cateterismo em cano da pia. Começou a sair uma fumacinha mal-cheirosa e lembrei-me de por a tal água quente para "ajudar". Esperei mais um pouco. Um xeque-mate? Para ter certeza disso, fiz o teste "São Tomé": abri a torneira até encher a cuba. Nada!

Voltei à loja de materiais de limpeza para comprar mais um frasco do desentupidor, e aproveitei para reclamar: "O senhor tem certeza de que não estou comprando água verde em vez de desentupidor de pia? Depois de uns 15 minutos de explicações (...) que o produto no passado era muito mais forte, mas que por motivo de registro no M.S. teve a fórmula abrandada... voltei para casa com a sensação de que caíra no conto do desentupidor de pia.

O sábado já era. Quatro horas da tarde! E lá estava eu derramando o segundo frasco no cano entupido. Desta vez não economizei despejei tudo de uma vez, e mais água quente. De novo veio a fumaça, e que fumaça! Passou mais meia hora, e "lá vamos nós" para o segundo teste "São Tomé."Enchi a cuba de novo. De repente, lembrei-me de um detalhe importante.

--Ó Jesus, nunca li que o Senhor tivesse ajudado alguém a desentupir uma pia no Evangelho, nem me atreveria a pedir uma coisa destas, pois seria como querer transformar pedras em pães. Mas como eu já aprendi no passado que o Senhor tem bom humor, me ajuda com isto aqui.

Fiz pressão com a mão pela enésima vez no fundo da pia, e cinco segundos depois ouvi aquele barulho escandaloso de sucção: usssshhhhhhhh!

Eu não sabia se ria ou se chorava, mas acabei chorando. Foi minha segunda experiência desse tipo. Eu não sabia, mas o Senhor estivera comigo o dia inteiro. Lembrei que ele falou dos lírios, dos passarinhos, e também cuida muito bem de nós. Se Ele nos mostra seu amor em coisas tão pequenas como pias, que dirá, pois, das mais importantes e necessárias?

SP - 30/06/2008
cruzue@gmail.com


.

22 comentários:

Biologos.net disse...

A Paz do Senhor!
João gostei mesmo da sua crônica.
Fique na Paz.

Guiomar Barba disse...

Que lindo meu querido... Quantos problemas teriam solução assim, tão rápidas se acreditássemos que O Senhor realmente cuidade nós. Sempre clamo a Ele quando estou sem saber o q fazer em alguma refeição,(disso só entende quem cozinha todos os dias, para pessoas exigentes), Ele nunca me deixou na mão...
Abraços e continue crendo com essa fé simples que tem um amigão para todas as horas. Guiomar Barba.

Vanelli disse...

Ow amado, muito legal esta cronica.Encanta-me sobremaneira a forma que escreve. Parabéns.Continue assim, e olha vou precisar de sua ajuda. Ok. Grande abraço.
prvanelli

Ester disse...

Olá , João,
Ontem mesmo, comentava com meu marido a respeito dessas coisas que parecem tão pequenas p/ Deus sobre as quais temos vergonha de pedir ajuda...
Tenho um cacohrrinho muito peludo,o estado de higiene dele estavas crítico...eu tinha tanto serviço ...o tempo se acabando... "ai,meu Deus , o cachorro"...De repente minha irmã chega e pergunta "será q ele vai me morder se eu der um banho nele ?" Glória!Deus mandou alguém p/ me ajudar! Eu me emociono c/ esse Deus tão maravilhoso q cuida do meu dia-a-dia das pequenas às grandes coisas!

Jean & Adriana disse...

Ôôôô João, graça e Paz! Irmão, fiquei a dar risadas sozinho na sala que trabalho. Risadas gostosas acerca de um escrito tão bem escrito. Esse tipo de narrativa - eu creio nisso - prende atenção dos leitores - é um pouco arriscado, mas bem escrito é uma delicia de ser lido, e, principalmente com o bom humor dos Céus. João, eu, particularmente quero ler mais... Irmão que a inspiração do Espírito Santo de nosso Deus, nunca nos falte! E que nunca esqueçamos que Ele - Deus, cuida das mínimas coisas, inclusive, de uma pia entupida, e, ainda com bom humor. KkKkkkkk

Pablo Massolar disse...

Olá querido! Parabéns pela iniciativa!
Bela crônica.

CarinA disse...

Aleluia, Deus é fiel em tudo!

Ele pode nos ajudar a sair de um imenso buraco, Ele pode nos auxiliar a desentupir a pia!! Jesus cuida de nós! Ri muito com esta crônica que também levou-me as lágrimas!

Aleluia, bendito é o nome do nosso Senhor Jesus!!

Um abraço querido irmão!

Sandreane disse...

Shalom irmão João,

Gostei muto de sua crônica e da forma leve como ela foi escrita... E em plena manhã dominical me peguei sorrindo com a lembrança de situações vividas com as pias de casa.
Acredito que o bom humor é um presente que o Senhor nos concedeu para vivermos de forma hamoniosa com outras pessoas... Parabéns pela crônica, e havendo mais, com certeza, estarei lendo.
Que nosso bondoso Deus e Pai esteja continuamente a te conceder sabedoria e discernimento.
Abraços!

Escola Mirim de Prevenção disse...

Querido Pr. Cruzué

Linda a sua crônica. Parabéns!

Faço da sua crônica uma grande metafora, para muitos crentes hoje em dia: Tem muito crente, que é literalmente uma pia entupida, só desintope aos domingos, quando vão a igreja!

Cristina Alves disse...

Muito bom irmão... A minha primeira crônica foi quando eu tinha uns 15 anos, e falei sobre orkut e a vida cristã, a quantidade de amigos que você tem e mal conhece, assim como no meio da cristão; falamos "amém", "a paz" sem o verdadeiro espírito de bênçãos. Sempre tem um começo, né?
Que Deus o abençoe nesse novo estilo literário. :)

A paz!

Visite:
http://crisentranasala.blogspot.com

MAGNO RIBEIRO disse...

Genial a crônica João! Cenas da nossa vida cotidiana que não atentamos para o fato de que Deus é sempre conosco, até nas mínimas coisas. Daí a necessidade de alimentarmos essa experiência com Ele a todo instante, o que bem você fez ao pedir uma 'mãozinha' nos instantes finais de sua odisséia naquele que seria um descansado sábado. Que Deus o abençoe, ao mesmo tempo em que me inspiro a busca-Lo a ponto de poder brevemente conceber uma nova crônica, desta feita com os meus entupimentos domésticos também. Abraço!

Poesia de Graça disse...

Olá João,pra ser sincero não acho que essa seja a sua primeira crônica. Um acontecimento nomal do dia a dia transformado em uma grande lição espiritual. Parabéns. Continue.
Ah! Estou naquela fase do contador.É o número de visitas subiu de cerca de vinte para mais de cem visitas diárias. Como? Pertencendo a UBE, postando mensagenes interessantes e orando a Deus para que meus blogs sejam veículos de verdadeira edificação.
A graça de Jesus.
Luiz Flor, pastor.

Obed Rodrigues de Souza disse...

Ver o eterno no trivial e rotineiro é a essência do evangelho, Emanuel Deus conosco!
O maior milagre é o homem perceber o grande no insignificante.

TEMPOS DE DEUS ! disse...

Boa essa sua cronica, pensei que não iria conseguir, e estava aflito em saber do resultado e procurei ler o mais depressa possível para chegar ao fim. Para minha surpresa, você usou timidamente aquilo que Habacuque dissera e que Paulo repete em sua carta aos Hebreus, bem teologicamente alguns dizem não ser de Paulo esta carta, mas deixemos este outro caso de lado. O faro é, "Que o justo viverá da sua fé". E aplicas-te bem, pois foi um bom testemunho de que Deus também age nas pequenas coisas.
Graça e paz!

Muller disse...

Ola!
Paz do Senhor irmão!

Muito bem elaborado o texto.
De fato devemos olhar a vida e perceber que Deus esta também nos detalhes.

Se quiseres passe no blog:

palavranova.blogspot.com

Tenho tentado, com ajuda de Deus é claro, mostrar a ação de Deus em detalhes do dia a dia, são textos que de alguma forma tem moldes de cronicas.
Se gostar comente, participe, e recomende (Risos).

Grande abraço!
Deus lhe abençoe!

pastorasilva3 disse...

A paz do Senhor!
Sua crônicalembroume minha falecida avó, dona Pastora, que sempre falava Deus nos ouve quando estamos orando de joelhos na igreja, com dor de barriga no banheiro, nos problemas mais corriqueiros, por que não responderia a respeito de uma pia entupida?
Deus seja louvado em todos os momentos da nossa vida, gostei muito, parabéns!
é sempre bom lembrarmos do cuidado de Deus!

Inspiração disse...

Que a Paz do Senhor Jesus esteja contigo, irmão.
O Senhor do Universo tem este título também porque conserta panelas... .
(http://sesinandofontes.blogspot.com/search/label/Cr%C3%B4nicas)

dini kelly disse...

Parabéns amigo, escrever e pensar é só começar.

VITÓRIAS disse...

Aleluia!!! eu amo essas coisas simples, mas que tem uma profundidade muito grande.
Nos mostra o quanto Deus está pertinho de nós nos mínimos detalhes. Deus abençõe!

Mônica Fontes 36 anos disse...

Graça e paz, meu irmão.
O seu xará, o apostólo João escreveu que Jesus operou muitos outros sinais que não estão registrados (Jo 20:30).
O mesmo Deus que anda sobre águas, abre mar, acalma tempestades... Também tem poder de desentupir pia com água!

paula disse...

graça e paz meu irmão,creio que todas as coisas pertencem a ele.
Digo sempre que a casa onde moro é dele,os moveis são dele ,tudo é dele,já tive uma grande experiência a respeito disso com a maquina de lavar,pior que pia entupida,só mesmo maquina de lavar estragada,
minha maquina estragou,e em meio a tantas roupas pr lavar orei e pedi pra Deus que intervisse nesta situação,esperei um pouco e quando liguei ela estava funcionando,graças a Deus que nos tem abençoado com toda sorte de bençãos.

Kellysson Alves disse...

A Paz do Senhor irmão João Cruzué.Gostei bastante de sua crônica pois é a partir desses pequenos fatos que acontecem em nosso cotidiano que observamos que o Senhor não nos deixa nem por um segundo.Está sempre do nosso lado,o problema é que demoramos muito em ver isso.Que o Senhor lhe abençoe e escreva mais.Abraços e fica na Graça do Senhor Jesus.Amém!!!